Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd outubro rosa
Quarta, 22 Dezembro 2010 13:06

Alguns cuidados necessários com as crianças na época das férias de Natal

Escrito por Redação Douranews

Areia, terra e água. A combinação desses elementos - abafados embaixo das roupas ou nas dobras do corpo - com calor é a condição ideal para que os fungos se multipliquem em sua pele. E o resultado de uma superpopulação de fungos é a micose. Algumas dicas para evitar o problema é enxugar a criança depois do banho de mar e colocar a roupa de banho para secar ao sol.

criancas-natal_1

Como as crianças passam mais tempo na água, na piscina ou no mar, e as temperaturas estão elevadas, a umidade do ouvido aumenta e torna o ambiente propício para a proliferação de micro-organismos e, como consequência, a otite. Além da limpeza com toalha ou fralda de pano sempre que a criança sair da água, outra forma de prevenção é recorrer aos protetores auriculares que impedem a passagem da água para o interior do ouvido. E atenção: não use cotonete!

criancas-natal_2

No verão, as crianças devem tomar a mesma quantidade de água que os adultos, ou seja, de 2,5 litros a 3 litros. As melhores bebidas para hidratar, além da água, são a água de coco e os sucos de frutas. Quando não se sabe a procedência do produto, porém, é melhor recorrer ao industrializado. Para os bebês, os chás podem ser oferecidos desde que o pediatra autorize

criancas-natal_3

O cuidado com a higiene dos alimentos deve ser redobrado no verão. Frutas, legumes e verduras devem ser bem lavados com água filtrada ou fervida e, se possível, deve-se deixá-los de molho em solução clorada por 10 minutos. É bom evitar carne, frango e ovos mal passados, que podem transmitir bactérias. Outra dica importante é evitar os crustáceos, pois assim como a carne de porco, são muito alergênicos e podem comprometer a saúde das crianças abaixo dos 5 anos de idade

criancas-natal_4

Diarreia, dores na barriga, incômodo e irritação. Esses e outros sintomas são comuns à intoxicação alimentar e à infecção bacteriana que, apesar das similaridades, têm causas diferentes. A hidratação contínua - para repor o que se perde com os vômitos e diarreias - e uma readequação alimentar (com menos gorduras, açúcar e alimentos fermentativos) é o mais recomendado em ambos os casos

criancas-natal_5

As crianças têm a pele mais sensível, por isso precisam de proteção redobrada contra o sol. O filtro solar deve ter fator de proteção de no mínimo 30 e deve ser aplicado meia hora antes da exposição ao sol e reaplicado a cada 2 horas. E, como todo mundo sabe, é preciso evitar o sol entre 10h e 16h, lembrando-se do horário de verão

criancas-natal_6

Apesar do Natal no hemisfério sul cair no verão, os pratos típicos da festa são bastante gordurosos, mais adequados ao inverno. E o organismo das crianças pode não estar preparado para comida tão pesada. As carnes de porco podem causar alergias e o excesso de açúcar, dores de barriga e diarreia. Além de evitar exageros, é importante respeitar o horário das crianças

criancas-natal_7

Última modificação em Quarta, 22 Dezembro 2010 12:38
  • al sustentavel 2
  • kikao professor

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus