Timber by EMSIEN-3 LTD
Quinta, 11 Janeiro 2018 14:47

MP denuncia 'Maníaco da Cruz' por agressão a agente penitenciário

Escrito por
Dyonathan Celestrino, de 25 anos, o “Maníaco da Cruz”, ainda não foi condenado por crimes cometidos em 2008 Dyonathan Celestrino, de 25 anos, o “Maníaco da Cruz”, ainda não foi condenado por crimes cometidos em 2008 Arquivo

O Ministério Público ofereceu denúncia contra Dyonathan Celestrino, de 25 anos, o “Maníaco da Cruz” pelo ataque a um agente penitenciário em agosto de 2016. A manifestação do Ministério Público é de novembro de 2017, mas foi anexada em 8 de janeiro ao processo que corre pela 11ª Vara do Juizado Especial, em Campo Grande.

Dyonathan ficou conhecido por uma série de crimes cometidos em 2008, em Rio Brilhante, quando executava as vítimas com requintes satânicos e falava que era cobrado ‘por Deus’ para tomar essas providências. Ele foi apreendido à época e cumpriu medida socioeducativa [prevista pela legislação até os 21 anos]. Pela atual condição psicológica, é mantido em internação no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande), mesmo sem ter, até o momento, recebido uma condenação como adulto.

Na denúncia oferecida pelo Ministério Público consta que Dyonathan desacatou o agente penitenciário estadual. “Vai tomar no **, seu filho **..., quero ver quem vai me obrigar a entrar naquela cela..., vem pra ver se não te furo todo.”(sic)”, foram trechos transcritos, conforme repercute reportagem do jornal Midiamax. A situação continuou tensa durante perseguição do agente ao ‘maníaco’ por entre artefatos da cozinha e este ainda tentou ferir o servidor com um golpe de garfo.

Em novembro do ano passado, a Justiça considerou “irregular e ilegal” a permanência de Dyonathan no IPCG e, por decisão do juiz da 1ª Vara de Execução Penal, Caio Márcio de Britto, determinou a transferência do jovem para outro local. Em seguida, a juíza de Direito Cintia Xavier Letteriello Medeiros, da 2ª Vara de Família, decidiu manter Dyonathan na ala de saúde do IPCG. No documento, a magistrada cobra o Estado de Mato Grosso do Sul sobre um lugar adequado para a internação do jovem. “A não ser mantê-lo no estabelecimento penal [...] até que nova providência seja tomada pelo Estado”, escreveu

Pela lei, o ‘Maníaco da Cruz’ poderia ganhar liberdade compulsória, no máximo aos 21 anos, mas permaneceu no sistema penitenciário. Em 3 de março de 2013, ele fugiu para o Paraguai e foi recapturado na cidade de Horqueta, no Departamento de Concepción, em 27 de abril daquele ano. Transferido para Campo Grande, passou pela 7ª Delegacia de Polícia Civil, pela Santa Casa até ser mandado para o Instituto Penal, para ficar um ano, mas permanece até hoje no local, conforme o relato.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus