Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A partir de hoje (1º), a campanha Novembro Azul passa a ser um movimento permanente e que contempla a saúde integral do homem. A proposta do Instituto Lado a Lado pela Vida, que coordena a ação, é mobilizar a população masculina e seus responsáveis diretos, no caso de crianças e adolescentes, para conhecerem mais sobre sua saúde, em diferentes fases da vida.

Na página da campanha, o instituto disponibilizou uma lista das doenças que mais afetam a saúde masculina, seja na infância, na adolescência, na fase adulta e na terceira idade. Ao clicar em cada uma delas, é possível encontrar informações sobre diagnóstico, fatores de risco, prevenção, sintomas e tratamento. 

Na infância, as doenças citadas incluem fimose, infecção urinária e prostatite (inflamação da próstata). Já entre adolescentes, a lista destaca arritmia cardíaca, doenças sexualmente transmissíveis e ejaculação precoce. Na fase adulta, aparecem doenças como cálculo urinário e diversos tipos de câncer. Por fim, na terceira idade, integram a lista diabetes, disfunção erétil e hipertensão arterial.

“Por meio da informação, junte-se a nós na conscientização dos cuidados com a saúde e mudança de hábitos, da importância do diagnóstico precoce e adesão ao tratamento”, propõe o Instituto Lado a Lado pela Vida.

Sobre o Novembro Azul

Criada em 2011, a campanha, originalmente, visa orientar a população masculina sobre o câncer de próstata. A doença figura como o segundo tipo de câncer mais comum entre homens, com mais de 13 mil mortes anuais – uma a cada 40 minutos. Mais de 61 mil novos casos devem ser registrados no país em 2016, segundo o Instituto Nacional do Câncer.

Durante todo o mês de novembro, serão realizadas atividades de orientação sobre o câncer de próstata e a saúde do homem e ações para estimular a atividade física. Haverá distribuição de material informativo e prédios serão iluminados na cor azul – entre eles, o Viaduto do Chá, em São Paulo, e o Congresso Nacional, em Brasília.

Um dos destaques da programação é o II Fórum Ser Homem no Brasil, marcado para a próxima segunda-feira (7). Com apoio do Senado Federal, o evento vai reunir profissionais de saúde, parlamentares, governantes, representantes do Ministério da Saúde e população em geral para debater a prevenção e o combate ao câncer de próstata e outros tipos de câncer, como de pênis e testículo.

Nas redes sociais, a campanha vai tratar da saúde integral do homem e usará as hashtags #novembroazul , #denovembroanovembroazul , #menospreconceito e #maisvida. A programação completa do Novembro Azul pode ser conferida no site do instituto.

Comentário

O presidente Michel Temer aproveitou rápido discurso desta terça-feira (1º) para promover a PEC que estabelece um teto para os gastos públicos, prioridade de seu governo, mas que ainda precisa ser aprovada pelo Senado. Segundo o presidente, o ajuste fiscal do Brasil deve "servir de exemplo" para os demais países de língua portuguesa.

Temer falou por menos de três minutos após o encerramento da XI Conferência da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) e afirmou que "cada país deve dimensionar suas despesas de acordo com a sua receita".

"Cada país deve, no âmbito de suas atividades, dimensionar suas despesas de acordo com sua receita, como fazemos aqui. E, para países que passam também por situações de gasto acima daquilo que se arrecada, o exemplo brasileiro, de alguma maneira, poderá servir para as comunidades de países de língua portuguesa", disse.

Entre as nações que participaram da cúpula entre segunda (31) e esta terça, em Brasília, estão algumas com o PIB (Produto Interno Bruto) bem menor que o brasileiro e problemas econômicos e sociais bastante sérios, como Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, além de Moçambique, Angola e Portugal.

A frase de Temer foi dita quando o presidente relatava alguns dos 16 pretensiosos objetivos da cúpula. O ajuste fiscal, porém, não consta entre eles.

As nações se comprometeram, entre outras medidas, a acabar com a pobreza "em todas as suas formas, em todos os lugares", acabar com a fome, assegurar educação inclusiva e qualitativa de qualidade, alcançar a igualdade de gênero, promover a economia sustentável e reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

A PEC do teto de gastos já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e, agora, segue para o Senado para votação em dois turnos. O governo espera aprovar a medida ainda neste ano.

Temer, que foi nomeado presidente da CPLP pelos próximos dois anos, ressaltou que a cúpula não vai "ficar apenas nas palavras mas vamos para a execução". O próximo encontro está marcado para 2018, em Cabo Verde.

Comentário

Quatro academias esportivas foram fechadas em Campo Grande nesta semana por falta de autorização para funcionar. As interdições ocorreram ontem e hoje em ação conjunta do Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região de Mato Grosso do Sul, Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo (Decon) e Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon).

Nomes e endereços das academias não foram divulgados, porém reportagem do Portal Correio do Estado apurou que uma delas fica na Rua Arthur Jorge, Bairro Monte Castelo, enquanto as demais estão no Jardim Aeroporto, Bairro Santa Fé e Jardim Presidente.

Durante fiscalização do Conselho Regional de Educação Física, foi constatado que quatro academias em Campo Grande estavam sem registro necessário para funcionamento. Donos dos estabelecimentos foram notificados a regularizar a situação.

Diante da não regularização, proprietários foram intimados para, no prazo de 48 horas, providenciar o registro. Diante do vencimento do prazo, casos foram denunciados ao Procon que, junto com a polícia, interditou as academias e aplicou multas.

Presidente do Conselho alerta para que as pessoas fiquem atentas com relação as irregularidades das academias. “A prática de exercícios físicos é recomendada para todas as pessoas que desejam manter uma vida saudável. Entretanto, caso não seja praticada da maneira correta e orientada, a atividade física pode se tornar prejudicial à saúde. Por isso, o acompanhamento de profissional habilitado, em local com certificado de credenciamento, alvará de funcionamento e licença sanitária é indispensável”, ressaltou.

Denúncias de irregularidades podem ser feitas na sede do Conselho, na Rua Joaquim Murtinho, 158, Centro, pelo site www.cref11.org.br, ou por e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Comentário

Elaine Musculini, presidente em exercício da Assufgd (a Associação dos Servidores da Universidade Federal da Grande Dourados), apresenta "quadro de morte cerebral, e irreversível", como confirmou na noite desta terça-feira (1) a direção da FCH (Faculdade de Ciências Humanas), onde era lotada como servidora.

No final da manhã, o Douranews noticiou o falecimento da dirigente da Associação depois de confirmada a internação de Elaine na noite de domingo (30) com suspeitas de AVC (Acidente Vascular Cerebral) no Hospital do Coração.

Elaine tem 39 anos, é formada em Geografia pela própria UFGD, onde iniciou no trabalho em 2008. Ela assumiu o comando da Associação dos Servidores por conta do afastamento do presidente eleito Franz Mendes, cujo mandato venceria neste mês de novembro, mas ele pediu afastamento antes para disputar eleições de vereador no pleito realizado no dia 2 do mês passado.

No perfil da dirigente da entidade, Elaine deixou inscrita a frase ‘Fé em Deus e pé na tábua’. Ela foi vista pela última vez em público durante a festa de confraternização pelo Dia do Servidor Público que a Assufgd realizou quinta-feira (27) passada no Cerrado Brasil. 

Comentário

Com o objetivo de incentivar a construção civil, o presidente Michel Temer anunciou nesta segunda-feira (31) o lançamento de uma linha de crédito que concederá financiamento de até R$ 5 mil para a reforma de casas. O “cartão reforma”, apresentado em entrevista ao programa A Voz do Brasil, faz parte de uma iniciativa que visa, segundo Temer, regularizar qualquer propriedade do País e dar recursos para quem quiser ampliar ou reformar residências. Ainda não foi detalhado, no entanto, de onde sairá o financiamento e quais serão as condições, como juros e prazos, do financiamento.

Na mesma entrevista, Temer voltou a defender a importância da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que estabelece um limite para o crescimento dos gastos públicos, a PEC 241, e disse ter certeza de que o governo conseguirá no Senado “ampla maioria” para essa aprovação. O presidente citou a PEC do Teto como uma das reformas que estão sendo realizadas no País. “Nosso lema é reformar para crescer”, afirmou Temer, que destacou também o “diálogo produtivo” com o Congresso e a sociedade civil em busca de saídas para que o Brasil volte a criar emprego.

Comentário

Período de Piracema – quando a pesca é fechada para reprodução de peixes, começa hoje em rios do Mato Grosso do Sul.

Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), no leito rio Paraná e em outros dois rios da União, o Paranaíba e o Aporé, o fechamento ocorre hoje, enquanto que nos demais rios do Estado, tanto da bacia do rio Paraná como do rio Paraguai, inclusive, nos rios da União desta bacia, o fechamento ocorre no dia 5 de novembro.

Operação pré-piracema foi desencadeada desde o dia 1º de outubro, no intuito de evitar que pessoas prolonguem a pesca em período já fechado para a reprodução de peixes.

TIPO DE PESCA PERMITIDA DURANTE PIRACEMA

Nos lagos das Usinas do rio Paraná fica permitido ao pescador amador a pesca de 10 kg de pescado mais um exemplar, de peixes não nativos e exóticos como: Tucunaré, Curvina, Porquinho, Tilápia, bagre africano, etc., somente nos lagos das Usinas do Rio Paraná (não para outros rios da bacia).

O pescador deve respeitar 1.500 metros de distância das barragens das usinas. Ao pescador profissional, permite-se a pesca para as mesmas espécies de peixes, não existe limite de cota, porém, só podem utilizar molinetes e linhadas de mão. A pesca de subsistência também é permitida.

Na Bacia do Paraguai será permitida somente a pesca de subsistência para o morador ribeirinho. Ressaltando, que pessoas que moram nas cidades ribeirinhas não podem pescar. A pesca de subsistência é para manutenção da vida, ou seja, para pessoas que dependem daquela proteína para sobreviver. Podem capturar 3 kg, ou um exemplar, não podendo comercializar de forma alguma.

A partir do dia 1º de fevereiro de 2017 abre-se a pesca na modalidade pesque-solte no leito (Calha) do rio Paraguai, estendendo-se até o dia 28 de fevereiro, quando a partir da meia-noite , do dia 1º de março a pesca estará aberta novamente.

Comentário

Dois traficantes foram presos em flagrante por volta das 23h de ontem, em motel localizado à margem do quilômetro 3 da MS-156, em Amambai. Lucas Daniel Rodrigues da Silva, 19 anos, e Áquila dos Santos, 20, estavam com 535 quilos de maconha em Celta, cuja encomenda havia partido de dentro de presídio.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) foram avisados sobre carro com insulfilm que transitava pela cidade em atitude suspeita e teria entrado em motel.

Diante da denúncia, policiais foram ao endereço e tiveram a entrada permitida por funcionários. Na frente de um dos quartos, estava o referido automóvel do modelo Celta e dentro dele havia dezenas de tabletes de maconha, que totalizaram 535 quilos.

Os traficantes foram orientados a abrir o quarto e, interrogados, alegaram que levariam o carregamento para a cidade de Cuiabá, no Mato Grosso. Disseram, ainda, que a encomenda havia sido feita, por telefone, por preso da capital mato-grossense. Pelo transporte, a dupla receberia R$ 15 mil para dividir entre eles.

Comentário

A partir desta terça-feira (1º) os motoristas poderão aderir ao sistema de notificação de multas pelo celular. Mas a ferramenta estará disponível, inicialmente, apenas para quem utiliza smartphones: os condutores devem baixar o aplicativo Sistema de Notificação Eletrônica, disponível na Apple Store e na Google Play. A ferramenta será apresentada e detalhada pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) nesta terça.

Ao fazerem o download, os motoristas terão que preencher informações pessoais e sobre o veículo (como número da carteira de habilitação e código do Renavam - Registro Nacional de Veículos Automotores). Quem aceitar receber as notificações de multas pelo aplicativo poderá pagar o valor com desconto de 40%, até a data do vencimento.

Conforme o Denatran, inicialmente serão notificadas apenas as multas por infrações cometidas em rodovias federais ou quando o condutor está trafegando em estado diferente daquele onde o veículo foi emplacado.

Conforme o coordenador de Educação do Departamento Nacional de Trânsito, Francisco Garonce, a inclusão dos órgãos de trânsito estaduais e municipais no sistema deverá ser concluída ao longo de um ano. “Estamos fazendo a coisa por etapas para que os problemas possam ser resolvidos e, quando tivermos o sistema nacional, que vai abranger todos os veículos em uma mesma base de dados, que os condutores cadastrados possam receber a notificação quase de forma imediata”, diz.

Garonce também destaca que o sistema de notificação eletrônica promoverá economia de recursos públicos, com a redução do envio das correspondências: “acaba com a preocupação de imprimir material, mandar por correio e obter o aviso de recebimento.

Muitas vezes os endereços estão desatualizados, porque o motorista se muda e não atualiza os dados, então a notificação não chega até o destinatário. Com o aplicativo, nós poderemos ter certeza da notificação”.

Outra vantagem, afirma, é a possibilidade do desenvolvimento de ações educativas personalizadas. “Poderemos passar para os perfis de condutores que incorrem nos mesmos erros campanhas educativas próprias que alertem para os riscos daquele comportamento”, esclarece.  

Ele alerta, no entanto, que a única forma de notificação eletrônica das multas é pelo aplicativo Sistema de Notificação Eletrônica. Os órgãos não enviam multas por e-mail nem por SMS, que é mensagem de texto de celular.

Comentário

Representantes da CNT (Confederação Nacional do Transporte) e da empresa TMT (Times New Material Technologies Co.), subsidiária da CRRC – empresa chinesa que é a maior fabricante mundial de aplicações e veículos ferroviários – reuniram-se nesta segunda-feira (31), na sede da CNT, em Brasília. No encontro, os executivos debateram oportunidades de investimento no transporte de cargas e de passageiros sobre trilhos e perspectivas para a economia do Brasil, com destaque para a retomada da confiança e de medidas que visam à criação de um cenário mais estável e atrativo para investidores estrangeiros.

Dados apresentados pela Confederação Nacional do Transporte apontam a carência de infraestrutura ferroviária no país, que dificulta e encarece o transporte. Segundo o Plano CNT de Transporte e Logística, os projetos essenciais no setor demandariam US$ 281,7 bilhões. Atualmente, o Brasil tem 29,1 mil quilômetros de ferrovias concedidas para o transporte de cargas, o que equivale a 3,6 quilômetros para cada 1.000 km² de área. A proporção é pequena se comparada com outros países, como Estados Unidos (32 quilômetros por 1.000 km² de área), China (20,5 quilômetros por 1.000 km² de área) e Argentina (13,5 quilômetros por 1.000 km² de área). A melhoria das condições é considerada essencial para o escoamento, por exemplo, de minério de ferro, soja e milho – os mais transportados por trens no Brasil e importantes para as relações comerciais com a China.

Já no transporte de passageiros sobre trilhos, destacou-se que os 20 sistemas existentes em 11 estados atendem a 3,2 bilhões de passageiros por ano. O segmento registrou, nos últimos anos, crescimento médio anual de 9%. Porém, os resultados positivos entre 2014 e 2015 foram bem menos expressivos (da ordem de 1,7%). Segundo a ANPTrilhos (Associação Nacional do Transporte de Passageiros sobre Trilhos), isso decorre da ainda limitada malha metroferroviária (que tem aproximadamente 1.000 quilômetros de extensão em todo o país). Mas a expansão das redes é dada como certa: para 2016, mais 50 quilômetros devem ser inaugurados e, nos próximos cinco anos, 18 projetos já contratados representarão mais 271 quilômetros de vias em áreas urbanas.

Os números, conforme a CNT e a ANPTrilhos, demonstram o potencial do mercado brasileiro para esse tipo de investimento, que já tem projetos identificados e com demanda represada, hoje atendida por outros modais, mais caros e menos eficientes, em particular para o transporte de longa distância.

Conforme o gerente de Desenvolvimento de Negócios para a América Latina da TMT, Edival Lourenço Jr, o objetivo da companhia é diversificar e ampliar investimentos no Brasil. A empresa produz componentes para sistemas de transporte ferroviário, relacionados especialmente a controle de vibração, redução de ruído, isolamento, materiais leves e tecnologias anti-sísmicas. Além disso, ele destacou o plano de se transferir tecnologias para o mercado brasileiro. O Centro de Desenvolvimento e Pesquisa da empresa, localizado na cidade de Zhuzhou, na China, conta com o trabalho de 800 pesquisadores, e soma 442 patentes registradas, sendo que 155 foram de invenção.

O presidente da TMT, Yang Jun, destacou a percepção de que a crise está encerrando-se e que a CNT comprovou a notícia, ao apresentar dados com expectativas mais positivas para a economia brasileira. Segundo ele, no Brasil, muitas indústrias trabalham com empresas chinesas e o objetivo da companhia é ampliar essas parcerias.

Participaram da reunião: o diretor executivo da CNT, Bruno Batista; o diretor de Relações Institucionais da CNT, Rafael de Viveiros; a coordenadora de Economia da CNT, Priscila Santiago; e a superintendente da ANPTrilhos, Roberta Marchesi. Pela TMT, além do presidente da empresa, Yang Jun, e do gerente de Desenvolvimento de Negócios para a América Latina, Edival Lourenço Jr., estiveram presentes: o vice-presidente da TMT e CEO da Boge, Bremer Torsten; o gerente geral da Divisão de Negócios em Ferrovias, Tang XianHe; e a vice-gerente geral da Divisão de Negócios em Ferrovias, Peng HaiXia. 

CNT na China

A atuação internacional da Confederação Nacional do Transporte visa promover o intercâmbio de experiências do setor de transporte e logística com outros países, além de atrair investidores estrangeiros para desenvolver a infraestrutura do Brasil. Um dos principais braços da entidade para alcançar esse objetivo é o Escritório da CNT na China, inaugurado em 2013. Sediada em Pequim, a representação fomenta a aproximação entre empresários dos dois países e a cooperação em prol do setor.

reuniaocnttmt2.jpg

 

Comentário

Depois de dois meses de queda - em julho (0,1%) e em agosto (-3,5%) -, a produção industrial cresceu 0,5% na passagem de agosto para setembro deste ano, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada hoje (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com setembro do ano passado, no entanto, houve uma queda de 4,8%, marcando a 31ª redução consecutiva neste tipo de comparação.

A produção industrial também apresentou recuos de 1,1% na média móvel trimestral, de 7,8% no acumulado do ano e de 8,8% no acumulado de 12 meses.

Comentário

Página 1191 de 1458

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus