Timber by EMSIEN-3 LTD
Quinta, 07 Novembro 2019 12:27

Morre veterano da guerra que realizou desejo de voltar a Aquidauana no fim da vida

Escrito por ExpressoMS
No ano passado, Nilton pediu para rever os arquivos do Batalhão onde serviu em Aquidauana No ano passado, Nilton pediu para rever os arquivos do Batalhão onde serviu em Aquidauana ExpressoMS/Anibal Placêncio

Morreu, segunda-feira (4), Nilton Guido, veterano da FEB (Força Expedicionária Brasileira). Atualmente, ele residia em Trindade, no interior de Goiás, juntamente com a família, e estava com 96 anos de idade.

De acordo com o comunicado divulgado pela ANVFEB/MS (Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira – Seção Regional Mato Grosso do Sul), ‘seo’ Nilton era ex-integrante do 9º Batalhão de Engenharia, atualmente 9º BE Cmb (Batalhão de Engenharia de Combate – Carlos Camisão), sediado em Aquidauana.

A organização militar da cidade Princesa do Sul foi a única da Região Centro-Oeste a integrar a FEB e a participar de todos os combates das tropas brasileiras na Campanha da Itália, na luta contra os nazistas, em 1944 e 1945, durante a 2ª Guerra Mundial.

Em 2 de julho de 1944, então com 21 anos, o jovem Nilton, cabo do 9º Batalhão de Engenharia, foi um dos 679 militares que, sob o comando do coronel José Machado Lopes, embarcaram com o primeiro escalão da FEB, no navio de transporte de tropas americano “General Mann”. O regresso aconteceu em 17 de setembro de 1945, após um ano, dois meses e 15 dias no Teatro de Operações da Itália.

A conduta cívica, patriótica e corajosa rendeu a Nilton condecorações com a Medalha de Campanha da FEB, concedida pelo governo brasileiro, a Medalha da Vitória, concedida pelo Ministério da Defesa, a Medalha do Mérito da Força Expedicionária Brasileira, concedida pela ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), a Medalha Marechal Machado Lopes, concedida pela ANVFEB/MS e o comando do 9º Batalhão, entre outras.

Em maio de 2018, residindo em Trindade e já se sentindo no fim da vida, Nilton pediu para que familiares o levassem para visitar Aquidauana. Já idoso e em uma cadeira de rodas, ele encarou 2 mil quilômetros de ida e volta, de carro, para rever a cidade onde fica a organização militar que serviu durante a 2ª Guerra. Ele era um dos dois últimos veteranos conhecidos ainda vivos do 9º Batalhão, conforme dados da entidade nacional.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus