Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O presidente da Câmara de Dourados, vereador Alan Guedes (DEM), participou, segunda-feira (18), da cerimônia de inauguração da usina fotovoltaica do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) em Dourados. Além disso, foram entregues as obras de cobertura da quadra poliesportiva e a inauguração das salas modulares.

De acordo com o IFMS, foram investidos mais de R$ 1,5 milhão no campus de Dourados, com recursos provenientes de TED (Termos de Execução Descentralizados), viabilizados pelo Governo Federal por meio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação.

“A tecnologia para a energia solar está cada vez mais acessível. A unidade irá gerar economia na conta de luz, além de permitir atividades de ensino, pesquisa e extensão. Já a cobertura da quadra e as salas permitem fortalecermos nossa infraestrutura, que se soma ao nosso corpo de servidores, que é bastante qualificado”, assegurou o reitor do IFMS, Luiz Simão Staszczak.
Somente nas usinas fotovoltaicas foram investidos R$ 282 mil na instalação de 220 painéis, com potência de 71,5 quilowatts-pico (kWp), e produção mensal de, em média, 9,567 megawatts-hora (MWh), o que corresponde a cerca de R$ 3.672 mil mensais. A previsão é de que gere uma economia de 30% a 40% nas contas de energia, ou seja, R$ 44 mil em um ano. Os painéis tem uma durabilidade de 20 anos. As placas também foram implantadas no campus de Ponta Porã.

“A previsão inicial é de 30% de diminuição na conta de luz. Esse recurso será reinvestido na forma de custeio para a manutenção do campus e instalação de novos condicionadores de ar”, apontou o diretor-geral do Campus Dourados, Carlos Vinícius Figueiredo.

“Eu fico muito contente com o investimento que está sendo realizado no IFMS de Dourados, porque trará mais condições estruturais para os alunos, com isso terão melhor qualidade de ensino e, consequentemente, sairão mais preparados para o mercado de trabalho”, comentou o vereador Alan Guedes. Os vereadores Braz Melo (PSC) e Cido Medeiros (DEM) também participaram da solenidade no Instituto Federal.

Comentário

O cineasta Fábio Barreto, diretor de filmes como "O Quatrilho" e "Lula, o Filho do Brasil", morreu por volta das 19 horas desta quarta-feira (20), aos 62 anos, no Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro. Filho de Luiz Carlos Barreto e irmão de Bruno Barreto, ambos também cineastas, Fábio estava em coma havia quase dez anos, após sofrer um acidente na rua Real Grandeza, em Botafogo, perto do túnel velho, por volta das 22h50 de 19 de dezembro de 2009.

De acordo com o portal Terra, o dia do acidente, Fábio estava sozinho em uma Mitsubishi Pajero que teria sido fechada por outro veículo, nunca identificado, e capotou, caindo de uma altura de quatro metros. O cineasta foi levado pelos bombeiros para o Hospital Miguel Couto, no Leblon, onde foi diagnosticado com politraumatismos e submetido a cirurgia. No dia seguinte foi transferido para o Hospital Copa D'Or, em Copacabana, onde permaneceu sob tratamento até março de 2010. Desde então ele era tratado em casa, onde continuou inconsciente.

Além de dirigir filmes, Fábio também atuou como ator, roteirista e produtor. Seu filme mais famoso foi "O Quatrilho" (1995), baseado no livro homônimo de José Clemente Pozenato e indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1996. Outro filme de Fábio que repercutiu bastante foi a cinebiografia "Lula, o Filho do Brasil", baseado no livro de Denise Paraná e lançado em janeiro de 2010.

Comentário

Um grupo de voluntários formados por 100 acadêmicos da UCP (Universidad Central Del Paraguay) vai realizar nesta quinta-feira (21) uma campanha de doação voluntária de sangue para abastecer o Banco de Sangue do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero. Este será o terceiro ano consecutivo que a ação acontece, como parte de um projeto de Extensão Universitária coordenado pelas professoras doutoras Adriely Pagnoncelli e Juliane de Oliveira.

O projeto mobiliza os estudantes com o objetivo de despertar no meio acadêmico e na comunidade em geral, a necessidade da doação de sangue que ajuda a salvar vidas e é uma parte importante dentro do tratamento médico e em casos cirúrgicos.

Além da campanha desta quinta-feira, existe dentro da UCP voluntários que fazem parte do chamado Esquadrão de Heróis que se comprometem a fazer uma doação a cada três meses para manter os estoques de sangue dos hospitais e clínicas da região em condições de atender as necessidades de urgência e emergência.

Segundo as médicas Adriely e Juliane, para isso foi criado um cadastro com todos os dados dos doadores como tipo sanguíneo e telefone de contato para que eles possam ser localizados em caso de necessidade. “Como médicas que trabalhamos no dia a dia nas clínicas e hospitais sabemos da necessidade de ter um bom estoque regulador de sangue e hemoderivados para o caso de uma urgência ou emergência e estes futuros profissionais da saúde precisam ter consciência disso”, disseram as responsáveis pelo projeto.

Este ano a campanha vai contar com o reforço da Equipe de Urgência e Emergência que foi treinada e capacitada pela equipe do Banco de Sangue do Hospital Regional sob a coordenação dos profissionais daquela unidade para ajudar na coleta e no armazenamento adequado do material. A coleta começou às 8 horas e vai até às 13h30 na sede 1 na Universidad Central Del Paraguai em Pedro Juan Caballero, na rua das Nações Unidas 450, próximo ao Palácio de Justiça.

Comentário

O governador Reinaldo Azambuja e o vice Murilo Zauith, que é secretário de Estado de Infraestrutura, autorizaram, no primeiro dia do “Governo Presente” aberto no final da tarde desta quarta-feira (30), em Dourados, a construção da sede própria do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), no município. Hoje, o departamento funciona em um prédio cedido pela ONG Salve (Sociedade Amigos da Liberdade e Vigilância), custeada com apoio de empresários, produtores e voluntários da região.

Na manhã desta quinta-feira (21), antes da coletiva de Imprensa que participou no hotel Bahamas, onde está hospedada a comitiva oficial do Governo, Reinaldo Azambuja disse ao Douranews que a construção da sede do DOF é uma reivindicação antiga do setor, e atende o grande responsável “pelo combate aos crimes transfronteiriços em Mato Grosso do Sul”, como definiu a atuação do Departamento. Reinaldo acrescentou ainda que a unanimidade no primeiro dia de demandas para Dourados “é a solução reivindicada para o tráfego da rua Coronel Ponciano; ali é uma área que vamos atacar de imediato, para resolver o problema”.

Confira trechos da entrevista

Reinaldo Azambuja também autorizou a doação de dois veículos para a Guarda municipal de Dourados, além de receber as demandas das lideranças políticas de Dourados. Os pedidos foram em torno de pautas na área de infraestrutura e saúde. A prefeita Délia Razuk, em conjunto com a Câmara de Vereadores, reforçou o pedido para a revitalização da Ponciano com duplicação da via e construção de um viaduto, a duplicação da avenida José Roberto Teixeira, o recapeamento das ruas do quadrilátero central, confirmado pelo secretário Murilo e mais recursos para a saúde. “O governador foi muito sensível a todas as reivindicações”, disse a prefeita.

De acordo com o deputado Barbosinha (DEM-MS), líder do Governo na Assembleia, além da duplicação da Coronel Ponciano, ele pediu também a Reinaldo a duplicação da rodovia MS 156 até o Distrito Industrial, melhorias no trânsito que corta a BR 163 no acesso ao Trevo do DOF e a pavimentação de um trecho da ordem de 83 km das linhas de ônibus, conforme levantamento já apresentado a Agesul. O deputado também pleiteou a agilidade nas obras do Hospital Regional e garantia de continuidade, com o projeto técnico e viabilidade orçamentária para a segunda etapa da obra, a pavimentação asfáltica do trecho da MS 274, entre os distritos de Macaúba e Porto Wilma com a construção de uma ponte de concreto sobre o rio Dourados e a construção do terminal de passageiros do aeroporto ‘Francisco de Mattos Pereira’.

O governador disse ainda, na Coletiva, que Mato Grosso do Sul conta com a aprovação da proposta do Governo de rateio dos recursos do Pré-Sal, por parte do Congresso Nacional, para execução de parte das obras. Afirmou que, com a etapa de Dourados, onde vai atender reivindicações de 17 municípios até nesta sexta-feira (22), está fechando o ‘Governo Presente’ em 78 municípios do Estado. “Conversamos individualmente com as lideranças, ouvimos as prioridades e agora temos condições de elaborar um mapa de trabalho para planejar as ações do Governo até 2022”, anunciou.

Comentário

O projeto Governo Presente, aberto em Dourados nesta quarta-feira (20) e que até nesta sexta (22) vai receber as demandas de prefeitos e vereadores de 17 cidades da região, é a oportunidade em que o governador Reinaldo Azambuja, juntamente com o vice-governador Murilo Zauith e secretários, podem acolher as solicitações de lideranças locais para realizar o planejamento de obras e ações para os próximos três anos de governo.

“Estaremos nesses dias, juntamente com o governador Reinaldo Azambuja, em Dourados. Vamos continuar os projetos que já temos para o município e para toda região; o que atinge todos as cidades vizinhas. E já estamos discutindo novos projetos”, afirmou o vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura.

Murilo destacou ainda as importantes entregas já feitas em Dourados, como as pavimentações das principais avenidas da cidade. “Em Dourados, já concluímos os projetos de recapeamento das avenidas Weimar Torres, Marcelino Pires, Joaquim Teixeira Alves, e estamos concluindo a Hayel Bon Faker. O governador deve anunciar também o recapeamento das ruas transversais dessas avenidas. Vamos realizar também o recapeamento no entorno de Dourados, nas rodovias e também nos municípios próximos”, disse Murilo.

Além do asfalto das principais ruas, diversos projetos de infraestrutura foram concretizados e outros já estão em execução no município, como a pavimentação asfáltica e drenagem de água pluviais no bairro Jardim Jóquei Clube, construção e ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto, com investimento de R$ 41 milhões, entre outras melhorias. A construção do Hospital Regional de Dourados se destaca como um dos maiores investimentos em saúde para a região. A unidade significará a aplicação de mais de R$ 53 milhões quando concluídas as três etapas da edificação. O hospital atenderá pacientes dos 34 municípios das regiões da Grande Dourados, Conesul e Faixa de Fronteira do Estado.

Região

Nas demais cidades da região de Dourados, os investimentos continuam. Para o acesso ao Balneário Municipal de Anaurilândia, o Governo do Estado investirá R$ 13,6 milhões na obra que deve ser licitada nos próximos dias. Já na rodovia MS 270, em Ponta Porã e Antônio João, será feita a implantação e pavimentação de segmento da rodovia MS 166/MS 270, com valor de R$ 54,8 milhões. O projeto deve ser licitado em breve.

Também fazem parte das entregas do Governo a pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em Douradina, no valor de mais de R$ 1,3 milhão, a implantação e pavimentação asfáltica do acesso à Usina de Fátima do Sul, projeto de mais de R$ 7 milhões, e ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Itaporã, onde foram gastos R$ 4 milhões.

Em Ivinhema, a população recebeu uma nova ponte de concreto armado sobre o Rio Pirajuí, além de todo projeto de infraestrutura urbana na avenida Joaquim Bernardes dos Santos. Em Laguna Carapã o Governo do Estado está executando a pavimentação asfáltica da rodovia MS-379, uma obra orçada em mais de R$ 64 milhões. O município recebeu ainda R$ 4 milhões para as obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário e construção da Estação de Tratamento. Outras diversas obras de infraestrutura já foram realizadas nas 17 cidades da região de Dourados e várias estão em fase de execução.

Governo Presente

Conforme a programação, os atendimentos prosseguem na quinta-feira (21), das 8h15 às 17 horas e na sexta-feira (22), das 7h30 às 15h30, na sede regional da Sanesul, na avenida Presidente Vargas, 1.585, Vila Progresso. As cidades contempladas com o Governo Presente nessa última etapa do programa são: Angélica, Anaurilândia, Antônio João, Batayporã, Deodápolis, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Itaporã, Ivinhema, Laguna Carapã, Nova Alvorada, Nova Andradina, Rio Brilhante, Ponta Porã, Taguarussu e Vicentina.

Comentário

O porteiro do condomínio Vivendas da Barra recuou em depoimento prestado à PF (Polícia Federal) nesta terça-feira (19) e afirmou ter lançado errado o registro de entrada de Elcio Queiroz na casa 58, do presidente Jair Bolsonaro, na planilha de controle do condomínio. O funcionário disse que havia se sentido "pressionado" e deu a primeira versão para o episódio, no qual a entrada do suspeito de matar Marielle Franco foi autorizada pelo "Seo Jair".

Apesar de dizer que se sentiu "pressionado", o porteiro afirmou que ninguém o pressionou a prestar a versão em que menciona o presidente. O funcionário foi ouvido no inquérito aberto para apurar o seu próprio testemunho no caso Marielle. A investigação foi solicitada pelo ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) para apurar "tentativa de envolvimento indevido" do nome de Bolsonaro nas investigações sobre o assassinato da vereadora.

O inquérito corre em sigilo e o Ministério Público Federal afirma que só se manifestará na conclusão do caso, conforme repercute o portal Terra. A investigação teve início após reportagem da TV Globo mostrar que um homem chamado Elcio (que seria Elcio Queiroz, um dos acusados pela execução de Marielle) deu entrada no condomínio Vivendas da Barra em 14 de março de 2018 dirigindo um Renault Logan prata. Ele teria informado ao porteiro que iria visitar a casa 58, de Bolsonaro. O porteiro afirmou ter confirmado a entrada com o "seo Jair". Entretanto, o presidente, à época deputado federal, estava em Brasília conforme registros da Câmara dos Deputados.

Comentário

A prefeita Délia Razuk recebeu na manhã desta quarta-feira (20), das mãos do gerente do Entreposto Dourados da Coamo, Paulo Roberto Bacini, o convite oficial para a solenidade de inauguração do complexo da agroindustrial cooperativa, marcado para a manhã de segunda-feira (25) no trecho da BR 163 que demanda a Caarapó.

Délia deu as boas-vindas e agradeceu mais uma vez por Dourados ter sido escolhida pela Coamo e reafirmou que o empreendimento traz orgulho e expectativa de mais desenvolvimento, não só para o município como também para toda a região. “Estou muito feliz e orgulhosa. Vivemos um grande momento e a administração municipal estará à disposição sempre, com apoio e incentivo àqueles que acreditam em Dourados”, disse.

A prefeita lembrou que a instalação da Coamo em Dourados acaba movimentando vários segmentos da economia local, impulsionando o crescimento do município. Antes mesmo da inauguração da indústria, registrou-se um aumento considerável no movimento na rede hoteleira, restaurantes, imobiliárias e postos de combustíveis. “Muitas pessoas vieram para cá trabalhar na instalação da Coamo e isso acabou agregando”, observou. De acordo com o gerente do entreposto, Paulo Bacini, aproximadamente 1.500 trabalhadores vieram de outras cidades para Dourados neste período.

Ele também explicou que a chegada da Coamo atrai para Dourados e região, agregados como centros de distribuição, empresas do ramo de transporte, de manutenção, de peças industriais, logística, entre tantas outras. Agora mesmo, um restaurante e um posto de combustíveis estão sendo instalados na região da Coamo.

Na recepção ao gerente Paulo Roberto Bacini, a prefeita Delia Razuk estava na companhia dos secretários Claudio Gaiofato, de Desenvolvimento Econômico, e Fabiano Costa, de Serviços Urbanos, além do assessor especial José Elias Moreira e do administrador do aeroporto municipal Juliano de Almeida Domingos.

A indústria

A Coamo Agroindustrial investiu R$ 750 milhões na construção das duas plantas em Dourados, para processamento de soja e refino de óleo de soja. Concebida em dezembro de 2016, a indústria vai ocupar uma área com cerca de 150 hectares, sendo 60 hectares só de construção. As fábricas estão instaladas à margem direita da BR 163. De início, as indústrias geram 350 empregos diretos e milhares de empregos indiretos.

O empreendimento da Coamo em Dourados agregará uma indústria para processamento de 3 mil toneladas de soja por dia, produção de farelo e óleo e uma refinaria para 720 toneladas de óleo de soja refinado por dia, equivalente a 15 milhões de sacas de soja por ano. A capacidade de envasamento será de 45 mil garrafas pet por hora.

A Coamo é a maior cooperativa agrícola da América Latina e está entre as 50 maiores empresas do país. São 28.700 cooperados e mais de 8 mil funcionários.

Comentário

Diretores e representantes de Rádios Comunitárias de Mato Grosso do Sul vão se reunir sábado (23), a partir das 8h30, na sede do Sindicato dos Bancários, em Dourados, localizado na rua Olinda Pires de Almeida, 2450, próximo ao Parque dos Ipês.

O encontro, realizado pela Farcom (Federação das Associações de Rádios Comunitárias), tem como principal objetivo orientar os diretores das rádios comunitárias do Estado a seguirem um novo modelo de representatividade e gestão para as Radiocoms.

Os presidentes de Federações dos estados de Tocantins, Geraldo Freitas e do Paraná, Luis Dzulinski, seräo os responsáveis pela organização e realização do evento, inclusive pelo convite aos representantes das emissoras mais distantes.

"Acreditamos que somente através da união e um trabalho alinhado, com uma atuação organizada e especialmente sem nenhum tipo de viés ou compromisso político partidário, é que as rádios comunitárias poderão avançar e se tornarem o maior sistema de comunicação em cada estado", disse um dos diretores da Farcom.

A atual diretora da Radcom-MS, Leila Bocorny, da emissora comunitária Caarapó-FM (87.9 Mhz), da cidade de Caarapó, e Edmilson Caccia, o presidente da Associação Cultural Itapoã, representando a Rádio Itapoã FM, do município de Ivinhema, um dos fundadores da federação sul-mato-grossense, já confirmaram presença.

Comentário

Com os pagamentos efetuados essa semana, o governo do Estado repassou, desde 1º de janeiro deste ano, recursos da ordem de R$ 28.663.514,23 para a saúde de Dourados, sem contar os investimentos próprios no Hospital de Cirurgias da Grande Dourados e o custeio de equipamentos instalados em unidades como Hospital da Vida e na UPA douradense.

O Governo mantém a regularidade nas transferências devidas pelo tesouro estadual para o financiamento do SUS (Sistema Único de Saúde) no Município. Esses pagamentos custeiam serviços importantes ofertados no Hospital da Vida, Hospital Universitário, Samu, UPA, Hospital Evangélico, Hospital da Missão Caiuás entre outros, além de incentivo financeiro aos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias.

Valores

Somando os repasses feitos mês a mês, somente o Hospital da Vida de Dourados já recebeu, este ano, R$ 12 milhões, estando em dia - pago até a competência setembro já que a competência outubro deve ser quitada até o final deste mês, informa a assessoria de comunicação da Secretaria estadual de Saúde. Outro valor substancial repassado no período foi destinado ao HU (Hospital Universitário), somando R$ 6.050 milhões.

A UPA também recebeu aportes do Estado, desde janeiro, que totalizam R$ 3 milhões. O Samu, por sua vez, percebeu R$ 912.275,00 em 2019, enquanto os ACS (Agentes Comunitários de Saúde) e ACEs (de Combate a Endemias) receberam incentivos que somam R$ 1.764.689,62.

O governo do Estado também repassa ao Município de Dourados, especificamente para o Fundo Municipal de Saúde, valores para custeio de serviços prestados pelo Hospital Evangélico e pelo Hospital “Porta da Esperança”, da Missão Caiuás. Para o Evangélico, este ano foram repassados R$ 925.206,60 e para o “Porta da Esperança”, R$ 134 mil.

Compromisso

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, é compromisso e determinação do governador Reinaldo Azambuja que os repasses sejam regularizados em relação a todas as regiões do Estado. “Temos feito todos os esforços nesse sentido. No caso de Dourados, entendemos que este Município tem um papel fundamental, porque é sede macrorregião compreendendo 33 cidades”, conclui.

Comentário

Acontecem neste domingo (24) as duas partidas de volta válidas pelas semifinais da 18ª edição do Campeonato Interdistrital de futebol de campo que a Prefeitura de Dourados realiza por meio da equipe de esportes da Funed.

No estádio Fradique Corrêa, em Vila Vargas, a AAVF (Associação Atlética Vila Formosa) vai atrás de um milagre para se classificar à final. A equipe faz o jogo de volta com a AAVV (Associação Atlética Vila Vargas) precisando vencer por quatro gols de diferença, uma vez que no jogo de ida perdeu em seus domínios por 4 a 1. Caso o time de Vila Formosa vença por três gols a decisão será por meio da cobrança de penalidades máximas. Já a Vila Vargas, para ir para a segunda decisão consecutiva, joga por um empate, podendo até perder por dois gols de diferença.

Outro jogo

Já no confronto de volta que será realizado no estádio Ataíde Pimenta dos Reis, no distrito do Panambi, o Veteranos Panambi e o Esporte Clube Cooperativa da Vila São Pedro estão em igualdade de condições, uma vez que no jogo de ida, no estádio Tácito Pace, em Indápolis, o placar não saiu do zero. Neste confronto, um novo empate levará a decisão para os pênaltis. Quem vencer fará a grande final contra o vencedor do confronto AAVV e AAVF.

A final está marcada para acontecer às 15 horas do dia 1º de dezembro, depois da decisão do terceiro lugar, marcada para às 13 horas. A final será realizada no estádio da equipe que fizer a melhor campanha em pontos somados ao longo da competição. Haverá troféus e medalhas para os três primeiros colocados e troféu para o melhor goleiro e também para o artilheiro.

O 18º Interdistrital contou com a participação de nove equipes, distribuídas em três grupos de três, e teve início no dia 4 de agosto.

Comentário

Página 1 de 1495

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus