Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O sorteio do concurso 1.884 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 9,6 milhões para quem acertar as seis dezenas, neste sábado (10) na cidade de Vilhena/RO.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá comprar uma frota de 14 carros esportivos de luxo ou 10 imóveis de R$ 900 mil cada um.

Se quiser investir na poupança, receberá mensalmente R$ 61,7 mil em rendimentos.

Comentário

No dia em que Mato Grosso do Sul obteve nota 10 em transparência, por parte da Rede de Controle de Gestão Pública, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) concretizou mais uma ação para elevar o grau de credibilidade do Executivo estadual. Na presença de integrantes da rede, como representantes da CGU (Controladoria Geral da União) e do MPE (Ministério Público Estadual), o governador sancionou a lei que cria a CGE (Controladoria Geral do Estado).

O órgão terá a responsabilidade de monitorar o trabalho das secretarias e demais órgãos da máquina pública do Estado, exercendo as funções de corregedoria, auditoria, ouvidoria e ações de transparência. Durante a sanção da lei, na manhã desta sexta-feira (9), na Governadoria, Azambuja destacou que a atuação da Controladoria não se restringe às ações deste governo, mas as ações da administração do Estado daqui em diante. “A controladoria vem somar para o nosso objetivo de termos um Estado mais austero, que cumpre com a legislação”, definiu.

Na prática, a Controladoria contribui para que haja mais critérios no uso do dinheiro público. O governador também defendeu a atuação de mais controle nos gastos públicos com relação às improbidades administrativas. “A corrupção é o mal do século e precisa ser combatida”, afirmou.

Comentário

Na noite de terça-feira (6), Luis Carlos Ajala, de 41 anos, foi morto esfaqueado em Antônio João, na noite de terça-feira (6), na rua Joana de Almeida Mattos, no centro da cidade. A mulher de Luis, Maria Aparecida Ortiz, de 49 anos, foi presa pelo homicídio e confessou o crime.

De acordo com o registro feito pela Polícia Militar, a equipe foi acionada pelo motorista da ambulância do Hospital Municipal de Antônio João, para ir até a residência no centro onde estava a vítima de esfaqueamento. No local, os militares encontraram Luis Carlos caído no chão, já morto.

A mulher dele confessou que deu uma facada no marido e, segundo os policiais, ela estava alterada, fato confirmado por ele própria, ao informar que tinha ingerido bebidas alcoólicas e que estava cansada de apanhar do marido; por isso, aproveitou o momento em que bebiam juntos para matar o homem a golpes de faca.

A Frente Parlamentar Mista da Atividade Física para o Desenvolvimento Humano), em parceria com a Comissão de Esporte da Câmara dos Deputados, vai homenagear terça-feira (13) a profissional de educação física e especialista em avaliação e prescrição de atividade física, Mariza de Fátima Barros Araújo Caimar. Ela receberá o certificado de honraria Manoel José Gomes Tubino, como profissional de destaque no exercício das atividades durante o ano de 2016.

A profissional de educação física é servidora efetiva da Secretaria de Educação de Dourados e foi o nome de referência indicado pelo deputado federal Geraldo Resende (PSDB-MS) como destaque para receber o prêmio pelo Estado. “É uma profissional de enorme respeito e valor, que exerce inúmeras atividades ligadas à prática do exercício físico, focado na melhoria na qualidade de vida e na prevenção de doenças em Dourados e demais municípios no interior do Mato Grosso do Sul. Logo, a minha indicada reúne credenciais mais do que suficientes para receber essa honraria que tanto orgulha a todos nós sul-mato-grossenses”, disse o congressista.

Para a especialista, receber esse título tem uma emoção especial. “Eu conheci o Manoel Tubino 30 dias antes de ele falecer em um congresso de saúde. Ele foi um norte na minha carreira. Para mim, ele representou uma revolução na atividade física, no lazer, na qualidade de vida e no desenvolvimento humano. Portanto, é uma honra receber o certificado que leva o nome dele”, afirmou Mariza Caimar.

Com currículo extenso, sobretudo nas áreas de pesquisa, educação, saúde e capacitação, Mariza Caimar tem recebido anualmente títulos e prêmios. Este ano não foi diferente. A Fiep (Federação Internacional de Educação Física) já a agraciou com o Prêmio TOP Fiep Brasil. Em 2015 e 2014, Caimar também foi destaque, e, em 2013, ela recebeu da Fiep a medalha Manoel Tubino.

Comentário

Os profissionais da área de Enfermagem do HE (Hospital Evangélico) decidiram nesta sexta-feira (9), após a paralisação por 24 horas, aprovada em conjunto pelos filiados ao Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Enfermagem de MS) que o movimento vai continuar na semana que vem. “Aprovamos a greve a partir de segunda (12), porque nas conversas de hoje não obtivemos nenhuma resposta sobre regularização salarial”, revelou uma das participantes do movimento.

Mais de uma centena de pessoas permaneceu fora das funções na manhã desta sexta-feira (9) em Dourados. “Deixamos 30% funcionando, para não dizer que estamos prejudicando o atendimento, como determina o Ministério do Trabalho”, acrescentou a fonte do Douranews. Os trabalhadores reclamam o atraso nos salários. Hoje, o setor emprega em torno de 450 profissionais da Enfermagem 

A direção do HE pagou na quarta-feira (7) o equivalente a 50% dos salários ainda do mês de outubro e disse não ter previsão de quando irá pagar o restante, além do vencimento de novembro e da parcela do 13º. salário que deveria ter sido quitada até o último dia do mês passado.

Servidoras que já trabalham na área há mais de 20 anos informaram ao Douranews que os atrasos no pagamento tem sido uma constante no Evangélico. O presidente do Sindicato estadual, Lázaro Santana, se reuniu nesta manhã com o superintendente do hospital em Dourados, Públios Vasconcelos, para tentar uma saída para essa situação, porém, não conseguiu avançar a conversa.

Os trabalhadores dizem que já procuraram o MPT (Ministério Público do Trabalho) para reclamar dos atrasos nos salários e a autoridade se comprometeu a tentar intermediar o impasse com o HE. Nos últimos meses, o hospital já fechou o atendimento no Posto 2 de Enfermaria, a Clínica Médica e está ameaçando suspender as atividades no PS (o Pronto Socorro), além de já ter reduzido o atendimento na UTI.

Comentário

 

Moradores da área central da cidade denunciaram ao Douranews que na avenida Weimar Gonçalves Torres, esquina com a General Osório, um terreno medindo cerca 2.500 metros quadrados está tomado pelo matagal.

Os proprietários da área, que provavelmente nem residem no local, porque a propriedade está em estado de completo abandono, devem ser acionados pelas autoridades, porque, segundo relataram moradores da região, “eles só limpam [o terreno] quando há alguma denúncia”.

A Prefeitura conta com a Lei da Dengue, dispositivo jurídico que permite entrar no imóvel, proceder à limpeza e ainda inserir os donos do imóvel em Dívida Ativa, por conta dos custos com essa ação, visando proteger a população e impedir que ocorra a proliferação do Aedes aegipty, transmissor da dengue e outras doenças.

Comentário

A vacinação antirrabica, que está sendo realizada pela Prefeitura de Dourados de forma itinerante, não aconteceu na quinta-feira, 8, por causa do feriado em comemoração à padroeira da cidade, mas retomou nesta sexta-feira (9), nos bairros Jardim Leste e Maracanã. A vacinação, feita pelas equipes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) é das 7 às 11 e das 13 às 17 horas.

Neste sábado (10) será montado um ponto fixo para vacinação no Jardim Maracanã I, na Escola Municipal Sócrates Câmara, das 7 às 17 horas e na zona rural, também nesta sexta-feira, a vacinação é realizadas nos distritos de Vila Vargas e Vila Formosa.

A campanha deve encerrar antes do fim deste ano e a meta é fazer a imunização contra raiva de 53 mil animais, entre cães e gatos. Devem ser levados para tomar as doses animais acima de quatro meses de vida, incluindo fêmeas prenhas ou amamentando, já que não há contraindicação. A vacina é totalmente gratuita e deve ser aplicada somente pelos agentes do CCZ, nos pontos de apoio.

Comentário

Anderson Rodrigues de Oliveira, de 35 anos; Sandro Marciano de Melo, de 40; Juceli Alves de Moraes Melo, de 37; Sandro Junior Alves de Moraes Melo, de 19; Sandriel Moraes de Melo e ainda Marieli Marques Abreu Neves, ambos com 18 anos, acompanhados de João Paulo Vilarim Alves, de 22 anos e de um adolescente de 14 anos, morador em Jardim, foram presos após ação conjunta de uma das equipes do DOF, em conjunto com equipes do 3º Batalhão da PM (Polícia Militar), em Dourados.

O fato ocorreu durante patrulhamento realizado na cidade, após os policiais terem sido informados de que um veículo Fiat Pálio de cor branca estava se deslocando em atitude suspeita na região do Parque Nova Dourados. Ao tentar a abordagem, o condutor evadiu-se em alta velocidade, ignorando as regras de trânsito e colocando em risco os usuários da via. A equipe policial iniciou o acompanhamento que resultou na apreensão do veículo depois que Anderson Oliveira, que dirigia o carro, bateu o Pálio em uma valeta já nas proximidades do estádio Douradão.

Anderson foi detido juntamente com o passageiro Sandro Junior e em vistoria ao veíulo os policiais encontraram 26 tabletes de maconha que totalizaram 26 quilos da droga. Em diligências na casa de Sandro, na vila São Francisco, foram presas Juceli, Sandriel, Mariele, João Paulo e o adolescente de 14 anos, quando faziam a guarda de aproximadamente 1 quilo de pasta base de cocaína.

A droga estava escondida em um quarto da casa, debaixo de um colchão, e as pessoas que estavam na residência ainda tentaram esconder o produto, porém, a ação rápida dos policiais impediu essa manobra. Juceli é esposa do presidiário Sandro, que arquitetava o tráfico de dentro da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) e Sandro Junior era o responsável por pegar a droga no Paraguai e armazenar em Dourados. João Paulo auxiliava o rapaz, que, juntamente com Juceli e Sandriel atuavam na revenda da droga. Mariele era a responsável por transportar a droga apreendida até Goiás, onde havia os centros consumidores da droga.

Comentário

A água do rio Dourados, que abastece maioria das residências da cidade, para consumo humano, está em nível satisfatório. É o que revela o último laudo de qualidade da água recebido esta semana pela Prefeitura, através do Núcleo de Vigilância Sanitária de Dourados. O padrão de referência, conforme portaria do Ministério da Saúde, é de 0,05 mg/L. Conforme o laudo, o resultado em Dourados constata abaixo do estabelecido, ficando no parâmetro avaliado como “satisfatório”.

O fiscal do Núcleo de Vigilância Sanitária de Dourados, Valdir Sader Gasparoto, explica que dez vezes por ano são colhidas amostras da água diretamente dos valetes das residências. Ele explica que as amostras são colhidas aleatoriamente em residências de diversos bairros. As últimas foram coletadas nos bairros Santo André, Jóquei Clube e na ETA (a Estação de Tratamento de Água) da Sanesul, na saída para Caarapó.

Depois de recolhidas, as amostras são envidas para o Lacen (Laboratório Central), em Campo Grande que, através de um convênio com o Ministério da Saúde, envia o material coletado para o Laboratório Evandro Chagas, no Pará, onde são feitas as análises das coletas feitas pela Prefeitura. Chegando o resultado em Dourados, a Vigilância Sanitária envia cópias para os Ministérios Públicos federal e estadual e também faz o registro no Sisagua (Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para consumo humano), do Ministério da Saúde.

As análises são feitas obedecendo a um cronograma de monitoramento de agrotóxicos na água para consumo humano, conforme prevê a Secretaria estadual de Saúde. Dourados, Chapadão do Sul, São Gabriel do Oeste e Cassilândia foram as cidades escolhidas e são obrigadas a fazer as análises durante o ano inteiro, conforme divulga a assessoria de comunicação do Município.

De acordo com Valdir Sader, é muito importante fazer esse monitoramento para se ter certeza da qualidade da água oferecida à população. A análise traz os resultados microbiológicos (bactérias, fungos e vírus) e fisioquímicos (Ph, cor e turbidez). Além da análise feita pela Prefeitura, a Sanesul, também faz a própria análise. “A análise da água é um dos trabalhos de prevenção de maior importância realizados pela Vigilância Sanitária, que visa garantir a redução das enfermidades transmitidas pela água de consumo humano”, diz o técnico.

Comentário

A paralisação de um dia, aprovada pelo Sindicato dos Trabalhadores na área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul para a categoria de profissionais que atua no HE (Hospital Evangélico) deixou mais de uma centena de pessoas fora das funções na manhã desta sexta-feira (9) em Dourados.

Os trabalhadores reclamam o atraso nos salários. A direção do HE pagou na quarta-feira (7) o equivalente a 50% dos salários ainda do mês de outubro e disse não ter previsão de quando irá pagar o restante, além do vencimento de novembro e da parcela do 13º. salário que deveria ter sido quitada até o último dia do mês passado.

Servidoras que já trabalham na área há mais de 20 anos informaram ao Douranews que os atrasos no pagamento tem sido uma constante no Evangélico. O presidente do Sindicato estadual, Lázaro Santana, se reuniu nesta manhã com o superintendente do hospital em Dourados, Públios Vasconcelos, para tentar uma saída para essa situação.

Os trabalhadores dizem que já procuraram o MPT (Ministério Público do Trabalho) para reclamar dos atrasos nos salários e a autoridade se comprometeu a tentar intermediar o impasse com o HE. Nos últimos meses, o hospital já fechou o atendimento no Posto 2 de Enfermaria, a Clínica Médica e está ameaçando suspender as atividades no PS (o Pronto Socorro), além de já ter reduzido o atendimento na UTI.

Essas medidas estão sobrecarregando a procura pelo HVida (o Hospital da Vida), que também é mantido pelo Evangélico, através de convênio com a Secretaria municipal de Saúde.

Comentário

Página 1196 de 1566

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus