Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 63
×

Aviso

There is no category chosen or category doesn't contain any items
Terça, 28 Setembro 2010 17:05

Quimioterapia – cardápio adequado combate alteração do paladar

Escrito por

Um dos diversos efeitos sentidos pelos pacientes portadores de câncer que se submetem a tratamentos de quimioterapia é alteração do paladar. Com o objetivo de ajudar os pacientes oncológicos a comer melhor e aprenderem a maneira correta de preparar os alimentos, o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo [Icesp], que é ligado à Secretaria de Estado de Saúde, criou um cardápio especial e uma programação de aulas de culinária.

Os pacientes, assim como seus acompanhantes, uma vez por mês recebem orientação, aprendendo a cozinhar pratos diferenciados que beneficiam aqueles que fazem esse tratamento. O projeto oferece ainda todo o suporte nutricional aos participantes.

A quimioterapia utiliza compostos que impedem a multiplicação de células malignas.

Dependendo o paciente, o processo causa alterações no paladar. Elas podem ser leves [hipogeusia – quando a sensibilidade aos sabores fica reduzida], ou agudas [digeusia – quando há ausência da sensibilidade ao gosto]. Esses efeitos têm duração variável. Geralmente, desaparecem após algumas semanas, mas são os grandes responsáveis pela ingestão alimentar insuficiente e, consequentemente, pela perda de peso durante o tratamento.

“A boa notícia é que estes sintomas desagradáveis podem ser minimizados por meio do uso de medicamentos prescritos pelo médico e com uma avaliação nutricional. Os profissionais, em conjunto, irão avaliar quais são os cuidados necessários com a alimentação durante o período de tratamento”, avalia Suzana Camacho Lima, gerente do setor de nutrição e dietética do Icesp.

Algumas dicas importantes que podem contribuir significativamente para o alívio dos sintomas da quimioterapia:

  • - evitar alimentos muito quentes ou muito gelados;
  • - substituir talheres de metal pelos de plásticos, caso o paciente sinta sabor residual metálico;
  • - utilizar como temperos as ervas aromáticas, como o manjericão, orégano, salsinha, hortelã e alecrim;
  • - manter uma boa higiene oral;
  • - enxaguar a boca antes das refeições;
  • - comer bala de hortelã ou menta;
  • - pingar gotas de limão sobre a língua;
  • - consumir alimentos de diferentes texturas;
  • - beber suco de laranja ou água com gotas de limão.

  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus