Timber by EMSIEN-3 LTD
  • doaçao
  • Dnews Whats
Terça, 09 Outubro 2018 16:10

UCP tem Esquadrão de Heróis pra não deixar faltar sangue na fronteira

Escrito por
Grupo de voluntários se mobiliza para manter estoque de sangue em Hemocentro das duas cidades Grupo de voluntários se mobiliza para manter estoque de sangue em Hemocentro das duas cidades Assessoria

Cerca de 300 mil pessoas da fronteira entre o Brasil e o Paraguai e que precisam do Banco de Sangue do Hemocentro de Ponta Porã passam a contar com um reforço muito importante a partir de agora. O Esquadrão de Heróis criado pela UCP (Universidad Central do Paraguay) fará doações regulares para manter o estoque de hemoderivados abastecido.

O grupo já tem cerca de 250 universitários voluntários que farão doações diárias e durante as campanhas em épocas de maior procura com ao final do ano e no carnaval quando aumenta a procura. O diretor administrativo da UCP de Pedro Juan, Karlos Bernardo, também participou da ação e incentivou o grupo. “Isso se chama ação humanitária”, definiu.

Para abastecer o Hemocentro de Ponta Porã seriam necessárias cerca de 400 bolsas por mês, mas apenas a metade disso é conseguida e o reforço do Esquadrão de Heróis será importante no aumento da demanda a partir de agora.

Segundo os diretores do Hemocentro, quando há uma procura muito grande existe a falta do produto e eles são obrigados a apelar para cidades como Dourados e Campo Grande para suprir a necessidade e agora com o aporte dos universitários da UCP será possível manter um estoque contínuo do produto e a reposição será mais fácil e rápida.

De acordo com a professora Cynthia Ovandro, esta foi a forma que a UCP encontrou de mobilizar seus acadêmicos e dar uma resposta para um problema que atinge brasileiros e paraguaios que precisam de atendimento médico nos hospitais de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. “Vamos tentar ampliar o número de voluntários e manter um cronograma regular de doações para abastecer o hemocentro e em breve a falta de sangue será coisa do passado aqui na nossa região”, disse ela.

A universitária Drieli Rodrigues, que fez parte das primeiras turmas de voluntários do Esquadrão de Heróis, disse que se sentiu muito bem por ter a oportunidade de ajudar o próximo e que a sensação de pode ajudar a salvar vidas é indescritível. “Foi uma experiência muito boa e espero que o número de voluntários aumente dentro da universidade e que isso desperte na sociedade acadêmica a vontade de ajudar também”, falou ela durante a doação.

  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus