Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A Polícia Federal prendeu neste fim de semana, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, 13 passageiros de voos internacionas com 44kg de drogas escondidas pelo corpo e em fundos falsos de bagagens. No sábado (22/10), um homem e quatro mulheres foram detidos antes de embarcar para Joanesburgo, na África do Sul. Eles estavam com 16kg de cocaína presos ao corpo. Antes do flagrante, três dos suspeitos tentaram descartar a droga no vaso sanitário do banheiro do local.

Já na madrugada de domingo (23/10), sete nigerianos, quatro deles com pedido de refúgio no Brasil e três com Registro Nacional de Estrangeiros, foram presos com 20kg de cocaína escondidos em fundos falsos de mochilas e no solado de sapatos.

Em outra ação, a Polícia Federal prendeu um brasileiro, de 32 anos, de Mairinck, no Paraná, na volta de um voo de Barcelona, na Espanha, com 31 mil comprimidos de ecstasy. Ele foi preso em flagrante após passar pela revista da Receita Federal. 

Comentário

Começam nesta segunda-feira (24) as telematrículas para os interessados no programa Educação de Jovens e Adultos (EJA), do Ministério da Educação, no primeiro semestre de 2017. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 deste mês pelo telefone 156, na  opção 2. O atendimento funcionará de segunda à sexta-feira, das 7h às 21h e nos finais de semana, das 8h às 18h. O programa oferece os ensinos fundamental e médio para pessoas que já passaram da idade escolar e que não tiveram oportunidade de estudar.

Para fazer a pré-matrícula o candidato precisa informar apenas o nome completo, data de nascimento, endereço com CEP, telefone residencial ou do local de trabalho e indicar duas escolas de sua preferência. A lista com os selecionados para as vagas será divulgado no dia 21 de dezembro.

Os interessados em cursar o ensino fundamental devem ter mais de 15 anos. Para cumprir o ensino médio, o candidato deve ser maior de idade.

Não há limite de vagas para matrícula, portanto todos os candidatos que fizerem a matrícula dentro do prazo serão atendidos.

Comentário

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) afirmou que para superar a grave crise fiscal que enfrentam a União, estados e municípios o país precisa fazer um pacto de responsabilidade, com o compromisso de não gastar mais do que se arrecada e gastar de forma decente, inteligente e eficiente.

Esse pacto, segundo o senador, implica definir bem as prioridades e cuidar bem dos mais necessitados. Por isso, ele advertiu que não se poderia sacrificar o presente dos brasileiros, que é a saúde, nem o futuro, que é a educação. Para Cristovam Buarque, também é preciso fazer com que os ricos paguem mais impostos do que os pobres e usar melhor o pouco que é destinado aos serviços públicos.

- Em certos momentos de crise, é preciso também, dentro desse pacto da responsabilidade, buscar mais eficiência. É preciso melhorar a eficiência  com o pouco dinheiro que se usa. Dá para fazer mais na saúde pública com os  limites atuais de recursos gastos. Comparem internacionalmente que vocês verão isso. Então, esse seria um grande pacto a que precisamos chegar a aqui. O ponto de partido é diálogo - afirmou o senador.

Cristovam Buarque disse, ainda, que o salário mínimo não pode ser sacrificado. Para ele, devem ser sacrificados os salários do teto no serviço público, como os dos parlamentares, por exemplo.

- Por que a gente não faz com que esses salários não subam nem mesmo pela inflação? Por que não damos o exemplo aqui, definindo o nosso teto congelado por um certo tempo? - indagou o senador.

Comentário

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul lança nesta terça-feira (25), às 9 horas, no auditório da Governadoria, a Campanha Estadual de Continuidade no Combate ao Mosquito Aedes aegypti. A Secretaria estadual de Saúde reforçará os trabalhos de conscientização no combate ao foco de criadouros do mosquito Aedes, em especial na redução do acúmulo de resíduos nas residências e em terrenos baldios nos municípios de Mato Grosso do Sul.

Para auxiliar nos trabalhos de enfrentamento ao Aedes aegypti nos municípios, o governo também fará a entrega de 15 veículos [9 caminhonetes Fiat Strada com bombas de aplicação de veneno acopladas, 2 veículos modelo Nissan Versa e mais 4 veículos modelos Doblô], doados pelo Ministério da Saúde, através da Sala Nacional de Situação.

Para o período 2016/2017, as ações de enfrentamento ao mosquito contarão com o suporte da Sala Estadual de Situação que expandirá os seus trabalhos através das salas de situação regionais, formados junto aos núcleos regionais de saúde, para intensificar a coleta de informações e direcionamento de equipes em um trabalho conjunto aos municípios.

Paralelo ao lançamento da Campanha em Campo Grande, o município de Taquarussu em parceria com a Secretaria de Saúde, lança a mobilização para o enfrentamento do mosquito, onde serão realizadas ações informativas junto à população e também um mutirão de limpeza e recolhimento de resíduos. O trabalho contará com a parceria de militares do Corpo de Bombeiros e também do exército.

O lançamento da Campanha Estadual conta com a participação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), do secretário Nelson Tavares, além dos representantes das 35 instituições parceiras do projeto agente colaborador.

Comentário

Traficante de 37 anos foi preso em flagrante transportando 1.660 quilos de maconha escondida em carga de milho a granel. Apreensão aconteceu ontem, durante fiscalização de equipe da Polícia Militar Rodoviária na base operacional, que fica na MS-164, entre a cidade de Ponta Porã e o distrito de Vista Alegre.

De acordo com Porã News, policiais abordaram condutor de carreta e no decorrer da vistoria da carga perceberam que em meio ao milho a granel havia fardos com material prensado. Parte do milho foi retirado do veículo, ocasião em que constatou que se tratava de maconha.

O motorista disse que pegou a carreta próximo a um posto de combustíveis, em Ponta Porã, e que receberia R$ 30 mil para deixar o veículo em outro posto, mas em Campo Grande.

Caso de tráfico de drogas foi registrado na Delegacia de Ponta Porã.

Comentário

Dourados é apontado num ranking elaborado pela consultoria Urban Systems como a melhor cidade do interior da região Centro Oeste para fazer negócio. O ranking está sendo divulgado pela revista Exame, edição 1124, que passa a circular a partir desta quarta-feira (26) para o público em geral, cujo título da capa é “Mais Fortes que a Crise”.

No estudo, elaborado com base em 28 indicadores, Dourados aparece na posição 63 no Brasil, no ranking das 100 melhores, com o índice 8,17. No Centro Oeste, estão à frente apenas as capitais. No Mato Grosso do Sul está a frente de Dourados apenas a capital Campo Grande, na posição 28 e com índice 9,13. A outra cidade do Estado que aparece é Três lagoas, só que atrás de Dourados, na posição 78 e com índice 7,98.

No Mato Grosso, a única do interior que aparece é Rondonópolis, mas também atrás de Dourados, na posição 76 e com índice 8,02. Goiás também tem cidades do interior no ranking, Rio Verde, na posição 65, e Anápolis, na posição 98. No ranking nacional feito para a revista Exame, Dourados ainda aparece à frente de cinco capitais de Estado, João Pessoa, Rio Branco, Natal, Porto Velho e Manaus.

O prefeito Murilo Zauith (PSB) comemorou os números, ao receber exemplar de assinante da revista. “É mais um índice que mostra que estamos no caminho certo, que mostra o dinamismo da nossa economia. Como administrador, tomamos todas as medidas para blindar Dourados da crise e criamos os mecanismos necessários para atrair investidores de fora e incentivar o investimento interno. E o resultado está ai, nossa cidade vai muito bem: cresce e se desenvolve”, afirma o prefeito.

O novo ranking exclusivo das melhores cidades do Brasil para fazer negócio mostra o que faz a diferença para sofrer menos na recessão, que é a capacidade de atrair empresas. As melhores cidades para investir, segundo o estudo da consultoria Urban Systems, mostra como as cidades conseguiram melhorar o ambiente de negócios em meio à maior recessão do país em décadas. Para elaborar o ranking das melhores cidades do Brasil para fazer negócio, foram analisados 28 indicadores. Cada indicador tem um peso conforme a importância e atualidade, totalizando 30 pontos.

Isto É

No dia 17 de setembro do ano passado o prefeito Murilo já havia recebido o prêmio por Dourados estar no ranking das melhores cidades do Brasil. A revista, com a reportagem sobre o ranking circulou em outubro e publicou a matéria “As melhores Cidades do Brasil” mostrando como Dourados, através da gestão fiscal eficiente, “conseguiu fazer mais com menos”.

No anuário “As Melhores Cidades do Brasil”, Dourados ficou em 1º lugar no país em indicadores fiscais entre os municípios de médio porte e em 2º no ranking geral desse segmento, atrás apenas de Macaé/RJ. No ranking geral envolvendo todos os segmentos (indicadores fiscal, social, econômico e digital) e todos os portes de cidade (pequena, média e grande), Dourados foi apontado como a 67ª melhor cidade do Brasil. Quando se analisa apenas cidades de médio porte apenas, Dourados ficou em 10º lugar no Brasil.

Entre as cidades de médio porte, Dourados também foi a 2ª melhor em indicadores econômicos, a 3ª em padrão de vida, a 5ª em mercado de trabalho, a 7ª em capacidade de arrecadação, a 9ª em aplicação na saúde e educação, a 17ª em sustentabilidade financeira, a 24ª em qualidade de vida e a 26ª em execução do orçamento. No ranking geral, Dourados é a 42ª do Brasil em padrão de vida e a 53º em indicadores econômicos.

Comentário

Depois de ter classificação de capacidade de pagamento baixa, o Governo do Estado vai pedir revisão do Programa de Ajuste Fiscal (PAF) para que a nota C- atribuída a Mato Grosso do Sul possa ser analisada.

Na semana passada, a Secretaria do Tesouro Nacional divulgou levantamento anual que revela como estão as situações fiscais dos estados e consequentemente a capacidade que eles têm de quitar empréstimos, por exemplo.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse nesta segunda-feira, durante agenda pública, que a classificação deste ano superou a do ano passado, quando o Estado era D+, mas a expectativa é de superar a classificação.

“Vamos pedir outra revisão do PAF em outubro porque entendemos que os números de MS estão melhores que o projetado”, afirmou ao Correio do Estado.

Azambuja ainda lembrou que o Estado enfrenta retração das transferências constitucionais, como o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e outros convênios e emendas.

NOTA BAIXA

Esses "ratings", como são chamados, são necessários para o Tesouro aprovar a tomada de empréstimos com juros mais baixos pelos estados. "Queda na arrecadação, elevação no serviço da dívida e aumento na despesa com pessoal são os possíveis responsáveis pela piora da situação financeira", foram citados pelo Tesouro.

Os Estados que conseguiram o "rating" A e B, que permite que sejam autorizados a tomar empréstimos, são: Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Paraná, Rondônia, Roraima, Tocantins, além do Distrito Federal.

O Boletim de Finanças Públicas dos Entes Subnacionais de 2016 é uma publicação anual da Secretaria do Tesouro Nacional, que tem como objetivos ampliar a transparência das relações federativas e contribuir para o processo de sustentabilidade fiscal de Estados e municípios.

O trabalho reúne os dados fiscais de 27 Estados e do Distrito Federal e dos municípios com mais de 200 mil habitantes, com informações que permitem um aprofundamento na análise das principais variáveis fiscais desses entes.

As informações da publicação foram extraídas dos Programas de Ajuste Fiscal (PAF), acordos assinados pelos Estados que refinanciaram suas dívidas com a União e que apresentam metas anuais considerando a evolução das finanças estaduais, os indicadores macroeconômicos para o novo período e a política fiscal adotada pelos governos estaduais.

Comentário

A Prefeitura de Dourados entregou na manhã desta segunda-feira (24) a reforma, ampliação e modernização da UBS (Unidade Básica de Saúde) Santo André, localizada na região sul da cidade e que atende um grande número de pessoas. “Esta obra representa o esforço de toda a equipe do prefeito Murilo, que está fazendo tudo o possível, mesmo diante de tantas dificuldades, para melhor a saúde em Dourados”, afirmou o vice-prefeito Odilon Azambuja, na solenidade representando o prefeito Murilo Zauith (PSB) que, no mesmo horário, estava reunido com a equipe da prefeita eleita, vereadora Délia Razuk (PR), instalando o grupo de transição administrativa.

A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, reformou todo o prédio, construiu mais uma sala, implantou o sistema de senha eletrônica, trocou computadores, instalou computadores nos consultórios médicos, melhorou o sistema de internet, instalou placas de identificação nas salas e ainda realizou outras melhorias. “As obras e serviços garantem um ambiente de trabalho melhor, a modernização dos sistemas, pela informatização, e consequentemente a agilidade e melhoria no atendimento das pessoas”, garante Ana Cláudia Valensuela, que gerencia a unidade há 6 anos.

O vice-prefeito Odilon destacou que, além da reforma e ampliação das unidades básicas de saúde, o prefeito Murilo foi ousado em retomar para a administração da Prefeitura o Hospital da Vida. Nesse sentido ele destaca o trabalho do secretário Sebastião Nogueira e sua equipe pelo esforço, reorganizando e melhorando o atendimento.

Odilon ressaltou a importância da colocação em funcionamento por Murilo da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), que melhorou muito o atendimento emergencial na cidade. “Também são feitas gestões permanentes com os governos federal e estadual para obter os recursos necessários para melhorar o atendimento à saúde. O esforço é muito grande e o desgaste das pessoas que fazem a gestão também; porém, todos estão se empenhando para fazer o melhor possível e até o impossível”, observou.

O vereador Pedro Pepa, presidente da Comissão de Saúde da Câmara, disse que para os vereadores é uma alegria ver mais uma unidade de saúde reformada e melhorada e destacou de forma especial a implantação da senha eletrônica, que, segundo ele, democratiza e agiliza o atendimento às pessoas e cumpre uma indicação do Ministério da Saúde. “Esta reforma é mais um compromisso cumprido por Murilo; várias unidades foram reformadas e a população agradece”, disse.

O diretor de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Edvaldo Moreira, agradeceu a Prefeitura e a Secretaria de Saúde, em nome dos funcionários do setor pelo investimento. “Isso resulta na melhoria da qualidade da prestação de serviço e condições de trabalho”, disse.

A UBS Santo André atende uma grande região, localizada no quadrilátero entre a Avenida Marcelino Pires e Áurea de Mato Carvalho e entre a Presidente Vargas e o Shopping Avenida Center. Também atende os moradores da zona rural e sitiocas. A equipe é formada por 52 profissionais, entre eles sete médicos e duas equipes de agentes comunitários de saúde. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7 às 11 e das 13 às 17 horas.

Comentário

Os professores da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) associados ao Sindicato dos Docentes (Aduems) aprovação moção de repúdio à PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 241 que está prevista para ser votada nesta terça-feira (25) na Câmara Federal. “Acreditamos que nossos legisladores e o atual presidente da República encontram-se equivocados com relação aos fins que pretendem alcançar com a aprovação desta PEC, razão pela qual, apresentamos grandes preocupações com relação à possível aprovação”, disse o professor Esmael Almeida Machado durante reunião realizada na semana passada.

Entre as medidas a serem aprovadas, estão o congelamento dos investimentos sociais, como educação e saúde por exemplo, ao nível de índice equivalente ao reajuste da inflação do ano anterior. “É algo que contraria frontalmente os objetivos fundamentais da própria Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Todo ano é sabido que há uma necessidade maior de investimentos em saúde e educação e a PEC 241 promete exatamente o contrário do que é expressamente determinado no texto constitucional hoje, razão pela qual se pretende modificar referido texto por meio da Emenda Constitucional 241”, explica a professora Roseli Rocha, vice-presidente da Regional Pantanal do Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes do Ensino Superior).

Segundo o advogado Rômulo Carneiro, a PEC 241 é contrária aos objetivos fundamentais da República que determina, no artigo 3º da CF/88: ‘Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária; II - garantir o desenvolvimento nacional; III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação’.

“Acreditamos que mudanças tão sérias como as pretendidas por nossos legisladores necessitam de maior prazo de esclarecimento e discussão junto à sociedade brasileira, razão pela qual nos posicionamos firmemente contra a aprovação da PEC 241 por acreditar que os governantes encontram-se equivocados com relação a presente medida e ao resultado que pretendem encontrar”, finaliza o presidente da Aduems, professor André Martins.

Comentário

A largada e a chegada da 26ª edição da Corrida da Saúde será no dia 20 de novembro na praça Antônio João, com a corrida no percurso de cinco e dez quilômetros. O evento faz parte do 18 de outubro, data comemorativa ao dia do médico.

As inscrições já estão abertas e as pessoas interessadas em participar poderão se inscrever através do endereço eletrônico www.centraldacorrida.com.br/saude2016. O valor estipulado pelos organizadores é de 45 reais por candidato e o prazo vai até às 17 horas do dia 15 de novembro.

Contando com o apoio técnico da Funed (Fundação de Esportes de Dourados), a Corrida da Saúde é promovida anualmente pela Associação Médica da Grande Dourados, A premiação será a seguinte: No masculino e feminino geral serão contemplados com troféu os cinco primeiros lugares enquanto na categoria médica o percurso será de cinco quilômetros com troféu também aos cinco primeiros lugares.

Os corredores dos dez mil metros sairão da praça no sentido a rua Coronel Ponciano em ida e volta pela avenida Marcelino Pires e a retirada do kit – chip, camiseta e medalha - será feita das 9 às 19 horas no Studio One Personal Trainer, que na rua Pedro Celestino, 1138. Para maiores e melhores informações as pessoas interessadas poderão manter contato por meio do telefone (67) 3038 1515.

Comentário

Página 1193 de 1434

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus