Timber by EMSIEN-3 LTD
Sexta, 13 Março 2020 14:16

Cineclube UFGD inscreve para o semestre e exibe filmes sobre a mulher

Escrito por
'O céu de Suely' é um dos atrativos do cineclube neste mês no cineauditório da UFGD 'O céu de Suely' é um dos atrativos do cineclube neste mês no cineauditório da UFGD Reprodução

O projeto de extensão do Cineclube UFGD realiza, até o dia 20, as inscrições para os interessados em participar das sessões de cinema que acontecerão no primeiro semestre de 2020. Os encontros acontecerão todos os sábados, às 17 horas, no cineauditório da Unidade 1 (Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso), no centro da cidade.

Qualquer pessoa pode ir ao Cineclube, seja da comunidade acadêmica ou externa e as sessões são gratuitas. Quem fizer inscrição e estiver em 75% dos encontros, no período de 21 de março a 27 de junho, poderá receber certificado com carga horária de 26 horas de atividade de extensão. Para fazer a inscrição é necessário enviar nome completo e número de telefone para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Mês da Mulher

A programação para março será em referência ao mês da mulher, com a exibição dos filmes ‘O céu de Suely’ (dia 14) e ‘A Hora da Estrela’ (dia 21). Os debates serão mediados, respectivamente, pelos professores Paulo Custódio e Leoné Astride Barzotto, da Facale (Faculdade de Comunicação, Artes e Letras).

‘O céu de Suely’ é um filme teuto-brasileiro-francês de 2006, do gênero drama, dirigido por Karim Aïnouz. Em novembro de 2015 o filme entrou na lista feita pela Abraccine (a Associação Brasileira de Críticos de Cinema) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos. O filme também recebeu 19 prêmios nacionais e internacionais.

Sinopse

De acordo com a sinopse, Hermila (Hermila Guedes), tem 21 anos, nasceu e foi criada na pequena cidade de Iguatu, Ceará, na Região Nordeste do Brasil. Grávida, tenta a vida em São Paulo com o namorado. Meses depois, não conseguindo emprego, porém, volta à cidade natal. Aguarda por um mês o retorno do namorado, pai da criança, que some, sem deixar pistas.

Ao perceber que foi abandonada, resolve mais uma vez fugir daquele lugar, mas desta vez, para o Rio Grande do Sul, onde talvez existam condições melhores. Sem dinheiro para a viagem, ela adota o pseudônimo de Suely, e resolve rifar o próprio corpo entre os homens da cidade. O vencedor terá o que ela define "Uma Noite no Paraíso". Sua atitude gera muita polêmica entre o povo local, e principalmente, na família dela.

  • disk corona
  • full house
  • unigran 150
  • Editais
  • Alems respeito

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis