Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Um sindicalista foi preso na manhã desta quarta-feira (30) por armazenar conteúdo de pornografia infantil. O homem, que não teve a identidade revelada, foi capturado durante a Operação Patruus II da PF (Polícia Federal), desencadeada em Campo Grande e Bonito.

De acordo com a PF, o homem usava o computador do sindicato que fica em Campo Grande para armazenar imagens de pornografia infantil. Conforme apurado pela polícia, o equipamento era de uso exclusivo dele, e foi apreendido.Além do sindicalista, um jovem foi preso em flagrante por porte de drogas. Ao cumprir o mandado de busca e apreensão, a Polícia encontrou 200 gramas de maconha. Os agentes da PF recolheram os equipamentos e a droga, conforme boletim divulgado em seguida. Foram 12 mandados de busca e apreensão, sendo 11 em Campo Grande, e 60 agentes envolvidos.

Entre os mandados expedidos pela Justiça para a Capital, sete foram cumpridos em residências e quatro de empresas, como o sindicato e uma empresa provedora de internet. A localização dos suspeitos foi graça a união de uma empresa norte americana com a PF, segundo relato dos policiais. O delegado que comanda a investigação, Marcelo Alexandrino de Oliveira, disse que a empresa localizou IP's [correspondente à identidade do computador] dos aparelhos que faziam armazenamento ou compartilhamento dos conteúdos de pornografia infantil e repassou para a Polícia Federal brasileira.

Comentário

Vereadores eleitos e reeleitos para a Câmara de Dourados participaram na manhã de segunda-feira (28), na sede do TCE-MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, de uma orientação para uma boa gestão, denominada “E agora, Prefeito (a)?”.Prefeitos e vereadores de todo o Estado foram convidados pelo Tribunal.

Para o vereador Idenor Machado (PSDB), presidente da Câmara, o evento é importante como forma de preparar bem o vereador para exercer a sua função com responsabilidade. “Foi muito positivo o evento; é uma forma de preparar o vereador para exercer bem a sua função e cuidar do dinheiro público”, afirma Idenor.

Para o vereador Alan Guedes (DEM), vários assuntos importantes foram discutidos sobre o controle externo das contas públicas. Ele destaca a qualidade do corpo técnico do Tribunal hoje, qualificado para atuar em todas as áreas. Sobre os assuntos discutidos, ele ressaltou o que trata da coleta e destinação adequada dos resíduos sólidos.

O vereador Pedro Pepa (DEM) lembra que muitas das obrigações da Câmara de Vereadores hoje é assumida pelo Tribunal de Contas. “Há 28 anos o Tribunal cumpre um papel que não é dele, mas com as novas mudanças, o vereador terá que assumir mais obrigações”, informa Pepa.

A orientação ao gestor público já no início de mandato é classificada pelo presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, como um momento histórico. Ele disse ainda que a capacitação serve de modelo para outros Tribunais de Contas do Brasil. “Um acontecimento que marca mais um avanço na política de relacionamento do Tribunal de Contas com os jurisdicionados, consolidando o compromisso de atuar, cada vez mais, de forma pedagógica, efetiva e preventiva”, diz Waldir.

O conjunto de palestras tratou desde a função constitucional do Tribunal de Contas, do processo de modernização da Instituição e das ações que estão sendo desenvolvidas, de orientações para os municípios, com vistas às corretas aplicações do dinheiro público, e que garante à sociedade acompanhar a gestão com plena transparência.

Comentário

Um jovem de 24 anos foi morto a tiros quando estava dentro de um carro, no centro do município de Conceição do Coité, a cerca de 235 quilômetros de Salvador. Segundo informações da polícia, o crime aconteceu na terça-feira (29), e a vítima estava acompanhada do filho, de apenas dois anos. A criança não ficou ferida.

Ainda de acordo com a polícia, o jovem estava com o carro estacionado na frente da casa da ex-mulher, quando dois homens a bordo de uma motocicleta surpreenderam a vítima e realizaram os disparos. Ele chegou a ser socorrido pela Polícia Militar, mas morreu pouco depois de dar entrada no hospital.

A PM realizou rondas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado. Até a manhã desta quarta-feira (30), a autoria e motivação do crime não foram determinadas pela delegacia de Conceição do Coité, responsável pela investigação do caso, conforme publica o G1.

Comentário

Começa nesta quinta-feira (1), a partir das 19h30, a programação de Natal 2016 “Dourados Brilha”. A abertura será feita na Praça Antônio João, pelo prefeito Murilo e a coordenadora geral do evento, a primeira-dama Cecília Zauith e contará com a presença de diversos convidados. A expectativa é de mais uma grande festa organizada pela Prefeitura de Dourados, com apoio do Governo do Estado, que será representado no ato pela primeira-dama estadual Fátima Azambuja.

O evento, que faz parte do calendário nacional do Ministério do Turismo, e, como tradição, começa com o acionamento das luzes instaladas nas principais vias da cidade e que integram a decoração natalina e ainda, da árvore montada na praça. Na sequência, a chegada do Papai Noel e a abertura das atrações disponibilizadas para o público, como a Casinha do Papai Noel, pista de patinação no gelo e muitas outras.

O Dourados Brilha, que tem também uma praça de alimentação, terá diversas apresentações durante todo o mês de dezembro, incluindo música, dança, teatro e outros atrativos, como projetos desenvolvidos com alunos de escolas municipais.

Este ano, também, a Prefeitura inovou e traz a primeira Exposição de Mesas Natalinas, aberta ao público no sábado (26) e que permanece até neste sábado (3), no auditório da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados). 45 empresas fazem parte dessa parceria, mas ao longo destes seis anos, várias outras também contribuíram e estão inseridas no rol dos colaboradores.

Segurança

O Dourados Brilha neste ano, a exemplo dos anos anteriores, terá um sistema de segurança para garantir de fato a tranquilidade àqueles que comparecerem à praça. O comandante da Guarda Municipal, João Vicente Chencarek, responsável por esse setor, informou que dez câmeras farão o monitoramento, além da equipe espalhada por todo o local do evento. Ele explica que o objetivo é a prevenção, ou seja, impedir que o crime aconteça. Vicente lembrou que nos anos anteriores vários furtos de motos, bicicletas e outros delitos, não foram consumados por conta desse trabalho e, neste ano, segundo ele, não será diferente.

Comentário

A Chapecoense sabe que precisa, aos poucos, retomar à rotina. Na manhã desta quarta-feira (30), por exemplo, dia em que a equipe principal entraria em campo para enfrentar o Atlético Nacional, pelo jogo de ida da final da Copa Sul-Americana, os jogadores da equipe sub-20 se reuniram numa sala da Arena Condá para tratar do futuro a curto prazo. E decidiram disputar a Copa Ipiranga, que começa neste sábado (3), em Porto Alegre. A definição, entretanto, caberá a diretoria e comissão técnica.

A estreia da Chapecoense na competição está marcada para segunda-feira (5), contra o Corinthians. Antes, nesta quinta-feira (1), o time sub-20 enfrentaria o Criciúma pelo segundo jogo da final do Campeonato Catarinense – a Chape venceu por 1 a 0 a partida de ida – mas o confronto foi adiado.

A maioria dos jogadores do time sub-20 participou da reunião, marcada pela tristeza e emoção. O volante Lucas Mineiro foi um dos que pediram a palavra no encontro, que terminou com uma oração. “Nós decidimos jogar a Copa Ipiranga, e agora quem vai definir é a diretoria. Queremos jogar para mostrar nossa força e honrar os amigos que se foram”, disse, conforme repercutiu o Globoesporte.

Comentário

Em clima de descontração e com muita história contada por autoridades políticas e historiadores, o prefeito Murilo Zauith (PSB) entregou na tarde desta terça-feira (29) o Museu da Cand (a Colônia Agrícola Nacional de Dourados). O espaço, localizado no distrito de Indapólis, numa área doada por Acelino Borba, abriga o monumento que foi construído como homenagem aos pioneiros, contendo ainda a cruz de madeira mantida intacta, conforme foi tombada pelo patrimônio histórico.

O Museu é administrado pela Associação de Mulheres Rurais de Dourados que mantém uma lanchonete e uma loja de artesanato no local e que toma conta de todo o material exposto, como documentos e objetos históricos.

Várias pessoas incluindo vereadores locais e convidados prestigiaram o evento, relatando fatos que lembraram a época, já que a Colônia foi peça fundamental no desenvolvimento de Dourados. O vereador Marcelo Mourão que, enquanto diretor de Turismo da Prefeitura de Dourados iniciou o processo de implantação do Museu viabilizando recursos junto ao Ministério do Turismo, falou da satisfação em poder participar do ato de entrega da obra e da importância do resgate dessa história.

O prefeito Murilo aproveitou para agradecer aqueles que iniciaram toda essa trajetória que colocou Dourados no nível de desenvolvimento em que se encontra. Ele saudou as famílias dos pioneiros e falou diretamente aos vereadores sobre a importância do legislativo e agradeceu pela relação de confiança. Murilo comentou que Dourados foi lembrado pelo Tribunal de Contas como exemplo de administração e explicou que isso aconteceu porque a atual administração fez gestão, dizendo que “política se faz com vereadores”.

O prefeito, que entregou também a reforma do Cras de Vila Vargas na tarde da terça-feira, reafirmou que graças a todo esse processo ele pode dizer que “em Dourados não haverá fim de mandato, mas sim uma troca de comando”. Segundo Murilo, “é uma transição sem surpresas, sem pegadinhas...”. Ele garantiu que o município está preparado para a nova prefeita, Délia Razuk, dar continuidade a esse processo de desenvolvimento, ressaltando que está deixando dinheiro em caixa e diversos projetos em andamento.

Comentário

O Ministério da Saúde informou que 260 mil pessoas sabem que estão infectadas pelo HIV no Brasil e não tiveram acesso ao tratamento. Outras 112 mil estão infectadas pelo vírus e não sabem, de acordo com a estimativa do governo. A coletiva de imprensa desta quarta-feira (30) chama atenção para o Dia Mundial de Combate à Aids, que ocorre nesta quinta (1), com atividades em todo o país.

De acordo com a diretora do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, Adele Benzaken, essas pessoas que sabem que estão infectadas e não recebem o tratamento, em parte, estão em negação com relação ao vírus. Ou seja, não aceitam que podem desenvolver a doença.

No total, o Governo Federal fez uma estimativa que 827 mil pessoas estejam vivendo com Aids no Brasil. Destas, 715 mil já foram diagnosticadas e 455 mil estão em tratamento.
A apresentação dos dados contou com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, da diretora da Unaids no Brasil, Georgiana Braga e outras autoridades sobre a doença.

Comentário

A tragédia com o voo que levava a delegação da Chapecoense e vários jornalistas para a Colômbia para a disputa do jogo de ida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional segue ganhando várias manifestações na intenet. O site change.org organizou em sua página uma campanha para que os internautas assinem uma petição com o objetivo de mudar o nome da competição para Copa Chapecoense, em homenagem às vítimas do grave acidente. De acordo com autoridades colombianas, 71 pessoas morreram e seis sobreviveram ao ocorrido.

Outra ideia apresentada pelo site é consultar os familiares das vítimas e saber qual nomes eles gostariam de colocar na competição em forma de homenagem. A ideia é juntar milhares de assinaturas e enviar para a Conmebol avaliar essas possibilidades.

Além disso, o site pede também que a Conmebol aceite a solicitação do Atlético Nacional para que a Chapecoense seja proclamada campeã da Copa Sul-Americana. E também envia a sugestão de que cada equipe brasileira entre as 20 que estão na disputa do Campeonato Brasileiro possa emprestar um jogador para que o time de Santa Catarina tenha condições de voltar a disputar as competições em 2017 e se reestruturar. A confederação deve se manifestar só no dia 21 de dezembro sobre esse pedido.

Comentário

O setor produtivo de Mato Grosso do Sul, representado pela Fiems, Fecomércio-MS, Famasul e Faems, reúne-se, nesta quinta-feira (1), às 8h30, no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande, com representantes do Banco do Brasil para tratar sobre os recursos ainda disponíveis do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste).

A reunião terá as presenças dos presidentes Sérgio Longen (Fiems), Edison Araújo (Fecomércio-MS), Mauricio Saito (Famasul) e Alfredo Zamlutti (Faems), bem como do superintendente do Banco do Brasil, Glaucio Zanettin Fernandes, e de empresários dos setores industrial, comercial e agropecuário.

Ainda durante a reunião, serão apresentados o balanço do FCO em 2016 no Estado, as linhas de capital de giro disponíveis pelo Banco do Brasil e as alterações dos procedimentos para a contratação do Fundo no próximo ano. O FCO é um recurso garantido constitucionalmente e neste ano o valor destinado a Mato Grosso do Sul foi de R$ 1,36 bilhão.

Comentário

Um grupo de brasileiros tenta viabilizar o envio da primeira sonda sul-americana até a Lua, colocando-a na órbita de nosso satélite natural -- não haverá pouso por lá, portanto. Seria a primeira vez que estudiosos do Brasil realizariam uma missão além da órbita terrestre, de acordo com os organizadores. A previsão, se tudo der certo, é que o nanossatélite (um pequeno satélite não tripulado) seja lançado até dezembro de 2020.

A missão foi batizada de “Garatéa-L”, que significa “Busca Vidas” em tupi-guarani, e conta, por meio de empresas britânicas, com a parceria da Agência Espacial Europeia (ESA) e da Agência Espacial do Reino Unido (UK Space Agency). Esta deverá ser a primeira missão comercial de espaço profundo (além da órbita da Terra) dessas agências - chamada de Pathfinder. Dentro do foguete que será lançado - o indiano PSLV-C11 - cinco pequenos satélites serão enviadas à Lua, entre eles, o brasileiro.

O mesmo foguete indiano enviou com sucesso a missão Chandrayaan-1 para a lua, em 2008. De acordo com um dos organizadores do projeto do Brasil, o engenheiro espacial Lucas Fonseca, a missão deverá custar R$ 35 milhões e será realizada através de uma PPP (Parceria Público-Privada). Os valores começaram a ser levantados com órgãos de fomento à pesquisa e outros patrocinadores.

“Essa missão vem sendo planejada desde 2013 e, cerca de um mês atrás, fomos aceitos numa iniciativa europeia para embarcar uma missão brasileira numa missão conjunta de vários países para ir até a Lua”, disse Fonseca, que já participou do envio, trabalhando com a ESA, da sonda Rosetta, que fez o primeiro pouso em um cometa, em 2014.

Comentário

Página 1194 de 1548

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus