Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran 2018
Redação Douranews

Redação Douranews

A Petrobras distribuiu comunicado, por volta de 19h40 (de Brasília), informando que a diretoria executiva decidiu, em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (23), reduzir em 10%, equivalente a R$ 0,2335 por litro, o valor médio do diesel comercializado nas refinarias.

Com isso, o preço médio de venda da Petrobras nas refinarias e terminais sem tributos será de R$ 2,1016 por litro a partir desta quinta (24), informa a companhia. Este preço será mantido inalterado por período de 15 dias. Após este prazo, a companhia retomará gradualmente a política de preços aprovada e divulgada em 30 de junho de 2017.

Esta decisão será aplicada apenas ao diesel e tem como objetivo permitir que o governo e representantes dos caminhoneiros tenham tempo para negociar um acordo definitivo para o contexto atual de greve e, ao mesmo tempo, evitar impactos negativos para a população e para as operações da empresa.

“A medida é de caráter excepcional e não representa mudança na política de preços da Petrobras. Com esta decisão, a companhia acredita que seja possível ao governo e aos representantes dos caminhoneiros encontrar uma solução que tenha impacto definitivo nos preços do diesel comercializados no Brasil”, diz o comunicado divulgado no portal da Petrobras.

Comentário

As fotos, de Márcio Kushida, mostrando o litro da gasolina a R$ 4,90 e de Flavio Hiroshi Nakano, a R$ 3,99, publicadas no final da tarde desta quarta-feira (23), via redes sociais pelos canais de reclamação no Facebook, revelam o despropósito de revendedores de combustíveis, que se aproveitam do movimento nacional dos caminhoneiros, reclamando a redução dos preços e uma política tributária compatível, para ‘abusar’ do consumidor em Dourados.

A ameaça de que pode faltar combustível a partir desta quinta-feira (24) na maioria dos postos, principalmente porque o comando nacional da manifestação decidiu ‘bloquear’ a saída das refinarias, também como forma de reter o produto na origem, leva a situações inusitadas.

gasolina 439

Gasolina a R$ 4,39, litro custa 50 centavos mais baixo (Flavio Nakano)

Caminhoneiro em greve faz até churrasco no asfalto, como ocorreu em rodovia que corta Três Lagoas, no sudoeste do Estado, para festejar a crise. O Governo ainda não sabe por onde vai cortar: se fala em extinguir a Cide (imposto da gasolina) ganha o repúdio dos prefeitos, que tem nesse índice um dos fatores para medir as cotas do FPM (o Fundo de Participação dos Municípios) do bolo tributário.

Denúncias de que alguns postos decidiram suspender o abastecimento, para ‘segurar’ o produto na bomba e depois, quando começar a escassez nos demais, poder vender no preço que bem entender, também surgiram nos últimos dois dias. Páginas de reclamações pelas redes sociais mostram explicitamente a desorganização em que se transformou essa situação.

Comentário

Terminou sem acordo a primeira rodada de reunião entre os representantes dos caminhoneiros, no começo da tarde desta quarta-feira (23), com ministros da Casa Civil, Transportes e Secretaria de Governo. Os manifestantes, paralisados há três dias em protesto contra o aumento dos combustíveis, afirmam que o governo não apresentou propostas que levem ao fim da paralisação da categoria. Novo encontro ficou agendado para esta quinta (24), confirma a Agência Brasil de notícias.

No Palácio do Planalto, durante evento, o presidente Michel Temer disse que pediu uma “trégua” de até três dias na paralisação. “Pedi que na reunião se solicitasse uma espécie de trégua para que em dois, três dias no máximo, pudéssemos encontrar uma solução satisfatória para os caminhoneiros e para o povo brasileiro”, disse.

Temer frisou que o governo tem trabalhado desde o início da semana para encontrar uma solução para os caminhoneiros. “Desde domingo estamos trabalhando nesse tema para dar tranquilidade, não só ao brasileiro, que não quer ver paralisado o abastecimento, mas também tentando encontrar uma solução que facilite a vida especialmente dos caminhoneiros”.

A expectativa é que o governo apresente respostas às reivindicações dos caminhoneiros. “Não houve nenhuma proposta efetiva que possamos levar para a categoria. A proposta deles foi pedir um prazo para nós para que eles se posicionem amanhã às 14 horas”, disse o presidente da CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos), Diumar Bueno. Segundo ele, a categoria não vai desmobilizar a paralisação antes de ter um compromisso real de soluções para as demandas apresentadas.

Comentário

A equipe Dourados Sobre Rodas participou, entre sexta-feira (18) e domingo (20) passados, da 6ª Copa de Aparecida de Goiânia de Basquetebol em Cadeiras de Rodas e trouxe ótimos resultados para casa. A equipe garantiu o Troféu Cestinha, com o atleta paralímpico Neilson Aparecido Vasconcelos e ficou com a 4ª colocação no ranking geral

“Vocês são grandes exemplos de força e superação. Agradeço imensamente por estarem representando tão bem nossa cidade e no que for possível continuaremos apoiando para que venham muitas outras conquistas”, reconheceu a prefeita Délia Razuk ao receber o grupo na manhã desta quarta-feira (23) no gabinete.

A colocação da equipe douradense foi garantida em meio a outras 10 participantes. O treinador do Dourados Sobre Rodas, Carlos de Souza, enalteceu o desempenho dos atletas. “Por pouco não alcançamos o terceiro lugar, mas para um campeonato de nível nacional, para um trabalho que começou há bem pouco tempo, o resultado está excelente”, disse.

O treinador enfatizou o apoio da Prefeitura de Dourados para a equipe e citou que com ele será possível participar, no dia 18 de junho, de uma grande competição no Distrito Federal. “Estaremos brigando pela 3ª divisão, que é o “primeiro acesso” ao Brasileiro, e a Prefeitura tem sido fundamental, 100% tem nos apoiado”, citou.

O atleta Neilson, que já passou por times paralímpicos de SP e RJ, falou sobre a experiência em Dourados e contou como analisa o resultado do final de semana passado. “Compartilhar e dividir um pouco da minha experiência está sendo muito bom, estamos colhendo os resultados e vai dando tudo certo. Penso que finalizei bastante, errei pouco e assim sai na frente, mais um marco pro Dourados Sobre Rodas”, disse.

O anfitrião do time, Alex de Morais, disse que essa foi “uma das melhores classificações nos últimos anos da equipe e ganhar de um time de segunda divisão do Brasileiro sem ainda contar com classificação nacional é muito gratificante”.

O grupo inclui atualmente 23 atletas e conta com treinos constantes no Centro de Convivência e Geração de Renda da Pessoa com Deficiência “Dorcelina de Oliveira Folador”, os quais podem ser acompanhados pela população. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3411 7726.

Comentário

O Campus Dourados do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) recebe até sexta-feira (25) inscrições do processo de seleção para ingresso no curso de especialização lato sensu em Gestão de Organizações. São oferecidas 40 vagas para portadores de diploma de ensino superior em qualquer área de formação.

A inscrição é gratuita e deve ser feita na Página do Candidato da Central de Seleção. As vagas estão distribuídas entre profissionais registrados no Crea-MS (o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Mato Grosso do Sul), servidores do IFMS e público externo.

O processo seletivo será feito mediante sorteio eletrônico, marcado para 6 de junho. A classificação final e divulgação da primeira chamada ocorrerá em 11 de junho, com matrículas até o dia 15.

Curso

A especialização em Gestão de Organizações é ofertada gratuitamente. As aulas ocorrerão às sextas-feiras à noite e sábado o dia todo no Campus Dourados. O curso será desenvolvido em regime modular, com carga horária de 360 horas, acrescidas de 60 horas do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

O objetivo é especializar gestores para planejar, gerenciar e fomentar práticas administrativas a partir do conhecimento adquirido na área de gestão e negócios. O curso tem duração de 18 a 24 meses, com início das aulas em junho.

Comentário

O ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo se entregou às 14h50 (de Brasília) nesta quarta-feira (23) à Polícia Civil do estado. Segundo a assessoria do Gabinete da Polícia Civil, Azeredo se apresentou espontaneamente à 1ª Delegacia Sul de Belo Horizonte, que fica no bairro Santo Antônio. Ele estava acompanhado de advogados.

Nesta terça (22), o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) negou o último recurso apresentado pela defesa do ex-governador e ex-senador por Minas Gerais e determinou a prisão imediata dele, segundo divulga a Agência Brasil de notícias.

O tucano foi condenado pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro pela primeira vez em dezembro de 2015, quando foi sentenciado a 20 anos e 10 meses de prisão por participação no chamado mensalão tucano.

Comentário

A Diretoria de Habilitação do Detran informa que a partir de 1 de junho o órgão e as agências de trânsito nos municípios estarão aptos a receber requerimentos de condutores registrados na base de Mato Grosso do Sul, interessados em participar do Curso Preventivo de Reciclagem.

O Curso é previsto no artigo 261, parágrafos 5 a 7 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), instituído pela Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997, e regulamentado pela Resolução 723/2018/Contran, para fins de eliminação da pontuação.

Os requisitos para solicitar a participação no são: a) ser habilitado na categoria C, D ou E; b) exercer atividade remunerada na condução de veículos; b) não ter participado do curso preventivo de reciclagem nos últimos 12 meses; c) atender ao quantitativo de pontuação estabelecido abaixo:

- Para instauração do processo o condutor que, no período de 12 meses, for autuado por infrações cuja soma dos pontos atinja 14 pontos não ultrapasse os 19 pontos, poderá requerer junto ao órgão de registro do documento de habilitação a participação no curso preventivo de reciclagem.

O modelo de requerimento estará disponível no site do Detran (basta clicar em ‘habilitação’ – ‘formulários’), devendo ser preenchido pelo interessado e protocolado em qualquer agência juntamente com cópia da CNH. A documentação deverá ser remetida via malote à DICON para demais providências.

O Detran informa, ainda que as infrações específicas e que tem como penalidade a suspensão do direito de dirigir, não entram na contagem de pontos.

Comentário

O atleta douradense Caio Pompeu ficou em segundo lugar na categoria de 25 a 29 anos, na 33ª edição da Corrida Tribuna de Santos, uma das mais tradicionais do país, disputada no final de semana no litoral paulista. A corrida teve mais de 18 mil inscritos e contou com milhares de pessoas acompanhando o evento pelas ruas e orla de Santos.

Confirmando as expectativas, os africanos acabaram dominando a corrida, o atleta de Uganda, Maxwell Rotich, surpreendeu a todos e pulverizou o recorde da prova, garantindo a terceira melhor marca do mundo na distância nesta temporada. Ele cruzou a linha de chegada em incríveis 27min22. Entre as mulheres, a atual recordista da prova, Paskalia Kipkoech, do Quênia, venceu com larga vantagem, com o tempo de 32min15.

Os tempos obtidos pelos primeiros colocados confirmaram a fama da corrida ser a mais rápida do país nos dez quilômetros, por seu percurso totalmente plano, ao nível do mar e para ajudar a manhã de domingo passado foi de sol e clima ameno, com a largada em torno dos 17 graus, o que propiciou a quebra de recordes pessoais de centenas de corredores.

Caio Pompeu disse que a corrida foi perfeita e pode aproveitar para melhorar seu tempo e subir no pódio como segundo na categoria foi um excelente resultado em uma das melhores provas do Brasil “O tempo estava maravilhoso, porque correr no frio é muito melhor, não cansa tanto e o não havia tanta umidade. Foi uma festa, muita gente assistindo, apoiando os atletas e fiquei satisfeito com meu desempenho”, disse o atleta. Esta foi a terceira participação do Pompeu na Tribuna de Santos.

De volta a Dourados, Caio já retomou os treinos e neste sábado (26) disputa a Corrida de Outono da Rota das Estações que vai acontecer a partir das 20 horas com largada em frente ao Shopping Avenida Center onde vai correr a prova dos 5 quilômetros.

Comentário

O governo convocou para às 14 horas desta quarta-feira (23) uma reunião para discutir a paralisação dos caminhoneiros. Os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Valter Casimiro Silveira (Transportes) e Carlos Marun (Secretaria de Governo) vão conversar com os presidentes da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Mario Rodrigues, e da Abcam (da Associação Brasileira de Caminhoneiros), José da Fonseca Lopes, no Palácio do Planalto, em Brasília.

A paralisação dos caminhoneiros, que completa três dias nesta quarta-feira, já provoca desabastecimento de mercadorias e combustíveis, além de problemas de trânsito e congestionamentos. Também há relatos de reflexos na aviação civil. Os caminhoneiros protestam contra o preço dos combustíveis, especialmente do diesel, em rodovias do país e a cobrança de pedágios, mesmo quando os veículos estão com os eixos levantados.

O protesto que começou segunda-feira (21) é por tempo indeterminado, segundo divulga a Agência Brasil de notícias.

Nesta terça-feira (22), o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, confirmou acordo feito entre o Governo e o Congresso Nacional para redução do preço do diesel. Guardia disse que o governo vai eliminar a cobrança da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre o diesel e, em contrapartida, os parlamentares devem aprovar o projeto de reoneração da folha de pagamento.

Comentário

Operação da PM (Polícia Militar) resultou na apreensão de um carregamento com mais de uma tonelada de carne irregular que era transportada em veículo de procedência paraguaia em cidade do interior do Mato Grosso do Sul.

O fato foi registrado na tarde de segunda-feira (21), quando a Polícia Militar de Antônio João foi informada de que uma caminhonete Silverado, de cor branca, com placas do Paraguai, estaria transportando carne de forma irregular.

Os policiais se dirigiram até o trevo de acesso à saída da cidade, efetuando a abordagem do veículo que era conduzido pelo paraguaio Pedro Paulo Alvarenga Cabaña e que tinha como acompanhantes os também paraguaios Agustin Florenciani Ruiz Dias e Fábio Gustavo Diaz Ferreira, conforme divulga o jornal Poranews.

Na carroceria do veículo estavam várias partes de carne bovina, transportada de forma irregular e não havia nenhum documento que comprovasse a origem ou procedência do produto. A carga pesou em torno de 1.200 quilos.

Os homens informaram que apenas faziam o transporte do produto a mando de uma pessoa identificada como Antônio Barbosa que seria o proprietário da estância onde os animais foram abatidos. Afirmaram ainda que a carne seria entregue em Ponta Porã para ser comercializada. Antônio Carlos Barbosa compareceu ao pelotão da polícia, se apresentando como proprietário da carne apreendida e confirmando que contratou os paraguaios para o transporte do produto, afirmando, porém, que a carne seria vendida em açougues da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã.

Comentário

Página 1 de 928
  • mistura
  • Fabio Jr
  • Unimed 38
  • kikao

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus