Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd recess
Redação Douranews

Redação Douranews


Na noite de 12 de outubro de 2015, dia santo de Nossa Senhora Aparecida, o então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), estava no Rio sob um calor inclemente de 35°C à sombra quando recebeu um telefonema do recém-nomeado chefe da Casa Civil do governo Dilma Rousseff, Jaques Wagner. O chamado era urgente.

O clima, àquela altura, era de elevadíssima tensão. O peemedebista tentava se livrar de um processo no Conselho de Ética, enquanto Dilma buscava a todo custo evitar o início de um processo de impeachment contra ela, que dependia exclusivamente do parlamentar, desafeto declarado. Wagner tinha pressa de encontrar Cunha e, para não perder um minuto sequer, se ofereceu para esperá-lo na Base Aérea de Brasília, onde o parlamentar aterrissaria a bordo de um jato da Força Aérea.

Assim que o então presidente da Câmara pousou na capital federal, ambos conversaram a sós. O inteiro teor daquela conversa crucial tanto para Cunha quanto para Dilma nunca havia sido tornado público, até que o deputado afastado resolveu esmiuçá-la em detalhes em entrevista exclusiva à reportagem da revista IstoÉ concedida quinta-feira (23) na residência dele, em Brasília, um dia depois de o STF (Supremo Tribunal Federal) torná-lo réu pela segunda vez na Operação Lava Jato.

Segundo Eduardo Cunha, Wagner tinha um plano para salvá-lo do cadafalso. Em troca do arquivamento no nascedouro do processo do impeachment contra Dilma, o então ministro disse que poderia garantir votos de deputados petistas no Conselho de Ética. Ofereceu também influenciar o Poder Judiciário para que os processos de investigação da filha, Danielle, e da mulher, Cláudia Cruz, não fossem para a primeira instância. Cunha considerou que o petista não tinha condições de entregar o que prometia. Wagner quis deixar claro, então, que ele falava em nome da principal mandatária do País: Dilma Rousseff.

Disse ainda que deixaria a Base Aérea com destino ao Palácio da Alvorada. Naquele mesmo dia, ele relatou à presidente o andamento da negociação. “Todas as vezes em que ele (Jaques Wagner) esteve comigo, que tocou nesse assunto, deixou claro que relatava todas as conversas para Dilma e que ela sabia. O que torna um pouco mais grave a situação. Na conversa do dia 12 de outubro, Wagner disse que naquela noite mesmo ainda conversaria com a presidente e que falaria comigo depois. O que comprova, mais uma vez, que ela participava e sabia de tudo”, disse Cunha à IstoÉ.

Comentário

Uma dona de casa matou a filha gestante e esfaqueou o neto de 4 anos na manhã deste sábado (25) em Ribeirão Preto/SP. Segundo a PM (Polícia Militar), após o crime a mulher ainda tentou se matar usando uma faca e foi impedida por um vizinho, que também ficou ferido. O motivo do crime ainda não foi esclarecido.

De acordo com a PM, o fato ocorreu dentro da casa da família, no bairro Ribeirânia. A dona de casa atingiu a filha, de 31 anos, que estava grávida de sete meses, com um golpe de faca no abdômen. Em seguida, a mulher tentou matar o neto com um golpe no pescoço.

Ainda segundo informações da PM, um vizinho percebeu a ação, entrou na casa, viu a agressora tentando atingir o próprio pescoço usando a faca e conseguiu impedir o suicídio.

Comentário

Uma adolescente de apenas 13 anos teria sido estuprada por um homem armado com uma faca em uma alameda, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste na cidade. O crime ocorreu na noite de quarta-feira (22), quando a jovem saía de uma escola de dança que fica no bairro, segundo o relato da vítima à Polícia Civil. As informações foram confirmadas pela delegada titular da 42ª DP (Recreio), Carolina Salomão.

A menina foi abordada pelo criminoso na Alameda Sandra de Faria Alvim, próximo à Praça Carlos Gardel. O local onde a menina foi atacada é uma área cheia de árvores e mato, como se fosse um bosque e há anos moradores pedem que a iluminação do local seja trocada.

O mesmo homem também teria atacado outra moradora há 15 dias. Ela estava passeando com dois cachorros. Ele a abordou e chegou a ameaçar matar um dos cães. De acordo com a polícia, um procedimento foi instaurado e as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias e autoria do fato. Imagens de câmeras de segurança na região foram solicitadas.

Comentário

Uma aposta acertou as seis dezenas do concurso 1.831 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (25). O sorteio ocorreu em Campina Grande, na Paraíba, onde acontecem os festejos juninos do mês. O ganhador faturou um prêmio de R$ 2.615.804,34

Veja as dezenas sorteadas: 15 - 27 - 28 - 32 - 48 - 55.

A quina teve 71 apostas ganhadoras e cada uma vai levar R$ 20.000,12. Outras 3.168 acertaram a quadra e vão levar R$ 640,33 cada uma. A estimativa de prêmio do próximo concurso é de R$ 2,5 milhões.

Comentário

Mais de 3000 pessoas se reuniram na manhã deste sábado (25) pelas ruas centrais de Caarapó em manifestação pela paz. As famílias usavam roupas brancas e ainda promoveram uma oração, com pedidos para que a paz volte a reinar. Alguns chegaram a protestar pelos bens que perderam durante a invasão de grupos indígenas em propriedades na região.

O comércio fechou as portas durante a manifestação em que representantes de pelo menos sete famílias relataram que perderam todos os pertences, além de pequenas criações, móveis e roupas durante a ocupação do começo do mês. Ainda durante o ato, foram feitas doações de roupas e agasalhos a alguns dos mais prejudicados.

Conflito

Três policiais militares foram feitos reféns por índios na área de conflito em Caarapó durante o ápice do confronto com produtores rurais, na manhã do dia 14 passado. Os policiais só foram libertados no meio da tarde, depois que forças de segurança pública, incluindo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), PF (Polícia Federal) e PM (Polícia Militar) se deslocaram para a área para intermediar o conflito. Segundo a Polícia, durante o confronto seis indígenas foram feridos e um morreu, por conta da ocupação da fazenda Yvu.

As vagas numeradas 1600, 1630 e 1631 da rua Hayel Bom Faker, que antes eram destinadas para estacionamento de motos na área central da cidade, agora foram transformadas em espaços para carros, diante do novo arranjo feito pela concessionária EXP Parking, que assumiu o sistema de estacionamento rotativo no Município.

Acontece que os usuários de motos ainda não foram devidamente informados da mudança e continuam estacionando no local, o que acaba gerando um conflito por espaços. A Agetran, agência de transporte e trânsito da cidade, encarregada da fiscalização do serviço, também não providenciou a devida regularização da área.

Na hora do almoço, principalmente, as motos proliferam no local e algumas chegam a dividir espaços, apertados, com carros.

Onofre

Além disso, há outro problema, na rua Onofre Pereira de Matos, onde comerciantes reclamam que não tem vagas porque os usuários da avenida Joaquim Teixeira Alves estão estacionando lá e vão ‘empurrando’ o sistema para as vias mais abaixo.

Comentário

Uma crítica feita por uma moradora de São Vicente, no litoral de São Paulo, ao vice-governador do Estado e ex-prefeito da cidade vicentina por dois mandatos, Márcio França (PSB), causou polêmica nas redes sociais nos últimos dias. Ele foi chamado de “verme” e decidiu processar a internauta.

Nesta sexta-feira (24), no entanto, Márcio França, que também é advogado, voltou atrás e pediu à sua equipe jurídica que retirasse a ação contra a educadora física Michelle Cecchi. Ele disse que mudou a decisão de processar a educadora depois que Michelle se desculpou "discretamente" pelo ocorrido.

A polêmica começou há uma semana, no dia 16, quando o vice-governador postou em sua página oficial no Facebook, fotos de São Vicente da época em que foi prefeito da cidade [1997/2000 e 2001/2004] e escreveu que as “coisas” tinham mudado daquele tempo em diante.

Na opinião da educadora, a situação mudou para pior. Ela comentou na publicação criticando a atual administração do prefeito Luis Cláudio Bili (PP) e questionou qual foi a ajuda do Estado ao município para enfrentar os problemas, como inúmeras greves de serviços públicos, falta de coleta de lixo e verbas estaduais.

"Moro em São Vicente desde que nasci e estou realmente triste de ver a cidade abandonada e precisando de ajuda, mas o que aparenta é que o Márcio França, como ex-prefeito que foi e atual vice-governador, não estava dando a mínima para a cidade. Que verbas ele mandou para cá? O que fez para ajudar o lugar que ele diz gostar tanto? Ele não respondeu minhas perguntas como munícipe e eleitora e apagou o que escrevi", contou.

Márcio França confirma que ele mesmo apagou o comentário de Michelle na rede social e justifica que a educadora fez comentários fora do contexto da publicação considerada positiva. “Elogiar, criticar é do jogo, mas no seu espaço, no caso, no meu, eu sou responsável e avalio o que deve ficar ali”, disse o vice-governador. Com informações do G1

Comentário

O ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta sexta-feira (24) o envio para a Justiça Federal de Brasília de denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela suposta tentativa de comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Também são alvos da mesma denúncia o senador cassado Delcídio do Amaral, o banqueiro André Esteves e outras quatro pessoas. Os sete são acusados de obstrução à Justiça, por suposta tentativa de atrapalhar a delação de Cerveró na Operação Lava Jato. Procurada, a defesa de Lula informou que não vai se manifestar sobre a decisão.

Para Teori Zavascki, "tais fatos não possuem relação de pertinência imediata com as demais investigações relacionadas às fraudes no 'ambito da Petrobras'". Por isso, ele entendeu que deve ser considerado o local onde o suposto crime foi consumado, em Brasília.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo que o caso fosse remetido para o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato no Paraná, por entender que havia conexão dos fatos com o esquema de corrupção na Petrobras. Segundo Janot, alguns dos denunciados, como o empresário José Carlos Bumlai, o filho dele Maurício Bumlai e o próprio Cerveró já são alvos de processo no Paraná.

Advogados de defesa dos acusados, no entanto, contestaram o pedido de envio ao Paraná. O banqueiro André Esteves, um dos denunciados, argumentou que o suposto crime foi cometido em Brasília. Já o ex-presidente Lula afirmou que o caso deveria ir para Justiça Federal de São Paulo porque fatos narrados ocorreram naquele estado.

O ministro Teori Zavascki reconheceu que o que permitia que o inquérito seguisse no Supremo era o foro privilegiado de Delcídio. Mas, depois que ele foi cassado, o caso deve continuar na primeira instância, frisou o ministro.

Comentário

Os shows com Matheus Matos, Kleber e Kleberson e um bailão de fechamento com Marlon Maciel marcam a agenda da 39ª. Festa Junina, na noite deste sábado (25) na Praça Antônio João. A festa será encerrada neste domingo (26), como parte da celebração de recepção da Tocha Olímpica, e a animação dos grupos Trajeto 2 e Trancão.

Este ano pelo menos 30 barracas oferecem ao público comidas e bebidas típicas. Elas ocupam o espaço entre as ruas Presidente Vargas e Joaquim Teixeira Alves, dentro da distribuição da praça da alimentação, aprovada pelos visitantes e comerciantes da edição de 2015.

A equipe de segurança da Prefeitura disponibilizou este ano 14 câmaras que transmitem imagens em tempo real da Praça Antônio João. De acordo com o comandante da Guarda Municipal, João Vicente Chencarek, existem dois pontos de monitoramento. Um no ônibus que representa a Base Móvel da Guarda, estacionado próximo da praça e outro no posto da Guarda Municipal, no interior da praça.

Além das câmeras, guardas municipais circulam nos arredores. “A população pode ficar tranquila com relação à segurança. As câmeras transmitem 100% de imagem, não existe nenhum ponto cego. As imagens também ficarão armazenadas, em caso de necessidade, para alguma averiguação”, explicou Chencarek, comemorando o sucesso da primeira noite, onde o público estimado superou a 5 mil pessoas, segundo os organizadores.

Comentário

A “Mostra Cultural/Press Trip/Dourados-MS”, reunindo jornalistas da Folha de São Paulo, Correio Braziliense, Portal Embarque na Viagem e Ministério do Turismo, que estarão em Dourados para conhecer atrativos turísticos e culturais da cidade, acontece neste domingo (26), a partir das 13h30, no Teatro Municipal de Dourados, no Parque dos Ipês.

Organizada pela Prefeitura de Dourados, a atividade faz parte das ações da passagem da Tocha Olímpica por Dourados, cujo ponto de largada será no prolongamento da avenida Presidente Vargas.

As atrações da mostra são o Grupo de balé e banda do Nace, Grupo de dança Blanche Torres, Grupo de dança do Clube Nipônico, os cantores douradenses Carlos Fábio, Odair Vilella e Dito Freitas e ainda a Orquestra de Câmara da Uems.

Comentário

Página 1332 de 1371

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus