Timber by EMSIEN-3 LTD
Lucas

Lucas

O diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom, declarou nesta quarta-feira (11) que a organização elevou o estado da contaminação pelo novo coronavírus como pandemia. O anúncio surge quando há mais de 115 países com casos declarados de infeção, conforme repercute a Agência Brasil de notícias.

A mudança de classificação não se deve à gravidade da doença, e sim à disseminação geográfica rápida que o Covid-19 tem apresentado. "A OMS tem tratado da disseminação [do Covid-19] em uma escala de tempo muito curta, e estamos muito preocupados com os níveis alarmantes de contaminação e, também, de falta de ação [dos governos]", afirmou Adhanom no painel que trata das atualizações diárias sobre a doença. "Por essa razão, consideramos que o Covid-19 pode ser caracterizado como uma pandemia", explicou durante conferência de imprensa em Genebra.

Adhanom disse que mudança ocorre depois que, nas últimas duas semanas, o número de casos fora da China se multiplicou por 13. Para evitar criar o pânico, ele acrescentou que "não podemos dizer isto de forma mais clara ou contundente porque todos os países podem mudar o curso desta pandemia", ao recomendar calma no tratamento do assunto.

O diretor-geral para situações de emergência, Mike Ryan, sublinhou por sua vez que a utilização da palavra "pandemia" é meramente descritiva da situação e "não altera em nada aquilo que estamos fazendo".

Um dos casos mais preocupantes é o do Irã. A OMS considera que a situação no país é "muito grave" e apelou para maior vigilância e maiores cuidados dos doentes. A organização considera que os iranianos estão fazendo o que podem, mas enfrentam falta de material e de equipamentos médicos. A OMS enviou 40 mil testes nas últimas 24 horas, mas os suprimentos são "muito, muito escassos" e está difícil encontrar fornecedores.

No Brasil

Na Câmara dos Deputados, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a declaração de pandemia não muda as medidas no Brasil. O país continua com o monitoramento das áreas atingidas e com as iniciativas e protocolos já anunciados. Ele participou de comissão geral na casa, onde apresentou a deputados informações sobre as ações do governo acerca do problema.

O número de casos confirmados no Brasil chegou a 52. O novo número foi divulgado pelo Ministério da Saúde no fim da tarde desta quarta, na segunda atualização publicada no dia. O novo balanço marca um pulo de 15 casos em relação ao divulgado mais cedo, quando o sistema havia contabilizado 37 casos no país.

A maioria das novas pessoas infectadas veio de São Paulo, que saiu de 19 no balanço divulgado mais cedo para 30. O Rio de Janeiro foi de 10 para 13 casos confirmados. Brasília subiu de uma para duas pessoas nessa situação. Além desses estados, já tiveram casos identificados a Bahia e o Rio Grande do Sul (2), além de Alagoas, Minas Gerais e Espírito Santo (1). Entre as duas atualizações, os casos suspeitos saíram de 876 para 907. Já os casos descartados também aumentaram, de 880 para 935.

Comentário

A Comissão de Educação da Câmara, presidida pelo vereador Elias Ishy (PT), acompanha a situação da intervenção do Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb (o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) em Dourados. “Buscamos mediar o processo, no entendimento da legalidade e para que não tenhamos maiores prejuízos, como bloqueio de recursos do município”, afirma o parlamentar.

Os vereadores se reuniram na terça-feira (10) com a professora Elizangela Tiago da Maia, que foi destituída do cargo, juntamente com representantes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação em Dourados) depois que ela ocupou a Tribuna Livre na segunda-feira (9) para falar sobre o assunto. Nesta quarta-feira (11), a Comissão esteve com o secretário de Educação, Upiran Gonçalves, declarado interventor, buscando informações sobre essa situação.

O decreto para intervenção foi publicado no Diário Oficial de Dourados do dia 4, com a finalidade de anular a Ata publicada em agosto do ano passado. A gestão municipal alegou que serão convocadas novas eleições para o Conselho. A administração afirma ainda que uma reunião com os pais está marcada para esta quinta-feira (12), às 8 horas, na Secretaria de Educação e o processo eleitoral para segunda-feira (16), às 8 horas, na Casa dos Conselhos.

O Fundeb é responsável por quase 50% da verba investida em educação no Brasil e tem como principal objetivo promover a redistribuição dos recursos vinculados à área. É uma política reconhecida internacionalmente que permitiu a redução de desigualdades na Educação Básica, além de contribuir para a cobertura da Educação Infantil. (da assessoria)

Comentário

Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) descobriram neste domingo (9) um arsenal do crime organizado na fronteira com o Paraguai. Em uma chácara em Ponta Porã, foram encontrados fuzis, pistolas, escopetas, grande quantidade de munições, carregadores, granadas e explosivos. O arsenal estava enterrado na chácara, perto do perímetro urbano de Ponta Porã.

Três homens foram presos, um de 25 anos morador em Campo Grande, outro de 38 anos, proprietário do material apreendido e morador em Ponta Porã, e um de 29 anos, morador na cidade do Rio de Janeiro. Há suspeitas de que o grupo criminoso preparava investidas a bancos e propriedades da região de fronteira com esse arsenal acumulado na periferia da cidade.

No local também foi apreendida uma caminhoneta SUV Toyota blindada com placa do Paraguai. Os presos, o carro e o arsenal foram trazidos para a sede do DOF em Dourados. A principal suspeita é de que a carga seria de uma das facções que agem na Linha Internacional e estava sendo preparada para ser enviada em Rio de Janeiro.

Comentário

Se as eleições para a escolha dos novos dirigentes da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) fossem realizadas hoje, não haveria candidatos habilitados a receber os votos dos quase mil associados que, segundo a atual diretoria, teriam direito de participação.

É que, agora, além do pedido de impugnação da candidatura do empresário José Roberto Pinto Junior, que encabeça a chapa 1 “Ação e Transparência”, um novo pedido de impugnação, protocolado às 16h20 desta sexta-feira (24), pede o indeferimento da chapa 2 “Associativismo com inovação”, encabeçada pelo empresário Romualdo Diniz Salgado Filho.

A chapa “Ação e Transparência” argumenta que o candidato Romualdo Diniz Salgado Filho não preenche os requisitos exigidos para concorrer às eleições, não podendo ser admitido o registro de candidatura da referida chapa, sob pena de irregularidade em nulidade do pleito, por conta de que a empresa que representa, Dr Home Planejados Ltda, ficou mais de um ano inadimplente com a tesouraria da Aced, afrontando o artigo 11 dos estatutos da entidade.

“Será que o candidato que ficou em débito com a tesouraria da entidade durante anos, sem justificativa, estaria neste momento saldando o débito, não fosse pelo único interesse na sua pretensão de concorrer ao pleito de presidente?”, questionam os signatários da petição, José Roberto Pinto Júnior, o ‘Beto da Pão & Cia’ e Amarildo Ricci, respectivamente, candidatos a presidente e vice na chapa oposicionista à atual diretoria.

O estatuto da Aced prevê, no artigo 54 que, para concorrer ao cargo de presidente, o candidato deverá ser associado à entidade no mínimo 36 meses anteriormente ao pleito ininterruptamente e ter exercido algum cargo no Conselho Diretor ou Conselho Fiscal. “Assim, não basta estar associado a entidade, mas, estar em condições de exercer a qualidade de associado, conforme norma contida no artigo 11, letra ‘a’, que estipula como punição a exclusão dos associados “sempre que houver justa causa ou graves motivos: a) Quando faltarem o pagamento das mensalidades durante 4 (quatro) meses’.

“Vale destacar que as mensalidades tem por objeto, em última análise, a sobrevivência da entidade, fato que nos últimos anos restou desconsiderado pelo pretenso candidato. Por isso, é importante salientar que a aceitação de candidatura a presidência da entidade nessas condições, constituiria um desestímulo para aqueles que, mês a mês, de forma ininterrupta, honraram suas obrigações financeiras com a entidade”, expõem os empresários Beto da Pão & Cia e Amarildo Ricci para pedir a nulidade do registro da chapa 2.

Comentário

A investigação policial em torno do atentado ocorrido nesta quarta-feira (13) em Dourados não descarta a possibilidade de que o empresário do setor turístico José Pereira Barreto tenha sido baleado durante a tentativa de assalto, no final da tarde. No interior do carro onde ele foi encontrado baleado havia pouco mais de R$ 63 mil em dinheiro.

'Zezinho da Eurotur', como era conhecido o empresártio do ramo de turismo radicado em Itaporã, conduzia uma caminhonete S10, de cor prata, quando foi atingido por disparos efetuados por uma dupla de moto no cruzamento das ruas Mato Grosso com Cuiabá, no Jardim Santo André.

Os suspeitos estariam em uma moto vermelha e ainda não foram localizados pela polícia. Após ser baleado o empresário perdeu o controle da direção e avançou sobre a calçada, colidiu em um poste e em seguida na fachada de uma empresa de ambientes planejados.

Ele foi encaminhado para o hospital com ferimentos na região do torax e no ombro do lado direito, de acordo com a perícia técnica da Polícia Civil. (Material atualizado para troca de informações)

Comentário

O empresário José Pereira, dono da empresa de turismo Eurotur, localizada no centro de Dourados, foi baleado com pelo menos dois tiros, no final da tarde desta quarta-feira (13) no Jardim Santo André, periferia da cidade.

De acordo com investigações preliminares, ele teria sido abordado por dois homens, conduzindo uma moto vermelha quando conduzia uma caminhonete S10 de cor prata, na esquina das ruas Mato Grosso com Cuiabá.

O empresário perdeu o controle da direção e avançou sobre a calçada, após receber os tiros e colidiu em um poste e em seguida na fachada de uma empresa de ambientes planejados. Os disparos atingiram o ombro direito e tórax esquerdo da vítima, que foi encaminhado consciente para o hospital, de acordo com o que repercute o Campo Grande News.

Em série

Desde 2015, quando começou a onda de ataques a empresários do setor, quatro comerciantes do ramo já foram executados por pistoleiros em Dourados. No ano passado, em Ponta Porã, o empresário dono da China Tur, Evaldo Pavão, o 'China', também foi assassinado ao receber pistoleiros que bateram na porta da casa dele.

Até agora nenhum desses crimes foi elucidado e a Polícia também não informa se poderia haver alguma relação entre eles.

Comentário

Dez comissões permanentes do Senado escolheram nesta quarta-feira (13) os presidentes para o biênio 2019-2020, e já podem começar os trabalhos. A senadora Simone Tebet (MDB-MS) foi eleita para presidir o principal colegiado da Casa, a CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania). Será a primeira vez que uma mulher comandará a CCJ na história do Senado.

Outro senador de Mato Grosso do Sul, Nelsinho Trad (PSD), foi eleito presidente da CRE (Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional) para o biênio. A presidência dessa comissão assegura ao senador Nelsinho Trad a oportunidade de colocar em discussões nacionais assuntos de interesse para Mato Grosso do Sul, como a atuação das Forças Armadas nas fronteiras e os tratados e as relações de comércio entre o Brasil e outros países.

Já a chegada de Simone à CCJ e, por consequência, ao comando da comissão, seguiu um roteiro desenhado ainda durante a eleição para a Mesa Diretora do Senado, há duas semanas. Candidata à presidência da Casa, ela acabou derrotada no MDB por Renan Calheiros (AL) por 7 votos a 5. Depois de ter antecipado que não apoiaria a candidatura do alagoano, ela foi uma das principais articuladoras de uma frente de oposição, culminando em diversas candidaturas ao comando do parlamento. (Com agência Senado)

Comentário

O setor de fiscalização do Procon apurou nesta quarta-feira (13), após pesquisa de preços do combustível realizada em 36 estabelecimentos, na cidade e distritos, que o preço médio da gasolina em Dourados é de R$ 3,950.

Foram pesquisados os preços do etanol, do diesel comum e S10 e da gasolina comum e aditivada. O menor preço encontrado na gasolina comum foi de R$ 3,790; no diesel comum foi de R$ 3,290; e diesel S10, R$ 3,390; e no etanol o menor preço praticado é de R$ 3,190.

A diferença entre o menor (R$ 3,790) para o maior preço (R$ 4,193) encontrado na gasolina comum é de 9,2%. No etanol a diferença entre o menor e maior preço é de 12,8%; no diesel comum é de 13,9% e no diesel S 10, 15%.

Em novembro de 2018 o preço médio da gasolina nos postos em Dourados era de R$ 4,187, ou seja, houve agora uma queda de 5,6%. O preço médio do etanol nos postos em Dourados é de R$  3,357.

Esse menor preço encontrado na gasolina em Dourados (R$ 3,790) é 0,16 centavos mais barato que o preço médio praticado (R$ 3,950) nos postos da cidade.

O Procon lembra que os consumidores podem exigir a análise do combustível para descobrir o teor de álcool presente na gasolina, teste esse que deverá ser feito pelo próprio funcionário do posto de combustível na presença do  consumidor. O telefone do órgão de defesa do consumidor é o 151 ou
3411-7754.

Comentário

Para resguardar o sossego e a tranquilidade da população, bem como a segurança coletiva e individual, proteger os animais, pessoas idosas, doentes, crianças e portadores de deficiências e autistas, além do meio ambiente, o Projeto de Lei 05/2019, protocolado na sessão de segunda-feira (11) da Câmara de Dourados pelo vereador Elias Ishy (PT), trata da proibição da queima, soltura e manuseio de fogos de artifícios e artefatos pirotécnicos que causem poluição sonora acima de 65 decibels no município.

De acordo com o projeto, a proibição vale para ambientes fechados ou abertos, em áreas públicas ou privadas. Para a classificação de danos, serão consideradas as recomendações da NBR 10.151 e 10.152 editadas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e, em caso de descumprimento da lei, os infratores estarão sujeitos a notificação e multas, inclusive em dobro, em caso de reincidência.

Segundo especialistas, o ruído provocado pela queima dos fogos ultrapassa 125 decibels, equivalente ao som de um avião a jato, portanto, muito acima do suportável tanto para o homem quanto para os animais. Pode causar o estresse nas crianças, incômodo nas pessoas em leitos de hospitais, surdez e ataque cardíaco. O barulho é nocivo principalmente para as pessoas com autismo, que podem ficar extremamente incomodadas. Em muitos casos os animais se debatem presos às coleiras até a morte por asfixia. Gatos e pássaros têm saúde muito afetada.

A justificativa aponta que o espetáculo é bonito com efeito de luzes, mas os fogos que só geram estrondos provocam riscos até de morte aos seres humanos e tornam-se instrumentos de tortura e morte aos animais. A legislação, portanto, de acordo com Ishy, visa preservar a saúde, a integridade física e a segurança de todos em uma alternativa sem retirar a beleza dos que esperam um espetáculo principalmente durante grandes festas.

Comentário

A Universidade Federal da Grande Dourados abriu inscrições para seleção de apresentações musicais instrumentais na sexta edição do Fesdom, o Festival Douradense de Música. As inscrições estão abertas até 29 de março e o formulário pode ser baixado AQUI http://portal.ufgd.edu.br/editais.

Para concorrer a uma das categorias, os interessados deverão encaminhar sua proposta no endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O edital premiará cinco atrações, divididas nas categorias Nacional (2 projetos no valor de R$ 7.000 cada) e Regional (3 projetos no valor de R$ 2.500 cada). Poderão ser enviadas propostas de show/concerto/recital de formação instrumental clássico ou popular.

O 6º Fesdom acontecerá de 3 a 7 de julho, com apresentações musicais, oficinas, palestras e workshops voltados para a formação artística de músicos, educadores musicais e estudantes de música.

Comentário

Página 1 de 11

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus