Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O governador Reinaldo Azambuja, candidato a reeleição pelo PSDB, divulgou nota no começo da noite desta quarta-feira (12), onde diz que esperava há mais de um ano e meio por essa oportunidade, de “apresentar minha defesa às acusações da delação mais questionada do país”.

Leia mais sobre...

“Há um ano e meio me coloquei voluntariamente à disposição da Justiça para prestar os esclarecimentos necessários sobre este caso. Infelizmente, até o dia de hoje, jamais fui convocado”, diz a nota de Reinaldo, ao questionar “a extemporaneidade de uma operação policial que ocorre a apenas 20 dias da eleição de forma intempestiva e midiática sem, contudo, a ocorrência de nenhum fato novo na tramitação do inquérito”.

O governador diz que está tomando as providências legais para reverter a prisão temporária do filho Rodrigo, “que sempre esteve disponível e, até então, também sequer foi chamado a prestar depoimento”. Por fim, Reinaldo diz que continua cumprindo normalmente a dupla jornada como governador do Estado e candidato à reeleição.

Zé Teixeira preso

Nota assinada pela assessora Ligida Santos, da equipe de marketing do deputado Zé Teixeira, preso na manhã desta quarta, na operação ‘Vostok’ da Polícia Federal, junto com outros empresários e políticos investigados desde o ano passado em suspeitas de desvio de finalidade do programa de incentivos fiscais, conforme delação de executivos da JBS, diz que “dentro em breve” vão ser divulgadas informações referentes aos fatos que levaram o parlamentar para a cadeia. A nota:

“Agradecemos antecipadamente aos inúmeros apoios, amizade e orações recebidos das mais diversas partes, tanto do Mato Grosso do Sul, como de outros Estados. Sabemos que a vida pública requer sempre muita ponderação, sabedoria, responsabilidade e seriedade em tudo que fazemos. O dia de hoje serve para definitivamente podermos expressar, informar e orientar nossos eleitores, amigos e simpatizantes a respeito da veracidade dos fatos”.

Comentário

Dourados foi uma das cidades brasileiras escolhidas para sediar etapa do Festival Paralímpico nacional, dia 22 deste mês, juntamente com outras 50 cidades do país, definidas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. Em Mato Grosso do Sul, além de Dourados, Campo Grande também vai sediar o evento.

Em Dourados, as atividades serão desenvolvidas no Clube Indaiá, no período matutino, organizadas pela Funed (Fundação de Esportes de Dourados) e Semed (Secretaria Municipal de Educação).

As modalidades bocha adaptada, atletismo e basquete sobre rodas acontecerão apenas de forma lúdica, sem caráter competitivo.

Ao todo, 150 crianças e adolescentes participarão, sendo 120 com algum tipo de deficiência – física, visual ou intelectual. Trinta vagas ficam em aberto para crianças e adolescentes sem deficiência. A ação será aberta para participação da comunidade.

“Será um grande evento. Nossa cidade é parte de um grupo seleto e isso ocorre porque o município tem projetos de incentivo ao paradesporto, como o Dourados Paralímpico, sob o olhar da nossa prefeita Délia Razuk, de estímulo ao esporte e a superação e desenvolvimento individuais”, destaca o diretor da Funed, Jânio Cesar Amaro.

Outro ponto destacado por Jânio é que universidades enviarão estudantes de Educação Física para acompanhar as atividades dos paratletas. Medidas quanto à acessibilidade no local do evento, segurança e a disponibilização de equipe de socorro médico, entre outras exigências do Comitê, estão sendo direcionadas pela gestão municipal e parceiros.

“Estamos muito satisfeitos, já entramos nos ajustes finais e temos a certeza de um grande evento, que destacará nosso município nacionalmente”, destaca o diretor, reforçando o convite para que a comunidade prestigie.

Para a realização do Festival Paralímpico, Funed e Semed contam com as parcerias da Anhanguera, UFGD e Clube Indaiá.

Comentário

O Sebrae/MS está com processo seletivo aberto para preencher vagas na Capital e em mais quatro municípios do interior do estado. As inscrições terminam nesta quinta-feira (13), e podem ser feitas pelo site www.exatuspr.com.br, onde está disponível o comunicado completo.

São seis vagas em Campo Grande (três de ampla concorrência, duas para pessoas com deficiência e uma para pessoa ouvinte intérprete de Libras); uma vaga em Dourados, duas em Três Lagoas e cadastro de reserva na capital, além de Bonito e Coxim.

O salário para o cargo de analista técnico nível I é de R$ 4.362,01; podem participar profissionais de diversas áreas, como Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Políticas, Comunicação, Design, Engenharias, Marketing, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Relações Internacionais, Sistema de Informação, Tecnologia; entre outras.

O processo se dará em três etapas de caráter eliminatório e classificatório: Análise curricular e documental; Avaliação de Conhecimento: Provas Objetiva e Discursiva; e de Entrevista Individual por competência.

Comentário

A Câmara de Dourados realiza nesta quinta-feira (13) a audiência pública com o tema “Defesa e proteção dos animais em Dourados. Políticas públicas e conscientização”. A proposição é do ex-vereador Braz Melo (PSC), que perdeu o mandato esta semana, e foi encampada pelo vice-presidente da Casa de Leis, Sergio Nogueira (PSDB).

A audiência vai contar com a palestra da advogada e secretária geral da AAMA (Associação Amigos dos Animais), Denise de Abreu e Silva, e do médico veterinário do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Fernando Cesar Moreira Bastos, a partir das 19 horas, no Plenário ‘Weimar Torres’.

Segundo os organizadores do evento, é importante discutir políticas públicas de defesa e proteção dos animais. Por isso, a Câmara de Dourados acatou a proposição do então vereador para abrir o espaço para debater com profissionais e assim conscientizar a população acerca dessa questão.

Comentário

O Procon de Dourados realiza, nesta sexta-feira (14), em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e a Defensoria Pública do Consumidor, a palestra com o tema “Crédito Fácil e Superendividamento”, dirigida aos idosos, com a intenção de reduzir os conflitos e de orientar esse segmento consumidor.

A palestra, ministrada pela defensora pública do Consumidor, Mariza Fátima Gonçalves, às 8 horas, no auditório do CAM (Centro Administrativo Municipal), faz parte da programação da Semana do Consumidor que, este ano, terá, em Dourados, nos dias 20 e 21 de setembro, a 14ª edição do Encontro do Sistema Estadual de Defesa do Consumidor que vai reunir integrantes de unidades de várias cidades de Mato Grosso do Sul em um evento agendado para o auditório do Gales Park Hotel.

O encontro é parte das atividades alusivas ao aniversário do Código de Defesa do Consumidor, que completa 28 anos no dia 11 de setembro. “Realizar e sediar um encontro do sistema estadual é uma grande oportunidade que temos de mostrar a execução e diretrizes da política nacional para as relações consumeristas aplicadas pelo Procon de Dourados, será um evento técnico propositivo, de qualificação, e determinante para as ações da defesa do consumidor”, disse o diretor Mario Julio Cerveira.

Programa

A programação conta com extensa agenda de palestras seguida de discussões acerca dos assuntos. Na quinta-feira (20), o advogado e professor universitário mestre em direito pela UnB, Hassan Hajj, ministra a palestra “A importância das conciliações celebradas pelos Procons, como forma de minimizar a judicialização”. Em seguida, Leandro Provenzano, advogado, membro da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/MS, discorrerá sobre o assunto “Avanços e retrocessos no direito do consumidor, sob a ótica da advocacia”.

Na parte da tarde, será a oportunidade de prestigiar a palestra da Defensora Pública do Consumidor em Dourados, Mariza Fátima, que falará sobre o tema “Crédito Fácil e Superendividamento”. Em seguida, ocorre a participação dos Procons das cidades de Ponta Porã e Três Lagoas, com o compartilhamento de experiências das campanhas de renegociação de dívidas nestas cidades.

Encerrando as atividades no primeiro dia do encontro, o Procurador de Justiça Aroldo José de Lima discorrerá sobre o assunto “Tutela Ministério Público” e em seguida será apresentado o ‘Momento Procon’.
Na sexta-feira (21), o evento inicia às 8 horas com um pronunciamento de representante da Associação dos Procons. Em seguida, Wilson Garcete destacará aspectos relevantes sobre atendimento. Na sequência, Rodrigo Groisman, da Fundação Procon, ministra palestra com o tema “Fiscalização - Aspectos relevantes”. O evento termina com a participação de Nikollas Pellat, que discorre sobre assuntos pertinentes à superintendência para considerações finais e possíveis encaminhamentos, e de Mário Júlio Cerveira, diretor do Procon de Dourados, para considerações finais.

Comentário

Laurilene Gonçalves de Lima, professora de Educação Física na escola Pedro Aleixo, em Sidrolândia, morreu na manhã desta quarta-feira (12) após o carro que ela conduzia capotar no trecho da rodovia MS 162, entre Dois Irmãos do Buritis e Sidrolândia. Duas crianças que viajam no mesmo carro sofreram pequenos ferimentos.

Por motivos que ainda serão apurados, Laurilene saiu da pista e capotou perto do sítio Primavera, como publica o site Sidrolândia News. A professora e as crianças foram socorridas ao Hospital Cristo Rei, onde a mulher morreu.

Primeira suplente na coligação que teve o vereador Braz Melo (PSC) com direitos políticos suspensos, em ação de improbidade administrativa movida por conta de ilícitos cometidos quando foi prefeito de Dourados nos anos 90, a professora e ex-secretária municipal de Educação Denize Portolann (PR) assumiu na manhã desta quarta-feira (12) a vaga de titular.

Denize recebeu 1331 votos nas eleições de 2016 e recebeu o cargo durante solenidade realizada no Plenário Weimar Torres da Câmara. Após realizar o juramento e assinar o termo de posse, junto com a presidente da Casa de Leis, Daniela Hall (PSD), e os vereadores Sergio Nogueira (PSDB), Pedro Pepa (DEM) e Junior Rodrigues (PR), a nova vereadora disse que vive “um dia muito feliz” e entra no grupo “para servir o povo e defender Dourados, buscando os projetos certos e relevantes, sempre com muita análise”, como assegurou.

A presidente da Casa, vereadora Daniela, entregou um buquê de flores à nova colega e também discursou. “Tudo ocorre no tempo certo, às vezes nós não entendemos porque certas coisas acontecem, mas no tempo de Deus elas acontecem! Até hoje eu falava ‘sou a única mulher na Câmara Municipal’. Seja bem vinda e desejo que venha pra somar com a Casa, somar com os nossos colegas. Estamos muito felizes com a sua chegada, te desejo sabedoria de Deus sobre tua vida”, ressaltou Daniela.

Comentário

A Polícia Federal deflagrou na manhã destas quarta-feira (12) a Operação Distúrbio, para desarticular célula de facção criminosa especializada em tráfico internacional de drogas e de armas, assaltos a estabelecimentos comerciais, além de homicídios, no Amapá. O grupo investigado é parte de uma organização com atuação em todo território nacional. Ainda nesta quarta, outra operação combate o desvio de recursos com esquemas de isenções tributárias, envolvendo políticos e empresários, em Mato Grosso do Sul.

Cerca de 50 policiais federais cumprem 12 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão, em Macapá e Tartarugalzinho, no interior do estado. Alguns mandados estão sendo cumpridos no Iapen (o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá), de onde as lideranças regionais planejavam e controlavam a execução dos crimes. Uma das medidas concedidas pela Justiça Estadual foi a transferência da principal liderança regional da facção para um presídio federal.

A investigação iniciou em abril do ano passado e identificou estreitas ligações dos alvos com líderes da facção em outros estados, cujo principal interlocutor encontra-se preso em São Paulo. O principal investigado, autodenominado “Geral do Estado do Amapá”, está preso, cumprindo pena de 25 anos e 6 meses de reclusão pelo crime de tráfico de entorpecentes, além de ter sido indiciado em 2015 por compor e liderar organização criminosa.

Os investigados responderão, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, roubo, corrupção de menores, favorecimento pessoal, tentativa de homicídio, porte de arma de fogo e associação para o tráfico. Se condenados, as penas somadas podem chegar a 56 anos de reclusão, conforme a Polícia. O nome distúrbio vem da desordem provocada pelas ações de integrantes de facções do crime

Comentário

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (12), operação 'Vostok', com o objetivo de combater um esquema de pagamento de propina a representantes da cúpula dos Poderes Executivo e Legislativo estaduais, além do Tribunal de Contas do Estado, no Mato Grosso do Sul.

O inquérito foi autorizado e tramita perante o STJ (Superior Tribunal de Justiça), em Brasília, que decretou as medidas em cumprimento. Aproximadamente 220 policiais federais cumprem 41 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária, na capital do estado e nos municípios de Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes de Laguna; e Trairão no Estado do Pará. São alvos das medidas os endereços residenciais e comerciais dos investigados e os seus locais de trabalho.

As investigações foram iniciadas no início deste ano, tendo por base os termos de colaboração premiada de executivos de uma grande empresa do ramo frigorifico. Os colaboradores detalharam os procedimentos adotados junto ao governo do Estado para a obtenção de benefícios fiscais - TARE's.

Segundo apurado, do total de créditos tributários auferidos pela empresa dos colaboradores, um percentual de até 30% era revertido em proveito da organização criminosa investigada. Nos autos do inquérito, foram juntadas cópias das notas fiscais falsas utilizadas para dissimulação desses pagamentos e os respectivos comprovantes de transferências bancárias.

Apurou-se também que parte da propina acertada teria sido viabilizada antecipadamente na forma de doação eleitoral oficial, ainda durante a campanha para as eleições em 2014. Alguns pagamentos também teriam ocorridos mediante entregas de valores em espécie, realizadas nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, em 2015.

Dentre os alvos da operação, estão pecuaristas locais responsáveis pela emissão das notas fiscais “frias”, inclusive, um deputado estadual [Zé Teixeira, que foi alvo de busca de dados em Dourados e preso no hotel Jandaia, em Campo Grande] e um conselheiro do Tribunal de Contas estadual, o ex-deputado e ex-secretário de Fazenda, Márcio Monteiro. Também emitiram notas fiscais frias para dissimulação do esquema de pagamento de propina outras empresas do ramo agropecuário e frigorifico.

Em razão dos acordos de benefícios fiscais concedidos pelo governo estadual, somente nos dois primeiros anos da gestão atual, a empresa frigorífica teria deixado de recolher aos cofres públicos um montante de mais de R$ 200 milhões. No bojo da ação, foram cumpridos, ainda, três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Estadual do Mato Grosso do Sul, no interesse da Promotoria do Patrimônio, cujo objeto vincula-se aos fatos investigados pela Polícia Federal.

Comentário

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas, até o dia 15 de outubro, para interessados em participar do processo seletivo para o programa de Pós-Graduação em Ensino em Saúde, em Dourados.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Ensino em Saúde, Mestrado Profissional da Uems, está direcionado para a formação de profissionais com visão crítica, ética e reflexiva, capazes de realizar cuidado em saúde no contexto do SUS (o Sistema Único de Saúde), de forma fundamentada e sistematizada, com visão integral do ser humano, atendendo às peculiaridades regionais.

Para realizar a inscrição, o candidato deve acessar o site e fazer o pagamento do boleto bancário, no valor de R$ 300. Serão distribuídas 18 vagas para a Cidade Universitária de Dourados. O edital pode ser conferido a partir da página 56 da edição desta terça-feira (11) do Diário Oficial do Estado.

Comentário

Página 7 de 1055
  • Unimed 38
  • kikao esquenta

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus