Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A Câmara de Dourados realizou, na noite desta quarta-feira (4), a sessão solene de entrega de homenagens e honrarias. Foram mais de 50 personalidades homenageadas com diploma de Honra ao Mérito, título de Amigo Honorário do Município, Amigo Honorário da Câmara, Cidadão Benemérito, Cidadão Douradense e Diploma de Jubileu. Entre os agraciados, personagens que ajudam a construir a rica história cultiural e de desenvolvimento regional.

Os homenageados são sugeridos e escolhidos pelos vereadores da Casa de Leis, conforme relevantes trabalhos prestados à comunidade douradense. “É importante destacar que esta noite tem um simples condão de fazer menção a pessoas que, nas suas atividades do dia a dia, fazem a diferença na vida das pessoas e ajudam a construir um pedaço da cidade de Dourados”, comentou o presidente da Câmara, Alan Guedes (DEM), ao conduzir a cerimônia.

Mesmo contribuindo com o desenvolvimento do município, alguns homenageados não nasceram em Dourados, como é o caso de Carlos Clementino Moreira Filho, que recebeu o título de Cidadão Douradense. “Para mim, é uma verdadeira honra ser adotado por Dourados e estar sendo homenageado é um grande privilégio. Certamente, para todos, é um momento singular, sermos reconhecidos pelo nosso trabalho”, comemorou.

Ainda usou a tribuna, em nome dos homenageados, o advogado Rozemar Mattos de Souza, ao receber o título de Cidadão Douradense. “Tenho a convicção que cada um carrega a trajetória de trabalho e dedicação por Dourados”, afirmou. “Sei que todos têm contribuído com seus relevantes serviços por Dourados, perseguindo os caminhos do desenvolvimento e chegando ao brilho de uma das mais promissoras cidades do país”, completou.

O ex-vereador da Casa de Leis, professor Wilson Valentim Biasotto, também discursou durante a sessão solene, agradecendo a homenagem e refletindo sobre o papel da Câmara de Vereadores no município. “Não é só uma Casa de Leis, é também do debate, da cidadania, uma Casa onde a democracia prevalece, uma Casa aberta a todos da nossa cidade, para proteger nossos cidadãos”, apontou o homenageado.

“É uma noite memorável. Sei que todos foram escolhidos criteriosamente para receber o título. A palavra de Deus nos diz que é papel do Estado coibir o mal e promover o bem, e hoje vocês estão promovendo o bem”, assegurou o reverendo Ildemar de Oliveira Berbet. “Então quero agradecer aos vereadores, em nome de todos os homenageados”, finalizou.

Médica e Bombeiro

Entre os homenageados da Câmara de Dourados, também, proposição do vereador Madson Valente (DEM) contemplou a médica Maristela de Castro Menezes, agraciada com o título de Honra ao Mérito depois de 30 anos atuando na área de saúde pública em Mato Grosso do Sul, 20 deles apenas no Centro Homeopático de Dourados. A profissional é esposa do deputado estadual Barbosinha (DEM-MS).
O comandante do 2º Grupamento de Bombeiros Militar, tenente coronel Humberto José Sepa de Matos Filho, também recebeu o título de Cidadão Douradense, homenagem outorgada igualmente pelo vereador Madson Valente (DEM), em conjunto com o vereador Alan Guedes (DEM), presidente da Câmara.

Comentário

Com a participação de 600 trios de acadêmicos e mais de 30 horas de disputa, a UCP (Universidad Central Del Paraguay) de Pedro Juan Caballero realizou no último final de semana a maior competição de conhecimento em Anatomia e Fisiologia da América Latina. Entre os participantes, professores, coordenadores e visitantes, mais de 2500 pessoas estiveram presentes no Clube Aquidaban. Foram dois dias onde os universitários puderam mostrar o que aprenderam em sala de sala de aula e no que é colocado em prática nas diversas atividades de extensão e nas clínicas da instituição.

Durante a competição são abordados conteúdos relevantes para a aplicação clínica e também questionados os conhecimentos específicos de anatomia e fisiologia. De acordo com o desempenho dos trios, em cada etapa, os melhores colocados avançam até chegar à etapa final onde são conhecidos os três melhores trios e os vencedores da competição.

Kallyston Alves, um dos vencedores da competição, disse que todo o esforço valeu a pena e a conquista valeu as noites mal dormidas e até sem dormir. Ele lembrou também da união dos outros integrantes do trio e da ajuda que receberam dos professores e orientadores. “Foi uma competição muito difícil e o nível dos competidores altíssimo, o que só valorizou nossa vitória”, agradeceu Kallyston que venceu a competição de Fisiologia II, juntamente com Eduarda Gabrielly Barros de Godoi e Monnyque Jiully Roque Silva.

Esta foi a sétima edição da competição que foi criada para incentivar o estudo de anatomia humana e fisiologia, além de chamar a atenção para o tema e aprimorar os conhecimentos dos alunos e professores que participaram de toda a competição. De acordo com o diretor do curso de Medicina em Pedro Juan Caballero, Dr. Luís Arias, o nível dos competidores e o grau de comprometimento dos universitários mostrou que os estudantes da UCP estão levando os estudos a sério e aquilo que é aplicado em sala de aula e nos laboratórios e clínicas tem feito a diferença na qualidade do ensino.

“Isso nos dá a certeza de que estamos no caminho certo e que daqui sairão grandes profissionais com conhecimento e capacidade para ajudar a salvar vidas e melhorar a qualidade da saúde nos hospitais, clinicas e consultórios onde eles exercerem a profissão depois de formados”, disse Arias.

Comentário

Um corpo, ainda não identificado, foi encontrado no começo da manhã desta quinta-feira (5) em um tambor de plástico, às margens do rodoanel, em Ponta Porã. De acordo com o que repercute o Campo Grande News, só neste ano a cidade sul-mato-grossense que faz divisa com a vizinha paraguaia Pedro Juan Caballero, já registrou este ano, pelo menos, 160 assassinatos, a maioria em forma de execuções.

O tambor azul com o corpo foi deixado na margem do rodoanel, uma estrada de terra perto da BR 463, conhecida com o ponto de desova de cadáveres, no prolongamento da rua Guia Lopes, entre os bairros Estoril e São João. Pelo menos cinco pessoas executadas e deixadas nessa área, no rodoanel, só neste ano, escreve o correspondente do site de Campo Grande em Dourados, jornalista Helio de Freitas.

Embora a vítima não tenha sido identificada oficialmente, moradores da fronteira levantaram suspeitas, em grupos do aplicativo WhatsApp, de que o corpo pode ser do estudante paraguaio Alex Ziole Areco Aquino, de 14 anos, desaparecido desde o dia 23 de novembro. O adolescente foi visto pela última vez em Pedro Juan Caballero, ao ser abordado em uma festa por ocupantes de uma caminhonete que teriam levado o garoto do local.

Comentário

A presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), afirmou nesta quarta-feira (4) que o projeto de lei que altera o CPP (Código de Processo Penal) para permitir a prisão após condenação na segunda instância vai entrar na pauta da comissão para ser votado na próxima terça-feira (10), publica o G1.

A senadora anunciou a decisão durante audiência pública na CCJ para discutir o tema, na presença do ministro da Justiça, Sérgio Moro, que defendeu "urgência" na votação de texto sobre o assunto. No mês passado, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que a prisão de uma pessoa condenada só pode ser decretada com o trânsito em julgado, isto é, quando se esgotarem todas as possibilidades de recurso a todas as instâncias da Justiça.

A decisão mudou um entendimento adotado pelo tribunal desde 2016 e, diante disso, a Câmara e o Senado passaram a discutir propostas que permitem esse tipo de prisão. Na sessão da CCJ, o senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) apresentou um manifesto assinado por 43 senadores pedindo para que o PL fosse votado.

O texto entregue à presidente do colegiado diz que os senadores são contrários “a qualquer movimento no sentido de adiar a análise do referido projeto” e reafirmam o “propósito de apreciar e aprovar a matéria o mais breve possível”.

O Senado e a Câmara debatem textos diferentes para retomar a prisão de condenados em segundo grau, após a derrubada pela maioria dos ministros do Supremo. De um lado, os deputados analisam uma PEC (proposta de emenda à Constituição), enquanto os senadores propuseram uma alteração no Código de Processo Penal, que seria mais rápida.

Na última semana, líderes do Congresso se reuniram na tentativa de encontrar um texto em comum para ser debatido nas Casas. Tebet disse, na ocasião, que o Senado só fecharia questão sobre o assunto após a Câmara apresentar um calendário com prazos para aprovação da PEC, de acordo com a publicação.

Comentário

O governador Reinaldo Azambuja vai acompanhar nesta quinta-feira (5), na Bolsa de Valores de São Paulo, a abertura do leilão da concessão à iniciativa privada da rodovia MS 306, uma rodovia de 220 quilômetros, situada entre a divisa com Mato Grosso e Cassilândia, na região Noroeste de Mato Grosso do Sul. De acordo com o governador Reinaldo Azambuja, se o pregão tiver sucesso, a expectativa é de que até fevereiro de 2020 o contrato com a vencedora seja assinado e as obras tenham início. Reinaldo falou sobre o assunto em entrevista coletiva à imprensa, nesta quarta (4), após o lançamento da campanha “MS unido, paz nas famílias”, na Governadoria.

Segundo Reinaldo Azambuja, serão investidos quase R$ 1 bilhão na rodovia, nos próximos cinco anos, melhorando o ir e vir das pessoas, e que a concessão irá abrir caminho para a concessão de outras rodovias e também para novas PPPs, as Parcerias Público-Privadas. “Estamos extremamente otimistas. Vamos aguardar a abertura do leilão. Que a gente possa ter sucesso. Primeiro, de poder transferir à iniciativa privada aquela rodovia, porque serão investimentos diretamente de mais de R$ 1 bilhão em uma rodovia, toda ela modernizada, melhorar segurança, melhoria de tráfego e principalmente o ir e vir das pessoas. É a primeira concessão de rodovia de outras que virão”, disse.

Pela MS 306, o fluxo de veículos é de 80% de caminhões, a maioria dos estados de Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais. Com a concessão será implementado acostamento, construída uma terceira faixa em trechos críticos, adequadas interseções e novas rotatórias, implantados retornos e feita adequação de pontes e viadutos e melhoria da travessia urbana de Chapadão do Sul com o prolongamento das vias marginais. Também estão previstos serviços como socorros mecânico e médico, controle de tráfego, um caminhão-pipa para combate a incêndio e postos de atendimento.

O deputado estadual Renato Câmara (MDB) apresentou, na sessão desta quarta-feira (4), Projeto de Lei que dispõe sobre medida de conscientização acerca do direito da pessoa idosa ao passe livre em viagens rodoviárias intermunicipais e interestaduais. A proposição foi assinada também pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa (PSDB).

As concessionárias do serviço de transporte rodoviário de passageiros poderão ser obrigadas a afixarem nos locais de vendas de passagens, adesivo contendo texto conscientizando a população sobre o direito do idoso ao passe livre.

O material informativo deverá ter a seguinte redação: “Idoso, você tem direito ao passe livre. Para denúncia ou informações, ligue 151 ou (67) 99158-0088 (WhatsApp – Procon/MS)”. O projeto estabelece ainda penalidades e multas caso ocorram descumprimento da lei.

“É um projeto advindo da Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa Idosa. A principal ideia é informar e orientar os idosos quando seus direitos não forem respeitados, devendo esses casos ser denunciados ao Procon, para que sejam tomadas as devidas providências”, salientou Câmara, que preside a Frente na Assembleia.

Comentário

Durante o mês de novembro a Semas (Secretaria municipal de Assistência Social) realizou cinco dias de oficinas com os coordenadores dos Cras (os Centros Sociais de Referência em Assistência Social), envolvendo técnicos de referência, orientadores sociais dos SCFV (Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) em Dourados.

Também participaram entidades assistenciais como o CEIA, Ação Familiar Cristã, Casa Criança Feliz e Instituto Fuziy, que abordaram as práticas de sucesso de cada faixa etária, sendo este um serviço realizado em grupos com as faixas etárias de 0 a 6, 6 a 15, 15 a 17 anos e acima dos 60 anos de idade.

A secretária de Assistência Social, Fátima Alencar, afirmou que a oficina teve como objetivo complementar o trabalho social com as famílias nos Cras, prevenindo a ocorrência de situações de risco social e fortalecendo a convivência familiar e comunitária, além de oportunizar o acesso às informações sobre direitos e participação cidadã.

Segundo ela, as oficinas ofereceram certificados aos participantes e foram momentos de muita troca de experiências e oportunidades de socialização em cada execução, garantindo maior qualidade na realização desses grupos, através de demonstração de atividades e de discussão de conceitos.

O SCFV é ofertado pela Secretaria de Assistência Social do município através da Proteção Social Básica. Hoje em Dourados, acontece nos sete Cras e conta com 48 grupos, sendo 850 participantes, e tem como prioridade atender as famílias de forma preventiva e também aquelas com os vínculos familiares já fragilizados.

Os Cras do Município realizam os Serviços uma vez por semana e os interessados podem procurar os Centros que funcionam no território onde residem para maiores informações.

Comentário

O duelo com o Avaí, nesta quinta-feira (5), às 19 horas (de MS), no Maracanã, será o último do Flamengo em casa este ano. Com contrato apenas até o fim da temporada, Gabigol ainda não sabe qual será seu futuro. Por isso, reconheceu que a possível despedida do estádio será um momento especial para ele.

“Vai ser especial para mim. Pode ser a última, a gente não sabe. Estou muito animado para esse jogo, espero que esteja com casa lotada. Se eu voltar a jogar, vou ficar muito feliz também”, resumiu o craque e artilheiro da temporada vitoriosa do rubro-negro.

Antes mesmo da final da Libertadores, a diretoria chegou a um entendimento verbal com a Inter de Milão para comprar os direitos econômicos do atacante - 16 milhões de euros por 80% (cerca de R$ 74,5 milhões). A conversa com os representantes do atleta foi iniciada, mas estagnou. A ideia é aguardar para ver se alguma oferta de um time da primeira prateleira da Europa vai chegar.

“Não tenho pensado nisso. Só tenho pensado nos últimos jogos, no Mundial. Todos têm sonhos. Estou realizando um no Flamengo, tudo tem saído perfeito. Recordes, títulos... Tudo está sendo conversado, mas não há nada certo. Se for da vontade de Deus, que eu fique”, disse o artilheiro do Brasileiro e da Libertadores.

Comentário

O casamento está ficando menos popular entre os brasileiros: em 2018, o número total no país caiu 1,6% na comparação com o ano anterior. Entre pessoas do mesmo sexo, no entanto, o movimento foi contrário e bem mais acentuado: esse tipo de união teve um crescimento de 61,7% na mesma comparação, segundo as Estatísticas do Registro Civil, divulgadas nesta quarta-feira (4) pelo Ibge, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo foi autorizado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) somente em 2013. Naquele ano, foram registrados 3.700 em todo o país. Nos quatro anos seguintes, a média foi de 5.400 casamentos por ano. Já em 2018 foram 9.500 situações.

O Ibge destacou que o aumento do casamento entre pessoas do mesmo sexo ocorreu em todas as regiões do país, sendo o menor crescimento observado no Centro-Oeste (42,5%) e o maior no Nordeste (85,2%).
De acordo com a gerente da pesquisa, Klívia de Oliveira, o levantamento traz “os números frios”, ou seja, não permite analisar o que levou a esse aumento no número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Estudiosos de temas ligados à população LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e intersexo) ouvidos pelo portal G1 veem uma relação entre o fenômeno e o momento político do país. Os números divulgados pelo Ibge apontam que o número de casamentos homoafetivos aumentou após o resultado das eleições. Entre janeiro e outubro, a média foi de 546 casamentos de pessoas do mesmo sexo por mês. Em novembro, subiu para 957 e saltou para 3.098 em dezembro – cinco vezes mais que a média.

Comentário

A Câmara de Dourados realiza nesta quarta-feira (4) sessão solene onde estarão sendo agraciados com honrarias um total de 60 personalidades indicadas pelo conjunto dos membros da Casa. O título de Cidadão Douradense, por exemplo, vai contemplar os membros efetivos da ADL (Academia Douradense de Letras) Carlos Marinho, Ivone Macieski e Rogério Fernandes Lemes e a própria ADL também será homenageada com um Diploma de Jubileu, pela passagem dos 28 anos de fundação da entidade.

A sessão solene que concede as honrarias acontece uma vez por ano, quando os vereadores indicam personalidades para o recebimento das homenagens. Elas são reconhecidas pelas ações desenvolvidas que trazem benefícios para o município, quer seja com trabalhos diretos, parcerias, atuações específicas arte e cultura.

Dentre os membros efetivos, Rogério Fernandes Lemes, natural de Amambai e há 15 anos em Dourados, diz que receber a homenagem “é honra muito grande, uma grande responsabilidade e o sentimento é de total gratidão”.

A escritora e poetisa Ivone Macieski disse do “imenso orgulho” de ter sido indicada pela Mesa Diretora da Câmara para receber o título de Cidadã Douradense. “Esse reconhecimento será o combustível para que eu possa continuar me empenhando, com todas as minhas forças, para ver esta cidade que tanto amo estar cada vez melhor”, afirmou.

Mais novo membro da ADL, o escritor e compositor Carlos Marinho se mostra orgulhoso. “É uma grande honra receber o título, ainda mais sendo indicado pela Mesa Diretora da Casa. Fico feliz e orgulhoso, além de saber que é uma grande responsabilidade fazer jus ao reconhecimento e confiança” completou.

O presidente da ADL, Marcos Coelho, agradeceu a lembrança dos vereadores Alan Guedes, Sergio Nogueira, Elias Ishy e Braz Melo, autores da proposição do Diploma de Jubileu. “Isso demonstra e confirma o respeito e o carinho do Legislativo com a ADL. Ficamos muito gratos pela lembrança e pela honraria”, disse o presidente da ADL. A cerimônia acontece a partir das 19 horas.

Comentário

Página 10 de 1517

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus