Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Durante visita à Escola Municipal Indígena Araporã, localizada na Aldeia Bororó, o vereador Jânio Miguel (PL) constatou a insuficiência de sanitários nos banheiros existentes na instituição. A escola atende mais de 600 alunos, porém há somente três sanitários masculinos e femininos.

A visita foi realizada a pedido dos diretores, Adriana Silva de Jesus e Alison Benites Rodrigues e a preocupação do vereador é com o bem estar dos estudantes, solicitando a reforma do banheiro para antes do início do ano letivo. “Além da insuficiente estrutura sanitária, os poucos sanitários existentes estão em estado precário e a parte elétrica totalmente comprometida, colocando em risco a vida das crianças desde a educação infantil até o 9º ano”, ressaltou Jânio Miguel.

Por essa razão, a diretora Adriana entrou em contato com a assessoria do parlamentar e agendou a visita. Na oportunidade, relatou o problema da insuficiência de banheiros e a necessidade de uma urgente reforma, além da substituição de toda fiação elétrica em virtude das constantes queimas de lâmpadas e ventiladores, assim como a preocupação com pequenos curtos-circuitos na rede.

O vereador documentou todas as solicitações e, por meio de ofício, as enviou à Secretaria municipal de Educação para as devidas providências. Jânio ainda apontou que tais reivindicações serão objeto de proposição legislativa, protocoladas e reivindicadas durante a primeira sessão ordinária de 2020.

Limpeza

O vereador Jânio Miguel ainda solicitou, com urgência, serviços de limpeza na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Novo Horizonte. Funcionários e pacientes apontaram que, diante o período chuvoso, a unidade de saúde se encontra ladeada por matagais e acúmulos de entulhos, o que pode gerar potencial criadouro de insetos e animais peçonhentos (escorpiões, cobras, ratos, baratas, caramujos) e do Aedes aegypti (mosquito da dengue), colocando em risco a saúde das pessoas que ali frequentam. (Da assessoria)

Comentário

Quatro veículos carregados com vestuários, eletrônicos e até 620 pacotes de essência de narguilé contrabandeados do Paraguai, foram apreendidos pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), na zona rural de Maracaju.

Os policiais militares realizavam policiamento de rotina na região, quando abordaram os suspeitos. Diante do flagrante os quatro condutores afirmaram que estavam levando os produtos para Nova Alvorada do Sul e Campo Grande.

Além da essência também foram apreendidos vestuários, óculos, bateria de celular, maquiagem, relógio digital, brinquedos e pneus contrabandeados. Todo o material foi encaminhado à Receita Federal de Ponta Porã e os suspeitos liberados.

Comentário

Considerando que no mês de janeiro deste ano ainda foi possível observar a circulação do vírus de sarampo de forma ativa no país, o Ministério da Saúde, em parceria com estados e municípios, fará a primeira etapa da campanha de vacinação contra o vírus do sarampo, no período de 10 de fevereiro a 13 de março, tendo como público-alvo as pessoas na faixa etária de 5 a 19 anos. O dia D de mobilização nacional será no sábado, dia 15.

De acordo com Edvan Marcelo, da Coordenação do Núcleo de Imunização, a adesão e ações de vacinação deste público são ferramentas fundamentais e necessárias, a fim de garantir a devida proteção, como também interromper a circulação do vírus do sarampo em todo país. “Contudo, temos como objetivo resgatar essa parcela da população, avaliar a situação vacinal de cada um e, assim, vacinar de forma seletiva aqueles não vacinados e/ou completar esquema vacinal conforme indicação do Calendário Nacional de Vacinação”.

Segundo Edvan, a Secretaria municipal de Saúde vai cumprir, através da Atenção Básica de Saúde e do Núcleo de Imunização, a campanha neste mês de fevereiro, além de realizar a atualização da caderneta de vacinação da população com faixa etária de 5 a 19 anos.

Será elaborada uma logística de atendimento por parte da Atenção Básica e, no período de 10 de fevereiro a 13 de março, todas as unidades básicas de saúde ofertarão a vacina contra o vírus do sarampo em seu horário de funcionamento. No dia 15 de fevereiro, dia D, serão oportunizados pontos estratégicos para realizar a vacinação do grupo alvo da campanha.

No dia D, no horário das 8 às 17 horas, estarão abertas as Unidades de Saúde da Seleta, Izidro Pedroso, Maracanã, Vila Rosa, Parque das Nações II, Idelfonso Pedroso e nos distritos de Itahum e Vila Vargas. Também será disponibilizado um posto de vacinação no Shopping Avenida Center, com atendimento entre 14 e 20 horas.
O sarampo é uma doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após.

Comentário

Os pequenos negócios de Mato Grosso do Sul registraram em 2019 um desempenho positivo na criação de empregos formais. O resultado foi superior ao registrado pelas Médias e Grandes Empresas, conforme aponta análise do Sebrae feita a partir dos números divulgados em janeiro pelo Caged (o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

Em MS, entre demissões e contratações, as Micro e Pequenas Empresas encerraram 2019 com um saldo de 10,8 mil empregos formais, número 26% acima do registrado em 2018, quando foram criadas 8,6 mil oportunidades. No ano passado, o desempenho do Estado foi superior à média nacional, de 22%, com a geração de 731 mil postos de trabalho.

Já no caso das Médias e Grandes Empresas, entre demissões e contratações, o levantamento mostra que 2019 teve a criação de 1,7 mil vagas. Em 2018, o saldo foi negativo, com o fechamento de 11,5 mil postos formais.

Para o diretor de Operações do Sebrae no Estado, Tito Estanqueiro, o estudo comprova a importância estratégica dos pequenos negócios para a economia. “Isso mostra que os pequenos negócios vêm crescentemente contribuindo para a geração de empregos no Estado e fortalecendo a economia local. Emprego significa renda, renda significa consumo, o que estimula a atividade econômica”.

Ao longo de 2019, os setores econômicos que foram destaque de contratação pelos pequenos negócios em MS foram os de Serviços (5.129 vagas); Comércio (3.241); Indústria da Transformação (863) e da Agropecuária (734).

Mato Grosso do Sul acompanha resultados verificados em nível nacional. Segundo o estudo, o saldo de empregos formais de 2019 no Brasil foi o melhor para as Micro e Pequenas Empresas nos últimos cinco anos.

Comentário

A rodovia MS156 será duplicada em aproximadamente 7 quilômetros, no trecho que vai da BR 163 até o Núcleo Industrial. A confirmação é do secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith, ao observar que técnicos da Agesul (Agência estadual de Gestão e Empreendimentos) já concluíram o processo licitatório para a contratação da empresa que está desenvolvendo o projeto executivo de engenharia.

De acordo com o secretário, que também é o vice-governador do Estado, a empresa tem 120 dias para concluir o projeto a partir da Ordem de Início de Serviço, que foi dada ainda em 2019. Com esse serviço, o Governo visa o melhoramento e adequação da capacidade de tráfego, segurança e drenagem na rodovia.

“Além da obra de duplicação, vamos construir uma passarela que possibilite a passagem de pedestres que transitam entre o Jardim Guaicurus e o Residencial Dioclécio Artuzi, oferecendo a segurança necessária especialmente aos estudantes e trabalhadores que se utilizam diariamente dessa travessia”, informou Murilo.

O Governo do Estado lança nesta sexta-feira (6), em evento que está sendo programado para acontecer a partir das 9 horas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Palácio Popular da Cultura, um pacote de obras que é resultado das agendas realizadas durante o Programa Governo Presente que ouviu mais de mil demandas de prefeitos, vereadores e lideranças municipalistas no final do ano passado. Esse cronograma vai marcar as ações do Estado até 2022.

Comentário

Bandidos furtaram um caminhão Mercedes-Benz 1114, ano 87, de propriedade da JM Limpeza de Aviários, que estava estacionado em frente da residência do proprietário, na rua Vicente Pallotti, no bairro Jardim São Paulo, em Fátima do Sul.

Informação divulgada pelo canal DouraWhats, serviço online do Douranews - 67 99913 8196

O caminhão utilizado na limpeza de aviários da região, estava ‘enlonado’ e carregado com duas BobCat – Mini Carregadeiras, também usada na limpeza de aviário, a qual a empresa JM é prestadora de serviços.

Qualquer informação sobre o caso, ocorrido na madrugada desta terça-feira (4), deverá ser repassada para o telefone 346-1157 da Polícia Civil, 190 da Polícia Militar, ou ainda, 9 9816-9892, para falar com o Juliano.

 

Comentário

Com a era da informação e o surgimento de novas tecnologias, o mundo da educação está a cada dia mais dinâmico. As metodologias ativas surgiram como um processo de aprendizado que busca incentivar os estudantes a aprender de maneira autônoma e participativa. Como a cada semestre a Unigran realiza um Seminário Interno de Ensino e Extensão para início das atividades letivas, neste ano o tema foi o “’Flipped classroom’ e metodologias ativas de aprendizagem”.

As atividades letivas de 2020 iniciaram com a 15ª edição do seminário voltado para o corpo docente, gestores pedagógicos e administrativos, que contou com palestra e oficinas ministradas pela professora Drª Paula Moiana da Costa. O objetivo das atividades é promover a formação continuada da equipe de todos os cursos.

Durante as oficinas, foram apresentadas novas metodologias ativas que ainda não foram implementadas. “Praticamos com os professores a aplicação direta de como trabalhar as competências e habilidades. Os professores da Unigran têm diversas metodologias e muitas coisas eles trabalham com a intenção de desenvolver competências que pode não ser uma metodologia registrada, mas são metodologias próprias que têm uma qualidade pedagógica”, menciona Costa.

Foram abordados principalmente os métodos Problem-Based Learning (PBL), Aprendizagem Baseada em Problemas e Project-Based Learning, Aprendizagem Baseada em Projetos. E ainda, a professora trouxe outras metodologias para serem utilizadas de forma mais rápida e dinâmica na sala de aula para aproveitar-se as oportunidades, como o Peer Instruction (Instrução aos Pares, em uma tradução literal) na forma de avaliação, o debate regulado, a busca por aplicações, método aquário, entre outras.

“O principal é que essas metodologias são a única forma que existe para se trabalhar habilidades e competências. O que faz você ser um professor é a sensibilidade de entender a necessidade do aluno, de decodificar a linguagem que o aluno entenda, o jogo de cintura, que são habilidades e competências que são desenvolvidas na carreira e não na academia. Então, o diferencial dessas metodologias é que conseguimos desenvolver um pouco dessas competências e habilidades”, ressalta Drª Paula.

A professora destaca que, de forma resumida, “para se tornar um bom profissional é preciso se formar, ‘apanhar’ da vida e do mercado”. Então, antes que isso aconteça, o educador pode “mimetizar isso na faculdade”, pois o recém-formado “vai apanhar, sim, mas com a orientação de um professor, com uma condução e uma resolução de um problema que talvez não consiga resolver de imediato lá fora, preparamos, mesmo, o estudante para o mercado de trabalho. As metodologias ativas são um plus, uma adição. Não é possível comparar aula expositiva com metodologia ativa, são métodos com objetivos diferentes”, enfatiza a professora.

Comentário

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse ao programa “Em Foco”, na GloboNews, acreditar que a dengue é mais grave do que o coronavírus no Brasil. Para o ministro, a “chance de morrer de dengue no Brasil” é maior do que de coronavírus.

“A gente está trabalhando hoje numa corrida mundial pela vacina, numa corrida pelo teste rápido, que é o teste que você faz no consultório e medicamentos. É muito mais grave dengue, você tem muito mais chance de morrer de dengue no Brasil, hoje, do que de coronavírus”.

O ministro é o entrevistado desta quarta-feira (5) do quadro “Em Foco”, apresentado pela jornalista Andreia Sadi na GloboNews, às 20h30 (de MS). Além do coronavírus, Mandetta falou a respeito da campanha de abstinência sexual, lançada pelo governo nesta segunda (3), do uso do canabidiol, do futuro do SUS e do programa Médicos pelo Brasil, sucessor do Mais Médicos.

Comentário

A Guarda Municipal de Dourados vai oferecer a partir desta semana o curso básico de Libras (Língua Brasileira de Sinais) para todos os integrantes da corporação. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (3) durante encontro da prefeita Délia Razuk com integrantes do grupo.

“O curso básico terá duração de 60 horas/aulas e vai preparar os guardas municipais para garantir a acessibilidade dos surdos durante as ocorrências do dia a dia”, disse o comandante da Guarda, Divaldo Machado de Menezes.

Várias turmas serão formadas para o curso que terá duas aulas por semana até atingir todos os integrantes da Guarda Municipal. O instrutor do curso será o GM Wesley Henklain Ferruzzi, que está otimista com a participação maciça dos guardas municipais. “A Libras é a língua de sinais usada por surdos e legalmente reconhecida como meio de comunicação e expressão”, disse Ferruzzi ao explicar que a formação em Libras vai melhorar o atendimento ao cidadão.

A prefeita Délia Razuk ressaltou a importância do curso de Libras para todos os Guardas Municipais lembrando que a instituição ficará mais bem preparada para atender as ocorrências envolvendo surdos. “Cuidar das pessoas é uma das maiores preocupações da nossa administração”, disse a prefeita, ressaltando o sucesso alcançado pela Guarda na segurança pública de Dourados, reconhecida até mesmo pelo secretário estadual de Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.

O comandante Divaldo Machado lembrou que dados divulgados pela Sejusp (Secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública) mostram que Dourados fechou o ano de 2018 entre as mais seguras do Estado em relação a 2017.

Comentário

Segunda, 03 Fevereiro 2020 13:56

Sai resultado de concurso da Educação

Edição especial do Diário Oficial do Estado traz, nesta segunda-feira, a publicação com a lista de todos os participantes da prova escrita realizada no mês passado para a constituição do banco de reserva de profissionais para a função docente temporária na Rede Estadual de Ensino em Mato Grosso do Sul.

O edital também relaciona os candidatos que tiveram indeferidos os pedidos de recursos e aqueles que não obtiveram a aprovação.

CONFIRA AQUI

 

Comentário

Página 10 de 1565

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus