Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats

O jornalista douradense Ademir Freitas Machado, que também é técnico em eletrônica, já comemora os avanços obtidos desde quando decidiu inovar e começou a recuperar e repassar à comunidade carente alguns micro-computadores ainda em condições de uso, que muitas vezes são descartados pela comunidade quando ainda possuem tempo de vida útil satisfatório.

A melhoria no poder aquisitivo da população e o baixo preço de equipamentos novos fazem com que muitas pessoas e até mesmo empresas, lancem no lixo (seletivo ou não) equipamentos considerados “obsoletos”, mas ainda em plenas condições de uso. Foi pensando na poluição que tais equipamentos provocam ao meio ambiente que Ademir resolveu coletar o material para reciclagem e reaproveitamento.

O trabalho é feito de maneira discreta, segundo o jornalista, visto que a maioria dos aparelhos é doada por amigos ou de uso próprio. “O que fazemos é o que os técnicos em eletrônica chamam de maneira brincalhona de “canibalizar” um aparelho. Visto que também sou técnico em eletrônica, reunimos várias sucatas ou micros velhos e procuramos montar um que funcione de maneira satisfatória”, disse ele. O que não pode ser aproveitado é desmontado e o material reciclável, como metais, são doados para os coletores da comunidade.

Explicando melhor a proposta, Ademir Machado disse que o objetivo é estimular uma ONG a promover o incremento da ação, através de convênios com entidades governamentais e afins. O jornalista disse que sente prazer em “ver a alegria estampada no rosto de alguns jovens exemplares da comunidade, que realmente precisam de um micro para realizar seus deveres de escola”. A utilização de uma associação (ong) além de tornar a atividade mais transparente ao receber e doar equipamentos, torna possível as parcerias oficiais.

As pessoas ou empresas que quiserem se desfazer de equipamentos obsoletos (CPU, monitores, impressoras ou outros acessórios) “para desocupar espaço”, devem manter contato pelo celular 9644-3349 ou entregar na loja Giovanelle Embalagens, localizada na rua Joaquim Teixeira Alves 2110 esquina com Camilo Ermelindo da Silva (ao lado do camelódromo), que todo o material será recolhido por Ademir para reaproveitamento.

Publicado em Dourados

O engenheiro Edson Giroto, candidato a deputado federal pelo PR na coligação “Amor, Trabalho e Fé” que tem como candidato a governador o atual, André Puccinelli, disse que Mato Grosso do Sul está preparado para viver um processo de renovação política nas eleições deste ano.

“Essas condições foram preparadas pelo André, que soube conduzir o Estado acima das diferenças partidárias durante todo o primeiro mandato e por isso mesmo conta hoje com um leque de 14 legendas integradas na campanha da reeleição”, disse o candidato, em visita ao Douranews.

Giroto esteve em Dourados no domingo (15 de agosto), mantendo contatos com lideranças e participando de encontros políticos agendados pela coordenação local da campanha, através do líder comunitário Wanderley Carneiro. No Município, ele conta também com o apoio do advogado Clécio Tina, que esteve no Douranews acompanhando a visita do candidato.

Publicado em Eleições
Durante a festa dos 33 anos do Saudade Futebol Clube, realizada no domingo (15 de agosto) na sede social do Sinsemd, personalidades que marcaram história na "era de ouro" do futebol amador da LEDA (Liga Esportiva Douradense de Amadores) e parte do profissionalismo creditaram a apatia do esporte nos tempos atuais ao fim dos clássicos locais, principalmente entre o Ubiratan Esporte Clube e o Operário Esporte Clube, assim como no profissionalismo da curta existência do CAD (Clube Atlético Douradense).

Algumas dessas personalidades, entrevistadas pelo repórter Waldemar Gonçalves (Russo), Jairo de Quadros, atual presidente do Saudade, Valdessi Carbonari e Oduvaldo de Oliveira Pompeu, o "Telê" juntamente com Mauro Alonso, analisaram o atual estágio do futebol douradense, lamentaram o descaso com o estádio Douradão, um dos cartões postais da cidade, e defenderam a reforma do estádio da LEDA, o palco onde tudo começou.

Publicado em Futebol
O Programa Projovem Trabalhador 2010 ainda está recebendo inscrições em Dourados. São duas mil vagas oferecidas no município, sendo que até agora foram efetuadas 1.500 inscrições. Além do curso totalmente gratuito, o participante ainda recebe R$ 100,00 por mês para as despesas de custo.

As inscrições estão sendo feitas na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (antiga prefeitura, na Rua João Rosa Góes), na sede do Projovem, na Rua Eisei Fuginaka, 715, altos do Indaiá, e nos Cras (Centros de Referência de Assistência Social) nos bairros. “É a oportunidade para o jovem se qualificar para enfrentar o mercado de trabalho”, frisa a secretária municipal de Assistência Social, Itaciana Pires Santiago.

O Projovem Trabalhador é um programa do governo federal desenvolvido em parceria com as prefeituras com objetivo de qualificar jovens de 18 a 29 anos que estejam estudando ou tenham concluído o ensino médio ou o ensino fundamental e que não tenham Carteira de Trabalhado assinada.

São dezenas de cursos em diversos setores, como de metal-mecânica, por exemplo, que forma profissionais nas áreas de serralheria, funilaria, assistente de vendas, automóveis e peças.

Também são oferecidos outros cursos nos setores de telemática (tecnologias associadas à eletrônica, informática e telecomunicações), bem como beleza e estética, turismo e Pró-álcool. “São cinco setores que vão oferecer cursos em diversas áreas para formar mesmo profissionais capacitados para entrar no mercado de trabalho”, explica Itaciana.

Na quarta-feira à noite foi realizada a primeira reunião com os jovens já inscritos no programa, no Pavilhão de Eventos Dom Teodardo Leitz, na Rua Coronel Ponciano. “Foram feitos os primeiros contatos e realizadas palestras e oficinas”, explica Itaciana.

De acordo com a secretária, os cursos são ministrados nos locais já definidos, entre eles o Instituto Educacional da Grande Dourados (Iegran) e na sede do Projovem, no Altos do Indaiá.

Para fazer a inscrição é necessário apresentar uma cópia dos documentos pessoais, como RG e CPF, a inscrição no PIS e um comprovante de residência, como conta de água ou de energia elétrica.
Publicado em Educação
  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus