Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Uma cratera aberta na rodovia mineira LMG-806, na madrugada desta quarta hoje (14), provocou a queda de um caminhão e a morte de duas mulheres e um homem, que estavam no veículo. O motorista foi regatado com vida e está internado. Um quinto passageiro, uma criança cuja idade não foi divulgada, está desaparecido, segundo divulga a Agência Brasil.

O Corpo de Bombeiros informou que o acidente ocorreu na altura de Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. O motorista foi levado para o Hospital João XXIII, na capital mineira. A cratera abriu em decorrência das fortes tempestades dos últimos dias, em trecho da rodovia próximo a um rio.

O volume de chuvas em Minas Gerais neste mês tem preocupado as autoridades. Em Belo Horizonte, a prefeitura decretou situação de emergência. Dados de terça (13) apontavam que, em apenas 13 dias, a região da Pampulha contabilizava 331,5 mm e superava a média histórica de chuva da capital mineira para dezembro, que é de 319,4 mm. Outras regiões da cidade, como Leste, Nordeste, Norte e Venda Nova, alcançavam mais de 90% da média histórica.

Comentário

A apresentação dos alunos dos Ceims (Centros de Educação Infantil Municipal) encantou o público na 13ª noite do Dourados Brilha, nesta terça-feira (13), quando as crianças dos Ceims Recanto da Criança, Esther Gomes Ergas, Austrílio Ferreira de Souza, além dos alunos da Escola Municipal Bernardina Correia de Almeida se exibiam na Praça Antônio João.

As apresentações começaram às 19h30, com o Ceim Recanto da Criança, que teve a encenação do nascimento de Jesus Cristo, dança e apresentação de palhaços. Os pais aproveitaram para tirar fotos no celular para guardar lembranças. O público que passou pela Praça Antônio João ficou encantando com as apresentações.

A programação da noite de terça-feira encerrou com a participação da Banda Butecos.

Nesta quarta-feira (14), a programação começa às 19h30, com o ballet do Studio Raq´s Salima, em seguida tem apresentação da Orquestra da IPI e encerra às 21 horas com a cantora Giani Torres.

Na quinta-feira (15), a programação começa com o Festival de Educação Infantil da Semed (Secretaria municipal de Educação de Dourados), no Teatro Municipal, onde haverá mostras de artes, dança e teatro.

Na sexta-feira (16), às 14 horas, no Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) terá o encerramento do Festival da Educação Infantil de Dourados, com o espetáculo “Navegar é Preciso”, com Tony Correia.

Na Praça Antônio João, às 19h30, tem apresentação de Hip Hop, com Lucas Pacheco; às 20 horas, se apresenta a cantora Andréia Varjão – sertanejo e forró; a a agenda encerra às 21 horas com a Banda Agape e grupo de teatro Profetas da Última Geração.

Comentário

Francisco Lopez da Silva, de 60 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (14), por volta das 10h30, em uma residência na colônia Chiriguelo do estado de Amambay, há cerca de 15 km da fronteira com a cidade de Ponta Porã, onde, segundo agentes da Policía Nacional, seria a residência da vítima.

Francisco foi executado com cinco disparos de arma de fogo do calibre 38 no interior da precária residência. Uma moradora da região que passava pelas imediações avistou o corpo em uma poça de sangue, alertando os policiais.

Uma equipe da Perícia Técnica esteve no local e, com o apoio do promotor de justiça Oscar Samuel Valdez, realizaram os primeiros procedimentos antes de encaminhar o corpo da vítima ao IML da cidade.

Comentário

Quarta, 14 Dezembro 2016 13:40

Município abre matrículas para 2017

Já estão abertas as inscrições para o cadastro de ingresso nas escolas e Ceims da Reme (Reme Municipal de Ensino) de Dourados. A Prefeitura informa que essas inscrições poderão ser feitas, através da Central de Atendimento a Matrículas, até o dia 15 de janeiro, pela internet, no endereço eletrônico da Prefeitura www.dourados.ms.gov.br.

Conforme o calendário divulgado pela Secretaria municipal de Educação, a designação será no dia 22 de janeiro de 2017. Já o período de confirmação da matricula é de 23 a 26 de janeiro de 2017. A Central alerta que os pais ou responsáveis deverão ficar atentos, pois terão apenas quatro dias para confirmar a vaga.

Caso isso não ocorra, a matrícula não será efetivada e os responsáveis pelo aluno terão que procurar novamente a Central para pleitear uma nova designação.

Demais informações sobre esse processo poderão ser obtidas através do telefone 3411 7607, ou, diretamente, na Central de Atendimento a Matrículas, na rua Coronel Ponciano, 650, próximo da Secretária municipal de Educação.

Comentário

O Programa Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais em parceria com a entidade Univa (Unidos Pela Vida), uma instituição de apoio a quem vive com o HIV/Aids, promove nesta sexta-feira (16), a partir das 20 horas, na Praça do Cinquentenário, show sertanejo universitário com a participação das duplas Marco Antônio e Rafael e Cássio e Leandro.

O evento tem por objetivo promover a difusão de informações de prevenção, mobilização, sensibilização e conscientização da sociedade sobre a gravidade dessa epidemia. Berenice de Oliveira Machado Souza, coordenadora do DST/Aids em Dourados, disse que a organização pretende angariar alimentos para promover um Natal com maior dignidade às pessoas que sofrem com a doença.

Berenice informa que a entrada ficará condicionada a doação de um quilo de alimento não perecível, e lembra que haverá distribuição de materiais informativo-educativos e brindes pela equipe do programa aos participantes. A Praça do Cinquentenário está lozalizada na Cabeceira Alegre.

Comentário

O assessor especial do gabinete da Presidência da República, José Yunes, enviou carta ao presidente Michel Temer nesta quarta-feira (14), na qual pede para ser afastado do cargo. No documento, Yunes classifica como “fantasiosa” a alegação de que teria recebido “em espécie” recursos financeiros a serem doados ao PMDB. O pedido de afastamento foi aceito pelo presidente.

Advogado, Yunes é amigo e conselheiro próximo de Temer. Na carta enviada ao presidente, ele se refere, em tom crítico, ao depoimento prestado pelo ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, executivo que disse ter entregue dinheiro vivo ao assessor do presidente em 2014, em encontro que teve no escritório de Yunes.

"Nos últimos dias, senhor presidente, vi meu nome jogado no lamaçal de uma abjeta delação, feita por uma pessoa que não conheço, com quem nunca travei o mínimo relacionamento e cuja existência passei a tomar conhecimento nos meios de comunicação, baseada em sua fantasiosa alegação, pela qual teria eu recebido parcela de recursos financeiros em espécie de uma doação destinada ao PMDB. Repilo com a força de minha indignação essa ignominiosa versão", disse Yunes na carta enviada ao presidente.

O advogado acrescenta que, para preservar sua dignidade e “manter acesa a chama cívica” que tem pelo país, “declina do honroso cargo de assessor da Presidência", conforme publica a Agência Brasil.

Comentário

Morreu no final da manhã desta quarta-feira (14), em São Paulo, o Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns. Ele estava internado desde o dia 28 de novembro com broncopneumonia, no hospital Santa Catarina. O estado de saúde do arcebispo emérito da Arquidiocese de São Paulo havia piorado na terça (13) e ele estava na UTI em função de problemas na função renal.

Dom Paulo tinha 95 anos, 71 anos de sacerdócio e 76 anos de vida franciscana. Ele era cardeal desde 1973 e foi arcebispo metropolitano de São Paulo entre 1970 e 1998. O funeral terá início no final da tarde na Catedral da Sé.

O trabalho pastoral de Arns foi voltado principalmente aos habitantes da periferia, aos trabalhadores, à formação de comunidades eclesiais de base nos bairros e à defesa e promoção dos direitos humanos. O portal Memórias da Ditadura, do Instituto Vladimir Herzog, relata parte da atuação do cardeal, que ganhou destaque já em 1969, quando passou a defender seminaristas dominicanos presos por ajudarem militantes opositores.

Comentário

Com a mudança econômica no Brasil, muitas pessoas que perderam o emprego fizeram o seguinte questionamento: “o que eu sei fazer que dê para vender?”. Segundo explica o coordenador de Gastronomia da Unigran, Marlon Libório, essa situação alterou o mercado local e aumentou o empreendedorismo em Dourados. Isso porque, segundo ele, muitos trabalhadores tinham a culinária como hobby (palavra inglesa que significa algo interessante que se goste muito de fazer nas horas vagas e para passar o tempo): “Faziam hambúrguer, bolo, tudo em casa. Então, enxergaram a saída do que chamamos de empreendedor de necessidade”, diz ele.

Libório relata que essas pessoas precisaram se recolocar no mercado de trabalho, o que somou, por exemplo, ao número de espetarias e hamburguerias no município. O detalhe, para o professor, é que nem todos conseguem se estabelecer. “Tem que ter uma estrutura, muitas pessoas abrem seus negócios, mas não têm cuidado junto à cozinha”, enfatiza. Além disso, para aqueles que já estão no mercado, é necessária uma reorganização. O cenário, para o coordenador, é de que as pessoas deixaram de comer tanto fora, pois preferem fazer suas próprias refeições. Para atrair o cliente, é preciso algumas promoções, o que, por vezes, tem diminuído o preço de venda final. O comércio, no entanto, ainda vai bem.

Marlon Libório acrescenta que esse fator se deve a região ser voltada ao agronegócio. Ele lembra que as colheitas foram boas, portanto, fazem com que os douradenses não sintam tanto as consequências, ao contrário talvez da situação nacional. “O município é um dos que mais abrem empresas. Somos uma cidade polo, a região inteira vem aqui”, considera. Para ele, um mercado gira em torno do outro, como o de serviços. “Quem vem para o médico precisa comer, então se mantém as vendas”, exemplifica.

Outro diferencial é que aqui se preza muito pela carne e, com a proximidade dos frigoríficos, se aproveitam as “frescas”, diferente de São Paulo, onde a maioria é congelada. “O que se come aqui tem outro sabor”, completa. Nesse caso, o custo também é mais barato. O professor explica, porém, que as pessoas estão mais “certeiras”, se dedicando ao que vende a um determinado público. “Ninguém está se aventurando em uma coisa muito diferente para ver se dá certo porque, até então, o mercado está mais cauteloso”, relata.

Aos novos empreendedores, ele garante que é importante pensar, primeiramente, na gestão, responsável por 80% da continuidade dos negócios. Além disso, focar também no atendimento. “Se você chegou a um lugar e foi bem atendido, você fala para três pessoas e volta. Se foi mal, fala para 10 e esquece o local”, afirma.

Com este novo panorama, as oportunidades aumentaram também aos estágios. A partir do segundo ano de curso, o acadêmico tem que realizar 180 horas de estágio. Em um primeiro contato com as empresas, o professor reparou que os empresários estão de portas abertas a procura de profissionais capacitados. “Já estamos levando alunos para o trabalho”, comenta. Para ele, o essencial é ser apaixonado pela cozinha. “O prazer de fazer supera as dificuldade, só sabe quem sente”, diz Libório.

Ele nota que na cidade onde um curso de Gastronomia é implantado, de 2 a 3 anos, pode se perceber a mudança nos atendimentos locais. “Seja na cozinha, os pratos mudam, o acolhimento ao público muda. Sangue novo, mentalidade nova. Tudo isso mexe com quem está acomodado”, finaliza.

Comentário

O vereador Cido Medeiros (DEM) considera muito positivo mais um mandato que está se encerrando. Ele destaca de maneira especial o ano de 2016, cujas atividades desenvolvidas garantiram melhorias da qualidade de vida da população em todos os cantos de Dourados.

“Nesse ano de 2016 estive presente em praticamente todos os bairros da cidade, com destaque para as regiões do João Paulo II, Grande Parque das Nações, Vila São Brás, Jóquei Clube e adjacências. Nossa ação parlamentar foi responsável por muitos projetos, indicações e requerimentos, atendendo solicitações feitas diretamente pelo povo”, afirma.

O vereador destaca que os debates na Câmara cobrando obras, ações e serviços tiveram maior ressonância e grau de positividade em 2016. Entre essas ações ele destaca aquelas em favor dos professores, dos servidores públicos, dos comerciantes, por melhor atendimento médico nos postos de saúde e hospitais, pela contratação de mais médicos e por mais medicamentos nos postos de saúde.

Cido também fez muita cobrança ao Governo do Estado por investimento na cidade. Ainda sobre a infraestrutura, o vereador ressalta que o prefeito Murilo Zauith (PSB) tem solucionado problemas crônicos, que se arrastavam há anos. “Muitas desses investimentos atendem minhas solicitações”, lembra.

Cido cita ainda entre as grandes conquistas o atendimento com reforma e ampliação das escolas Antônia Cândido de Melo, Clori Benedetti, Laudemira Coutinho de Melo, Sócrates Câmara e Álvaro Brandão, além dos Ceims Raio de Sol e Dalva Martinez, a construção dos Ceims do Parque das Nações I e Jóquei Clube e a reforma e ampliação do posto de saúde dessa região.

“Fui um verdadeiro porta-voz da população que me apresentou suas reclamações. Todas essas solicitações foram encaminhadas ao poder executivo, por meio de requerimentos e indicações”, diz Cido, lembrando ainda que foi autor de vários projetos de lei, com destaque para os que tratam da educação, saúde, moradia e acessibilidade.

“Com recursos federais, estaduais e do município e com uma gestão muito eficiente, o prefeito Murilo tem dado atenção especial aos nossos pedidos. Sou muito grato por isso, pois conseguimos desenvolver um bom trabalho. Temos certeza de que em 2017 novas conquistas virão, beneficiando o novo povo, principalmente aqueles que vivem nos bairros”, afirma Cido, que está concluindo o segundo mandato na Câmara de Dourados.

Comentário

A médica Nislaine Colman Benites, que trabalhava na unidade de saúde do bairro Jardim Marambaia, em Ponta Porã, foi assassinada no começo da manhã desta quarta-feira (14), no local onde atuava.

O suspeito principal é o ex-marido dela, Rafael dos Santos, de 35 anos, conforme informa a PM (Polícia Militar) da cidade. Após o crime, o autor dos disparos teria fugido em uma moto de cor cinza, segundo testemunhas do ocorrido.

rafael medica

Rafael é apontado como assassino da ex-mulher Nislaine, morta com três tiros

⁠⁠⁠Informação não oficial divulgada no local do crime dá conta de que a vítima seria filha do vereador de Ponta Porã, Marcos Bello Benites.

De acordo com o jornal Pontaporainforma, a médica Nislaine Benites havia acabado de chegar no posto de saúde ‘Dr Nery de Azambuja’, e estava na cozinha tomando café quando avistou o ex-marido chegando armado. A vítima correu e trancou a porta, mas o autor deu um tiro na porta, entrou e executou a jovem médica com três tiros, provavelmente de pistola 380.

Na fuga, segundo testemunhas, depois de executar a ex-mulher, Rafael deixou cair o capacete. A polícia já tem imagens das câmeras de segurança e o caso começa a ser investigado sob a chefia do delegado Patrick Linares, do 2º DP (Distrito Policial) em Ponta Porã

Página 1189 de 1566

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus