Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
Lucas

Lucas

O proprietário de um lava-jato, de 48 anos, foi preso pela Polícia Civil, em Campo Grande, sob suspeita de estuprar e engravidar a própria filha, à época com 14 anos de idade. A investigação ocorre desde novembro de 2017 e, na sexta-feira (30), o homem foi encaminhado ao presídio. Ele já foi indiciado, forneceu material genético para exame de DNA, porém, nega o crime, conforme publica o portal G1.

"Nós recebemos uma denúncia pelo Disque 100, a menina ficou grávida um ano antes, conforme a investigação. Questionada, ela primeiro negou o crime e chegou a 'inventar' uma pessoa com quem teria um relacionamento. Houve contradições e até a mãe dela comentou que ela não saía de casa", afirmou ao G1 a delegada Anne Karine Trevisan, da Depca (a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente) na Capital.

Enquanto faziam buscas, os policiais não encontravam o suposto namorado da menina. "Eles não encontravam a casa deste rapaz. E ela também falava com muita raiva desta pessoa, que seria o pai da criança. Eu pedi novas intimações, como os irmãos da adolescente, que já são adultos. A menina foi junto e, desta vez, confessou que era abusada pelo pai desde os 12 anos", explicou Trevisan.

Durante depoimento, a irmã mais velha também ressaltou que "sempre estranhou o jeito dele com ela", já que o pai obrigava esta jovem a fazer compras com a mãe, sempre em lugares distantes da casa. "Quando elas retornavam, esta irmã comentou que a casa sempre estava fechada. Ela então ficou grávida e a descoberta do caso ocorreu somente agora, após 2 anos", falou a delegada.

O caso foi encaminhado ao Conselho Tutelar. "A menina já está abrigada com o bebê, há uma semana. Neste período, ele convivia normalmente com a família. Em um primeiro momento, ele se recusou a fornecer o material genético. O homem, que não possuía antecedentes criminais, foi indiciado por estupro de vulnerável. Ele ainda terá o agravante pelo fato de ser o pai da menina", finalizou a delegada ao portal de notícias.

Comentário

O plantio de mudas de ipês foi o ponto central de ato informal realizado na manhã de sexta-feira (30) no entorno da área destinada à construção da sede definitiva da Semed (Secretaria municipal de Educação) anexa ao prédio central da Prefeitura de Dourados.

O plantio é parte da implantação do projeto “Plantando sonhos, mudando realidades”, desenvolvido pela Semed, em parceria com o Imam (Instituto municipal do Meio Ambiente), que teve 84 mudas de ipê amarelo distribuídas nas unidades de ensino e plantadas pelas crianças. Nessa ação, além de ipês amarelos, havia mudas de ipês rosa, branco e roxo.

O ato teve a participação da chefe de gabinete da prefeita Délia Razuk, Darlé Pacheco Valente, do secretário de Educação, Upiran Jorge Gonçalves, do diretor-presidente do Imam, Fabiano Costa, do comandante da Guarda Municipal, Silvio Reginaldo, além das coordenadoras do Núcleo de Educação Infantil, Claudia Marinho Carneiro Noda, do Núcleo de Educação Física e Esporte Escolar, Mariza Araújo e do Núcleo de Educação do Campo, Angelita Barros.

Conforme explica Claudia Noda, no contexto do projeto, todas as escolas e Ceims receberam mudas de ipê amarelo e o plantio começou no início de novembro, como forma de iniciar as comemorações ao aniversário de Dourados. “O foco do projeto é fomentar as características da nossa cidade. O ipê amarelo, por exemplo, é símbolo de Dourados, instituído pela Lei Municipal 2794/2005”, disse, lembrando ainda que o ipê (de qualquer cor) é símbolo de Mato Grosso do Sul.

“Crianças gostam de participar do plantio de árvores. E tem toda uma simbologia nesta atividade, além do que elas poderão ver as plantas crescendo e criarão um sentimento bom ao contemplar o desenvolvimento da planta que ajudaram a cultivar”, disse o secretário Upiran.

Sede

Os servidores da Semed comemoraram no meio deste ano a conquista obtida junto à prefeita Délia Razuk, que autorizou os procedimentos para que, enfim, a Educação tenha casa própria.

A prefeita autorizou investimentos da ordem de R$ 1,9 milhão, em recursos próprios, para a construção do prédio, na área do Centro Administrativo Municipal. O resultado do processo de licitação está publicado na edição de quinta-feira (29) do Diário Oficial de Dourados.

Comentário

Duas semanas depois da forte chuva com ventos de intensidade aproximada de 80 km/hora que provocaram estragos em várias partes da cidade, uma árvore permanece obstruindo o acesso ao bosque "Jornalista César Cordeiro", implantado há dois anos pela Prefeitura na área remanescente da chácara Rigotti, anexo à nova Feira Central de Dourados.

As fortes chuvas do dia 18 de novembro provocaram vários estragos na arborização da cidade, com queda da fiação elétrica, interdição de túneis, trasnsbordamento de córregos urbanos e destelhamento de casas em regiões mais vulneráveis. O Município ainda não conseguiu retomar à normalidade no funcionamento de alguns setores atingidos.

Pessoas que costumam frequentar o local, habitado por aves e ornamentado por várias espécies nativas, em região privilegiada da cidade, reclamaram no final de semana que o bosque está mal cuidado. A proposta original era de se implantarem trilhas, e identificar as espécies ali existentes, para transformar o ponto em atrativo de pesquisas e visitação de estudantes, por exemplo.

O bosque ganhou o nome do jornalista Antônio César Cordeiro por sugestão do próprio diretor-presidente do Imam (Instituto municipal do Meio Ambiente) no final do mandato do ex-prefeito Murilo Zauith, em novermbro de 2016, o promotor público aposentado Upiran Jorge Gonçalves da Silva, por sinal, atualmente secretário municipal de Educação.

O jornalista morreu no dia 6 de agosto, depois de permanecer hospitalizado em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) que o vitimou no dia 14 de julho daquele ano. Profissionais da imprensa e familiares participaram da inauguração do bosque, apontado à época como uma opção de preservação de área nativa e fonte de conhecimento para as gerações futuras.

Comentário

Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prendeu na manhã de ontem Um homem de 34 anos, identificado como Jairo Castanha, morador em Xanxerê (SC), foi preso neste sábado (1) durasnte operação do DOF na rodovia MS 156, zona rural do município de Laguna Carapã. Ele foi flagrado transportando 5,6 toneladas de maconha em meio a carga de milho em um caminhão.

De acordo como DOF, durante fiscalização nas imediações da Fazenda Campanário, os policiais pararam o caminhão e, ao averiguarem a carga, se depararam com a droga montada em vários fardos brancos marcados com fitas coloridas, sinalizando que o ilícito teria destinatários distintos, conforme publica o Correio do Estado.

Esse tipo de marcação dos fardos é muito comum no consórcio do tráfico, quando os criminosos que agem de forma independente (ou de grupos diferentes) se unem e fazem uma 'encomenda' juntos, como forma de diminuir os custos operacionais de logística, bem como minimizar prejuízos em caso de apreensão, segundo a reportagem do jornal da Capital.

Junto com a maconha havia ainda 1,2 quilo de cocaína, 1,6 quilo de supermaconha skunk, duas carabinas, dentre as quais uma calibre 12 e a outra calibre 22, uma pistola nove milímetros, dois pacotes de munições 22 e dois de 38.

Comentário

O ministro e decano do STF (Supremo Tribunal Federal), Celso de Mello, arquivou processo movido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) contra o deputado federal Jean Wyllys (PSOL). A ação de injúria e calúnia é baseada em uma entrevista que o parlamentar concedeu ao jornal cearense O Povo, em agosto do ano passado.

De acordo com o portal Terra, a queixa-crime foi apresentada por Gustavo Bebianno, à época advogado de Bolsonaro e hoje indicado para a Secretaria-Geral da Presidência. Segundo ele, apesar de Jean Wyllys não ter citado Bolsonaro nominalmente, teria se referido ao então deputado como "fascista", "burro", "ignorante", "desqualificado", "racista" e "canalha".

Comentário

Com o título garantido desde a semana passada, o Palmeiras entra em campo neste domingo (2), às 16 horas (de MS), para enfrentar o Vitória, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, com a promessa de grande festa na arena paulista. Convidado pelo clube, Jair Bolsonaro estará presente no local para acompanhar a partida.

O presidente eleito do Brasil já afirmou ser torcedor do Palmeiras – o nome dele é uma homenagem a Jair da Rosa Pinto, ídolo do Verdão nos anos 1950.

Torcedores do Palmeiras têm se movimentado desde o início da semana. Há a expectativa para a exibição de um mosaico 3D, a exemplo do que aconteceu na final da Copa do Brasil de 2015, quando Fernando Prass e Cleo, ex-presidente da Mancha, foram homenageados.

A previsão é de casa cheia: o clube informou na sexta-feira que 35 mil ingressos foram vendidos antecipadamente. O Verdão, que arrecadou R$ 76 milhões em bilheteria em 2018, tem a segunda melhor média de público da temporada: 31.750 torcedores por jogo, contabiliza o Globoesporte.com.

Com 77 pontos, o Palmeiras entra em campo defendendo a maior invencibilidade da era dos pontos corridos (desde 2003) do Campeonato Brasileiro. O time de Felipão não perde na competição há 22 jogos – a última derrota foi no dia 25 de julho, em partida contra o Fluminense, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Comentário

O empresário Flávio Fernandes, de 38 anos, foi alvejado por cerca de 6 tiros de arma de fogo, com perfurações no olho direito, nuca, ombro, abdômen, virilha e na região lombar, e o principal suspeito, o policial militar identificado como Ezequiel Ferreira, que efetuou os disparos após uma discussão com Flávio na Casa de Carne Costelão & Cia, no bairro Guiray, em Ivinhema , foi encontado morto horas depois próximo da escola Sidney Carlos Costa.

De acordo com o jornal Ivinoticias, a Polícia Militar de Ivinhema foi acionada para atender uma briga no local, mas ao chegar à briga, Ezequiel sacou a arma e efetuou vários disparos contra Flávio e nos próprios companheiros de farda. Enquanto Flávio era atendido pela polícia e também pela guarnição do corpo de bombeiros, Ezequiel fugiu tomando rumo ignorado.

Após a chegada de Flávio no Hospital Municipal, a guarnição do Corpo de Bombeiros recebeu uma chamada dando conta de que Ezequiel teria cometido suicido em uma rua próxima a Escola Sidney Carlos Costa. O policial foi encontrado caído no chão ao lado do carro

Comentário

Uma jovem de 20 anos foi agredida pelo marido, na madrugada deste sábado (1), em Dourados, e registrou queixa na delegacia de PIolícia Civil da Rua Cuiabá. Em depoimento, ela disse que estava na casa de um familiar e quando retornou para casa o marido a acusou de traição. A vítima tentou chamar a polícia, mas o suspeito ainda teria tomado o aparelho celular das mãos dela.

A mulher disse que estava na residência de um parente e ao chegar em casa, o marido a acusou de o estar traindo, De acordo com a polícia, os dois discutiram e o homem, com sinais de que que estava alcoolizado, a agrediu com socos, chutes e empurrões. A mulher teve pequenos ferimentos pelo corpo e tentou acionar a polícia pelo celular, mas o suspeito de agressão pegou o aparelho da mão da vítima.

Segundo a ocorrência, ela conseguiu sair da residência e foi até a delegacia da cidade, onde prestou queixa contra o marido. O caso foi registrado como lesão corporal e violência doméstica, segundo repercute a TV Morena.

Comentário

O ex-presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush morreu nesta sexta-feira (30) aos 94 anos de idade. Chamado popularmente de "Bush pai" após a eleição do filho George W. Bush como presidente, o republicano foi o 41º presidente a ocupar a Casa Branca, entre 1989 e 1993.

O anúncio da morte foi feito por George W. Bush em um comunicado. "Jeb, Neil, Marvin, Doro e eu anunciamos com tristeza que, depois de 94 anos extraordinários, nosso querido pai morreu”, afirmou. Os detalhes do funeral do ex-presidente ainda são definidos pela família, como publicou OGlobo.

George H. W. Bush se destacou por ter decidido pela intervenção das forças norte-americanas no Iraque na guerra do Golfo, depois que as forças de Saddam Hussein invadiram o Kuwait.

Antes de ocupar a presidência, ele foi vice-presidente durante os oito anos da administração de Ronald Reagan, diretor da CIA e congressista no País.

Comentário

O curso de Design de Interiores da Unigran realizou a segunda edição do Salão do Design Universitário, que neste ano foi inspirado na Escola de Arte ‘Bauhaus’. No evento, foram expostos stands e móveis criados por acadêmicos do 4º semestre, na disciplina de Mobiliário e Projeto Efêmero, enquanto os do 2º semestre apresentaram diversas luminárias produzidas na disciplina de Design, Cultura e Ergonomia.

A primeira edição do salão aconteceu em 2016 e o evento foi inspirado no Salão Internacional do Móvel de Milão, na Itália, considerado o principal evento do mundo na área de Design de Interiores.

A professora Valesca Amaro Cechin, coordenadora do curso, explica que o evento tem o objetivo de proporcionar aos alunos a experiência de criar e experimentar os novos paradigmas do design contemporâneo, muitos deles inspirados nas revoluções ocorridas na escola Bauhaus. Além disso, os acadêmicos têm a oportunidade de expor seus trabalhos, sejam ambientes ou peças de mobiliário, para a comunidade, o que lhes viabiliza o contato com futuros clientes e fornecedores.

“O Salão do Design Universitário é pensado desde o início do ano com o apoio de todos os professores do curso. Ver os móveis e luminárias nesta exposição muito nos orgulha, pois atualmente é comum muita produção sem projeto ou com base em cópias e o curso de Design de Interiores está modificando isso em Dourados, possibilitando fazer peças projetadas, sob medida e com características diferentes”, aponta.

Um dos móveis produzidos foi a mesa de centro ‘Des Lunettes’, inspirada no Arquiteto e Artista Le Corbusier. A acadêmica Núbia Bernardo de Souza, garante que os alunos se apropriaram de uma característica pessoal dele. “Ele usou esse modelo de óculos no decorrer de toda sua vida, era uma característica marcante do profissional”. Ela ainda considerou a experiência marcante. “Participar do salão foi algo novo, marcante e especial porque tivemos a oportunidade de trazer de perto o que é o design e o conhecimento do artista x obra. O que mais nos chamou a atenção foi o interesse do público pelo tema, que foi inesperado pelo grupo”, menciona.

Já uma das luminárias criadas pelo 2º semestre foi a ‘Wood light’, construída a partir de uma madeira de eucalipto. Conforme a estudante Étila Medina Carreras, a produção foi inspirada na cultura sul-mato-grossense. “Foi uma experiência muito enriquecedora, pois tivemos que criar um objeto único e exclusivo, direcionado ao estilo de vida de uma cliente. Isso contribuiu com o desenvolvimento da nossa criatividade e nos ajudou a entender mais sobre o processo de criação e execução de um projeto”, ressalta.

O profissional

O profissional Design de Interiores possui uma série de atribuições que o fazem a pessoa certa para projetar o melhor ambiente de convivência, seja em construções residenciais, comerciais e até industriais. Pode atuar no desenho de móveis, criando peças específicas e devidamente adaptadas e harmonizadas com o espaço disponível.

Pode ainda assessorar os clientes durante a compra de móveis e objetos de decoração, elaborar projetos paisagísticos e, é claro, planejar de forma ampla o interior de qualquer ambiente, adequando tamanho, formado, cores e texturas ao propósito para o qual foram contratados.

O curso tem a duração de dois anos e o vestibular acontece neste sábado (1 de dezembro). Mais informações podem ser obtidas na coordenação do curso pelo telefone (67) 3411-4245 ou no e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Comentário

Página 7 de 11
  • pmd responsa

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus