Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd outubro rosa
Terça, 09 Julho 2019 11:31

Noticiário policial repercute tese de legítima defesa construída após crime no shopping Destaque

Escrito por
Correria e tumulto arranham imagem da segurança e comodidade apregoada em publicidade do cinema do shopping Correria e tumulto arranham imagem da segurança e comodidade apregoada em publicidade do cinema do shopping WhatsApp/Adolfo Marques

O policial militar ambiental Dijavan Batista dos Santos, de 37 anos, que matou a tiros o bioquímico Júlio César Cerveira Filho, de 43 anos, no meio da tarde desta segunda-feira (8), durante sessão de matiné do cinema do shopping Avenida Center, no centro de Dourados, já construiu a tese da legítima defesa.

O noticiário policial do dia seguinte ao crime ocorrido diante de dezenas de crianças que foram levadas por familiares, aproveitando o período de férias escolares, para a matiné do cinema, diz nesta terça-feira (9), que Dijavan “teria sido agredido com chutes e teve inclusive os óculos quebrados após ser atingido com um soco”, como relata o repórter Osvaldinho Duarte e que, após a discussão, Júlio ainda “deu um tapa no rosto do menino” que acompanhava o policial.

“Na escadaria da sala de cinema Júlio interpelou e puxou a camisa do policial. Em seguida o militar sacou a arma, pistola .40, e se identificou, momento em que a vítima foi para cima dele tentando pegar o objeto. Os dois entraram em luta corporal e caíram, momento em que ocorreu o disparo, conforme a defesa, acidental. O tiro atingiu Júlio no peito e transfixou o pescoço”, diz o relato do repórter da área.

Nota da PM

No final da tarde desta segunda-feira, o comandante do 3º. Batalhão da PM (Polícia Militar), tenente coronel Carlos Silva, distribuiu nota, por meio do grupo de WhatsApp da corporação, com o seguinte teor:

“Senhores e senhoras deste seleto grupo ... a situação está muito divergente de várias aqui apresentadas ... mas preciso tecer alguns detalhes pra melhor esclarecimentos ... apenas repassarei aquilo que visualizamos no local ...
1. O PM é da Ambiental
2. Ele ligou para o 193 e 190 após o fato informando que seria o autor
3. Ele aguardou a equipe no local e se apresentou para a mesma
4. Está detido e sendo encaminhado para flagrante como seria qualquer cidadão comum
5. Não repassarei a versão apresentada pelo PM para não parecer que estamos defendendo ou acusando, pois os sinais divergem muito destas apresentadas nos whats
6. Serão instaurados dois inquéritos ... um na responsabilidade da Polícia Civil e outro Inquérito Policial Militar sob responsabilidade da PM

E POR FIM E MUITO MAIS IMPORTANTE ... LAMENTAMOS O FATO DA MORTE DE UM PAI DE FAMÍLIA, SOB QUALQUER CIRCUNSTÂNCIA, NESTE MOMENTO DE TRISTEZA ESPERO SINCERAMENTE QUE O BOM DEUS POSSA CONFORTAR O CORAÇÃO DAS FAMÍLIAS ENVOLVIDAS NESTE INCIDENTE TRÁGICO ...
TenCel/PM Carlos Silva”

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus