Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O abono salarial do PIS/Pasep do calendário 2016/2017, para os nascidos no mês de setembro, começa a ser pago a partir de 15 de setembro. Os saques poderão ser feitos nas agências da Caixa, do Banco do Brasil, de casas lotéricas ou, se estiverem com o cadastro em dia, os trabalhadores poderão receber em conta-corrente a partir de 16 de setembro, informou o Ministério do Trabalho. O PIS é o Programa de Integração Social e o Pasep é o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público.

No total, R$ 14,8 bilhões estão disponíveis dentro do novo calendário, ano-base 2015 e, segundo o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, o governo manterá o esforço para que todos os trabalhadores efetuem o saque, preferencialmente dentro do respectivo mês de pagamento. De acordo com o ministro, o abono é um direito do trabalhador e 22,3 milhões de pessoas deverão receber dentro do novo calendário. Neste ano, recebem o benefício os nascidos entre julho e dezembro. Já os trabalhadores nascidos entre janeiro e junho, receberão no primeiro trimestre de 2017. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.

O cálculo do valor do abono salarial segue as novas regras definidas por lei. O pagamento será proporcional aos meses trabalhados durante o ano-base. Ou seja, quem trabalhou durante apenas um mês, receberá o equivalente a 1/12 do salário-mínimo, e assim sucessivamente. A fração igual ou superior a 15 dias de trabalho será contada como mês integral, destaca o Ministério do Trabalho.

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários-mínimos mensais, com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2015, e que tenham sido informados corretamente na Relação Anual de Informação Social (Rais). Do exercício 2015/2016, ano-base 2014, 990 mil trabalhadores ainda têm direito a saque. O prazo foi prorrogado até prazo até 30 de dezembro de 2016.

Comentário

DÉLIA RAZUK

8h30 - Visita a empresários na Cabeceira Alegre

9h30 - Reunião com profissionais da saúde

15h30 - Caminhada no Jardim Canaã III

À noite - Reunião com profissionais de Assistência Social

Reunião com os candidatos Juninho Rodrigues, Antonio Vieira e Londres

ÊNIO RIBEIRO

Não enviou

GERALDO RESENDE

7h - Apresenta propostas aos trabalhadores da Quimisul, acompanhado do vereador Toninho Cruz

7h30 – Apresenta propostas aos trabalhadores da Tornearia Modelo

8h - Apresenta propostas aos trabalhadores da Mercerol Auto Peças

8h30 - Apresenta propostas aos trabalhadores da Auto Flex Veículos

11h30 - Apresenta propostas no Rotary Clube Água Boa

14h – Gravação para o programa eleitoral

17h - Apresenta propostas aos trabalhadores da Retífica Brás Soldas

19h – Reunião com os eleitores do Residencial Campo Dourado

RENATO CÂMARA

8h – Gravação para o programa eleitoral

12h - Entrevista à RIT

15h - Caminhada no bairro Terra Roxa

À noite - Reuniões nos bairros

WANDERLEI CARNEIRO

19h - Reunião com a candidata Virgínia Magrini, no Jardim Guanabara

20h - Reunião no Comitê Casa dos Partidos, com os candidatos à vereadores da Coligação Dourados levada a Sério, na Vila Rosa

Dois traficantes foram presos em flagrante e cerca de 600 quilos de maconha que transportavam apreendidos, ontem, em barreira de fiscalização do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), na BR-463, em Dourados.

Conforme o Dourados News, Roni Almeida de Lima, 19 anos e Fabrycio Brito, 21, faziam o transporte da droga em automóvel CRV. Ambos confessaram envolvimento no crime. Disseram que pagaram pelo quilo da maconha R$ 80, em Ponta Porã. A polícia não divulgou para onde a carga seria levada.

Comentário

Sustentado por produtores rurais, o Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviários do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundersul) não se limita mais a seu propósito inicial: melhorar as condições das estradas e, assim, dinamizar o escoamento da produção agropecuária. Com alterações aprovadas pela Assembleia Legislativa, os recursos do Fundo serão usados, a partir de agora, para finalidades diversas, como drenagem e outros serviços complementares. O texto segue agora para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Produtores rurais que não foram consultados desaprovam as mudanças. Só neste ano, o governo arrecadou R$ 348,45 milhões com o Fundersul.

O novo texto prevê que os valores arrecadados pelo Fundersul podem a partir de agora ser usados também para “projetos, construção, manutenção, recuperação, melhoramento asfáltico de rodovias estaduais e de vias públicas urbanas, inclusive drenagem, bueiros, pontes, obras e serviços complementares”. Até então os recursos só poderiam ser usados em obras nas estradas rurais, vicinais e em vias públicas urbanas, porém com a mudança as estradas estaduais também poderão ser beneficiadas.

 

Comentário

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) embarca para Brasília nesta terça-feira (6) para se reunir com o ministro da Justiça e Cidadania Alexandre de Moraes, em mais uma tentativa de conseguir apoio federal para questões de segurança pública em Mato Grosso do Sul. Segundo o governador, os principais assuntos a serem tratados no ministério são a manutenção do sistema prisional de Mato Grosso do Sul e a proteção das fronteiras secas do Estado com a Bolívia e o Paraguai.

Os assuntos são pertinentes e vêm sendo discutidos pelo governo desde o início de 2015, disse Reinaldo. “Atualmente, Mato Grosso do Sul é um dos estados que mais apreende drogas no País, o que contribui para o crescimento do número de pessoas no sistema prisional”, afirmou. O governador lembrou que a maior parte das prisões no Estado é feita pelo tráfico internacional de drogas. “Nisso tem uma responsabilidade da União”, decretou.

Dados da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) revelam que mais de 40% dos presos em Mato Grosso do Sul foram condenados por tráfico de drogas. Dos 15.600 detentos do Estado, 6.100 cometeram crime do narcotráfico – a maioria internacional. Juntos, os presos custam mais de R$ 126 milhões por ano aos cofres estaduais. “São presos que a União deveria custear”, disse, lamentando que o Estado seja obrigado a assumir uma responsabilidade que deveria ser da União. “Teríamos que construir um presídio ou mais por ano para aportar esse número de presos”, estimou.

Se as conversas com o Ministério da Justiça e Cidadania não avançarem serão tomadas medidas judiciais pelo Governo do Estado contra a União, garantiu o governador. “Nós vamos conversar e queremos uma solução. Se não tivermos uma solução, vamos ingressar judicialmente contra o Governo Federal”, anunciou. Ele ainda lembrou que o assunto ficou parado por meses em Brasília devido a transição. “O ministro tinha pedido um tempo e acho que nós já demos o tempo necessário, a paciência tem um fim”, decretou.

Comentário

O MPF (Ministério Público Federal) em Mato Grosso do Sul obteve na justiça o bloqueio liminar de bens móveis e imóveis de envolvidos em um esquema de fraudes a processos licitatórios da Prefeitura de Ladário, na região de fronteira com a Bolívia. O montante total de R$ 5.738.359,72, bloqueado pela Justiça Federal a pedido do MPF em Corumbá, servirá para garantir a devolução dos valores desviados a partir do esquema, assim como o pagamento de multa civil a ser imposta aos autores dos ilícitos apurados, ao final do julgamento do caso.

O bloqueio obtido é resultado do ajuizamento, no segundo semestre do ano passado, de três ações de improbidade administrativa, pelas quais o MPF atribui a diversas pessoas físicas e jurídicas a prática de atos de enriquecimento ilícito e causadores de dano aos cofres públicos.

Nas ações, o MPF aponta o ex-secretário Municipal de Administração e Finanças de Ladário, Name Antônio Farias de Carvalho, como chefe de um esquema de fraudes em processos licitatórios, estruturado por meio de simulações de concorrência entre empresas, voltado a favorecer algumas delas ilegalmente; de simulações de entrega de produtos e serviços adquiridos pela Prefeitura de Ladário, voltadas a desviar recursos públicos; e de falsificações de documentos, voltadas a ocultar uma grande série de ilegalidades praticadas no âmbito da administração do município. Do esquema, participaram e se beneficiaram outros servidores públicos, além de Name, assim como empresários e empresas atuantes em ramos diversos, como saúde, educação e construção civil.

Um homem de 35 anos foi preso em flagrante por estupro de vulnerável pela Polícia Civil de Ivinhema. Ele é suspeito de abusar de um menino de 3 anos no banheiro da rodoviária da cidade.
Segundo a polícia, a mãe explicou em depoimento que a criança foi sozinha ao banheiro enquanto ela permaneceu do lado de fora cuidando das malas.

“A mulher diz que, quando percebeu que o filho estava demorando, foi atrás e encontrou o menino com as calças abaixadas e o homem também”, contou o delegado Ricardo Cavagna. Ainda de acordo com o delegado, ao ver a mulher, o suspeito se escondeu em um box. Com ele, a mãe do garoto disse ter encontrado uma sacola com o que seria lubrificante dentro. “Não é certeza. A mãe falou que acredita ser, pela consistência e pelo tipo de embalagem”, explicou Cavagna.

O homem foi identificado e preso. Segundo as investigações, o suspeito mora na cidade e não tinha passagens pela polícia. O menino passou por exames e agora a Polícia aguarda o resultado de laudo para saber se o garoto sofreu abuso ou não. A Polícia abriu inquérito para apurar o caso. O delegado tem dez dias para concluir as investigações e enviar o documento à Justiça, conforme divulgou o portal G1.

Mais da metade da população brasileira está acima do peso, segundo dados do Vigitel 2014. A pesquisa, encomendada pelo Ministério da Saúde, foi realizada com mais de 40 mil pessoas de todos os estados brasileiros e Distrito Federal. O sobrepeso está entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

São cerca de 340 mil brasileiros que morrem vítimas dessas doenças, de acordo com o DATASUS. Os dados preocupam ainda mais os homens: estudo do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia de São Paulo aponta que 60% das vítimas são do sexo masculino, com média de idade de 56 anos.

Para o Dr. Francisco Fonseca, presidente da Sociedade Latino-americana de Aterosclerose - SOLAT, um pequeno conjunto de fatores de risco responde pela grande maioria das mortes por doenças do coração. “Entre eles, destacam-se o tabagismo, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, alimentação inadequada e falta de atividade física”, explica o cardiologista.

Segundo o Vigitel 2014, a frequência de homens fumantes no Brasil é maior do que a de mulheres. Eles ainda consomem poucas frutas e hortaliças e apresentam consumo excessivo de sal, diferente das mulheres.

Para evitar sustos, o Dr. Francisco Fonseca esclarece que a melhor conduta é a prevenção. “Consultas regulares ao médico são essenciais para avaliar os fatores de risco, como controle de níveis de colesterol e pressão arterial, além de avaliação física. Hábitos simples e fáceis de adotar podem fazer toda a diferença para a saúde cardiovascular, como uma alimentação equilibrada, que inclua gorduras boas, por exemplo”, finaliza.

Comentário

Policiais militares lotados no 12º Batalhão da PM (Polícia Militar) de Naviraí apreenderam, na noite deste domingo (4), durante policiamento preventivo e ostensivo realizado pela avenida Amambaí, na saída para Dourados, 2.000 caixas de cigarros que eram transportadas em uma carreta que trafegava pela via.

Ao iniciarem a conversa com o condutor da carreta, este se mostrou muito nervoso com a abordagem, dizendo que carregava uma mudança, em ato contínuo, o condutor de outra carreta ao perceber a presença policial, e perceber que seria abordado, parou há cerca de 200 metros, abandonou o veículo e fugiu pela mata.

Os policiais constaram que a carreta abandonada levava um carregamento de cigarros ilegais. Nesse momento, o condutor da primeira carrega relatou que também estava transportando uma carga de cigarros ilegalmente. No total, as duas carretas conduziam as 2000 caixas de cigarros.

A Universidade Federal da Grande Dourados está com inscrições abertas para o módulo “Preparatório para o Enem”, oferecido pelo Programa Centro de Formação UFGD, através do eixo Cursinho Pré-Vestibular.

As inscrições podem ser feitas das 7 às 11 e das 13h30 às 17 horas, na sala da Secretaria do Centro de Formação da UFGD (antiga Secretaria do Centro de Línguas), localizada na Unidade 1 (Rua João Rosa Góes, 1761, na Vila Progresso), na área central de Dourados.

O valor da inscrição é R$ 200 (via boleto) e o material didático será disponibilizado em versão digital (por e-mail e no portal eletrônico da UFGD) sem custo adicional.

As vagas são limitadas e as aulas ocorrerão de 12 de setembro a 14 de outubro de 2016, no período noturno, das 19 às 22h20, na sala 401 da Unidade I da UFGD.

Ainda neste ano, o Cursinho realizará outro módulo, intitulado “Intensivão UFGD”, de 17 de outubro a 19 de novembro, para que seja encerrado às vésperas das provas do Vestibular da Universidade que serão realizadas no dia 20 de novembro.

Comentário

Página 1683 de 1806
  • Douranews Anúncio

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis