Timber by EMSIEN-3 LTD
Sábado, 09 Novembro 2019 09:22

Festival de Judô destaca Clube Indaiá no esporte de MS Destaque

Escrito por
Festival promove a integração, estimula os iniciantes e projeta ainda mais os destaques do clube Festival promove a integração, estimula os iniciantes e projeta ainda mais os destaques do clube Assessoria

A edição do Festival de Judô realizado terça-feira (5) pelo Clube Indaiá, no Ginásio Poliesportivo ‘Jairo de Quadros', e que reuniu cerca de 200 atletas, projetou ainda mais o clube, no anual do Departamento de Esportes que visa a estimular adeptos dessa prática esportiva, especialmente as crianças em fase escolar, com atividades lúdicas e também de competição saudável.

A delegação do Clube Indaiá foi formada por atletas associados e os do Projeto Judoquinha, referência nacional de projeto social de Judô na instituição. Pais, familiares e amigos também compareceram em peso e prestigiaram todo o evento, garantindo o apoio e o incentivo aos atletas, que deram um show de empenho e dedicação.

O presidente do Indaiá, Gerson Frantz, comemorou o sucesso da edição. "É com grande alegria que o Clube Indaiá recebe tantos atletas e familiares para o Festival de Judô, que é um dos mais importantes para a modalidade na região. A prática do Judô tem aumentado entre as crianças porque ajuda a aumentar suas capacidades físicas e psíquicas e imprimem valores importantes como o companheirismo e o respeito pelos demais. Por isso, investimos no Judô e mantemos o nosso Projeto Judoquinha há 12 anos, que muito tem nos orgulhado com excelentes resultados", falou.

O coordenador do Departamento de Esportes, Zé Maria Luna, lembrou do que é mais importante em competições esportivas, principalmente com crianças. "Devemos ter alguns cuidados na prática, não só desta modalidade esportiva, mas de todas, com a competição precoce. O objetivo maior nesta idade é incentivar e fazer com que a criança tome gosto com atividade física e a modalidade. Por isso, é importante que ela participe de torneios e festivais, porém, os pais e professores não devem incentivar a rivalidade nem cobrar demais o desempenho deles. O incentivo após a competição é mais importante que o próprio resultado", receitou.

Além dos atletas do Clube Indaiá, o evento recebeu representantes do Clube Sakurá de Judô, Colégio Ceart e das Escolas Municipais Bernardina Correa de Almeida, Professora Avani Cargnelutti Fehlauer e Prefeito Luiz Antônio Alvares Gonçalves. Além do presidente do Clube Indaiá, também participaram da cerimônia de abertura do Festival o presidente do Conselho Deliberativo Aroldo Souza Silva, o 2º tesoureiro da Diretoria Executiva Rodrigo Hinterholtz e o assessor de Esportes Cristiano Stefanello da Silva, o idealizador do Projeto Judoquinha e responsável técnico pelo Judô no Clube.

Judoquinha

Com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento social do município e ampliar o acesso ao Judô, o Clube Indaiá mantém desde 2007 o Projeto Judoquinha, que atende cerca de trinta atletas dos 11 aos 30 anos. A iniciativa foi do atual assessor de Esportes do Clube, Cristiano Stefanello da Silva e, desde então, vem contribuindo com o fortalecimento da modalidade em Dourados, garantindo também a formação de atletas de alto nível que vêm se destacando em competições regionais e nacionais.

Entre as revelações desse projeto, estão Vinícius Farias, campeão brasileiro em 2009, Letícia Neves, terceira colocada no Brasileiro etapa Centro-Oeste, Karen Ramos, também terceiro lugar no Brasileiro, Bárbara Ayumi, campeã também na etapa Centro-Oeste do Brasileiro, além de diversos atletas promissores que vêm crescendo no Judô, como Talisson Silva, Marcos Gabriel e outros.

Ainda, o Clube conta com os atletas Vitor Manfré e João Henrique Viana, oriundos do Projeto Judoquinha, que são candidatos ni-dan, ao segundo grau de faixa preta. Hoje João também é professor do projeto. Um dos maiores destaques é a atleta Camila Gebara, que iniciou no Judô aos 4 anos no Clube Indaiá, onde permaneceu até os 11 e hoje é referência nacional e internacional, colecionando dezenas de títulos.

Vice-campeã mundial e campeã brasileira são dois dos títulos mais importantes para a consagrada carreira da judoca, que já teve vitórias em todas as categorias que passou, desde o sub-13, sub-15 sub-17 e agora com o sub-20. Além do Brasileiro, Camila já possui 12 medalhas Internacionais entre pan e sulamericanos e disputas na Europa. É a judoca mais premiada de Mato Grosso do Sul.

Brasileirão - Rodada

Classificação

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus