Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O Brasil contabilizou, até o início da noite deste sábado (10), 153 medalhas conquistadas nos Jogos Pan Americanos de Lima, no Peru. O volume de medalhas coloca o país em 2º lugar no quadro geral de classificação, com 50 medalhas de ouro, 39 de prata e 64 de bronze, divulga a Agência Brasil de notícias.

No atletismo, Altobeli da Silva Santos foi campeão neste sábado na prova dos 3 mil metros com obstáculos. Ele já havia conseguido a medalha de prata nos 5 mil metros. O Brasil também conseguiu o ouro no pan-americano da vela na classe 49erFX com Martine Grael e Kahena Kunze. As duas haviam conseguido a terceira colocação da regata da prova (Medal Race) e precisavam apenas terminar essa etapa para conseguir o ouro.

A seleção brasileira feminina de polo aquático também saiu com medalhas. O Brasil venceu a decisão pelo terceiro lugar contra Cuba por 8 a 7. Ainda há mais chances de medalhas.

Comentário

Gabriel Rosa Miranda, de 19 anos, que se encontrava na residência situada na rua dos Bandeirantes no bairro Altos da Gloria, se preparando para assistir um jogo de futebol na televisão, e Juan Carlos Cabañas Arce, de 35 anos, que se encontrava arrumando o veículo em uma oficina na rua 15 de agosto do bairro Bernardino Caballero, em Pedro Juan Caballero, foram executados a tiros na tarde deste sábado na fronteira mais violenta entre Mato Grosso do Sul e o Paraguai.

Gabriel foi surpreendido por pistoleiros a bordo de uma motocicleta que chegaram ao local e encontraram o portão da casa dele aberto, invadiram com a moto e ingressaram na residência, onde realizaram cinco disparos de pistola calibre 9mm contra a vítima que morreu antes mesmo de receber auxílio médico. Juan Carlos que, segundo testemunhas atuava também no ramo de empréstimos e penhora de bens, também foi executado com vários tiros de pistola 9mm na altura da cabeça e morreu na hora.

De acordo com o site poranews, com mais esses dois casos de homicídio já são 88 mortos desde janeiro até agora, número que assusta a população fronteiriça.

Comentário

A professora Margarida Gaigher, diretora da Escola Estadual Pastor Daniel Berg, descerrou, na manhã deste sábado (10), o Memorial que homenageia os 63 anos de existência do estabelecimento de ensino em Dourados, um trabalho realizado a partir da pesquisa desenvolvida pelo professor Carlos Roberto da Mota, com fotografias atualizadas pelo repórter Hédio Fazan e texto organizado pelo jornalista Clóvis de Oliveira.

daniel berg descerra

Descerramento do Memorial reuniu pais e alunos na escola

O Memorial, que retrata a trajetória de Daniel Berg e imortaliza o nome do patriarca da escola, foi entregue oficialmente durante o 3º Encontro do Projeto Família e Escola, celebrado neste sábado com a participação da comunidade escolar e alunos e familiares.

“O Memorial Histórico ficará exposto para toda a comunidade douradense, contando resumidamente a origem da escola e do homenageado que a criou em 1956 e, posteriormente, concedeu seu nome à essa tradicional Instituição de Ensino do nosso Município”, observou a diretora Margarida durante o ato.

Comentário

As Testemunhas de Jeová concluem neste domingo (11) a série de congressos de três dias na língua nacional, destacando o tema “O Amor Nunca Acaba”, no Salão Expansível de Reuniões, localizado na rua Tatsuo Suekane, 390, no Parque dos Jequitibás, ao lado do estádio Douradão.

Desde o dia 12 de julho, em todos os finais de semana, realizam-se uma das maiores séries de congressos internacionais, abrangendo os seis continentes, em mais de 200 países e mais de 400 idiomas, em 2019. Sete congressos, entre eles um na língua espanhola e outro na língua guarani, serão realizados até o mês de setembro.

"Esses eventos são um exemplo de que o amor pode ser uma influência positiva para unir pessoas de diferentes formações. As Testemunhas de Jeová da cidade tem a oportunidade de conhecer e ter associação agradável com companheiros de adoração; e os moradores de Dourados estão felizes de poder receber uma grande quantidade de visitantes em muitos restaurantes, hotéis, pontos turísticos e outros locais", ressalta Rafael Henrique, representante local das Testemunhas de Jeová.

Após essa série nacional, Dourados ainda vai sediar, no próximo final de semana, de sexta-feira (16) até o domingo (18), o Congresso no idioma Espanhol e, fechando a programação, de 6 a 8 de setembro, na língua Guarani.

Programa

O programa considera como os ensinos da Bíblia podem ajudar as pessoas de modo prático. Neste domingo, um discurso para o público com o tema “Onde encontrar verdadeiro amor num mundo cheio de ódio?” vai mostrar como vencer o preconceito e o ódio e a segunda e última etapa do filme “Josias, um homem dos tempos bíblicos”, mostra como um jovem que cresceu em um ambiente ruim se tornou conhecido por “seus atos de amor leal” (com base em 2 Crônicas 35:26). Os congressos das Testemunhas de Jeová têm entrada gratuita e não se fazem coletas.

Comentário

A AprosojaMS (Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul) elegeu, por unanimidade, na sexta-feira (9) passada, o produtor André Figueiredo Dobashi como representante da classe dos agricultores do Estado. A eleição ocorreu na sede da Famasul, em Campo Grande.

Atualmente André Dobashi é vice da Aprosoja/MS, diretor financeiro da Fundação de Pesquisa e Difusão do MS e produtor rural no município de Antônio João, onde se dedica a produção soja, milho, sorgo, aveia e pastagens. É, também, consultor técnico da Agroexata em Mato Grosso do Sul, na área de implantação e condução de sistemas integrados de lavoura e pecuária.

A gestão da diretoria atual, presidida por Juliano Shmaedecke, segue até 31 de dezembro de 2019. “Estamos chegando ao fim de dois anos de trabalho a frente da Aprosoja/MS e preciso agradecer aos produtores e a minha diretoria que nos apoiou neste desafio. A agricultura no Estado tem muitos desafios e precisamos de produtores unidos e engajados em busca melhorias para o setor”, afirma Juliano.

André agradeceu a oportunidade de poder representar os agricultores e destacou que conta com apoio de todos os membros. “Recebo o desafio com a missão de aumentar a representatividade e a obrigação de levar adiante esse objetivo de defender os interesses do produtor. Atualmente somos atacados por uma sociedade que não conhece o agronegócio e precisamos reverter essa situação. Hoje faço aqui um juramento de compromisso para aumentar e abrilhantar mais o agronegócio”, afirmou o presidente eleito.

Comentário

O presidente Jair Bolsonaro defendeu a vinculação do Coaf (o Conselho de Controle de Atividades Financeiras) ao Banco Central, de forma a evitar que o órgão sofra pressões políticas. A declaração foi feita na manhã desta sexta-feira (9) quando o presidente deixou o Palácio do Alvorada.

A reforma administrativa do governo do presidente Jair Bolsonaro previa a transferência do Coaf para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. A medida, no entanto, foi rejeitada pelo Congresso Nacional, que manteve o órgão subordinado ao Ministério da Economia.

“O que pretendemos é tirar o Coaf do jogo político e vincular ao Banco Central. Caso vá para o BC, o Coaf fará seu trabalho sem suspeição de favorecimento político. Se for no BC quem vai decidir é o Roberto Campos”, que preside a instituição. “Ao que parece ele pretende ter um quadro efetivo do Coaf, que mudaria de nome. Quanto menos a política interferir no destino do país, melhor”, disse Bolsonaro.

Imposto de Renda

O presidente voltou negar a intenção de criar uma nova CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). No entanto, defendeu uma desburocratização do Imposto de Renda, de forma a evitar as idas e vindas de recursos por conta de deduções a partir de notas fiscais de gastos com saúde e educação.

“Queremos facilitar o Imposto de Renda. Aumentar a base, acabar com algumas deduções e diminuir a margem de 27,5%. Grande parte (da população) paga o Importo de Renda e o recebe de volta. Nós sabemos que tem muita gente arranjando nota fiscal para justificar educação, saúde. A gente quer acabar com isso, simplificando”, acrescentou.

Comentário

A vereadora Lia Nogueira (PL) apresentou esta semana na Câmara de Dourados o projeto de lei que dispõe sobre a criação da Semana de Conscientização e Incentivo à Mamanalgesia, no calendário oficial do município. Pouco conhecido ainda, o termo “Mamanalgesia” é o efeito de acalmar os bebês quando são amamentados, principalmente quando ocorre a vacinação injetável.

Segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), é uma questão importante, já que o temor às injeções e a dor que causam são fatores que podem induzir os pais a atrasarem o calendário vacinal.

De acordo com a vereadora, o projeto que já foi aprovado em primeira votação pela Câmara, justamente na Semana da Amamentação, é um avanço para a Rede de Saúde de Dourados, pois irá conscientizar tanto profissionais da área, como as próprias mães da importância de amamentar o bebê no momento da vacina injetável. “Muitas mães relatam que quando vão fazer a vacinação dos bebês nos postos, a criança fica irritada, chora muito e algumas chegam a desistir de fazer a imunização naquele dia. E há também desinformação de alguns profissionais de saúde, em relação a amamentar a criança enquanto ela está sendo imunizada”, explicou Lia Nogueira.

A vereadora disse ainda que ouviu relatos de mães que ao levarem os bebês para vacinar, são impedidas de manter as crianças no colo e amamentando, o que deixa a criança ainda mais irritada e desprotegida. “Por meio deste projeto, o município fará palestras, campanhas educativas, encontros, seminários com especialistas na área, para informar e conscientizar dos benefícios da Mamanalgesia. Há um dado muito interessante de profissionais de saúde do Brasil e que eu fiz questão de incluir na proposta desta lei. Segundo estes especialistas, a amamentação aumenta a segurança da mãe e diminui a ansiedade, isso porque o leite materno contém endorfina - substância química que ajuda a suprir a dor”, ressaltou.

O projeto de lei segue agora para a segunda votação na Câmara e, caso seja aprovado novamente, vai à sanção da prefeita, Délia Razuk. “Os vereadores já entenderam a importância do projeto e aprovaram na primeira votação por unanimidade, creio que a prefeita Délia Razuk terá o mesmo olhar e sensibilidade para sancioná-lo, até porque quem vai ganhar com isso, não serão apenas as mães, mas também a Rede de Saúde do município”, afirmou Lia Nogueira. (Da assessoria)

Comentário

A diretoria executiva da Petrobrás divulgou esta semana algumas mudanças na política de preços do gás de cozinha. A partir de agora será adotada como referência o preço de paridade de importação. Com a mudança, o valor para o botijão de 13 kg terá o acréscimo dos custos de frete marítimo, transporte interno e uma margem para riscos da operação.

Outra mudança anunciada é que os reajustes passam a ser realizados sem periodicidade definida, como ocorre com a gasolina e o diesel, e terão como base as condições de mercado. Desde janeiro de 2018, o valor do botijão de gás de até 13 kg considerava a média móvel de cotações dos últimos 12 meses e os reajustes aconteciam a cada três meses.

Apesar das alterações, a Petrobrás garante que continuará atendendo à resolução do CNPE (Conselho Nacional de Política Energética), que determina que os consumidores residenciais devam pagar preços inferiores aos praticados para os demais usos ou acondicionados em recipientes de outras capacidades. "Os preços do GLP industrial/comercial e do residencial envasado em botijões de até 13 kg (P13) passam a ter um alinhamento maior, embora mantido o atendimento à Resolução 4/2005 do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE)", afirma o comunicado.

Também nesta semana, entrou em vigor o novo preço do gás de cozinha. Agora, o valor do botijão de 13 quilos vendido nas refinarias às distribuidoras passa de R$ 26,20 para R$ 24,06. Entretanto, para o consumidor, esta redução pode não ser tão significativa, pois as distribuidoras ainda devem incorporar o valor de impostos (ICMS, PIS/Pasep e Cofins) e outros custos já que possuem liberdade para a prática de preços.

Por conta desta autonomia, muitas vezes os valores podem variar bastante em revendas localizadas na mesma região e, para driblar estas diferenças sem correr risco de comprar produtos clandestinos, a tecnologia é uma grande aliada. Um exemplo disso é o aplicativo Chama, que permite que consumidores encontrem gás de revendedores credenciados pela ANP (a Agência Nacional de Petróleo) pelo melhor preço e próximo de suas casas.

Comentário

A Câmara de Vereadores de Dourados promoveu encontro, com a participação da Defensoria Pública e da Comissão de Saúde da Ordem dos Advogados do Brasil, na última quinta-feira (8), para discutir melhorias no Hospital da Vida de Dourados. A medida tem a finalidade de identificar “gargalos” que estão prejudicando o atendimento a pacientes de Dourados e região.

O trabalho em conjunto foi definido durante reunião na Câmara de Vereadores pela vice-presidente da Comissão de Saúde do Legislativo, vereadora Daniela Hall (PSD), como um momento de encontrar alternativas para contratos, dívidas do hospital, entre outros, que penalizam os pacientes. Os vereadores Alan Guedes, Madson Valente e Cido Medeiros (todos do DEM), mais Olavo Sul (Patriota), Mauricio Lemes (PSB) e Lia Nogueira (PL) também participaram do encontro.

A vereadora também busca reunir toda a classe política para dar um rumo à Saúde de Dourados. A parlamentar busca agendas com deputados, senadores, ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e o deputado licenciado Geraldo Resende, secretário de Saúde do Estado em busca de um socorro por Dourados. Resende foi o primeiro a confirmar a participação em reunião aberta agendada para o dia 17.

Conforme Daniela, o Hospital da Vida passa por uma das maiores crises de sua história. “A unidade está com dívidas de mais R$ 1,5 milhão por mês. Não está pagando fornecedores e serviços essenciais como o de exames em área verde, amarela e vermelha estão sendo suspensos. O resultado disso é um serviço precário oferecido aos pacientes. Acredito que dá para fiscalizar se há exagero em contratos e renegociar valores e fornecedores. Há casos em que se cobra três vezes mais do que o valor da tabela do SUS”, destaca a vereadora.

Para a parlamentar, a crise da Saúde está tomando proporções catastróficas. “Há falta de médicos, atrasos de pagamento e escalonamento de salário de profissionais, falta de insumos básicos, falta de tudo. Isso não pode continuar acontecendo. São vidas que estão se perdendo”, destaca.

Na semana passada, a empresa fornecedora de exames no Hospital da Vida e na UPA 24h suspendeu o serviço. A medida foi comunicada em carta da empresa para o Ministério Público Estadual. De acordo com o documento, serviços como coleta, transporte e análises clínicas ficam interrompidos em setores como Pronto Atendimento Adulto e Pediátrico, área verde e amarela da Unidade de Pronto Atendimento 24h e Hospital da Vida. Há exceção apenas aos pacientes de UTI, área vermelha e urgência e emergência. A empresa realiza 4.500 coletas por mês e mais de 22 mil exames laboratoriais como de sangue, glicose, urina, entre outros.

Participaram da reunião vereadores, a defensora pública Mariza Fátima Calixto, a presidente da Comissão de Saúde da OAB, Helena Izidoro, além de Gilvane Dias e Diva Valente, membros da comissão.

Comentário

Atletas de Dourados e região já podem se inscrever para a XIV Copa Unigran de Futsal. A competição é um projeto de extensão desenvolvido pelo curso de Educação Física da Instituição desde 2006, com a participação de equipes masculinas e femininas. As partidas serão realizadas no Ginásio de Esportes da Unigran, de 22 de agosto a 18 de outubro, com jogos às quartas e sextas-feiras.

As inscrições deverão ser apresentadas na coordenação do curso de Educação Física, no Bloco 3 da Unigran, até o dia 19, mediante o pagamento da taxa de inscrição de R$ 100 por equipe.

O objetivo do evento, conforme explicou o coordenador do curso, professor Carlos Muchão Castilho, é o congraçamento e o intercâmbio desportivo entre as equipes participantes, bem como contribuir para a elevação do nível técnico da modalidade na região. “Além de promover a participação de acadêmicos do 8º semestre na disciplina de Estágio Supervisionado em atividades relacionadas à atuação profissional, oportunizando a vivência de situações práticas dos conhecimentos teóricos na área do esporte”, justificou Muchão.

A Copa tem contado com a participação massiva da comunidade esportiva de Dourados e região, uma média de dezoito equipes, representativas de clubes, empresas e escolas, competem a cada realização. O Congresso Técnico, que acontecerá no dia 20 às 19 horas, no Bloco 3, sala 3.7, da Unigran, vai definir a aprovação do regulamento com o sistema de disputa, sorteio das chaves, a abertura do campeonato e a apresentação da Comissão Disciplinar.

As equipes classificadas em primeiro, segundo e terceiro lugares na Copa Unigran serão premiadas com troféu e medalhas. Serão premiados também o melhor goleiro e o artilheiro da competição, prevista para começar dia 23 com o desfile das delegações. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (67) 3411-4137/4276.

Comentário

Página 8 de 1403

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • unimed nova
  • cassems
  • governo raly

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus