Timber by EMSIEN-3 LTD
Quinta, 06 Junho 2019 07:24

Frente Parlamentar apresenta cronograma do Junho Prata nesta quinta-feira Destaque

Escrito por
Deputado Renato Câmara preside Frente Parlamentar que cuida dos interesses dos idosos na Assembleia Deputado Renato Câmara preside Frente Parlamentar que cuida dos interesses dos idosos na Assembleia Divulgação/Luciana Nassar

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa vai apresentar, nesta quinta-feira (6), a partir das 14 horas, o cronograma de atividades relativas ao mês de Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa, conhecido como Junho Prata. O evento acontecerá no Plenarinho Deputado Nelito Câmara, conforme proposição do coordenador do grupo de trabalho, deputado Renato Câmara (MDB).

Também está prevista a explanação do 4º Seminário Estadual de Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa. Além disso, serão discutidos o calendário de reuniões para 2019 e a inclusão de demandas nas pautas das próximas reuniões da Frente Parlamentar.

Junho Prata

O mês de combate à violência contra a pessoa idosa, denominado Junho Violeta/Prata, foi instituído no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul pela Lei 5.215, de 12 de junho de 2018. O objetivo da norma proposta pelo deputado Renato Câmara é sensibilizar a população para o tema.

“A violência contra as pessoas idosas configura uma grave violação dos seus direitos e sabe-se que muitas vezes, quando vítimas de maus-tratos, os idosos, em virtude de sua fragilidade física e emocional, temem denunciar os seus agressores por medo de sofrer represálias e também em virtude de, muitas vezes, alimentarem sentimento de afeto em relação aos seus algozes”, afirmou o parlamentar ao justificar o projeto de lei apresentado em 2017.

De acordo com a lei, o mês de junho de cada ano representa o período do ciclo anual no qual são reunidos esforços visando conscientizar a população sobre o respeito à integridade física e psíquica da pessoa idosa. Inclui ainda a divulgação dos meios e dos canais destinados à denúncia ou à representação de condutas que impliquem agressão aos direitos do idosos.

Segundo o deputado, a cor prata significa sabedoria, pureza, franqueza, consciência tranquila e fidelidade e complementa o conceito final da campanha de enfrentamento a violência contra a pessoa idosa. Já a escolha da cor violeta deu-se por representar espiritualidade, intuição, purificação e cura dos níveis físico, emocional e mental. Além disso, a cor simboliza respeito, dignidade, devoção, piedade e sinceridade.

  • unimed nova
  • cassems
  • governo raly

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus