Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O empregador do setor de materiais de construção Cláudio Gaiofato aceitou o convite feito pela prefeita Délia Razuk (sem partido) para assumir a secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Dourados.

Gaiofato, que foi um dos fundadores da Acomac (a Associação de comerciantes do setor de construção), vai substituir Rose Ane Vieira, cuja exoneração saiu publicada na edição desta segunda-feira (12) do Diário Oficial do Município. Ela estava no cargo desde o início desta administração.

Claudio Gaiofato foi candidato a vereador nas eleições de 2016 pelo partido Solidariedade e obteve 872 votos na coligação ‘Compromisso de Verdade II’, que apoiou o candidato derrotado para prefeito Geraldo Resende.

Comentário

O governador em exercício Murilo Zauith participou, na manhã desta segunda-feira (12), no Comando da Brigada Guaicurus do Exército de Dourados, de reunião com o general William Lourenço e representantes de entidades e instituições de segurança do Município para debater o encaminhamento das ações em comemoração à Semana da Independência. A meta é reforçar ações de patriotismo, conforme resultado de encontro do qual já havia participado, na semana passada, ao receber o chefe do Estado Maior do Comando Militar do Oeste, general Carrião, e confirmado o apoio do Governo do Estado ao projeto.

Participação da reunião de sensibilização de toda a comunidade civil e empresarial do Município no espírito das comemorações da Semana da Pátria em Dourados o presidente da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), Nilson Aparecido dos Santos e diretores da entidade, além do comandante da PM (Polícia Militar), tenente coronel Carlos Silva, a prefeita Delia Razuk, o presidente da Câmara de Dourados, vereador Alan Guedes e representantes de Lojas Maçônicas, Rotarys, da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) e do Lions Clube, também mobilizados para nova reunião de trabalho agendada para às 17 horas desta terça-feira (13) na Aced.

A iniciativa apresentada durante a reunião da semana passada em Campo Grande, pelo chefe do Estado Maior do CMO, prevê o resgate do patriotismo por meio de diversas ações alusivas à data do 7 de setembro. As atividades contarão com a participação de estudantes e da população e serão viabilizadas pelo Exército em parceria com órgãos, entidades, associações e demais setores da sociedade civil.

Comentário

Os trabalhadores em Educação da Reme (Rede Municipal de Ensino) de Dourados deliberaram, em assembleia geral realizada na tarde de sexta-feira (9), pela paralisação de 56% das atividades, a partir desta quarta-feira (14), caso a Prefeitura não regularize o pagamento do salário dos educadores. Na quinta-feira (9), o Município pagou o equivalente a 44% dos salários do funcionalismo.

Após a assembleia, a diretoria do Simted encaminhou ofício para a prefeita Délia Razuk, e ao secretário municipal de Educação, Upiran Gonçalves, comunicando a decisão da categoria, deliberada em assembleia realizada no sindicato. As atividades docentes e administrativas serão suspensas em 56% do tempo caso a administração não realize o pagamento integral do salário dos profissionais da Educação.

Tribuna Livre

O presidente do Simted, Juliano Meneghetti Mazzini, faz uso da Tribuna Livre da Câmara de Vereadores de Dourados na sessão desta segunda-feira (12), para explicar o posicionamento da categoria após a liberação dos salários de forma ‘picotada’, “que demonstra o descaso do Município com a categoria e fere o princípio da valorização profissional”, conforme afirma o presidente.

Comentário

A vereadora Lia Nogueira (PL) teve encontro na manhã desta segunda-feira (12) com o governador em exercício, Murilo Zauith (DEM), onde demonstrou preocupação com a situação atual de Dourados. Ela apontou que o funcionalismo público está na iminência de uma paralisação geral, por tempo indeterminado, o que afetaria diretamente toda população.

Lia Nogueira demonstrou maior preocupação com a Rede Pública de Saúde de Dourados, em especial com o Hospital da Vida e a UPA, onde a falta de plantonistas tem colocado em risco a saúde de centenas de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). Acompanhada da vereadora Daniela Hall (PSD), Lia vistoriou, durante o final de semana, as duas unidades de saúde. Ela relatou a Zauith que um grupo de parlamentares independentes se uniu e está buscando uma solução emergencial, por isso pede apoio do Governo do Estado.

O governador em exercício disse, de acordo com Lia, que o Estado tem condições de ajudar, como tem colaborado com tudo que tem sido solicitado pela atual administração, como as obras de recapeamento, asfalto e a recuperação da avenida Presidente Vargas, e não irá se eximir do compromisso de ir além, caso seja necessário. Em relação ao Hospital da Vida e UPA, disse que o secretário de Saúde, Geraldo Resende, poderá reforçar a parceria que está sendo firmada, no sentido de não deixar a população desassistida.

“Foi uma agenda muito proveitosa, em que eu senti realmente uma união de esforços para tirarmos Dourados deste atual cenário. É claro que tudo isso só se tornará possível se a prefeita Délia Razuk (sem partido) comungar do mesmo pensamento nosso, e, para isso, é preciso diálogo. A Câmara de Vereadores está de portas abertas para ouvir a prefeita e saber dela em que o parlamento douradense pode ajudar neste momento difícil que o município atravessa. Não fazemos a política do ‘pior, melhor’. Ou todos ajudam ou todos vão sofrer”, destacou Lia Nogueira.

Murilo Zauith ainda recebeu de Lia Nogueira o pedido de incluir mais bairros como Parque dos Jequitibás, Jardim Guaicurus, Caimã, Bonanza e Campina Verde, no pacote de obras do Estado, que inclui pavimentação, já em execução em regiões como o Grande Jóquei Clube. O governador em exercício também se comprometeu em levar as demandas da vereadora para a Secretaria de Infraestrutura. (Da assessoria)

Comentário

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (12) que pretende acabar com os radares móveis nas estradas brasileiras. A declaração ocorreu em uma cerimônia de liberação de um trecho de 47 quilômetros de duplicação da BR 116 na cidade de Pelotas, no interior do Rio Grande do Sul.

"Estou com uma briga na Justiça, junto com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, para acabar com os radares móveis do Brasil", disse o presidente em seu discurso. "Isso é coisa de uma máfia de multas, é um dinheiro que vai para o bolso de poucos aqui no Brasil, é uma indústria de multas", comentou. E prometeu: "A partir da semana que vem, não teremos mais essa covardia de radares móveis no Brasil", conforme repercutiu o portal Terra.

Além disso, o presidente citou o projeto que o governo enviou para a Câmara dos Deputados, aumentando a validade da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) de 5 para 10 anos e acabando com a exclusividade dos Detrans de escolher qual médico pode conceder o atestado de saúde para que os cidadãos consigam a habilitação.

Bolsonaro também afirmou que "sugeriu" que o limite máximo de pontos para que um motorista perca a habilitação seja aumentado de 20 para 40 pontos, "porque quando um motorista profissional perde sua carteira de motorista, na verdade ele está perdendo a sua carteira de trabalho".

Ferrovias

No discurso de cerca de dez minutos, onde ao fundo era possível ouvir pessoas gritando "mito", Bolsonaro também mencionou que pretende, "em 2023", integrar a malha ferroviária da região Sul com a malha em construção que ligará o porto de Taqui, no Maranhão, ao porto de Santos, em São Paulo. "Não dá pra fazer antes de 2023", afirmou o presidente. O mandato dele na Presidência vence em 2022.

Comentário

Acadêmicos do curso de Ciências Econômicas da Face (a Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia) da Universidade Federal da Grande Dourados realizaram, entre a última semana do mês de julho e a primeira semana de agosto, pesquisa de preços do valor da Cesta Básica de alimentos do mês de julho e, no comparativo com o mês anterior, constataram uma queda de 7,81%.

De acordo com o que divulga a assessoria da UFGD, os preços da cesta básica de junho ficaram em R$ 405,92 o que significa 40,67% do salário mínimo, de R$ 998. E, no mês passado, o trabalhador douradense teve que destinar uma quantia inferior, após apurados os valores de 374,20 reais, o que equivale a 37,49% do salário mínimo vigente no país.

Dos 13 produtos que compõem a Cesta Básica, conforme o levantamento dos acadêmicos, quatro apresentaram aumento de preços no mês de julho em Dourados. E o produto que teve a maior elevação do mês foi o café com 1,53%; o arroz, com 1,36%; e o açúcar, com 1,01% de aumento. E, com uma pequena elevação de preços, a carne com 0,05%, segundo o apurado.

A partir da Constituição Federal de 1988, o trabalhador brasileiro deve trabalhar 220 horas mensais, com isso, no mês de junho/2019, um trabalhador douradense para pagar a cesta básica tinha de trabalhar 89 horas e 29 minutos. Já no mês de julho/2019, este mesmo trabalhador precisou de um tempo inferior para comprar alimentos: 82 horas e 29 minutos, exatamente 7 horas no mês a menos.

Comentário

O Diário Oficial do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul publicou sexta-feira (9) o resultado final do XXII Processo de Seleção de Estagiários realizado no dia 7 de julho. Além da classificação geral dos aprovados no certame, é possível verificar a classificação das pessoas com deficiência, dos candidatos que se declararam negros ou índios e a classificação geral dos cursos em nível de Graduação e de Pós-Graduação. Também foi divulgado o Edital do resultado dos recursos interpostos contra o resultado preliminar.

Neste Processo Seletivo foram aprovados 1563 candidatos, sendo que a primeira convocação será feita na quinta-feira (15) desta semana com prazo de cinco dias úteis para apresentar a documentação e três3 dias úteis para os convocados manifestarem o interesse em assumir a vaga.

O Processo Seletivo foi executado pela Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura) e tem validade de 1 ano, contado da data da sua homologação, prorrogável por mais 1 ano, a critério do MPMS.

Para conferir o resultado no Diário Oficial, CLIQUE AQUI

Comentário

O Brasil encerrou a participação histórica em Lima, nos Jogos Pan-Americanos do Peru, na segunda colocação, atrás apenas dos Estados Unidos, com 55 ouros, 45 pratas e 71 bronzes, totalizando 171 medalhas.

E o que já era uma excelente campanha, poderia ter sido ainda melhor. Isso porque, nas últimas provas do dia, o Brasil ainda disputou três finais. No caratê, Hernani Veríssimo, pela categoria até 75kg, foi derrotado pelo norte-americano Thomas Scott e ficou apenas com a prata. Já pela categoria até 60kg, Douglas Brose, ouro em Toronto 2015, foi derrotado por Camilo Velozo, do Chile, e também ficou com o segundo lugar. Trajetória semelhante viveu Marcus D'Almeida, no tiro com arco. O brasileiro chegou até a final, mas perdeu para o canadense Crispin Duenas e também ficou com a prata.

Mesmo com as derrotas nas provas finais, a campanha do Brasil foi histórica. Com os 55 ouros, o País superou a participação em Rio 2007 em idas ao primeiro lugar do pódio. Além disso, a segunda colocação no quadro geral também é marcante. Desde 1963, no Pan de São Paulo, o Brasil não repetia o feito.

O COB (Comitê Olímpico Brasileiro) não fez projeção de medalhas para os Jogos Pan-Americanos de Lima, preferindo apostar nas vagas a conquistar para as Olimpíadas 2020, que vieram no handebol feminino, hipismo, tiro com arco, tênis e tênis de mesa, por exemplo.

Os Estados Unidos terminam o Pan com a primeira colocação, com 120 ouros, 88 pratas e 85 bronzes, totalizando 293 medalhas. Em terceiro lugar, o México conseguiu 37 ouros, 36 pratas e 63 bronzes, com 136 no total. Em quarto, o Canadá teve 35 ouros, 64 pratas e 53 bronzes, com 152 medalhas totais. Em seguida, Cuba fechou entre os cinco melhores colocados do Pan de Lima, com 33 ouros, 27 pratas e 38 bronzes, colecionando 98 medalhas.

Comentário

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas no processo seletivo simplificado para contratação de dez professores substitutos que irão atuar nos campi Campo Grande, Coxim, Dourados e Ponta Porã.

Confira o edital

As vagas são para as áreas de Física, Geografia, História, Informática/Desenvolvimento e Desenvolvimento Web, e Sociologia. Pela primeira vez, o IFMS abre seleção na área de Educação Especial, cuja atuação está disposta no anexo III do edital de abertura do processo seletivo.

O interessado não pode ser docente vinculado à Lei nº 7.596/87 nem ser ocupante de cargo, emprego ou função em regime de dedicação exclusiva. Além disso, não pode ter sido contratado como professor substituto nos últimos 24 meses nem participar de sociedade privada como administrador ou sócio-gerente.

As inscrições devem ser feitas até domingo (18) de agosto, na Página do Candidato da Central de Seleção. A taxa é de R$ 30 e pode ser paga em qualquer agência do Banco do Brasil até o dia 19. A seleção dos candidatos será realizada no dia 24 de agosto, por meio de provas didática e de títulos, nos campi onde as vagas são ofertadas.

A previsão é de que o resultado preliminar seja divulgado no dia 27 de agosto, e o final até 2 de setembro. Os professores contratados terão carga horária de 40 horas semanais e a remuneração varia de R$ 3.588,85 (graduação) a R$ 6.289,21 (doutorado).

Comentário

Contribuir com o desenvolvimento da região, levando conhecimento e informação para jovens, empresários, profissionais liberais e comunidade em geral é o objetivo da 2ª. CEC (a Conferência de Empreendedorismo e Cooperação), que será realizada no dia 31 no Salão de Eventos da Unigran, em Dourados. O evento é uma realização da Sicredi Centro-Sul MS e tem como parceiro o Sistema OCB/MS (Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Mato Grosso do Sul) por meio do Sescoop/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo).

A CEC trará para Dourados grandes palestrantes, entre eles, Camila Farani, Eduardo Tevah, Gustavo Cerbasi e Gustavo Caetano. Os temas que serão abordados estão ligados ao empreendedorismo, gestão, liderança, cooperativismo e inovação. Para isso, os palestrantes contarão ao público suas histórias de sucesso e suas visões de negócio, buscando o desenvolvimento e o crescimento pessoal e profissional.

O evento foi idealizado com intuito de agregar conhecimento e cooperar com as pessoas da comunidade e faz parte das comemorações de aniversário de 30 anos da Sicredi Centro-Sul MS. “Queremos discutir novas atitudes, trazer ideias inovadoras, apresentar casos de sucesso e estimular o empreendedorismo e o cooperativismo na nossa região”, ressalta o presidente da Sicredi Centro-Sul MS, Sadi Masiero.

As vagas são limitadas e exclusivas para associados da Sicredi Centro-Sul MS. As inscrições serão realizadas diretamente no site: sicredicentrosulms.com.br/cec2019.

Palestrantes

Camila Farani – Tema: “Vencendo Tubarões – Técnicas de Negociação”. Camila Farani é um dos “tubarões” do Shark Tank Brasil. É advogada, com pós-graduação em Marketing e especializações em Empreendedorismo e Inovação por Stanford e pela Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Eduardo Tevah – Tema: “Liderança e Gestão de Empresas”. Eduardo Tevah é bacharel em Administração de Empresas pela UFRGS, com especialização em gestão de pessoas. Além de empresário, é diretor-presidente da D&E Consultores. Autor de 5 livros.

Gustavo Cerbasi – Tema: “Escolhas Inteligentes para seu Bolso e sua Vida”. Gustavo Cerbasi é a maior referência em inteligência financeira do Brasil. Consultor, palestrante e autor de 15 livros, escreveu o best-seller “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”.

Gustavo Caetano – Tema: “Pense Simples”. Gustavo Caetano é fundador e CEO da Samba Tech. Já compartilhou suas experiências em eventos no MIT, ONU e NASDAQ. É autor do livro Pense Simples e recebeu recentemente a medalha de JK como Personalidade Brasileira do Ano em Tecnologia.

Comentário

Página 10 de 1406
  • unimed nova
  • cassems
  • governo raly

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus