Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A PM (Polícia Militar) de Caarapó apreendeu, no início da noite deste sábado (10), um caminhão baú que trafegava em alta velocidade pela avenida Presidente Vargas, na altura da Vila Jatobá e acabou descobrindo uma carga com mais de mil quilos de maconha no interior do compartimento do caminhão.

Ao proceder a abordagem, a equipe percebeu o forte o odor que vinha do baú do veículo, que era conduzido por um homem identificado pela PM apenas pelas iniciais E.S.O., de 32 anos, e que seria residente em Ponta Porã. Os militares constataram a existência de um fundo falso no caminhão, onde estavam 1.080 quilos de maconha.

O condutor do caminhão disse foi contratado em Ponta Porã e pegou o caminhão com a droga na cidade de Amambai, devendo entregá-lo em Campo Grande. E.C.S. foi preso pela prática do tráfico de drogas e encaminhado com o material e o veículo para a delegacia da cidade.

Comentário

Cerca de 15 milhões de famílias entraram em crise neste ano, enfrentando desemprego, inadimplência e dificuldades orçamentárias, segundo a nova edição do 360º Consumer View, levantamento realizado anualmente pela Nielsen, empresa que estuda consumidores em mais de 100 países.

Com isso, conforme repercute o portal G1, o total de domicílios impactados pela crise subiu para 27 milhões neste ano, pouco mais da metade do universo total de 53 milhões de famílias pesquisadas, apesar de o levantamento não considerar todo o território brasileiro. Segundo a Nielsen, a região Norte ficou de fora do estudo.

Ao mesmo tempo, os números também mostram que 12 milhões de famílias saíram da crise neste ano. Outros 14 milhões de domicílios se mostraram imunes às turbulências financeiras.

O levantamento aponta que o número de lares que entraram em crise neste ano superou a parcela daqueles que deixaram as dificuldades para trás, Isso reforça, na visão da Nielsen, um cenário de "looping" (famílias entrando e saindo da crise) que gera "incertezas e dificuldades de forma mais duradoura".

Segundo o diretor do Painel de Lares da Nielsen Brasil, Ricardo Alvarenga, uma eventual retomada do emprego e da massa salarial, com a inflação ainda controlada - fatores que influenciam o aumento do consumo das famílias - "não vai ser do dia para a noite".

"Há uma alta concentração de desalentados, que não são classificados como desempregados porque não estão mais procurando emprego. Tem uma população 'subocupada' [sem carga horária completa] e, nos trabalhadores informais ou autônomos, a média salarial é mais baixa", explicou.

O consumo das famílias tem forte peso no PIB (o Produto Interno Bruto) brasileiro, de 63,4%. Ou seja, mais da metade do que é produzido no Brasil depende da demanda das famílias. Em 2017, após dois anos de recessão, o PIB voltou a registrar crescimento, com uma alta de 1%. Neste ano, continua em expansão, mas em um ritmo menor do que o esperado anteriormente por analistas.

Comentário

O proprietário do veículo SW4, placas HTI 4792, de Itaporã, empresário José Saturnino, foi surpreendido no final da noite desta sexta-feira (9) quando estava em casa, jantando na cozinha, e dois indivíduos invadiram o local anunciaram um assalto, na rua Juscelino Kubitschek.

Os dois homens, com os rostos parcialmente vedados, um deles magro, alto, branco e de cabelos loiros e liso, estava com uma faixa preta cobrindo o nariz e a boca e trajava calça jeans, enquanto o segundo era moreno baixo estava de calça jeans cabelos pretos curtos e também tinha um pano preto tapando a boca e o nariz.

Segundo o boletim de ocorrência policial, os elementos estavam armados com uma faca grande de cabo branco tipo de açougue, e uma arma de fogo tipo garrucha de um cano de cor preta, e fizeram ameaças dizendo que caso a vítima não entregasse o veículo iria morrer. Sem esboçar reação, Saturnino foi amarrado com uma corda e os assaltantes deixaram a residência com a caminhonete, um aparelho de telefone celular, e a carteira com documentos pessoais e do veículo.

A outra surpresa boa é que, depois de se livrar das amarras e informar a um filho sobre o ocorrido, a Polícia foi acionada e, meia hora depois, o dono da caminhonete foi informado de que o veículo foi recuperado, na região do Posto Capeí, no trecho da BR 463 entre Dourados e Ponta Porã, e um dos autores do crime foi preso. A PM (Polícia Militar) também apreendeu uma motocicleta com placa adulterada que teria sido utilizada pelos assaltantes.

Comentário

A tabela contendo o valor fixado como base de cálculo do IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores) para o exercício de 2019 foi publicada no Diário Oficial do Estado de quarta-feira (7), e reafirma a determinação do governador Reinaldo Azambuja quanto ao desconto de 30% na alíquota de 5%, fazendo com que a cobrança – para veículos automotores – seja reduzida para 3,5% sobre o valor venal, conforme tabela elaborada pela Fipe.

O IPVA é a segunda fonte de tributo do Governo do Estado, ficando atrás apenas do ICMS (o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Da arrecadação total, 50% é destinado ao Estado e 50% aos municípios onde o veículo foi emplacado. A alíquota do IPVA em Mato Grosso do Sul é de 5% sobre o valor venal do veículo. Os percentuais aplicados para 2019 são os mesmos praticados no ano de 2016, 2017 e 2018, ou seja, não houve aumento por parte do Governo.

Além da tabela contendo os valores correspondentes a veículos usados, a serem tomados como base de cálculo do IPVA 2019, o decreto informa o desconto de 15% para pagamento à vista até 31 de janeiro ou a possibilidade de parcelamento em até cinco vezes com vencimento em 31 de janeiro, 28 de fevereiro, 29 de março, 30 de abril e 31 de maio de 2019.

As dúvidas quanto aos valores consignados na tabela dão aos proprietários um prazo de 20 dias para apresentar impugnação, contados da data da ciência da notificação do lançamento do IPVA. Os contribuintes podem ainda se dirigir pessoalmente às Agenfas (as Agências Fazendárias) em seus respectivos municípios, munidos de documentos pessoais e do veículo ou ainda procurar a Unidade de Acompanhamento e Arrecadação de Outros Tributos/IPVA, que fica em Campo Grande, na avenida Fernando Corrêa da Costa, 858, das 7h30 às 13h30. Os telefones (67) 3316-7513 / 7534/ 7541 também são disponibilizados para mais informações.

Comentário

O vice-governador eleito de Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith, recepcionou na noite desta sexta-feira (9), em Campo Grande, juntamente com o prefeito da Capital, Marquinhos Trad, o o ex-vice-presidente do Magic Kingdom/The Walt Disney Company, Dan Cockerell.

Dan Cockerell veio participar da roda do empreendedorismo, durante a realização do evento Know How Experience 2018, que acontece pela primeira vez no Estado e reuniu personalidades de vários continentes.

Murilo também teve a oportunidade de abordar a história de sucesso dos 42 anos de criação da Unigran, inicialmente em Dourados e agora com unidade na Capital e pólos avançados em várias partes do mundo, empreendimento do qual foi um dos fundadores.

“O mundo não aceita mais aquela coisa de que um determinado negócio deu certo porque as pessoas que estavam à frente tiveram sorte; hoje, o que vale é o conhecimento aplicado, o know how, condição básica para se firmar no mercado, produzir com sucesso”, discorreu. Da mesma forma, referindo-se ao potencial de Mato Grosso do Sul para novos investimentos, destacou a presença dos participantes que podem comprovar, durante a roda do empreendedorismo que acontece até neste domingo (11), “que aqui existe um ambiente seguro, propício para atrair investidores que querem expandir os seus negócios”.

O evento acontece no espaço de eventos do Diamond Hall, na capital do Estado e os convidados vão poder desenvolver opiniões sobre oportunidades econômicas para atrair novos empreendedores para o Centro-Oeste brasileiro, mostrando os números positivos de Mato Grosso do Sul nesse cenário.

Comentário

Helinho, de 18 anos, estreou pelo São Paulo domingo (4) passado e coroou sua primeira partida pelo profissional com um golaço no empate com o Flamengo. Neste sábado (10), o meia-atacante do Tricolor, inclusive, será uma das opções para o clássico contra o Corinthians, às 17 Horas (16 de MS), em Itaquera.

O duelo contra o Corinthians, por sinal, faz cruzar a história de Helinho com a de Pedrinho, joia da base alvinegra que está se firmando no time profissional após enfrentar desafios que devem ser apresentados também ao são-paulino, como, por exemplo, o condicionamento físico.

Utilizado durante todo o segundo tempo contra o Flamengo, Helinho terá de passar por período de adaptação ao time profissional para poder ser utilizado com maior frequência e por mais minutos.
Está claro para a comissão técnica que o jovem meia-atacante do Tricolor ainda precisa adquirir maior ritmo de jogo para poder render o que se espera dele no profissional.

Comentário

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) realiza, neste domingo (11), a prova de transferência externa para o curso de Medicina, da unidade de Campo Grande. São 192 candidatos concorrendo a 19 vagas.

Informações detalhadas sobre esse processo estão contidas AQUI

Comentário

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (9) que a partir do ano que vem ele tomará conhecimento do conteúdo do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) antes da aplicação da prova. Bolsonaro deu a declaração em uma transmissão ao vivo no Facebook ao falar sobre uma questão no Enem deste ano que abordou o pajubá, conjunto de expressões associadas aos gays e aos travestis.

O Enem realizou a primeira etapa das provas no domingo (4) passado e conclui a avaliação do Ensino Médio neste domingo (11), de acordo com o cronograma do MEC.

"Esta prova do Enem – vão falar que eu estou implicando, pelo amor de Deus –, este tema da linguagem particular daquelas pessoas, o que temos a ver com isso, meu Deus do céu? Quando a gente vai ver a tradução daquelas palavras, um absurdo, um absurdo! Vai obrigar a molecada a se interessar por isso agora para o Enem do ano que vem?", indagou o presidente eleito.

Segundo o presidente eleito, ele está "em vias" de anunciar o nome do futuro ministro da Educação. O perfil do novo titular da pasta, acrescentou, será de alguém com "autoridade" e que entenda que o Brasil é um país "conservador".

"Queremos que na escola a molecada aprenda algo que no futuro lhe dê liberdade, que ele possa ganhar o pão com trabalho, não fique com essas questões menores que a gente vê por aí de ideologia de gênero. Qual a importância disso? Vai ser feliz, cara! Se você quer se feliz com outro homem, vai ser feliz! Se você é mulher e quer ser feliz com outra mulher, vai ser feliz", disse.

"Mas não fiquem perturbando isso nas escolas, obrigando a criançada a estudar besteira que não vai levar a lugar nenhum. Quem ensina sexo é papai e mamãe, pronto e acabou", completou.

O Enem

O Enem é realizado pelo Inep (o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), uma autarquia do Ministério da Educação, desde 1998. Em 2009, se transformou em um exame para ser usado como acesso ao ensino superior. Mas usa uma metodologia diferente dos vestibulares tradicionais e, por isso, as questões não são todas elaboradas por uma mesma equipe: são retiradas de um banco de itens com milhares de questões já feitas durante vários anos por muitos professores.

Todos os anos, um grupo menor do Inep seleciona as questões para elaborar três versões diferentes da prova. Duas delas são aplicadas todos os anos: a primeira aplicação regular é aplicada em dois domingos seguidos (o passado e o próximo) e teve 5,5 milhões de inscritos. Uma segunda será aplicada em dezembro para presos, e uma terceira fica como “reserva”, para o caso de algum imprevisto.

Comentário

Acontece neste sábado (10) a segunda edição do Festival de Graffiti com atividades culturais durante o dia todo na Moradia Estudantil da UFGD, localizada na rua João Ayres da Silva, 714, no Jardim Florida.

O programa começa às 8 horas nos muros do local que serão grafitados pelos artistas Renato Luiz Masson (SP) e Lucas Bernardo da Silva (MS) com o tema: “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 04 da ONU: Educação de Qualidade”. Além dos graffites, haverá a oficina Cores de Gentileza, que faz parte do projeto Oficinas Culturais da UFGD, com alunos das escolas estaduais Rita Angelina Barbosa Silveira e Presidente Vargas.

Às 13 horas, haverá uma intensa programação cultural, com DJ Danilo, DJ Junex, Jean Ribeiro, Street Dance (AAGF Crew), Sismo 9.5, Open Mic Slam Dourados, Batalha de Rima e Game of Skate. Já à noite serão realizados dois shows, o primeiro do grupo de rap indígena Brô MC's, às 18 horas, e o segundo com a banda de rock The Luganos, a partir das 19 horas.

Comentário

O Imam (Instituto municipal do Meio Ambiente) firmou contrato com a Fapec (Fundação de Apoio a Pesquisa ao Ensino e a Cultura) para a elaboração do Plano Diretor de Arborização Urbana (o PDAU) de Dourados, conforme divulgou o Diário Oficial de quinta-feira (8) com a publicação do extrato do contrato. A Prefeitura vai aplicar R$ 243 mil em recursos do ICMS Ecológico, destinados à manutenção e desenvolvimento das atividades do Imam, na elaboração do Plano.

Segundo o diretor-presidente do Imam, arquiteto Fabiano Costa, essa é uma ação inédita na maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul e será um marco ecológico do município. “A ausência de informações científicas e técnicas sobre como proceder com a arborização em Dourados traz problemas para a população e para a administração. Identificamos a ampla necessidade de um plano e estamos caminhando para implantá-lo”, anunciou.

Entre as principais metas para a elaboração do PDAU está a amenização de problemas existentes, principalmente, causados pelo conflito de árvores inadequadas com equipamentos urbanos, como fiações elétricas, encanamentos, calhas, calçamentos, muros e postes de iluminação.

Com a contratação da Fapec, os trabalhos iniciam para cumprir as metas de Diagnóstico de Arborização Urbana (90 dias), Diretrizes para a Gestão e Gerenciamento da Arborização Urbana (150 dias), Relatório Final com o PDAU elaborado (180 dias), juntamente com o início do programa de arborização das vias para os anos de 2019 e 2020.

“A solução para evitar os conflitos com as estruturas urbanas e maximizar os benefícios da arborização está no planejamento. Planejar a arborização de ruas, resumidamente, é escolher a árvore certa para o lugar certo, a partir do uso de critérios técnicos para o estabelecimento da arborização nos estágios de curto, médio e longo prazo”, explicou o diretor. “É fundamental considerar a necessidade de um manejo constante e adequado voltado especificamente para a arborização nas ruas. Este manejo envolve etapas de plantio, condução das mudas, podas e remoções necessárias. O Plano traz essa sincronia”, finalizou.

Comentário

Página 3 de 1113
  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus