Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, decidiu hoje (28) liberar a divulgação do resultado das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A divulgação pelo Ministério da Educação (MEC) estava prevista para esta terça-feira, mas foi suspensa por uma liminar da Justiça de São Paulo, que também impediu o início das inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni).

A decisão do presidente foi motivada por um recurso protocolado na noite de ontem (27) pela Advocacia-Geral da União para derrubar a liminar proferida pela desembargadora Therezinha Cazerta, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), que decidiu manter em vigor outra liminar concedida pela primeira instância da Justiça Federal para suspender a divulgação, sob alegação de que o governo ainda precisa dar um posicionamento “seguro e transparente” sobre a correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. As notas no exame são usadas pelos estudantes para fazer inscrição no Sisu e concorrer a vagas em universidades públicas em todo o país.

Na sexta-feira (25), a Justiça Federal de São Paulo havia determinado a suspensão da divulgação dos resultados do Sisu até que o governo federal demonstrasse a correção das provas do Enem que foram apontadas com problemas por estudantes de todo o país. O tribunal deu prazo de cinco dias para o cumprimento da decisão, sob multa diária de R$ 10 mil. A decisão foi motivada por um pedido da Defensoria Pública da União (DPU).

Na semana passada, o Ministério da Educação (MEC) informou que houve erros na atribuição de notas para cerca de 6 mil alunos. Segundo a pasta, a falha teria ocorrido na impressão das provas aplicadas em algumas cidades, sendo responsabilidade de uma gráfica. O MEC acrescentou que corrigiu o problema e não houve prejuízos para os estudantes.

Comentário

Terça, 28 Janeiro 2020 16:15

Gabigol renova contrato com o Flamengo

“Se é o para o bem da nação, eu fico”. Com estas palavras, Gabriel Barbosa confirmou que segue no Flamengo nesta temporada. O centroavante foi comprado pelo clube carioca por aproximadamente R$ 78 milhões junto ao Inter de Milão.

Após dois meses de negociação, o anúncio foi confirmado por meio de um vídeo pelas redes sociais do próprio artilheiro. “A nação me abraçou, aqui vivemos intensamente (...) superamos barreiras”.

Gabriel marcou 59 gols em 43 jogos em 2019. A marca fez jus ao apelido de “Gabigol” e o levou a ser eleito como melhor jogador da América do Sul, conforme repercutiu o portal da Agência Brasil de notícias.

Comentário

A Prefeitura de Dourados, por meio do setor de fiscalização e pesquisa do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor), realizou nesta terça-feira (28) pesquisa de preços das carnes bovina, suína e de aves em 20 diferentes estabelecimentos da cidade.

O levantamento constatou variação de 79,42% entre os produtos com menor e os de maior preço, considerando os estabelecimentos que têm todos os itens pesquisados.

COMPARE A DIFERENÇA

A pesquisa apurou, por exemplo, que a ponta de peito bovina apresentou variação entre o menor (R$ 12,89) e o maior (R$ 24,99) de 93,87%; no lombo suíno a diferença encontrada entre o menor (R$ 12,98) e o maior (R$ 34,99) preço foi de 169,57%; na carne de frango foi encontrado, na coxa e sobrecoxa, diferença de até 130,97%. Já no peito com osso, a diferença foi de 65,60%.

A menor variação de preços foi no patinho, onde o menor valor foi de R$ 21,99 e o maior foi de R$ 31,80, com variação foi de 44,61%.

Foram encontrados cinco produtos com diferença acima de 100%, entre eles, o pernil suíno (100,11%), costela suína (101,78%), paleta suína (110,23%), coxa e sobrecoxa de aves (130,97%) e lombo suíno (169,57%).

Comentário

Apesar de emitir a guia para que o proprietário de veículos pague taxas de renovação de documentos, o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) alerta que não se responsabiliza sobre valores cobrados por empresas de emplacamento para a nova PIV (Placa de Identificação Veicular), a 'placa do Mercosul' que começa a valer a partir do dia 3 de fevereiro.

Conforme a Resolução 780 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), “os estampadores credenciados deverão realizar, sob sua única, exclusiva e indelegável responsabilidade, a comercialização direta com os proprietários dos veículos, sem intermediários ou delegação a terceiros a qualquer título, definindo de forma pública, clara e transparente o preço total da PIV”.

Também é de responsabilidade das empresas credenciadas, dispor aos consumidores, informações “adequadas, claras e precisas sobre todas as etapas e procedimentos relativos à produção, estampagem e acabamento”, das placas, além do preço final.

Segundo o diretor-presidente do Detran no Estado, Luiz Rocha, caso o proprietário de veículo sinta-se lesado, de alguma forma, ele deve procurar diretamente o Procon, que é o órgão responsável em defesa do consumidor. “Nós não podemos, não devemos e não iremos regular preço de placas. Quem define os preços são as empresas devidamente credenciadas pelo Detran e o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito)”, enfatizou Rocha.

Comentário

Pais e responsáveis têm até quinta-feira (30) desta semana para confirmar as matrículas dos alunos designados para o ensino fundamental da Rede Municipal em Dourados. Para a educação infantil, nos Ceims, a confirmação deverá ser feita no período de 3 a 6 de fevereiro.

O secretário municipal de Educação, Upiran Jorge Gonçalves disse nesta terça-feira (28) que a Central de Matrículas está atendendo a todos de maneira que nenhuma criança fique fora das salas de aula por falta de vagas próximas das suas residências.

“No ato da pré-matrícula o pai tinha a opção de indicar as unidades escolares de preferência. Ocorre que alguns optaram por escolas longe do local onde residem e isso estaria causando transtornos. Quem estiver enfrentando este tipo de situação deve procurar a Central de Matrícula, pois a Secretaria está promovendo os ajustes, buscando a colocação de todos”, disse Upiran.

No caso da educação infantil, caso a criança não seja designada para nenhuma unidade, ela ficará na lista de espera para os Centros de Educação Infantil conveniados com o município.

A rede municipal conta com 39 Ceims, contando já com o inaugurado na segunda-feira (27), em Vila Vargas. Este ano a educação infantil deve acolher 5.800 crianças nas unidades municipais e outras 2 mil vagas nas entidades conveniadas; enquanto que as 45 escolas de ensino fundamental devem contar com 28 mil alunos matriculados.

A Central de Matrículas fica no prédio onde funciona provisoriamente a Secretaria municipal de Educação, no Pavilhão de Eventos D. Teodardo Leitz, na Rua Coronel Ponciano, ao lado da Prefeitura.

Mais vagas

Upiran Gonçalves também disse que novas vagas foram abertas na rede municipal de ensino em Dourados para o ano letivo de 2020 por conta da transferência de alunos dos oitavo e nono anos para a rede estadual. As escolas estaduais que absorveram alunos da rede municipal são a Maria da Glória Muzzi Ferreira, no Jardim Água Boa; Tancredo Neves, no Parque das Nações; Reis Veloso, na Vila Matos/Aurora; Professor José Pereira Lins, no Jóquei Clube; e Celso Muller do Amaral, no Jardim Guanabara.

Com isso, abriram-se vagas para os anos iniciais nas escolas municipais Neil Fioravanti (Caic), no Parque Nova Dourados; Álvaro Brandão, na Vila Industrial; Italívio Penzo, no Parque das Nações II; e Clarice Bastos Rosa, no Jardim Maracanã.

Comentário

A unidade da Seara em Dourados realiza nesta quarta-feira (29) a seleção de candidatos para 150 vagas na função de operador de produção. Para participar do processo seletivo, os candidatos devem comparecer à unidade levando em mãos um currículo e documentos pessoais, como Carteira de Trabalho e RG.

Moradores das cidades de Glória de Dourados, Fátima do Sul e Rio Brilhante interessados nas vagas também devem se dirigir à planta de Dourados para participar da seleção, que acontece das 7 às 13 horas na unidade localizada no Km 6 da BR 163, na saída de Dourados para Campo Grande.

Comentário

Caminhoneiros e agricultores que trabalham em Maracaju viram, em menos de um ano, a transformação da estrada rural que dá acesso ao complexo de armazéns de grãos da cidade. Localizada na entrada do município, a via que liga a rodovia MS 162 às empresas ADM do Brasil, Cargill e Granja Noroeste foi totalmente revitalizada pelo Governo do Estado.

Investimentos de R$ 5,4 milhões garantiram a obra em um trecho de 2,5 km de extensão – 800 metros de recuperação de pavimento e 1,7 km de implantação da estrada. Dessa forma, o que antes era barro e poeira deu lugar ao asfalto sinalizado, com mais segurança e conforto para motoristas e outros usuários do trânsito.

Maracaju é o município que mais produz soja em Mato Grosso do Sul. Só na safra passada (2018/2019) foram produzidas 817,7 mil toneladas da oleaginosa em uma área cultivada de 294,2 mil hectares, conforme dados do Siga MS, o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio da Famasul (Federação da Agricultura do Estado).

“Na época da colheita uma fila de até 100 caminhões por dia fica na estrada para descarregar. Como a largura (da estrada) era pequena, dificultava a passagem de quem precisava ir e voltar”, diz o agricultor Celso Luiz Villani. Morador de Maracaju, ele avalia a recuperação do trecho como “um belo investimento que traz bons resultados” para o setor do agronegócio e para os trabalhadores das empresas da região. “Facilita para quem precisa entregar e descarregar a produção nos armazéns”, completa o produtor.

Lançada em maio de 2019 pelo governador Reinaldo Azambuja, durante a Festa da Linguiça de Maracaju, a obra está em fase final e deve ser entregue nas próximas semanas pelo Governo. A iniciativa ainda atende pedido antigo de caminhoneiros e agricultores da cidade.

Comentário

O sonho de ser repórter impulsiona o estudante Arthur Rodrigues, de 10 anos, a andar por vários bairros de Dourados procurando os problemas do município para expor ao público, por meio de gravações em vídeo divulgadas em redes sociais. Ruas sem asfalto, localidades abandonadas e lixo acumulado são alguns dos assuntos já mostrados pelo jovem.

O pai de Arthur, Ademir dos Santos, de 37 anos, que ajuda o filho nas gravações dos vídeos, disse ao jornal Correio do Estado que a ideia partiu do próprio garoto aos 6 anos de idade no caminho para a escola. “Tinha um monte de lixo na rua, que o pessoal estava jogando. Ele viu e falou: ‘Pai, vamos fazer um vídeo, para as pessoas pararem de jogar lixo aqui’ e nós gravamos”, contou o homem que trabalha como caminhoneiro.

Percebendo a necessidade das pessoas, Arthur decidiu continuar gravando os vídeos com a ajuda do pai. “A gente escuta muito rádio aqui em casa e ligam muito lá para reclamar da situação da cidade”, disse Ademir. Com um canal no Youtube, o mini-repórter já tem cerca de 40 vídeos e também usa do humor para fazer sua crítica social, como quando se fantasiou de mosquito da dengue para denunciar um monte de entulho em um bairro de Dourados.

Quando crescer, Arthur pretende seguir o caminho da comunicação e ser repórter. “Ele gosta muito de fazer. Disse que quer ser repórter”, afirmou o pai. Os vídeos do garoto também são divulgados pela mídia local e ele chega a ser visto por mais de 2 mil pessoas nas redes sociais. Como consequência da divulgação as pessoas já pedem para o estudante ir até os bairros falar sobre os problemas enfrentados pela população. “A gente está até em um grupo que as pessoas mandam sugestões [...] Ele está ficando famoso; as pessoas vêem ele na rua e falam: ‘Eu conheço você; é muito legal”, revelou Ademir.

Porém, os problemas expostos por Arthur nem sempre são resolvidos pelo poder público. “É bem pouco, para ser sincero. Algumas coisas tiveram melhorias; em bairros com muito mato e lixo; fizemos vídeos de escuridão e foi resolvido”, contou Ademir, garantindo que a luta para melhorar o município através dos vídeos continua, com vídeos gravados que ainda são inéditos, conforme a reportagem do jornal.

Comentário

Desde o início do mandato o vereador Romualdo Ramim (PDT) vem solicitando da Prefeitura, durante as sessões da Câmara de Dourados, a instalação de faixas elevadas para pedestres em frente aos portões de todas as escolas e Ceims (Centros de Educação Infantil Municipal). Segundo o parlamentar, o objetivo é garantir maior segurança aos estudantes nos horários de entrada e saída das aulas.

"Constantemente somos procurados por pais, diretores e professores de escolas e Ceims, que expõem grande preocupação com o risco de acidentes nos horários de entrada e saída. Precisamos garantir a segurança de todos os alunos, sem distinção, por isso, vou apresentar novamente indicações quantas vezes for preciso para obtermos essa conquista. Vou acrescentar também as escolas estaduais, particulares e as universidades da nossa cidade", explicou o vereador.

Algumas escolas já possuem a faixa elevada ou lombada eletrônica como medida preventiva de acidentes, porém as lombadas estão desativadas desde julho do ano passado e a comunidade escolar requer a padronização das faixas para que o problema não aconteça novamente.
Todas as lombadas eletrônicas mantidas pelo Estado foram desligadas. Em nota, a empresa responsável alegou dívida por parte do Governo.

“Sabemos que o custo da faixa elevada não é baixo e são dezenas de instituições de ensino em Dourados, mas estou a disposição da Prefeitura para fazer gestão política junto a Assembleia Legislativa e aos Governos Estadual e Federal para a viabilização de recursos e conseguirmos atender esta demanda que vai beneficiar milhares de estudantes”, disse o vereador.

Esta é uma das principais lutas que Ramim vai retomar no Poder Legislativo, após o retorno das sessões, previsto para a próxima segunda-feira (3), informa, através da assessoria. “Não precisamos esperar que acidentes aconteçam para tomarmos providências. Sabemos que é necessária muita cautela dos condutores nesses locais, porém, somente a sinalização horizontal e vertical não é suficiente”, concluiu Ramim.

Comentário

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) abre nesta terça (28) as inscrições de processo seletivo com 15 vagas para professor substituto. Há vagas em diversas áreas nos campi em Campo Grande, Corumbá e Três Lagoas. Os salários variam de R$ 2.200 a R$ 5.800, a depender da carga horária e titulação.

Confira as vagas: Contabilidade de Custos/Auditoria Contábil/Entidades sem fins lucrativos (1); Ciências Biológicas/Morfologia/Biologia Celular e Embriologia (1); Física (1); Enfermagem Fundamental (1); Linguística, Letras e Artes – Pintura (1); Engenharia I/Engenharia Civil (1); Clínica Médica/Otorrinolaringologia (1); Odontologia/Clínica Odontológica/Materiais Odontológicos (1); Educação Física(1);Ciências Sociais Aplicadas/Ciências Contábeis (1); Filosofia (1); Bioquímica (1); Linguística, Letras e Artes/Teoria Literária (1); Enfermagem/Interdisciplinar (1) e Ciências Exatas e da Terra/Ciência da Computação (1).

A inscrição é gratuita e deve ser feita na secretaria da Unidade de Administração Setorial, entre esta terça e a sexta-feira (31). A seleção é composta pelas fases de prova escrita, didática e de títulos, conforme publica o site midiamax.

Comentário

Página 1 de 1551

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus