Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O Governo do Estado liberou esta semana, por meio da Agesul (Agência estadual de Empreendimentos), a autorização para a Prefeitura de Dourados iniciar as obras de recuperação da avenida Presidente Vargas. Após análise do orçamento do Plano de Trabalho, a agência liberou, nesta semana, o início dos serviços do convênio que conta com R$ 871 mil de recursos do Fundersul, o Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul.

A parceria prevê, como parte da primeira etapa, a execução de serviços de infraestrutura para reconstrução da macrodenagem de transposição do Córrego Laranja Doce. A previsão de conclusão é de 90 dias a contar da data de início da ordem de serviço, a ser dada pela Prefeitura.

“A Agesul tem tratado com máxima urgência todos os processos referentes a esta obra para que a Prefeitura possa executar, o mais rápido possível, a reconstrução deste trecho”, destacou o secretário adjunto da Seinfra (Secretaria estadual de Infraestrutura) e diretor presidente da Agesul, Luis Roberto Martins de Araújo.

Acesso

Com o fechamento da avenida Presidente Vargas todo o trânsito que liga a cidade com a rodovia MS 156 (que demanda a Itaporã, Maracaju e dá acesso à capital do Estado) foi desviado sobrecarregando o trânsito de vias auxiliares, como a Hayel Bon Faker. A avenida foi interditada em 2 abril, após o desmoronamento subterrâneo da antiga tubulação de água por onde passa o Córrego Laranja Doce, devido às fortes chuvas. A restauração da avenida foi viabilizada por meio de convênio com o Governo do Estado assinado na segunda quinzena de maio.

Comentário

A PAI (Policlínica de Atendimento Infantil) está realizando, em média, 40 exames de eletroencefalografia por mês em Dourados, anuncia a Secretaria municipal de Saúde. O aparelho chegou ao final do ano passado e durante os meses de dezembro e janeiro foram instalados, enquanto os profissionais recebiam treinamento especializado para dar início ao atendimento dos pacientes que aguardavam pelo procedimento.

O equipamento, conseguido por intermédio do MPT (Ministério Público do Trabalho) ampliou os focos de atendimento na Policlínica. De acordo com a responsável e coordenadora técnica Marina Rodrigues dos Santos Kupfer, cada exame demora por volta de uma hora e meia.

“Fazemos em média 40 atendimentos. Cada um deles leva pelo menos uma hora e meia, sendo executado dentro dos melhores padrões. Nosso principal foco é a qualidade do trabalho desenvolvido, com total segurança”, afirmou Marina Kupfer, ao receber a prefeita Délia Razuk que foi conferir os serviços realizados na PAI.

Por sua vez, Valéria Milan Mattos, coordenadora administrativa da Policlínica, explica que “o atendimento tem sido rápido e estamos conseguindo priorizar os diagnósticos mais graves. Assim estamos conseguindo atender a demanda, dentro das nossas possibilidades, sempre buscando dar prioridade aos casos mais urgentes”.

Outras especialidades

O público infantil recebe ainda outros atendimentos na Policlínica. Incluindo a eletroencefalografia, existem outras 12 especialidades. Todas elas vêm apresentando bons resultados no atendimento às crianças na faixa etária de zero a 15 anos.

Os números mensais apresentados pelo Município indicam: Fonoaudiologia, 424; Psicologia, 528; Pediatria, 320; Pneumologia, 32; Alergo/imunologia, 481; Ortopedia, 48; Homeopatia, 160; Dermatologia, 88; Enfermagem, 580; Odontopediatria, 2.500; Psiquiatria, 256; e Neuropediatria, 240.

Comentário

O vereador Marcelo Mourão (PRP) solicitou, através de indicação à Mesa Diretora, que a Câmara de Dourados realize sessões itinerantes ao menos uma vez a cada 30 dias. “Vereador não pode temer o encontro com as pessoas de seu município”, destacou na tribuna da Câmara ao defender a proposta.

Segundo o parlamentar, a indicação objetiva levar os legisladores ao encontro do cidadão onde ele está, ou onde ele estiver. Sindicatos, associações de moradores, clubes de serviços são algumas das referências que se aplicam a essa ideia e onde os parlamentares poderiam debater e votar assuntos de interesse do município, justifica o vereador.

“Minha sugestão é que se contate entidades devidamente constituídas e se faça um convite a elas para que se mobilizem e ajudem o engajamento da participação popular”, defendeu o autor da proposta.

Na justificativa, Marcelo destacou que com planejamento poder-se-ia inclusive garantir a transmissão ao vivo pela internet e a Câmara, com suas respectivas pautas, ficaria ainda mais perto das pessoas e do enfrentamento das demandadas mais pontuais.

“Igrejas e até empresas privadas poderiam ser convidadas a realizar uma sessão em seus respectivos espaços. Por que não?”, justificou o vereador. A proposta está protocolada na Casa de Leis e deve ser apreciada pela Mesa Diretora nos próximos dias. (Da assessoria)

Comentário

Os corpos de duas pessoas assassinadas com golpes de facão foram encontrados no começo da manhã deste sábado (15) na estrada do Brejinho, nas proximidades do Hospital da Missão Evangélica Caiuá, na região da Reserva Indígena de Dourados.

As vítimas foram identificadas como Josias da Silva Machado, de 48 anos e Pedro Morales Filho, de 19 anos, o Pedrinho. Os dois corpos estavam próximos um do outro e as primeiras informações são de que eles teriam se envolvido em uma briga com outras três pessoas da comunidade.

Peritos da Policia Civil se deslocaram para o local juntamente com policiais militares onde, com a ajuda de lideranças indígenas, fazem buscas pela aldeia na tentativa de localizar os suspeitos dos crimes. Os policiais também investigam as causas dos cinco casos de mortes ocorridos nos últimos dias envolvendo indígenas.

Comentário

Jorge da Silva Pires, de 58 anos, morreu na noite desta sexta-feira (14), após colidir a caminhonete Hilux com um caminhão carregado com cerveja na rodovia MS 157, em Itaporã. Jorge foi secretário de Desenvolvimento Rural de Nioaque, em 2013. Ele teria perdido o controle da direção da caminhonete em uma curva e invadiu a pista contrária, segundo publica o site Campo Grande News.

De acordo com informações da equipe de resgate, com o impacto da batida, a Hilux parou a cerca de 82 metros do local da colisão. O motorista do caminhão não teve ferimentos. No local do acidente, garrafas de vidro ficaram espalhadas na pista.

Comentário

Um grupo de executivos do setor energético assinou termo de compromisso no Vaticano reconhecendo a necessidade de conter o aquecimento global e minimizar suas consequências. Em comunicado publicado nesta sexta-feira (14) pela Santa Sé, eles dizem que é preciso "manter o aquecimento global abaixo de 2º C, e, contudo, ainda avançar na prosperidade humana e econômica".

Entre os CEOs estavam representantes de gigantes como Eni, Exxon, Total, Repsol, BP, Shell, Sinopec, ConocoPhillips, Equinor e Chevron.
Além disso, representantes das gigantes do setor energético reconheceram que são necessárias "mudanças radicais em todos os níveis" para realizar uma transição que envolva o "apoio dos mercados na adoção de combustíveis renováveis como fonte de energia".

Reunidos em um congresso de dois dias organizado pelo Vaticano, os executivos refletiram sobre como realizar a transição energética para fontes mais limpas, o que inclui o tema da precificação do carbono. Os signatários do documento concordam com o estabelecimento de regimes de precificação do carbono, seja com base em taxas, mecanismos de trocas ou outras medidas de mercado. Eles avaliam que esses instrumentos devem ser criados pelos governos, de forma a incentivar os investimentos, a pesquisa e o consumo sustentáveis.

O encontro a portas fechadas foi o segundo do tipo na Academia de Ciências do Vaticano. O primeiro foi em 2018 e teve ampla repercussão internacional. Além de executivos do setor, estiveram presentes estudiosos, representantes do setor financeiro e de tecnologia, conforme repercutiu o portal G1.

Comentário

O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), decretou a “absolvição imprópria” de Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada no presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018. Com a decisão, a prisão preventiva foi convertida em medida cautelar de internação provisória, mas Adélio continuará no Presídio Federal de Campo Grande, onde terá acompanhamento psiquiátrico.

A decisão respeita análise do próprio juiz de que Adélio é inimputável, por ser portador de transtorno delirante persistente, uma doença mental que o impede de ser condenado. A condição consta em pareceres médicos da defesa e dos peritos indicados pela acusação e a permanência no Presídio Federal da capital do Estado se dará até que seja verificada o fim da periculosidade, a ser atestada em três anos por meio de perícia médica.

Na decisão, o juiz destacou que, embora Adélio tenha tido uma conduta “típica e antijurídica”, não pode ser punida por não ser juridicamente reprovável, diante de doença mental que lhe suprimiu a capacidade de compreender o caráter ilícito do fato.

Adélio foi denunciado por "atentado pessoal por inconformismo público", como prevê a Lei de Segurança Nacional, com pena que chegaria a 20 anos se não fosse o transtorno.

Comentário

O deputado Renato Câmara (MDB) ocupou a tribuna esta semana para destacar que o Brasil está na posição 103 dos países mais violentos do mundo, sendo mais violento que países como o Haiti. O deputado frisou que 23% de toda violência é praticada contra idosos.

Renato Câmara, que é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, repercutiu o evento de lançamento da Campanha Junho Prata, realizado na Assemaleia e alertou que daqui 15 anos o estado de Mato Grosso do Sul será considerado idoso, com a maior parte da população com 60 anos ou mais. O deputado afirmou que é necessário proteger os idosos de todo tipo de violência, inclusive a solidão e o desamparo, o abandono da família e da sociedade.

“O idoso muitas vezes fica esquecido, num canto da casa. Dados apontam que 52% da violência praticada contra idosos é de parente de primeiro grau. Ele fica constrangido em denunciar. O debate é complexo e precisa ser ampliado”, destacou Renato Câmara.

Líder do governo do Estado, o deputado Barbosinha (DEM) parabenizou o deputado Renato pela fala e pelos projetos desenvolvidos em prol da proteção dos idosos. “No momento em que estamos vivendo na pressa, correria, a geração não se prepara para cuidar do idoso. E esse cuidado passa a ser uma exceção e não uma regra”, criticou o parlamentar. “Precisamos envolver o Executivo, fazer um lançamento com a presença do governador Reinaldo Azambuja, sua esposa Fátima, com a presença de idosos que representam a Frente parlamentar também. É fundamental para abrimos um canal de comunicação”, idealizou o deputado.

Em aparte, o deputado estadual Evander Vendramini (PP) comentou que é necessário combater os golpes aplicados aos idosos, quando se aproveitam do estado de vulnerabilidade da pessoa. Ele citou o projeto de lei que criou, proibindo que instituições financeiras ofereçam ou celebrem, via comunicação telefônica, com aposentados ou pensionistas todo e qualquer tipo de contrato, serviços ou produtos na modalidade de consignação. Fica proibido o desconto em aposentadoria, pensão, pecúlio, poupança ou conta-corrente do contratante para empréstimos, financiamentos, arrendamentos e qualquer outro tipo de operação que tenha natureza de crédito.

O deputado Professor Rinaldo (PSDB) concordou com os pares e afirmou que “o Brasil é o país da discriminação”. Disse o deputado: “Nós discriminamos os negros, os pobres, os índios, os evangélicos, os idosos. Tratam os idosos como um material descartável apesar do que está dentro do Estatuto. Precisamos lutar contra isso”, disse o parlamentar.

Comentário

O Bazar de Amor, realização da Unigran Decor, juntamente com a Associação de Apoiadores do Hospital de Amor, em parceria com a Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), Associação Leilodom e a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais e o apoio de mais de 50 empresários, dezenas de colaboradores voluntários e diversas instituições do município, arrecadou quase R$ 200 mil.

Foram disponibilizadas mais de 15 mil peças para venda, distribuídas nos setores masculino, feminino, infantil, calçados, acessórios, livros e utensílios para casa. Os apoiadores da AAHamor trabalharam mais de trinta dias com lojistas para arrecadar as doações, realizando a organização do leilão virtual e do bazar.

A arrecadação, entre o Leilão Virtual, que ocorreu entre os dias 30 de maio e 7 de junho, e o bazar ocorrido nos dias 10 e 11, no salão de eventos da Unigran, alcançou o valor total líquido de R$ 199.775,23, que será revertido para a Unidade Avançada de Prevenção de Câncer do Hospital de Amor de Dourados, em fase de preparativos para implantação no município.

Anteriormente conhecido como Hospital de Câncer de Barretos, hoje o Hospital de Amor é uma importante instituição que atua em todo País, na prevenção e no tratamento, pesquisa e educação no setor de oncologia, sendo esta unidade uma extensão da instituição no Município. A previsão é que ainda este ano o Hospital inicie seu atendimento, vindo ao encontro dos anseios da população, com um relevante trabalho no diagnóstico precoce do câncer, principalmente, da mama e do colo do útero.

Comentário

Inserida no Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo, a Festa Junina de Dourados inicia nesta sexta-feira (14), com várias atrações, a 42ª edição do evento que é organizado por meio da Secretaria municipal de Cultura, e realização do grupo Sucata Cultural.

Esta semana, o secretário de Cultura Jorge Augusto ‘Peu’ Lopes acertou com o comando da Guarda Municipal a estrutura de segurança no local da festa, a Praça Antônio João, onde a programação segue até domingo (16), no centro da cidade.

A abertura oficial será às 20 horas desta sexta-feira, com a apresentação das finais do Fecad (Festival Estudantil de Canção e Dança de Dourados). A dupla Lu & Raphael se apresenta no palco a partir das 22h30. Ainda nesta sexta-feira, funcionarão no local a praça de alimentação, vendedores ambulantes e food trucks.

No sábado (15), a programação inicia também a partir das 20 horas, com a apresentação do concurso de Quadrilhas Juninas, que este ano terá 12 instituições participantes em várias categorias e com dois shows na sequência, Guilherme Constan, às 21h30, e a dupla Paulo & Jean, a partir de 23 horas.

No domingo, a diversão para a criançada inicia já às 13 horas, com a abertura do Parque de Diversões, com entrada gratuita. Às 20 horas ocorre a finali das apresentações do Concurso de Quadrilhas Juninas, seguida da premiação e às 21 horas inicia o show com a cantora Ana Karla e, às 22h30, o show de Paolla.

O apoio para a realização da Festa Junina é da TV MS Record e rádio Cidade FM 101, do refrigerante Conti Cola, da cerveja Zero Grau, do Hotel Bahamas e da pizzaria Universitária. Toda a estrutura da Administração está mobilizada em apoio à tradicional festa.

Comentário

Página 11 de 1342

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • PMRV

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus