Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Esposas e mães de internos que cumprem penas na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) estão prometendo acionar o MPE (Ministério Público Estadual) para relatar situações de tortura e maus tratos que teriam sido praticados contra os presos durante a realização da operação pente-fino, conduzida por agentes do Choque da Polícia Militar de Campo Grande.

Segundo o relato, essas mulheres foram na quarta-feira (18) até o local, após tomarem conhecimento de que estava sendo feita grande mobilização em busca de armas, drogas e munições em poder dos presos. Elas receberam informações, e obtiveram inclusive imagens produzidas com o uso de equipamentos eletrônicos, de que o Choque chegou a usar de violência contra internos.

Na manhã desta quinta-feira (19), a jornalista Lia Nogueira comentou, durante participação no boletim informativo da rádio FM101, que diante da gravidade dessas denúncias será preciso, realmente, um acompanhamento muito rígido das autoridades no sentido de apurar a veracidade das informações coletadas por esse pessoal, que visitou parentes na PED no dia da revista geral.

Comentário

O Palmeiras não mede esforços nem dinheiro para tentar provar que houve interferência externa na arbitragem da final do Campeonato Paulista, vencida pelo Corinthians. A começar pela contratação dos serviços de uma das maiores empresas de investigação privada no mundo.

Com auxílio da Kroll, empresa que tem sede nos Estados Unidos e escritórios em 30 países diferentes, o clube espera reunir provas de que o quinteto de arbitragem recebeu informações de fora – o que é proibido – para rever a decisão de uma marcação de pênalti a seu favor, publica o Globoesporte.com.

Na semana passada, o Palmeiras divulgou imagens nas quais é possível ver o diretor de arbitragem da FPF (Federação Paulista de Futebol), Dionísio Roberto Domingos, aproximar-se duas vezes de um dos árbitros assistentes na linha lateral, enquanto o árbitro principal estava dentro do campo e se mostrava indeciso quanto à própria marcação.

Com base nesse vídeo, o departamento jurídico palmeirense entrou com pedido de instauração de inquérito no TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) paulista. Por isso, o quinteto, o diretor de arbitragem e o delegado daquela partida foram convocados e prestaram depoimento na última terça-feira. A sessão foi acompanhada presencialmente por pelo menos dois funcionários da Kroll, segundo a publicação.

Requerente do processo no TJD-SP, o Palmeiras também investiu na equipe jurídica. Quem representou o clube foi José Luis Oliveira Lima, conhecido como Juca, um dos principais advogados criminalistas do país, em cujo currículo constam atuações para figuras como José Dirceu e J. Hawilla, ex-presidente da Traffic e pivô do escândalo de corrupção na Fifa.

Durante a sessão, além do assistente Daniel Kignel, que integra seu escritório, Juca contou com auxílio de dois advogados que geralmente defendem o Palmeiras: Américo Espallargas e Alexandre Miranda. Além disso, segundo ainda a reportagem do Globoesporte.com, a Kroll é uma das maiores empresas de investigação privada do mundo.

Comentário

O Governo do Estado realiza investimentos que ultrapassam meio bilhão de reais em Dourados. São R$ 527,2 milhões empregados nos atendimentos em saúde, educação, segurança, habitação e em recursos para infraestrutura que transformaram a cidade em um grande canteiro de obras.

Desde o início deste ano, pelo menos dez frentes de melhorias urbanas são executadas simultaneamente pela gestão estadual. As mais emblemáticas delas estão em andamento, com a revitalização do quadrilátero formado pelas principais avenidas. Após o período de chuvas, as obras seguem em ritmo acelerado com execução à frente do cronograma pactuado com as empresas.

Segundo a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), na avenida Weimar Torres o percentual de execução está acima de 29%, quando o previsto era 27.66%. Já na Joaquim Teixeira, na qual a previsão era de 16,67% de conclusão, os trabalhos no início deste mês de abril já superaram os 30% executados. Na avenida Marcelino Pires, onde o previsto era 13,88% o percentual de execução no mesmo período é de 16%.

Nessas três avenidas, equipes trabalham primeiro corrigindo os desníveis no pavimento atual com o serviço de tapa-buraco. Conforme a Agesul, o acerto da base é feito para aumentar a durabilidade do recapeamento. Na sequência é realizado o pavimento rígido de concreto nos locais onde há pontos de ônibus, como ocorre na Marcelino Pires onde o trabalho é diferenciado justamente por se tratar de um corredor de transporte coletivo. O trabalho é executado em parceria com a Agetran de Dourados. Somente após a conclusão dessas etapas é que o asfalto novo será colocado nas avenidas.

“Todo mundo que entra em Dourados passa pela avenida Marcelino Pires e ela também é de suma importância para a atividade comercial da cidade. O recapeamento é algo aguardado há muito tempo pelos comerciantes e por toda a população, é uma obra muito importante”, comenta o empresário Nelson Eduardo Brant.

“O recapeamento da Marcelino Pires é de suma importância não só para o comércio e sim para toda Dourados. A avenida é uma via de acesso da entrada da cidade, é o nosso cartão de visita. E Dourados é uma cidade polo que integra 33 municípios. É uma iniciativa que nós precisamos muito e há muito tempo estávamos esperando por essa ação”, completa o empresário Laércio Pereira.

Comentário

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), classificou como xenófobas as críticas da senadora Ana Amélia (PP-RS) ao vídeo que gravou para a rede de televisão Al Jazeera. Ana Amélia afirmou que Gleisi poderia ter violado a Lei de Segurança Nacional por supostamente ter provocado "atos de hostilidade" contra o Brasil ao pedir apoio para a campanha de libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na emissora árabe.

O artigo oitavo da Lei de Segurança Nacional diz que seria crime "entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil".

No plenário, Ana Amélia fez duras críticas ao vídeo da petista, que classificou como grave, e disse que "espera que essa convocação não seja um pedido para o Exército islâmico [o grupo extremista EI] atuar no Brasil". "Essa hostilidade pode estar entendida aí exatamente aquilo que a gente suspeita que possa ter sido o objetivo dessa manifestação publicada nesta semana pela TV Al Jazeera, com sede no Catar e com grande repercussão e influência no mundo árabe", insinuou a senadora gaúcha.

Pelo Twitter, e depois em discurso no plenário, Gleisi reforçou que deu entrevistas praticamente idênticas para redes de televisão de países como França, Inglaterra e Espanha, porém apenas a emissora árabe gerou reações negativas por parte de Ana Amélia. "O incômodo dessa senadora do Rio Grande do Sul não foi com o conteúdo da minha fala, e sim a emissora com quem falei", disse.

A presidente do PT disse ainda que a indignação de Ana Amélia representa um "desvio de caráter", fruto de "ignorância, xenofobia e má-fé" com o povo árabe. "Essa mesma senadora incentivou violência contra caravana de Lula, quando disse que era para erguer o relho", reagiu Gleisi. Com informações do portal GaúchaZH, de Porto Alegre.

Comentário

Um preso teve um dedo amputado durante a manifestação de detentos ocorrida na tarde desta quarta-feira (18), na penitenciária de segurança média de Três Lagoas. O incidente ocorreu durante manifestação de presos contra um pente fino realizado pelo BChoque (o Batalhão de Choque) da Polícia Militar de Campo Grande na PED de Dourados, no início da manhã.

A Polícia Militar fez um cerco ao presídio para conter a manifestação e evitar uma possível rebelião. Equipes da Força Tática e da Rádio Patrulha foram enviadas ao local. O comandante da PM na cidade, major Ênio de Souza, confirmou as informações.

Disparos de advertência foram feitos após uma aproximação de presos à muralha, área considerada de segurança. O preso participava de um ato chamado de "bate grade", durante o banho de sol, após às 10 horas quando se acidentou. Ele foi socorrido pelo Samu e levado ao Hospital Auxiliadora, informou o jornal JPNews

Comentário

O último recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) foi negado nesta quarta-feira (18) em Porto Alegre. Os desembargadores da 8ª Turma mantiveram a condenação de 12 anos e um mês de prisão, da decisão de 24 de janeiro, no caso do triplex em Guarujá-SP. Lula está preso desde 7 de abril em Curitiba.

"Depois de analisar todas as ponderações da defesa, é manifesta a inadmissibilidade dos embargos. Não se pode que a defesa busque rediscussão de aspectos já julgados", declarou o juiz Nivaldo Brunoni em seu voto. Os desembargadores Victor Laus e Leandro Paulsen o acompanharam na decisão, conforme relata o portal G1.

O advogado Cristiano Zanin pediu, no começo do julgamento, que o recurso fosse julgado pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Turma, que está de férias. Quem o substitui é Brunoni. Esse pedido da defesa também foi negado.

A defesa do ex-presidente ainda pode recorrer contra a condenação ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) e ao STF (Supremo Tribunal Federal). "Os recursos serão interpostos no prazo legal", afirmou Zanin. "Nós temos medidas pendentes de julgamento, estamos aguardando o resultado e temos outras medidas que serão apresentadas tanto para impugnar a condenação e também para impugnar a privação da liberdade que foi imposta ao ex-presidente Lula precipitadamente nesse processo", completa.

Comentário

Com o tema “Nós Somos o Trânsito”, a campanha Maio Amarelo, um movimento internacional de mobilização para a redução de acidentes, já é estruturada em Dourados pela equipe da Agetran (Agência Municipal de Trânsito e Transporte) e parceiros.

As atividades começaram a ser pensadas e trabalhadas para execução no mês que vem durante o primeiro encontro realizado na manhã desta quarta-feira (18), na sede da Agetran que reuniu com parceiros da ação para debater atividades de conscientização para um trânsito mais seguro.

O diretor-presidente da Agetran, Carlos Fábio Selhorst dos Santos, destacou que o intuito é envolver vários segmentos da sociedade e atingir público de várias faixas etárias. Para isso, a equipe e os parceiros realizarão palestras em escolas, instituições, além de blitz educativas, entre outras ações.

O diretor destacou ainda que investir em ações dinâmicas e na identificação de diversos pontos da cidade com a temática da campanha será um diferencial. “Estamos buscando chamar a atenção de formas diferentes e isso está sendo organizado junto aos parceiros. O símbolo da campanha será destacado na entrada da cidade e em outros pontos, para gerar mais impacto quanto à campanha”, informou.

O agente Cristian Lelis, gestor de trânsito, exemplificou que as ações serão formatadas para cada situação com o foco em uma “linguagem” envolvente para cada público. O Sest Senat, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Detran, Guarda Municipal, além de empresas e auto-escolas, são parceiros da campanha.

Comentário

A Prefeitura de Dourados começa a receber a partir desta quarta-feira (18), no Imam (Instituto municipal do Meio Ambiente), as indicações ao prêmio “Troféu Marco Verde”, que será entregue na abertura da XVIII Semana do Meio Ambiente, entre os dias 4 e 6 de junho, para pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas, que tenham se destacado com trabalhos ou ações de preservação ambiental no ano de 2017.

As indicações ao prêmio podem ser feitas até o dia 14 de maio de 2018 e a ficha de indicação deverá ser solicitada pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou retirada no Imam. Basta ao proponente descrever as ações de preservação que o indicado realiza ou realizou em 2017. As indicações serão avaliadas de acordo com critérios de alcance social, impactos positivos para o meio ambiente, motivação voluntária (se houver) ou fins lucrativos.

Segundo o Imam, qualquer pessoa pode fazer uma indicação a si mesma ou para terceiros, que será analisada pelos membros do Comdam (o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente). A entrega do Troféu Marco Verde, criado em Dourados em 2001 através do Decreto 241 (alterado em 2013), vai fazer parte da programação da XVIII Semana do Meio Ambiente.

Comentário

A Prefeitura de Dourados alerta aos devedores do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) do exercício de 2014, que correm o risco de ter seus nomes inscritos nos em órgãos de proteção ao crédito, como SCPC e Serasa e ficar sem poder comprar a prazo e fazer financiamentos, por exemplo, que vai oferecer nova oportunidade para contribuintes inscritos na dívida ativa negociarem os débitos junto à Fazenda municipal, até maio.

O secretário municipal de Fazenda, João Fava Neto, explica que a medida tem por objetivo regularizar, nesta primeira etapa, a situação dos 1.112 contribuintes que não quitaram o IPTU/2014 e por isso foram inscritos na Dívida Ativa. Neste sentido, foi firmado convênio com o cartório de protesto de títulos.

Fava Neto chama a atenção, inclusive daqueles que venderam imóveis e não providenciaram a transferência, preferindo os chamados “contratos de gaveta”, para regularizarem a situação. “É importante que a pessoa que vendeu algum imóvel e ainda não efetivou a transferência para o nome do adquirente que providencie a regularização, caso contrário, terá o nome negativado”, explica.

O diretor de Administração Tributária do município, Cláudio Matos Leite, explica que o protesto dos devedores vai ter início no mês de maio e o contribuinte que não quitou o IPTU de 2014 e quiser regularizar a situação antes do protesto deve procurar a Central de Atendimento a Cidadão, para aproveitar os benefícios da Lei Complementar 184/2001, que concede desconto de 75% nas multas e juros para pagamento à vista. Em caso de parcelamento do débito os descontos são menores.

Comentário

A Polícia Militar realiza, neste momento, um cerco ao presídio de segurança média de Três Lagoas com objetivo de conter um princípio de rebelião de presos.

De acordo com o jornal JPNews, diversas equipes da Força Tática e da Rádio Patrulha foram enviadas ao local, informação confirmada pelo comandante da PM na cidade, major Ênio de Souza.

O tumulto teria sido iniciado entre presos da principal ala do presídio. Policiais militares tomaram posição nas muralhas e em possíveis locais que poderiam ser usados para fugas. Os presos realizam “bate grade”, provocando muito barulho entre as celas.

Parentes de internos começam a chegar ao local onde funciona o presídio, mas não foi identificado ainda o motivo do protesto. Um grupo de presos pediu para conversar com o diretor da penitenciária, quando deverá apresentar as razões do movimento.

Página 1 de 888
  • mistura
  • unigran pos

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus