Timber by EMSIEN-3 LTD
  • Cassems vota
Redação Douranews

Redação Douranews

Muito lixo vem sendo retirado das bocas-de-lobo na área central de Dourados. A ação de limpeza desses pontos é realizada pelas equipes da Semsur (Secretaria municipal de Serviços Urbanos), e visa melhorar o escoamento da água das chuvas que vêm sendo constantes no período de verão.

Nesta semana, a equipe se concentra no quadrilátero central que compreende as vias entre a rua Cuiabá e a avenida Marcelino Pires e entre as ruas Floriano Peixoto e Hayel Bon Faker, conforme direcionamentos do secretário da pasta, Fabiano Costa.

Na próxima semana as equipes atenderão outros pontos no município que serão estabelecidos conforme demanda atual. Nessas ações, são retiradas embalagens, latas, entre outros detritos jogados nas bocas-de-lobo. Outra situação notada é que populares varrem folhas das calçadas e direcionam para essas áreas.

Esse tipo de atitude, com o passar de algum tempo, culmina em entupimento e a boca-de-lobo não consegue mais escoar a água da chuva. O alerta é para que a população não descarte lixo nas vias e não direcione resíduos de residências ou comércio para esses pontos para evitar transtornos quando chover.

A Secretaria segue com ações habituais no município com foco no asseio e limpeza. A praça do distrito de Itahum também recebeu limpeza na área externa e interna pelas equipes. Nesta semana, também, equipe da Semsur atua na poda nos canteiros centrais nas ruas Cuiabá, Joaquim Alves Taveira e Floriano Peixoto. Trabalhos com poda em gramado ocorrem também no Parque Antenor Martins, na região do Grande Flórida.

O Monumento ao Colono (Mão do Braz) situado em uma das principais entradas da cidade também contou com ações recentes de limpeza e revitalização realizadas pela equipe de jardinagem da Semsur, informa a Prefeitura, pela assessoria de comunicação social.

Comentário

O vereador Madson Valente (DEM) vem reiterando sobre a necessidade de se fazer serviços corretivos e preventivos na malha viária do município com maior eficácia. Com isso tem cobrado a Prefeitura sobre a manutenção das estradas vicinais da região.

Segundo ele, é notório que em pouco tempo o município poderá passar por sérios riscos de isolamentos, submetendo a população que reside em áreas rurais a consequências, tais como a não trafegabilidade de ônibus escolares, comprometendo a safra e o plantio, prejudicando abastecimento dos animais, visto que a avicultura e a suinocultura fazem parte da agroindústria local.

Madson relatou, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (18), que o município perdeu sua sistemática de recuperação e conservação das estradas, sistema este que teria se iniciado em gestões passadas e que, infelizmente, a atual gestão não vem mantendo.

"A única iniciativa da atual gestão é apenas fazer serviços de raspagem, que em muitos casos acabam agravando a situação, pois desagrega o solo compactado e transforma este em pontos críticos, tal como ocorreu recentemente no distrito do Panambi e no Travessão do Castelo. Há uma ausência de limpeza das caixas de contenção, que faz com que a água transborde para o leito das estradas, além disso, não fazem cascalhamento dos pontos críticos, isso com certeza promoverá verdadeiro caos no futuro, devido ao acúmulo de situações em toda malha viária", advertiu Madson.

O vereador ressaltou que os recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul) são repassados em dia para o município e que se torna incompreensível as inúmeras reclamações dos produtores rurais com relação a omissão do Poder Público municipal.

Madson citou entre os exemplos a situação dos produtores rurais próximo ao Córrego Vitória, entre as divisas de Fátima do Sul e Dourados, que se dizem isolados do resto do município em tempos de chuvas, diz o vereador por meio da assessoria.

Comentário

Quarta, 20 Fevereiro 2019 12:13

Imam planta mudas em novo Residencial

O departamento de Educação Ambiental do Imam (Instituto municipal do Meio Ambiente) realizou, na semana passada, o plantio de 60 mudas de árvores frutíferas e nativas no Residencial Ildefonso Pedroso, etapas I e V. A ação destacou a importância da arborização na qualidade de vida dos moradores do residencial e aconteceu em parceria com moradores, representados pelas síndicas Fabiana Batista dos Santos Pacheco e Robertina Alexandre da Silva.

Segundo informações das moradoras, por ser um residencial entregue recentemente, os moradores sofrem com a falta de sombra produzida por vegetação arbórea. “O calor dos últimos dias só piorou a situação e esperamos que em breve esse tipo de situação seja sanado com as plantas bem viçosas e sombrosas”, disse a educadora ambiental Deisy Claro Duarte.

O Imam disponibilizou as mudas e prestou o auxílio necessário, do plantio à manutenção inicial. Das 60 mudas, produzidas no viveiro municipal da cidade, foram 30 para cada bloco residencial.

“Esse plantio é continuação da ação realizada no bairro pelo Departamento de Educação Ambiental do Imam, através do Ceim Professora Argemira Rodrigues Barbosa e Escola Estadual Moacir Djalma Barros. Nós estamos fomentando a sensibilização à população, demonstrando que a educação ambiental deve ter início já nos primeiros anos de vida das crianças, para que as gerações futuras tenham condições de uma vida mais sustentável e favorável ao desenvolvimento e preservação de ambos”, destacou Deisy.

O Imam ressalta que qualquer cidadão tem direito a três mudas frutíferas ou nativas do Viveiro. Para retirar a requisição no Imam, basta apresentar o boleto do IPTU. O Imam está localizado na avenida Joaquim Teixeira Alves, 3770, junto ao parque ambiental Arnulpho Fioravante.

Comentário

A Escola Municipal Manoel Santiago de Oliveira, localizada na Vila Rosa, necessita de reforma com urgência. O pedido foi feito à vereadora Marinisa Mizoguchi (PSB) pela diretora Cleocimar de Araujo dos Reis, durante visita que a vereadora fez à escola para ver de perto a real situação.

Marinisa conversou com a diretora que pontuou todas as necessidades da unidade de ensino. “A escola precisa de uma reforma. A direção pediu que intervíssemos junto ao executivo municipal para que a escola tenha condições de atender os alunos da melhor forma possível”, declarou a vereadora.

De acordo com a diretora, é necessária a construção de um espaço para a secretaria, de ampliação da sala do pré-escolar, que hoje conta com 30 alunos em um espaço fora dos padrões previstos por lei, de reforma geral dos banheiros, ampliação da sala de tecnologia e pintura do prédio.

“A estrutura escolar reflete na qualidade do ensino. A educação é fundamental e muito importante para a vida das pessoas e deve ser tratada com muito carinho e seriedade pelo poder público”, ressaltou Marinisa.

A vereadora lembra que a escola tem um grande valor histórico para cidade. “A Escola Municipal Manoel Santiago de Oliveira foi criada no dia 22 de agosto de 1975, na gestão do prefeito João Cândido da Câmara, na Vila Rosa, e leva o nome do primeiro professor de Dourados”, explica.

História

Manoel Santiago de Oliveira chegou à cidade em meados de 1905, onde fundou a primeira escola, e foi o primeiro professor. Era um autodidata e irmão de Izabel Leivas, segunda esposa de Coronel Ponciano de Mattos Pereira. Alto, grande, discreto, reservado e sistemático, tinha uma característica muito interessante e era tido por muitos como um homem sábio, conforme resume a assessoria da parlamentar.

Comentário

A Semas (Secretaria municipal de Assistência Social) iniciou nesta terça-feira (19) um ciclo de palestras para capacitação de servidores recém-empossados na pasta acerca do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico. A capacitação acontece por três dias na Casa dos Conselhos e tem como objetivo potencializar o serviço prestado durante a realização de cadastros das pessoas mais necessitadas destes amparos.

Conforme a secretária de Assistência Social, Maria Fátima Silveira de Alencar, a capacitação será ministrada a 19 servidores empossados em janeiro e que atuarão nas oito unidades dos Cras (os Centros de Referência de Assistência Social) existentes no município. “Temos uma demanda importante no CadÚnico, é muito interessante que os servidores estejam preparados para lidar com o público a fim de atende-lo da melhor maneira. Inclusive, alguns servidores que não tinham ainda esta capacitação, também estão participando dos ciclos”, disse.

Tarifa social

Um dos principais assuntos é relativo à tarifa social de energia elétrica, benefício que pode ser solicitado pelas pessoas mais carentes e que, muitas vezes, por falta de informação, não atinge o objetivo. A diretora do departamento de Proteção Social Básica, Keli Pretti, destaca que é primordial a sensibilidade do servidor em entender o contexto das violações de direitos vividos por pessoas que procuram os Cras. “A capacitação serve para tornar ainda mais humanizado esse atendimento, uma vez que quem procura a assistência social tem problemas que precisam ser resolvidos, mas que precisam ser entendidos também”, disse.

O Cadastro Único é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

A partir de 2003, o Cadastro Único se tornou o principal instrumento do Estado brasileiro para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, sendo usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, da Bolsa Verde, entre outros. Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos governos estaduais e municipais. Por isso, ele é funciona como uma porta de entrada para as famílias acessarem diversas políticas públicas.

Este é mais um ciclo de capacitação promovido pela Assistência Social. Recentemente, técnicos que atuam diretamente com as famílias atendidas pela Semas em Dourados receberam uma capacitação para atividades ligadas ao Benefício de Prestação Continuada e ao Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família, informa a assessoria de comunicação da Prefeitura.

Comentário

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) recebe até segunda-feira (25) as inscrições no concurso público para professor do ensino básico, técnico e tecnológico. São oferecidas 18 vagas nas áreas de Administração, Arquitetura, Biologia, Educação Física, Informática/Redes, Português/Inglês e Química.

Os interessados devem se inscrever pela Página do Candidato da Central de Seleção do IFMS. A taxa é de R$ 150, e poderá ser paga em qualquer agência do Banco do Brasil até terça (26), informa a instituição. Há reserva de vagas para pessoas pretas ou pardas e a candidatos com deficiência.

O concurso será composto por provas objetiva, de desempenho didático e de títulos/análise curricular. A prova objetiva será realizada em Campo Grande no dia 31 de março, conforme conteúdo programático e bibliografia disponibilizados. As provas de desempenho didático estão previstas para maio, de acordo com o cronograma do concurso.

A remuneração por 40 horas de trabalho semanais varia entre R$ 4.463,93 e R$ 9.600,92, dependendo da titulação do candidato, e é acrescida de auxílio alimentação mensal de R$ 458,00. O resultado final do certame deverá ser publicado até junho.

Comentário

O vereador Toninho Cruz (PSB) solicitou na sessão ordinária de segunda-feira (18) a realização da pavimentação asfáltica no Residencial Estrela Jupi. As obras de construção do bairro, localizado na região do Clube Indaiá, iniciaram em junho de 2012, tendo, na época, 73 casas, contemplando famílias assistidas pela Prefeitura de Dourados, com repasse proveniente de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) de 2007.

Atualmente o Residencial Estrela Jupi é uma comunidade com mais de 300 moradores. Desde o ano de sua entrega, a pavimentação tem sido cobrada do Poder Executivo, uma vez que alguns bairros próximos já haviam recebido este benefício através de emendas parlamentares de deputados federais. “O que vemos são famílias que se formaram naquele local e necessitam dessa infraestrutura para continuar escrevendo suas histórias, o que é mais que justo, sabendo que já vão para cinco anos de luta por esta obra”, relata Toninho Cruz.

Atualmente, de acordo com o vereador, a problemática da falta do asfalto não se resume a prejuízos na locomoção, por conta da chuva, o que tem prejudicado toda a estrutura de vias, com alagamentos e valetas, dificultando a entrada e a saída dos moradores em suas casas, mas também é uma questão de saúde. “A poeira pode provocar problemas sérios. A tosse seca, problemas na respiração e coceira no nariz podem ser sintomas bastante conhecidos pelas pessoas que sofrem com as doenças causadas pela poeira”, comentou Toninho.

“A nossa reivindicação visa garantir o bem-estar da comunidade local. Não é o bairro muito extenso e está localizado numa área que está expandindo economicamente. Queremos que o Poder Executivo olhe com carinho para aquela comunidade e execute esse benefício”, finaliza o vereador Toninho Cruz. (Com assessoria)

Comentário

Está agendada para a quinta-feira (21) desta semana a abertura do edital de tomada de preços para definir, em processo de licitação, a contratação da empresa que vai conduzir os projetos básico e executivo dos serviços a serem realizados no aeroporto de Dourados. Os procedimentos estão sob a responsabilidade do 9º. Batalhão de Engenharia de Combate, localizado em Aquidauana.

Nesta semana, o coronel Maurício Magnus Sampaio, chefe do Estado Maior da 4ª. Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados, confirmou que, do valor total de R$ 49 milhões, inicialmente previstos para a execução dos serviços, aproximadamente R$ 4,2 milhões já foram aplicados na aquisição de equipamentos de engenharia.

Em dezembro do ano passado, o comandante da Brigada, general Lourenço William da Silva Ribeiro Pinho, assinou em Brasília o TED (Termo de Execução Descentralizada), instrumento que vai permitir a execução das benfeitorias a partir do investimento de R$ 49 milhões, alocados no PIL (Programa de Investimento em Logística). O valor de R$ 4 milhões e 200 mil empenhados garantiu a aquisição de tratores, maquinários e parte de usina de asfalto e concretagem.

Ainda de acordo com a nota oficial do Chefe do Estado Maior da Brigada de Dourados à Assessoria de Comunicação do Município, assim que forem recebidos os projetos básico e executivo dessa obra será definida a viabilidade de utilização de mão-de-obra local depois que for possível “dimensionar a força de trabalho necessária e a definição do cronograma das atividades”, conforme observa o coronel Sampaio.

De acordo com entendimentos firmados pela Administração municipal no âmbito do governo federal, a obra vai contemplar a ampliação e restauração da pista de pouso e decolagem, execução de nova pista de taxiway, pátio de aeronaves, áreas de escape, faixas preparadas e de pistas, implantação do estacionamento de veículos, vias de acesso e terraplanagem necessária para edificações e serviços complementares para adequação de infraestrutura necessária para a operação do aeroporto “Francisco de Mattos Pereira”.

Segundo a prefeita Délia Razuk, a partir da ampliação e melhorias na infraestrutura aeroportuária do município, Dourados poderá se abrir “à prospecção de novos mercados, inserindo nossa cidade e região em uma nova rota do transporte aéreo nacional, buscando ainda formas de atrair mais empreendedores e elevar a nossa capacidade produtiva, de olho no consumidor externo”.

Comentário

O vereador Marcelo Mourão (PRP) protocolou segunda-feira (11) na Câmara, um projeto de lei visando estender de dois para dez dias úteis o prazo para que os proprietários e condutores de veículos notificados no parquímetro façam a regularização junto à concessionária. O projeto propõe ainda que ao quitar a pendência, os usuários tenham 50% do valor pago revertidos imediatamente em créditos para uso no estacionamento rotativo.

Marcelo também estipulou que caso não seja efetuada a conversão imediata em créditos, a concessionária poderá ser multada em valor três vezes maior que o recebido por ela no ato da regularização. O Procon será o órgão designado para cobrar essa multa.

O parlamentar ressaltou que infelizmente a concessionária do parquímetro não tem cumprido diversas cláusulas do contrato firmado em 2016 com a Prefeitura. O número de funcionários mantido pela EXO, a concessionária do serviço, é insuficiente para atender os usuários, que sofrem ao estacionar seus veículos e não encontrar alguém habilitado para prestar atendimento decente e eficiente.

“Não é, e não deve ser, obrigação dos usuários sair às ruas ‘caçando’ monitores de estacionamento rotativo para comprar créditos. Não pode de forma alguma o condutor ser penalizado pela ineficiência do mau atendimento, muito menos ser penalizado e posteriormente multado pelo Detran-MS pela incompetência e inoperância de um sistema que lucra por meio de concessão autorizada”, afirmou Marcelo na justificativa do projeto de lei, que agora tramita na Casa de Leis. (Com assessoria)

Comentário

Terminam nesta quarta-feira (20) as inscrições de processo seletivo da SED (Secretaria de Educação do Estado) com 367 vagas. Os profissionais de nível médio vão exercer a função de assistente de atividades educacionais e técnico de suporte em tecnologia com jornada de 40 horas semanais com remuneração de R$ 1.323,89.

As inscrições podem ser realizadas diretamente nos endereços divulgados no edital, das 7h30 às 11h30 e de 13h30 às 17h30. Os candidatos serão classificados por meio de avaliação curricular. O processo seletivo tem validade de um ano, com possibilidade de prorrogação.

Esse grupo de assistentes educacionais vai substituir os profissionais que atuavam nos NTEs (Núcleos de Tecnologia), cujas atividades estão sendo redefinidas por decisão do atual Governo dentro da nova política de enxugamento de gastos. A Fetems (Federação dos Trabalhadores na Educação do Estado) bem que tentou, mas não conseguiu manter os Núcleos com a estrutura original.

 

Comentário

Página 3 de 1223

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus