Timber by EMSIEN-3 LTD
Sábado, 09 Março 2019 11:23

Governo define que Bolsonaro será garoto-propaganda do projeto da reforma

Escrito por
Presidente Jair Bolsonaro será a arma secreta da campanha pela aprovação da reforma da Previdência Presidente Jair Bolsonaro será a arma secreta da campanha pela aprovação da reforma da Previdência Douranews/Arquivo

O governo está preparando o arsenal para lutar a guerra da Previdência. Como a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados será instalada terça-feira (12), a Presidência da República trabalha uma comunicação integrada capaz de construir uma narrativa eficaz para convencer a população da necessidade da atualização das regras de aposentadoria. A ideia é manter as redes sociais em foco, mas também intensificar a disponibilidade de informações por meio da televisão, rádio e dos jornais. O slogan já pode ser visto: “Nova Previdência. É para todos. É melhor para o Brasil”.

Segundo o jornal Correio Braziliense, a estratégia de comunicação será capitaneada pelo presidente Jair Bolsonaro. Ele será o “garoto-propaganda” da PEC (a Proposta de Emenda à Constituição) encaminhada ao Congresso. A avaliação de estrategistas, ministros e assessores do Palácio do Planalto é de que será preciso construir uma boa narrativa para evitar a fúria da população. Afinal, as armas da oposição são voltadas para desconstruir a imagem de que a reforma seja boa para o cidadão mais pobre.

O governo vai atuar justamente no ponto nevrálgico da boa informação, em como construir uma retórica que penetre até nos municípios mais pobres, mas, também, não se ilude com a ideia de conseguir um amplo apoio da população. Pessoas próximas ao presidente explicam que a meta é fazer com que a sociedade, no mínimo, entenda a urgência.

O próprio Bolsonaro usa, metaforicamente, o contexto de que o ajuste nas regras de aposentadoria é um remédio amargo, mas necessário. Algo nos moldes do que o ex-presidente Michel Temer dizia. “É uma medida amarga, mas é uma resposta que temos que dar, de uma política sem muita responsabilidade que foi feita ao longo dos últimos anos. E tem que dar um freio de arrumação agora. Até os militares vão entrar com sua cota de sacrifício nessa reforma”, declarou, nesta sexta (8), o presidente.

  • unimed nova

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus