Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Um professor de 53 anos entrou no prédio da Secretaria de Educação do Distrito Federal com uma faca, dardos e uma besta, mesmo tipo de arma usada pelos jovens envolvidos no atentado na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano (SP). O homem foi preso e encaminhado à 5º Delegacia de Polícia do DF. De acordo com a Polícia Militar, não houve feridos.

Segundo a PM (Polícia Militar), o homem chegou à secretaria dizendo que queria uma conversa com o secretário de Educação, Rafael Parente. A segurança chamou a Polícia Militar, porque o homem estava muito alterado, relata nesta sexta-feira (15) a Agência Brasil de notícias.

Policiais chegaram ao local e abordaram o professor. Em nota, a PM diz que o homem ofereceu resistência, mas os policiais conseguiram imobilizá-lo. Dentro da mochila dele foram encontrados uma faca Imbel, uma besta e três dardos. "O homem alegou que queria encontrar o secretário, que queria mostrar esses armamentos, depois iria cometer suicídio", informa o comunicado.

De acordo com a Secretaria, o professor subiu até a assessoria do gabinete, no 12ª andar. "Funcionários perceberam o cabo da besta para fora da mochila que ele carregava e acionaram a PM. Dois policiais chegaram rapidamente e o renderam", diz também em nota. O professor não chegou a utilizar as armas.

Pelo Twitter, Rafael Parente disse que o governador em exercício, Paco Britto, determinou o afastamento imediato do professor e a abertura de processo administrativo disciplinar (PAD) contra ele.Também na rede social, o secretário de Educação diz que registrou alguns casos de ameaças de alunos. "A Secretaria de Segurança e toda a inteligência do GDF [governo do Distrito Federal] já estão em ação, dentro de algumas escolas e à paisana", informou no microblog.

Comentário

O vereador Cido Medeiros (DEM) solicitou ao secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith, em audiência nesta semana em Campo Grande, que interceda junto ao Governo do Estado visando a elaboração de um projeto técnico para duplicação da rua Coronel Ponciano até à rodovia BR 163, em Dourados.

De acordo com Cido, o tráfego na via é intenso, pois a região concentra vários bairros populosos, como Harrison de Figueiredo, Dioclécio Artuzi e Ildefonso Pedroso, sendo que os moradores conseguem acesso a outros bairros através da Coronel Ponciano.

O vereador afirmou que tem solicitado, através de indicações e requerimentos, que a administração pública realize estudo técnico de viabilidade da obra, porém a Prefeitura de Dourados ainda não manifestou interesse.

“Por se tratar de uma via de acesso à rodovia federal, condutores usam alta velocidade. O problema é que a Coronel Ponciano concentra órgãos municipais como a Prefeitura, UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Secretaria de Saúde e empresas que demandam grande fluxo de veículos e de pedestres, por isso é preciso que se construa um grande projeto para atender todos os públicos”, ressaltou Cido.

Comentário

A prefeita Délia Razuk se reuniu nesta sexta-feira (15) com a secretária de Obras do município, Marise Aparecida Bianchi Maciel, e determinou a abertura de processo licitatório para a aplicação de R$ 5 milhões nas operações de tapa-buraco na cidade.

Conforme a prefeita, os recursos são próprios e devem ser empregados na ampliação da recuperação das vias asfaltadas, uma vez que este serviço tem sido feito apenas com o material de massa fria produzido na usina do município. A prefeita pediu prioridade na elaboração desse processo, informa a assessoria de comunicação do Município.

“Temos prioridade nesta licitação para que a recuperação das ruas, que acontece hoje apenas com massa fria, seja reforçada. Os buracos geram transtornos para todos e, em Dourados, é um problema crônico, agravado a cada dia pelo aumento do tráfego e as chuvas, e pelas dificuldades de se conseguir recursos para este fim. Com esta verba, pretendemos sanar boa parte dos problemas”, disse.

Além dos recursos, outros R$ 500 mil provenientes de sobras do montante repassado pelo Governo do Estado para tapa-buracos na cidade serão empregados.

A prefeita defendeu, ainda, a retomada do trabalho conjunto realizado pela Obras e a Semsur (Secretaria municipal de Serviços Urbanos) na produção de massa fria e nas ações para a recuperação da malha viária bastante prejudicada da cidade.

Comentário

Duas pessoas morreram na manhã desta sexta-feira (15), na BR 163, em Nova Alvorada do Sul. Uma colisão entre um Fiat/Pálio, branco com placa de Teresina e uma carreta resultou nas mortes de Rosângela Alves, de 38 anos, e um homem identificado apenas como Nilton, de 44 anos.

De acordo com o registro da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que atendeu a ocorrência, o Fiat seguia sentido Campo Grande a Nova Alvorada do Sul e no sentido contrário deparou-se com a carreta. Com o impacto da colisão, os dois veículos saíram da pista. Perícia técnica vai tentar identificar as causas do acidente.

Após o painel “Como é Composta a Conta de Energia”, realizado nesta quinta-feira (14), no auditório da Escola Senai da Construção, em Campo Grande, com representantes da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e da Energisa, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, defendeu a ampliação de um debate sobre os tributos que compõem a tarifa de energia elétrica, como PIS/Cofins, ICMS e a Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip).

Segundo Sérgio Longen, o setor produtivo já acompanha as contas de energia e as tarifas estão sendo mantidas, porém, as alíquotas de ICMS, PIS/Confins e da Cosip têm apresentado variações conforme o consumo. “Conversamos com os deputados para aumentar o debate sobre a forma como é feita a cobrança da Cosip com as prefeituras e também na Assembleia Legislativa. Queremos ampliar essa discussão para mudar forma como é feita a cobrança do ICMS, criando uma tabela diferenciada da que está em vigor atualmente”, afirmou.

O diretor-geral da Aneel, André Pepitone, explicou que a desoneração tarifária é uma agente permanente da Agência e foram identificados três desafios para isso. “O primeiro desafio é o custo de geração, porque vivemos um período de crise hídrica e precisamos comprar energia de termelétricas, e esse custo é repassado ao consumidor. O segundo são os tributos, como ICMS do governo estadual, que representa mais de um terço da conta de energia, e o PIS/Confins. Os dois tributos juntos chegam a representar 40% do valor pago”, pontuou.

O terceiro desafio, conforme André Pepitone, é a questão dos subsídios e políticas públicas, custeados pelos consumidores de energia de todo o Brasil. “Essa conta em 2019 representa R$ 20 bilhões e 12% da tarifa. Cada um desses subsídios são justos e têm sua razão, que são desconto para o público rural, o diesel para moradores de áreas isoladas, descontos para serviços públicos. Por isso é preciso que haja um diálogo multissetorial para solucionar essa questão”, completou.

Na avaliação do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Paulo Corrêa, a realização do debate com a presença do diretor-geral da Aneel é de extrema importância. “Nós precisamos de eventos como esse, em que a agência reguladora atesta que a tarifa está correta, mostrando que a discrepância ocorreu devido ao aumento de consumo, e consequentemente, da cobrança de tributos. Entendo que devemos ampliar o debate, embora o consumo deva cair nos próximos meses”, destacou.

Comentário

A Editora da UFGD vai realizar a 3ª edição do Lançamento Coletivo de Obras, no dia 3 de abril, às 19 horas, no Cine Auditório da Unidade I. Serão lançados 25 livros, de diferentes áreas do conhecimento, finalizados entre os anos de 2017 e 2019.

Na oportunidade, cada autor fará a apresentação da obra de sua autoria, entre as quais está o livro “Reflexões literárias: crônicas, contos e poesias”, escrito por estudantes de graduação da UFGD.

Veja mais sobre o assunto no Blog do Clóvis

Haverá exposição dos títulos publicadas pela Editora – incluindo e-books, livros impressos e cadernos acadêmicos (livretos didáticos para uso em sala de aula) e vendas com preços especiais.

O evento também terá apresentação do grupo de música indígena Verajú, que trará canções do espetáculo Mborahéi Rapére.

O primeiro Lançamento Coletivo foi realizado em 2016 e fez parte da agenda de comemoração do aniversário de 10 anos da Editora da UFGD. A segunda edição ocorreu no ano seguinte e obteve o mesmo sucesso.

Para saber mais sobre as obras publicadas pela EDUFGD, acesse AQUI

Comentário

A Unigran vai oferecer aos calouros dos cursos de graduação, a partir deste sábado (16), diversos cursos pelo projeto ‘Recém-Ingresso’. A programação iniciou no dia 18 do mês passado, quando foram apresentadas a Reitoria, Pró-reitorias, direções, coordenações de cursos e colaboradores, e os estudantes participaram da palestra ‘Vida universitária’, ministrada pelo professor Valdir Pereira.

Cursos que oferecem treinamento e capacitação para orientar o acadêmico no decorrer das aulas também fazem parte do projeto, que acontecem até o mês de abril. O Recém-Ingresso tem como objetivo proporcionar aos calouros um vínculo institucional afetivo com o corpo docente, direção e funcionários, bem como entre os estudantes da graduação.

“Nosso Projeto Recém-Ingresso acontece deste o ano de 2005 e é de fundamental importância para os calouros que estão chegando no Ensino Superior. A Unigran tem uma grande preocupação em recepcionar bem esses acadêmicos e colocá-los a par de alguns conhecimentos fundamentais, tanto para o seu futuro profissional quanto para essa trajetória que eles iniciam agora”, explica Maria Alice Fernandes, Pró-reitora de Ensino e Extensão na instituição.

A Pró-reitoria de Ensino e Extensão oferece aos acadêmicos, 11 cursos com conteúdos básicos para matemática, química, linguagem e argumentação, formação ética e outras tantas competências e habilidades que são necessárias. “Convidamos todos os calouros para que eles possam ser engajados da melhor forma participando dessas atividades que são fundamentais para a sua vida”, enfatiza Maria Alice.

Neste sábado (16), acontecerão os cursos de ‘Química aplicada aos processos biológicos do corpo humano’, no Laboratório de Análises Clínicas, ‘Técnicas de laboratório e biossegurança’, nos laboratórios da saúde, e ‘Suporte básico de vida: atendimento de primeiros socorros’, na sala 3.39, todas do Bloco 3, com início a partir das 8 horas.

No sábado (23) seguinte, serão realizados os cursos de ‘Anatomia do corpo humano em ambiente virtual’, no Laboratório de Realidade Virtual, ‘Técnicas usuais em anatomia vegetal’, no Laboratório de Fitopatologia, e ‘Excel básico’, no Laboratório 3.49, também no Bloco 3, das 8 às 11 horas. Já no dia 30, acontecem os cursos ‘Boas práticas em ambiente hospitalar’, no Hospital Universitário (uma van será disponibilizada para o transporte dos alunos), ‘Calculadora científica’, na Sala 2.1, ‘Prática Ortográfica’ na Sala 2.2, e ‘Introdução à química geral – teorias e práticas’, na Sala 2.3, no Bloco 2, também com início às 8 horas. E no dia 13 de abril, a programação vai ser finalizada com o curso ‘Oratória: falando em público sem medo’, no anfiteatro do Bloco 4.

Participantes interessados nessa agenda devem escolher o curso da preferência e se inscrever junto ao Cerimonial da Unigran, no Bloco 10. Cada curso terá uma taxa de R$ 5,00 com direito ao certificado de participação. Mais informações pelo telefone (67) 3411-4219.

Comentário

A segunda fase da operação Petra 2, deflagrada nas primeiras horas desta sexta-feira (15) em Maracaju, tem dois suspeitos mortos durante confronto com a polícia. De acordo com a Polícia, Nelson Maicon Ferreira Pereira e Cícero José Campo foram baleados e levados para o hospital da cidade, mas não resistiram.

A operação visa combater quadrilha especializada em assaltos e traficantes de drogas que têm agido na cidade nos últimos meses, utilizando-se das estradas vicinais que cortam a região para a prática dos crimes. São cumpridos mandados de busca e apreensão e prisão em bairros de Maracaju.

Na primeira fase da Petra, realizada no dia 15 de fevereiro, policiais civis e militares atacaram em vários pontos para prender envolvidos na execução de um PM, ocorrida na madrugada do dia 10 de fevereiro, cumprindo mandados de busca e apreensão e de prisão contra a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Na ocasião, outros dois suspeitos foram mortos em confronto com a polícia. A ação ocorreu cinco dias após a morte do policial militar Juciel Rocha Professor, executado com vários tiros na cabeça numa lanchonete do município, conforme repercute o site Campo Grande News.

Comentário

Evento voltado para as mulheres, realizado no auditório da Prefeitura de Dourados, com palestras, apresentações culturais, sorteios e café da manhã, marcou na manhã desta quarta-feira (13), a programação desenvolvida neste mês pela administração municipal, por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, com apoio de diversas instituições.

Servidoras, representantes de instituições que trabalham em prol das mulheres, autoridades, além de outros convidados, acompanharam o evento, que teve como tema central “O Protagonismo e Empreendedorismo da Mulher”. Sônia Pimentel, da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, cumprimentou os presentes em nome da prefeita Délia Razuk, que não pôde participar por conta de compromissos em Brasília, e agradeceu a ampla participação.

Ela destacou que são grandes as conquistas ao longo dos anos pelo público feminino e que cada vez mais as mulheres têm sido protagonistas da história. O empreendedorismo foi colocado em pauta, devido ao fato de muitas vezes a dependência financeira ser o motivo da mulher não sair de uma relação violenta.

“Existem meios atualmente para a mulher se capacitar e não se limitar a uma vida conjugal infeliz por não poder se manter financeiramente. Os Cras [Centros de Referência e Assistência Social] oferecem cursos gratuitos, o Sebrae presta apoio a quem deseja empreender e nosso objetivo é mostrar essas ferramentas, tirar dúvidas e mostrar experiências de outras mulheres”, disse a coordenadora.

Rose Ane Vieira, secretária de Desenvolvimento, falou sobre o “olhar das mulheres frente ao mundo dos negócios”. A busca de resultados para conquistar protagonismo, espaço, reconhecimento e satisfação pessoal e profissional foram abordados por ela.

As empreendedoras Juliana Santana e Fabiana Cariaga contaram ao público suas experiências em negócios que hoje são sucesso em Dourados. Giovana Correia, subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, abordou sobre as conquistas da mulher no mercado de trabalho e enfatizou que cada vez mais, elas têm conquistado seu espaço, mas muito ainda precisa ser buscado.

“A mulher está longe de estar no espaço que merece. A igualdade de gênero ainda é um grande desafio. Não é admissível que um homem que exerce a mesma função que uma mulher ganhe mais. Esse é um grande desafio para nós e precisamos nos colocar diante dessas situações”, destacou.

Mato Grosso do Sul possui um alto índice de casos de violência contra a mulher, inclusive feminicídio. “Temos índices elevados, mas também temos sido o Estado que grita mais alto. As mulheres estão se sentindo mais protegidas para denunciar. Temos constatado o aumento de denúncias e a diminuição dos casos de feminicídio, nos dados de 2018”, apontou Giovana, destacando ainda que as campanhas para que as mulheres saíam do ciclo de violência têm sido constantes.

Instituições públicas e privadas têm contado com palestras, rodas de conversas e apresentações. Por conta do Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 passado, a Prefeitura de Dourados intensifica as ações voltadas para o público feminino e amplia o debate sobre feminicídio e os vários tipos de violência.

Comentário

Para comemorar o Dia Mundial do Consumidor, celebrado neste dia 15 de março, o Procon de Dourados realiza atividade no auditório da Prefeitura, a partir das 8h30 desta sexta-feira, com a abordagem sobre o tema “Tarifa Social e seus Benefícios”, conduzida pela defensora pública do Consumidor, Mariza Gonçalves.

Durante este mês, o órgão de defesa do consumidor tem intensificado ações de fiscalização e educação, como ocorreu nesta quarta-feira (14) quando levou palestra à Escola Estadual Floriano Lopes, no bairro Izidro Pedroso, envolvendo dezenas de alunos do 2° ano do curso técnico em Serviços Jurídicos, integrado ao Ensino Médio. Eles acompanharam explanações de técnicos do Procon. A ação tem a parceria da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Direitos do consumidor e atenção para consumo foram temas trabalhados com os alunos, conforme a assessora jurídica do Procon, Fabiane Vieira. “Levamos exemplos de situações cotidianas enfrentadas pelos consumidores em Dourados e os alunos foram bastante participativos”, disse.

A professora Andreza Miranda Vieira cita que o debate contribui para agregar em conhecimento. “Os exemplos práticos são um diferencial para os alunos. Despertou bastante o interesse; eles fizeram questionamentos e assimilaram conceitos a casos na prática demonstrados pelo Procon. Com certeza agregará para questões cotidianas que venham a enfrentar com empresas ou prestadores de serviços”, disse.

A programação tem sequência em instituições públicas e privadas. O Procon apresentará, também nesta sexta-feira (15), o ranking de fornecedores de Dourados com reclamações atendidas, publicado pelo Ministério da Justiça e no sábado (16) uma série de ações na Praça Antônio João, a partir das 8 horas, como, por exemplo, orientações aos consumidores e inclusões no CadÚnico, entre outras.

Comentário

Página 9 de 1252

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • roze

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus