Imprimir esta página
Sábado, 13 Outubro 2018 10:07

PDT estuda punição a candidatos a governador que apoiam Bolsonaro Destaque

Escrito por
Juiz Odilon, pedindo votos em Dourados, pode ser punido pelo PDT por anunciar apoio a Bolsonaro Juiz Odilon, pedindo votos em Dourados, pode ser punido pelo PDT por anunciar apoio a Bolsonaro Douranews

Mesmo com a decisão da direção nacional de apoio ao candidato Fernando Haddsd, do PT, no segundo turno dessas eleições nos Estados onde governadores não conseguiram se eleger no dia 7 de outubro, quatro candidatos filiados ao PDT, que concorreu com o candidato, Ciro Gomes no primeiro turno, anunciaram que vão apoiar o candidato Jair Bolsonaro (PSL) na eleição do dia 28.

Amazonino Mendes (AM), Juiz Odilon (MS) e Carlos Eduardo (RN) são três dos que declararam apoiar Bolsonaro, enquanto que Waldez Góes (AP) ainda não definiu apoio neste segundo turno, indica levantamento feito pelo portal G1.

Nenhum dos candidatos a governador filiados ao partido de Ciro declarou apoio em Haddad, contrariando orientação nacional. A Executiva nacional do PDT se reúne no começo da semana para definir se haverá punição aos correligionários que declararam voto em Bolsonaro.

Última modificação em Sábado, 13 Outubro 2018 10:13
Redação Douranews

Mais recentes de Redação Douranews