Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A Prefeitura de Dourados está prestes a concluir a aquisição de um conjunto de equipamentos para tapa-buracos e recapeamento em um investimento de, pelo menos, R$ 5,2 milhões, por meio da articulação política da prefeita Délia Razuk, junto aos deputados estaduais Neno Razuk e Coronel David, o deputado federal Beto Pereira e o senador Nelsinho Trad, com o apoio técnico do secretário de Serviços Urbanos, Fabiano Costa, junto à Sudeco (a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), informa a assessoria de comunicação do Município.

Em Brasília, os deputados Neno Razuk e Coronel David falaram diretamente com o superintendente da Sudeco, Marcos Henrique Derzi Wasilewski, que já havia indicado a conquista em visita ocorrida no mês de abril a Dourados, e formalizaram o pedido.

“Trata-se de uma grande conquista para Dourados e que em breve deve ser concretizada”, disse o deputado Neno. A solicitação é para a compra, entre outros, de um maquinário com capacidade de produção de 70 a 80 toneladas de massa quente por hora.

“Todos sabem das dificuldades para vencermos esta demanda e com a conquista desta usina, estamos dando um passo importante. O apoio dos deputados e do senador foi fundamental para esta conquista”, disse a prefeita Délia, que recebeu Marcos Derzi no gabinete em abril.

Além da usina de asfalto móvel a quente, o tapa-buraco e o recapeamento em Dourados devem ser reforçados com uma máquina vibro acabadora, um rolo compactador, um rolo compactador de pneus, uma mini-carregadeira, um caminhão basculante, uma retroescavadeira e um caminhão com tanque-espargidor. “Com certeza é algo inédito. Um pensamento em evolução. Estamos realmente buscando a solução para essa demanda”, acrescentou a prefeita.

O pedido leva em consideração a situação da pavimentação asfáltica de Dourados, deteriorada em função do tempo de vida útil e a falta de recursos financeiros para a recuperação da malha.

Assinado pelo secretário de Serviços Urbanos de Dourados, Fabiano Costa, deputados estaduais Neno Razuk e Coronel David, deputado federal Beto Pereira, e senador Nelsinho Trad, o ofício solicita a disponibilização de recursos para a aquisição dos equipamentos para que a recuperação das ruas seja feita pela própria Prefeitura, com maior cobertura e mais agilidade.

“Nossa usina está cada vez mais perto. É uma conquista que deve ser ‘divisor de águas’ na forma de recuperar as ruas da nossa cidade. Dotar a prefeitura de equipamentos é fazer economia. É independer de burocracia”, disse Fabiano.

O secretário ressalta que a Prefeitura já economiza bastante com a operação da usina de massa fria, estrutura que estava parada, mas que foi recuperada pela administração da prefeita Délia. “A usina já nos dá bastante apoio, mas a massa quente e os maquinários listados darão mais estrutura e durabilidade para este trabalho”, disse.

Além desta conquista, estruturalmente, a prefeita Délia já conseguiu a recuperação das principais avenidas da cidade, obra feita pelo Governo do Estado, e de outros locais, como a rua Cuiabá, em uma compensação junto a empresas com a prestação de serviços, ao invés da doação de áreas para uso de bens públicos.

Comentário

A prefeita Délia Razuk visitou na manhã desta quinta-feira (13) o aeroporto municipal Francisco de Matos Pereira e conversou com os militares do 9° BEC (Batalhão de Engenharia de Construção) do Exército Brasileiro, sediado em Cuiabá, e designado para fazer a obra de ampliação do local.

A comitiva chefiada pelo coronel André Luiz Vieira Cassiano está em Dourados para uma ação de reconhecimento e tratativas com a empresa contratada para fazer alguns projetos técnicos para implantação do canteiro de obras e alguns outros ajustes.

“Gostaria de agradecer, em nome de vocês, o Exército Brasileiro. Estamos muito contentes em contar mais uma vez com o apoio desta instituição e, agora, para uma obra grandiosa como esta. O Exército é um grande parceiro nosso”, disse a prefeita.

O coronel Cassiano destacou o esforço para que todas as medidas sejam tomadas o mais rápido possível para a execução da obra. “Com exceção de alguns processos burocráticos normais, estamos focados em agilizar os procedimentos”, disse. Segundo ele, até o fim do ano a presença dos militares para a obra será mais constante, no entanto, a obra em si tem início previsto para março de 2020. “Existe um período chuvoso que é considerado no cronograma”, explicou.

A visita também contou com o diretor do aeroporto, Juliano Domingos e com José Elias Moreira, assessor especial da prefeita, e um dos encarregados de conduzir, no âmbito da Prefeitura, as ações com o Exército pelas obras de reforma e ampliação do terminal.

Comentário

A ex-administradora geral do Hospital Santa Rita em Dourados, Maria Izabel de Aguiar, foi designada pela prefeita Délia Razuk para desempenhar a função de Coordenadora Geral no processo de intervenção decretado a partir do afastamento de toda a diretoria da Funsaud, a Fundação de Serviços de Saúde do Município.

Decreto publicado na edição desta quinta-feira (13) do Diário Oficial do Município, anunciando as razões para a intervenção, justifica que o ato se dá pela necessidade de saneamento da gestão administrativa hospitalar (do Hospital da Vida) e da UPA 24horas, visando a regularização, readequação, reorganização e reestruturação, bem como elaboração de um plano de recuperação da gestão, dos direitos e obrigações constituídas pela Fundação e cumprimento das obrigações financeiras com servidores do Hospital da Vida e da UPA e fornecedores.

Segundo o decreto, assinado pela prefeita Délia Razuk e o procurador-geral do Município, Sergio Henrique Martins de Araújo, a secretária municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado de Souza será a interventora da Fundação de Serviços de Saúde de Dourados, “sem acúmulo de remuneração”. O diretor-presidente exonerado, Daniel Fernandes Rosa, tinha um salário estimado em R$ 12,5 mil, de acordo com o Portal da Transparência, que agora será repassado à nova coordenadora geral.

O decreto passa a valer a partir de hoje e pelos próximos seis meses confere poderes a Berenice e Maria Izabel para responderem pelas movimentações financeiras, administrativas e operacionais da fundação, incluindo a estão do Hospital da Vida e da UPA, com a contratação, demissão, regularização salarial e aquisições que se fizerem necessárias ao funcionamento dos serviços.

Comentário

A Polícia Militar de Dourados apreendeu, no final da manhã desta quinta-feira (13), um veículo com as características do que fora apresentado como envolvido no atentado que resultou na morte de Anderson Martins dos Reis, de 33 anos, o Dê, ocorrido na noite desta quarta (12), em Itaporã, e com essa abordagem identificou quatro envolvidos no crime.

Policiais militares da ALI (a Agencia local de inteligência) do 3º. Batalhão da PM de Dourados se deslocavam para Itaporã pela MS 156 quando se depararam com o veículo que poderia estar dando fuga aos suspeitos da morte do rapaz que foi ferido com tiros de revólver e golpes de faca na presença da mãe dele, dentro da casa onde morava na cidade vizinha.

O caso ocorreu na noite dessa quarta-feira(12), onde os policiais receberam informações de que um veículo GM Celta de cor preta teria dado fuga aos acusados do homicídio em Itaporã, sendo acompanhado de forma velada até uma residência na rua Palmeiras em Dourados.

Os policiais da Força Tática da PM foram acionados para dar suporte a ação, e ajudaram a deter sete pessoas e a apreender um revólver calibre 38 e uma faca, provavelmente as armas que foram utilizadas no crime, a bordo do Celta de cor preta onde também foi encontrada uma calça jeans manchada de sangue. Quatro das sete as pessoas detidas foram autuadas pelo crime de homicídio, informa a assessoria da PM.

Comentário

Com saldo positivo de 466 vagas, o município de Dourados assegurou o primeiro lugar na geração de empregos no mês de abril de 2019, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego, divulgado nesta semana.

Conforme o Caged, em abril de 2019 Dourados ficou com saldo positivo de 466 empregos, resultado de 2.411 admissões contra 1.946 desligamentos.

A evolução do emprego formal nos principais municípios do Estado, com mais de 30 mil habitantes, revela que Dourados foi o que obteve melhor desempenho naquele mês. O setor de serviços foi o que registrou melhor desempenho, e a função que apresentou melhor índice de contratação foi a de alimentador de linha de produção. Foram 271 admissões contra 89 demissões.

A função de repositor de mercadorias registrou 88 admissões e 38 demissões. Outras funções com saldo positivo foram as de operador de caixa (85 admissões e 58 demissões), faxineiro (82 e 61) e recepcionista (59 admissões e 28 demissões).

Na opinião da prefeita Délia Razuk, é um resultado altamente positivo, considerando que o país vive ainda um momento de transição política, de novos tempos nos campos econômico e social. “Para nós é sim motivo de comemoração, saber que nosso município, pelo seu potencial, continua despertando interesse de grandes empreendedores, e, com isso, oportunizando a abertura de novas empresas e em consequência gerando novos postos de trabalho”, disse.

MS também lidera

Ao todo foram criados em Mato Grosso do Sul, em abril, 21.953 novos postos de trabalho, contra 19.292 demissões, saldo positivo de 2.661 vagas com carteira assinada, expansão de 0,52% em relação ao mês anterior.

Mato Grosso do Sul é o Estado brasileiro com melhor saldo positivo de emprego no período de janeiro a abril/2019. Foram 93.501 admitidos contra 80.144 desligados, ou seja, saldo de 13.357, variação positiva de 2,65% em relação a período anterior.

O setor de atividade econômica com melhor saldo foi o de Serviços, com 1.250 postos de trabalho, seguido pelo de Indústria de Transformação com 562, Agropecuária com 445, Comércio com 363, Construção Civil com 29, Serviços Industriais de Utilidade Pública com 13 e Extrativa Mineral com uma vaga. Somente o setor de Administração Pública apresentou saldo negativo de dois postos de trabalho.

Comentário

O diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, para esta quinta-feira (13) entregando e vistoriando obras do Sistema de Esgotamento Sanitário em Naviraí, onde há expressivos investimentos na área de saneamento. Ele também assinou nova ordem de serviço que irá melhorar o Sistema de Abastecimento de Água do município.

Ao todo, são R$ 16.198.106,51 milhões em obras realizadas com recursos da própria empresa e do governo federal (via Funasa), anunciou o presidente ao entregar 5.541 metros de rede coletora de esgoto e 216 ligações domiciliares de esgoto, com investimentos de quase R$ 700 mil também em recursos do Governo Federal e próprios.

Walter Carneiro Junior também vistoria outras obras de esgotamento que começaram recentemente. São mais 86.266 metros de rede coletora de esgoto e 5.766 novas ligações domiciliares. Além disso, os recursos contemplam três estações elevatórias, 2.173 metros de linha de recalque e melhorias na ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), perfazendo mais de R$ 15.3 milhões em recursos provenientes da própria Sanesul por meio do programa Avançar Cidades.

Ordem de serviço

Além da visita às obras, o diretor-presidente assina ordem de serviço para perfuração de um poço tubular profundo, o NAV-025, com previsão de uma vazão de 50 m³ e profundidade de 150 metros. O valor deste investimento é de R$ 168 mil em recursos provenientes da própria empresa.

Para operar com qualidade e precisão, a Sanesul investe em bons equipamentos e maquinários. Em Naviraí, R$ 593.315,68 mil foram utilizados na aquisição de retroescavadeiras, veículos utilitários, motocicletas, máquina de cortar asfalto, entre outros.

Na atual gestão do governo do estado, o município possui uma conta de investimentos (concluídos, em execução e a executar) de R$ 33,3 milhões (R$ 28,6 milhões são de recursos próprios da Sanesul) que estarão integralmente aplicados nos sistemas de água e esgoto. O restante é recurso proveniente do Governo Federal.

Comentário

O Brasil voltará a exportar carne bovina para a China. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, acaba de receber a boa notícia de autoridades chinesas, como revelou ao blog da jornalista Natuza Nery, no portal G1. “Os embarques devem ser retomados imediatamente; estamos aguardando os detalhes”, disse a ministra.

O governo brasileiro havia suspendido os embarques de carne bovina para a China depois da descoberta de um caso atípico de Encefalopatia Espongiforme Bovina, a chamada doença da vaca louca, no Mato Grosso. A vaca foi abatida e os produtos derivados do animal foram apreendidos.

O caso não altera a classificação de risco do Brasil para a doença, que continua insignificante, segundo o ministério. O Brasil, entretanto, tem um protocolo com a China que exige a suspensão imediata de embarques caso um episódio dessa natureza seja detectado. Após a suspensão, o governo brasileiro enviou uma série de documentos ao país asiático que, nesta quinta-feira (13), concordou em retomar as importações, conforme revela o blog.

A China é principal mercado para carne do Brasil em faturamento e o segundo em volume (atrás somente de Hong Kong), segundo a Abiec (a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne). Em 2018, os embarques para o país asiático somaram 322,4 mil toneladas e US$ 1,49 bilhão. Os números representam alta de 52,54% e 60,04%, respectivamente, em relação a 2017.

Comentário

Os acadêmicos do 1º semestre de Nutrição da Unigranfizeram uma visita técnica à Unidade de Alimentação e Produção do Hospital Evangélico Dr. e Sra. Goldsby King, em Dourados. A visita foi coordenada pela professora Juliana Barros de Almeida e possibilitou aos estudantes conhecerem in loco a dinâmica de funcionamento de uma unidade de produção de refeições coletivas.

A coordenadora do Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital, nutricionista Celina Mizuno Prado, conduziu os acadêmicos na visita guiada pelas instalações físicas da Unidade de Alimentação e Nutrição. O trabalho da equipe é feito com atendimento de convênios, particulares e do SUS (Sistema Único de Saúde), para a especialidade de cardiologia, com aproximadamente 217 leitos ativos, nos quais os pacientes são atendidos com seis refeições diárias, já os acompanhantes com três refeições, além da parte do refeitório, que atende os funcionários.

Conforme Celina, o trabalho do nutricionista em um hospital visa a redução do tempo de internação e a melhora do quadro do paciente. “Trabalhamos diretamente com terapia nutricional de cada paciente com o tipo de dieta que ele necessita, de acordo com cada patologia específica. Com isso, buscamos diminuir o tempo de internação, em contrapartida com a recuperação mais rápida e melhora do quadro do paciente”, garante.

A Unidade de Alimentação possui dois manuais de boas práticas: da cozinha e da terapia nutricional, que foram elaborados pelas nutricionistas que trabalham no hospital e são atualizados todos os anos. “Em toda manipulação de alimentos há a necessidade de boas práticas e isso conseguimos desenvolver através dos manuais. Todo funcionário, com o manual, tem conhecimento de todos os procedimentos que precisam ser tomados, como por exemplo, saber como fazer a higienização correta, como cortar determinado alimento, a temperatura e qualidade do alimento, todas as etapas, desde o recebimento até a entrega”, menciona a coordenadora.

A nutricionista ressalta, ainda, a importância do aspecto do alimento, por ser uma maneira de despertar a vontade do paciente ou do funcionário de se alimentar. “Esse é um cuidado que temos durante a apresentação da refeição”, afirma.

Recentemente, o Hospital Evangélico de Dourados recebeu um selo de qualidade, por atender todos os requisitos de boas práticas na manipulação de alimentos, obedecendo à sistemática do Programa Senac de Segurança Alimentar – o PSSA, o qual garante que todo alimento que sai da cozinha tem procedência e 100% de qualidade.

Para Celina, também egressa da Unigran, foi uma grande satisfação receber os acadêmicos. “Essa visita é importante para que os estudantes tenham conhecimento dos locais onde a nutrição pode estar e o que pode proporcionar, não só na parte teórica, mas na parte prática”, enfatiza.

Os estudantes conheceram o estoque, as áreas de recebimento e de triagem, a parte de técnica dietética, de porcionamento e de cocção, refeitório, além das áreas de distribuição de refeição dos funcionários e de distribuição de refeição para os pacientes.

A acadêmica Caroline Santos da Silva considera que a visita foi muito proveitosa. “Foi muito interessante a forma que a coordenadora nos explicou tudo, nos mostrou os setores, a cozinha é muito limpa e abriu um pouco a minha mente sobre o que nutricionista faz em uma Unidade dessas”, cita.

Outro fator que chamou a atenção da aluna foi como fornecem as refeições. “Eles perguntam aos pacientes se estão gostando, têm todo um cuidado, achei muito bonito. Ver o amor com que trabalham, a organização que têm, além dos manuais de boas práticas, os procedimentos operacionais padronizados, é bom vermos na prática o que a professora já falou na teoria, além de aprendermos um pouco sobre a parte da Clínica das Dietas Enterais. A visita contribuiu bastante em nossa formação acadêmica”, finaliza Caroline.

Comentário

As meninas do Brasil voltam a campo, ao meio-dia (de MS) desta quinta-feira (13), com a expectativa de conquistar a segunda vitória e tentar uma classificação antecipada para as oitavas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino, informa a Agência Brasil de notícias.

Se ganhar, o Brasil quebra um jejum de cinco jogos sem vencer a Austrália. A última vitória brasileira foi nas Olimpíadas do Rio (2016), quando as australianas foram eliminadas nos pênaltis. A goleira Bárbara defendeu duas cobranças e garantiu a classificação para a semi-final.

A Austrália foi a carrasca do Brasil na última Copa. Em 2015, as “matildas” eliminaram as brasileiras prematuramente, nas quartas de final. As seleções já se enfrentaram 18 vezes. As australianas venceram nove jogos, sendo um deles com a goleada de 6 a 1. As brasileiras ganharam oito vezes. E o outro jogo terminou empatado.

Comentário

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.159 da Mega-Sena realizado nesta quarta (12) em São Paulo. O prêmio acumulou em R$ 115 milhões para sábado (15), segundo a Caixa Econômica.

Veja as dezenas sorteadas: 14 - 26 - 35 - 38 - 45 - 53.

A quina teve 170 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 27.678,48. Outros 9.781 apostadores acertaram a quadra, que vai pagar R$ 687,24 para cada um.

Comentário

Página 12 de 1342

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • PMRV

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus