Timber by EMSIEN-3 LTD
  • Unigran vest novo
Quarta, 19 Abril 2017 10:30

Audiência proposta por Marçal debate sobre o estacionamento rotativo

Escrito por Assessoria
Audiência vai debater uma série de questões relativas ao estacionamento rotativo e usuários Audiência vai debater uma série de questões relativas ao estacionamento rotativo e usuários Éder Gonçalves

Evento vai coletar questionamentos apontados por profissionais e pela sociedade, para que seja elaborado documento como sugestão de melhorias para a prefeitura

A Câmara Municipal de Dourados realiza na quinta-feira da semana que vem, dia 27, uma audiência pública para debater sobre o estacionamento rotativo. Proposição do vereador Marçal Filho (PSDB), a audiência é uma oportunidade para discutir a uma série de questões como a ampliação de vagas, estacionamento para idosos e cadeirantes, como também sobre a contrapartida que o município recebe da empresa que explora o serviço, além de segurança ao veículo do usuário que paga pelo estacionamento.

A Defensora Pública titular da Defensoria Pública da Defesa do Consumidor da Comarca de Dourados, Mariza Fátima Gonçalves, será a palestrante do evento, assim como o doutor em geografia e professor da UFGD, Mário Cezar Tompes da Silva, profissional com grande experiência nas áreas de planejamento e geografia urbana. Com início às 19h, na Câmara Municipal, o evento será transmitido ao vivo pelo Facebook do vereador Marçal, de forma que internautas possam acompanhar a discussão e enviar questionamentos.

“Queremos saber da população o que elas pensam a respeito do serviço prestado em Dourados pelo estacionamento rotativo. Sabemos que o parquímetro é fundamental para organizar e dar fluxo as vagas na região central, no entanto, muitas pessoas têm reclamado sobre a ampliação do estacionamento para áreas residenciais e de estabelecimentos de saúde”, diz o vereador Marçal Filho.

O estacionamento rotativo está sob o comando da empresa EXP Parking. No ano passado, com a autorização da prefeitura, as vagas pagas ampliaram ao se estenderem para áreas residenciais na rua Oliveira Marques. "É preciso debater com a sociedade sobre os tentáculos do estacionamento rotativo na cidade", pontua o vereador. Lei municipal autoriza a ampliação até a rua Antônio Emílio de Figueiredo, constituída em maioria por residências.

Mas foi em janeiro que as novas vagas pagas começaram a serem cobradas, saltando de 1.151 espaços rotativos para 2.251. Desde o ano passado a empresa Exp Parking administra o estacionamento rotativo em Dourados, exploração garantida em licitação por um período de 10 anos.

Marçal Filho quer trazer para o debate na audiência pública uma série de questões que envolvem o parquímetro, como o retorno que a concessionária EXP concede para o município no decorrer da próxima década, de exploração do serviço. "Quantos a Exp tem arrecadado? Qual o retorno para a administração municipal e qual o planejamento para investir em melhorias na cidade?", indaga o vereador.

Para Marçal, o estacionamento pago não pode ser ampliado sem critério e debate com a sociedade. Muitos usuários têm reclamado quando a falta de vagas de estacionamento para idosos e cadeirantes, da ausência de sinalização vertical, da falta de manutenção de sinalização horizontal, e da qualidade dos estacionamentos, com buracos. Outra questão é quanto a responsabilidade sobre eventuais sinistros aos veículos.

Todas as questões a serem debatidas na audiência servirão para o vereador Marçal Filho elaborar um documento e encaminhar à Prefeitura de Dourados como sugestão de melhorias para atender as necessidades dos usuários do rotativo.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus