Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Sexta, 19 Fevereiro 2016 18:08

Dólar fecha a semana em queda

O dólar fechou em baixa nesta sexta-feira (19), mas acima de R$ 4, após o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, descartar a possibilidade de corte de juros, ao fim de uma semana marcada por forte volatilidade, com investidores adotando cautela diante da queda dos preços do petróleo e do ambiente de incertezas local.

A moeda norte-americana caiu 0,65%, vendida a R$ 4,0227.  Na semana, o dólar subiu 0,83%. No mês, há leve queda acumulada, de 0,04%. No ano, a moeda tem alta de 1,89%.

Comentário

O ex-governador de Mato Grosso do SulPedro Pedrossian, de 87 anos, está internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde quinta-feira (11). Segundo boletim médico divulgado neste domingo (14), Pedrossian sofreu pequena fratura na região lombar.

Conforme o hospital, “o paciente foi submetido a exames gerais e encontra-se estável do ponto de vista cardíaco, pulmonar e abdominal, devendo permanecer em observação e tratamento clínico, com previsão de alta em uma semana”.

Pedrossian é acompanhado por equipes médicas coordenadas pelos professores doutores Protásio Lemos da Luz, Marcel Cerqueira Cesar Machado e Roberto Basile Junior.

Engenheiro civil, Pedro Pedrossian nasceu no dia 13 de agosto de 1928 em Miranda (MS). Em novembro de 1980, foi o terceiro governador nomeado para Mato Grosso do Sul, por ato do então presidente da República João Figueiredo, e renunciou ao mandato de senador para administrar o estado até 1982. Anos depois, Pedro Pedrossian foi eleito e governou o estado entre 1991 e 1994.

Comentário

Com 462 casos de microcefalia ou problemas no sistema nervoso central confirmados em todo o país, 41 deles estão associados ao vírus da zika, e Mato Grosso do Sul aparece entre os 13 Estados com casos de microcefalia confirmados.

O novo boletim do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (12), mostra ainda que 3.852 casos com suspeita de microcefalia são investigados. Nesta semana, 24 novos casos foram confirmados, na comparação com o último número divulgado.No último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, no dia 2 de fevereiro, eram 404 casos confirmados de bebês com microcefalia, sendo 17 deles com relação comprovada com o vírus da zika. Ainda tinham 3.670 casos em estudo, além dos 709 que foram descartados.

Desde 22 de outubro de 2015, quando o surto começou a ser investigado no país, 765 casos foram descartados seja por apresentarem exames normais ou porque o problema neurológico não tem causa infecciosa.

Até o momento, foram confirmadas 24 mortes por microcefalia ou alteração do sistema nervoso central, durante a gestação ou após o parto. Outros 59 casos são investigados.

Desde o início da investigação, foram notificados 5.079 casos com suspeita de alterações no sistema nervoso ou de microcefalia. Desse total, 62,5% (3.174 casos) foram notificados em 2015 e 37,5% (1.905) em 2016. Para efeito de comparação, em todo o ano de 2014 foram notificados 147 casos de microcefalia no país.

O relatório aponta que os casos confirmados estão divididos em 175 municípios de 13 Estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Pernambuco continua sendo o Estado com o maior número de confirmações com relação ao vírus da zika (33), seguido do Rio Grande do Norte (4), Paraíba (2) e Ceará e Pará com um caso cada. 

Comentário

O ator de Hollywood e empresário chinês, Jackie Chan, recebeu nesta segunda-feira (1º), em Tianjin, na China, um jato executivo Legacy 500 da Embraer avaliada em US$ 20 mihões. Ele, que é o embaixador da fabricante de aviões na Ásia desde 2011, é o primeiro cliente do país asiático a adquirir o modelo.

Essa é a segunda aeronave que Jackie Chan compra da Embraer. Em 2012, ele esteve no Brasil para receber um Legacy 650, com capacidade para 14 passageiros, que é usado por ele e por sua equipe de produção em viagens intercontinentais. O preço de lista desta aeronave é de US$ 32 milhões.

O novo modelo, o Legacy 500, comprado em 2013 pelo ator, é um avião de médio porte, com capacidade para oito passageiros e que faz pousos em pistas curtas. O modelo tem um sistema que permite uso de telefonia e internet durante o voo. A aeronave é usada para deslocamentos mais curtos.

Comentário

A mudança no calendário de vacinação anunciada pelo Ministério da Saúde em 2016 vai reduzir o número de doses de imunização. Todavia, a gerente técnica da Secretaria de Saúde do Governo do Estado, Kátia Mongenot, explica que a alteração no calendário de vacinação não vai deixar ninguém desprotegido.

“Estudos demonstram que um número diferente de doses das que vinham sendo aplicadas são suficientes para a imunização. Um exemplo é a vacina contra o HPV que agora será feita em duas doses. Todas essas mudanças anunciadas pelo Ministério da Saúde estão sendo feitas com base em estudos e a população pode ficar tranquila”, explicou.

De acordo com Katia, todas as informações já foram repassadas para as equipes técnicas das prefeituras. Dentre as mudanças estão alteração de doses de reforço para vacinas infantis contra meningite e pneumonia, esquema vacinal da poliomielite e a dispensa da terceira dose da vacina do HPV (o papiloma vírus human).

HPV

Conforme o Ministério da Saúde, um das principias mudanças é na vacina HPV. O esquema vacinal passa para duas doses, sendo que a menina deve receber a segunda seis meses após a primeira, deixando de ser necessária a administração da terceira dose, inicialmente prevista para cinco anos após a segunda dose.

Os estudos recentes mostram que o esquema com duas doses apresenta uma resposta de anticorpos em meninas saudáveis de 9 a 14 anos não inferior quando comparada com a resposta imune de mulheres de 15 a 25 anos que receberam três doses. As mulheres vivendo com HIV entre de 9 a 26 anos devem continuar recebendo o esquema de três doses.

Bebês

Para os bebês, a principal diferença será a redução de uma dose na vacina pneumocócica 10 valente para pneumonia, que passará a ser aplicada em duas doses, aos 2 e 4 meses, seguida de reforço preferencialmente aos 12 meses, mas poderá ser tomado até os 4 anos. Essa recomendação também foi tomada em virtude dos estudos mostrarem que o esquema de duas doses mais um reforço tem a mesma efetividade do esquema três doses mais um reforço.

Pólio

O Ministério informa que a terceira dose da vacina contra poliomielite, administrada aos seis meses, deixa de ser oral e passa a ser injetável. A mudança é uma nova etapa para o uso exclusivo da vacina inativada (injetável) na prevenção contra a paralisia infantil, tendo em vista a proximidade da erradicação mundial da doença. No Brasil, o último caso foi em 1989.

A partir de agora, a criança recebe as três primeiras doses do esquema – aos dois, quatro e seis meses de vida – com a VIP (vacina inativada poliomielite), de forma injetável. Já a VOP (vacina oral poliomielite) continua sendo administrada como reforço aos 15 meses, quatro anos e anualmente durante a campanha nacional, para crianças de um a quatro anos.

Meningite

Outra mudança será nas doses da vacina meningocócica C (conjugada), que protege as crianças contra meningite causada pelo meningococo C. O reforço, que anteriormente era aplicado aos 15 meses, passa a ser aplicado aos 12 meses, podendo ser feito até os 4 anos. As primeiras doses da meningocócica continuam sendo realizadas aos 3 e 5 meses.

Comentário

O sorteio do concurso 1.785 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 25 milhões para quem acertar as seis dezenas neste sábado (30). O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) na cidade de Leopoldina (MG).

De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), se um apostador levar o prêmio sozinho e aplicá-lo integralmente na poupança, receberá cerca de R$ 181,5 mil por mês em rendimentos. Caso prefira, poderá adquirir 31 imóveis de R$ 800 mil cada, ou uma frota de 266 carros de luxo.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Comentário

Alunos do Curso de formação de Soldados e Cabos vão reforçar o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Na manhã desta sexta-feira (22), eles receberam orientações do coordenador da Caravana da Saúde, Sergio Luiz Gonçalvez, e do gerente de Controle de Vetores do Estado, Marcio Luiz de Oliveira

As orientações foram passadas aos policiais onde eles, atentamente, ouviram as orientações passadas e puderam também, tirar dúvidas com relação a doenças transmitidas pelo mosquito.A Policia Militar é uma das instituições que compõe a comissão Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chinkungunya e Zika Vírus, criado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul a fim de aprofundar e melhorar as ações de controle e enfrentamento ao mosquito transmissor dessas doenças.

A PM ainda orienta que, a melhor forma de evitar a proliferação da dengue é combater os focos, eliminando o acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Comentário

Quarta, 20 Janeiro 2016 15:58

teste lucas

Advogados do senador Delcídio do Amaral (PT), preso desde o dia 25 de novembro, articulam pedido de quebra de sigilo telefônico do filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, Bernardo. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (20) pelo jornal Folha de São Paulo.

O material vai compor a defesa do petista, a ser entregue no Supremo Federal Federal (STF), até a próxima segunda-feira. Bernardo foi o responsável por gravar a conversa que levou o parlamentar para a cadeia, em novembro.

A defesa quer mostrar que o filho de Cerveró manteve contato com os procuradores da Operação Lava Jato antes da prisão de Delcídio.

"Podemos e vamos pedir essa quebra. Quero saber como e quem industriou o Bernardo. Só o Supremo poderia autorizar [a gravação da reunião com Delcídio]", disse ao jornal o advogado Figueiredo Basto, que defende Delcídio. 

No áudio feito por pelo filho do ex-diretor da Petrobras, Delcídio indicou que poderia exercer influência em ministros do STF e garantir a liberdade de Cerveró. Além disso, ele ainda citou uma eventual rota de fuga para Cerveró, caso a Justiça não concedesse a liberdade.  

Comentário

O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (PT), está mesmo disposto a tentar a reeleição e não parece preocupado com adversários. Ele deve ter como principal concorrente o compadre dele, Ruiter Cunha, que de aliado passou a adversário, mas minimiza dificuldades.

“Gosto muito de esporte e é que nem disputar campeonato. Você tem que cuidar do seu time. A gente não pode se preocupar com quem vai ser o adversário. Dentro do partido tenho condição unânime de reeleição. Não tenho que me preocupar se o candidato será o Zezinho, Joãozinho ou Luizinho”, declarou.

Apesar de não citar adversários, Duarte criticou principalmente quem, segundo ele, teve oportunidade de fazer e não fez. “Adversários vão dizer que vão fazer tudo, inclusive tiveram oportunidade de fazer e não fizeram. Vamos fazer um debate em relação à administração.  O que precisa hoje não é de demagogos, que finjam que são simpáticos”, alfinetou.

Duarte diz ter noção de que será o mais criticado, visto que está administrando a cidade, mas afirma que manterá o foco na administração. “É na dificuldade que a gente mostra condição e capacidade gerencial. Tenho a consciência tranquila em relação à administração, principalmente no momento que enfrentamos hoje, com crise nacional, que afeta todos os municípios. A população está muito mais antenada e não está mais admitindo baixaria”, justificou.

Apesar da crise, ele diz que Corumbá é uma das poucas cidades que está pagando salário em dia e com obras em andamento, ainda que enfrentando dificuldade.  O prefeito também acredita que o fortalecimento do comércio será ponto positivo, embora seja criticado pela decisão de acabar com algumas feiras da cidade.

“Hoje na cidade você encontra várias lojas de franquia nacional. Quando assumi tinha um supermercado, e fechando, e hoje temos vários. Precisamos administrar a cidade com sensibilidade e capacidade administrativa. Tem que atrair investimento, renda. A cidade não pode viver só da informalidade”, concluiu.

A princípio, Paulo Duarte deve ter como adversários o ex-prefeito de Corumbá e ex-colega de partido dele, Ruiter Cunha, hoje no PSDB, o vereador Marcelo Iunes (PTB) e a adversária principal dele na última eleição, Solange (PMDB). 

Comentário

Página 988 de 1020
  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus