Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (12) três pessoas suspeitas do assassinato de Demétrio Piardi da Silva, de 62 anos, morto com um tiro no coração na cidade de Bom Jesus, na Serra gaúcha. Entre os presos está a filha da vítima, apontada como mandante do crime, e o genro, conforme divulgou a polícia na madrugada desta quinta-feira (13).

Foram presos Margarete Rodrigues da Silva, de 38 anos, filha da vítima; Agostinho das Graças Nunes Xavier, de 50, genro da vítima e companheiro de Margarete; e Deivid de Aguiar Campos, 24 anos, que é sobrinho de Agostinho. Os três moravam em Caxias do Sul, onde foram presos.

A polícia teve notícia da morte na manhã de quarta, e os três suspeitos foram presos em flagrante na cidade de Caxias do Sul, na Serra, após diligência conduzidas pela investigação. Na casa de um dos suspeitos foi encontrada a arma, segundo a polícia, utilizada para matar Demétrio.

De acordo com a investigação, a filha ordenou a morte do pai para receber uma herança no valor de R$ 300 mil. Em depoimento, os dois homens confessaram participação no crime. No entanto, eles divergem quanto à autoria do disparo fatal.

"Há contradição. Um aponta o outro como autor. Mas está claro que ambos estão em coautoria do fato. Já a filha nega que tenha mandado matar o pai. Ela diz que foi avisada da morte pelo namorado após o crime", conta o delegado Flademir Paulino de Andrade, que investiga o caso, segundo reportagem do portal G1.

Comentário

A tempestade tropical Nicole era muito pequena quando foi vista pela primeira vez - "engatinhava" atrás de seu "irmão maior", o furacão Matthew. Parecia não ser motivo de preocupação.

Uma semana depois, a tempestade cresceu e se transformou em furacão.

Nicole chegou a ter categoria quatro (a mesma de Matthew) na escala de força dos furacões que vai até cinco, mas perdeu força e passou à categoria três. Mesmo assim, seus ventos podem chegar a 205 km/h e causar grande destruição.

O NHC (Centro Nacional de Furacões dos EUA, na sigla em inglês) informou que, apesar de ter diminuído de intensidade, o Nicole deve ter "a força de um furacão de grandes proporções".

O furacão está passando nesta quinta-feira pelas Bermudas, dependência autônoma britânica no Caribe formada por cerca de 180 ilhas. Todos os voos para a região estão suspensos e atividades de escolas e instituições públicas foram canceladas.

Bermudas
Segundo especialistas, furacões dessa intensidade são raros na região das Bermudas.

Desde os anos 1950, apenas três furacões de categoria maior que a três atingiram a região, segundo o site Weather. O mais recente foi o Gonzalo, em 2014, que já estava se transformando em categoria dois quando atingiu o arquipélago.

Segundo a Nasa (agência espacial americana), os ventos verticais naquela região costumam desfazer os ciclones tropicais.

O Nicole, porém, continua tendo muita força.

Na semana passada, o furacão Matthew destruiu diversas cidades no sudoeste do Haiti, deixando centenas de mortos.

Forças brasileiras ainda trabalham na proteção de equipes de ajuda humanitária que trabalham na região.

Comentário

Traficante foi preso e carga de quase 700 quilos de maconha apreendida, ontem, no quilômetro 68 da BR-463, em Ponta Porã. Paulo Ricardo Silva da Rosa, 21 anos, levava o carregamento em Logan e foi interceptado em fiscalização de policiais rodoviários federais.

Conforme a instituição, equipe parou Paulo Ricardo para vistorias e, dentro do automóvel, encontrou vários tabletes da droga, que totalizaram 658 quilos.

O traficante alegou para policiais que recém havia pegado o carregamento em posto de combustíveis, mas não revelou para onde o levaria. Pelo transporte, disse, ainda, que receberia R$ 10 mil.

Comentário

Maria do Carmo Alves Carvalho, de 60 anos, foi identificada como a vítima que morreu em capotagem registrada no início da manhã de hoje, na BR-060, entre Nioaque e Sidrolândia. Outros quatro ocupantes do carro se feriram, entre eles uma criança de 8 anos.

De acordo com o site Região News, a família viajava de Bonito com destino a Campo Grande. Todos estavam em um Fiat Uno que capotou e parou às margens da pista. Chovia no momento do acidente.

Maria morreu na hora e os ocupantes Alexandre de Carvalho, de 22 anos, Eva Alves de Carvalho, de 41 anos, um adolescente de 17 e uma criança de 8 anos ficaram feridos. Eles foram levados para o hospital municipal da cidade.

Ainda não se sabe quem conduzia o Uno e testemunhas afirmaram aos socorristas que um veículo invadiu a pista contrária e acabou fazendo com que o Fiat Uno capotasse.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) continuam no local e o tráfego na pista é controlado.

Uma ação conjunta do DOF e de policiais do 3º BPM (Batalhão de Polícia Militar) de Dourados, realizada na tarde desta quarta-feira (12), culminou na prisão de José Carlos Pereira França, de 43 anos e Nahim Leonardo Carvalho, de 33, ambos moradores em Campo Grande, por tráfico de drogas.

A dupla ocupava uma carreta Mercedes Benz de cor amarela, com placas de Indaiatuba/SP, e foi abordada, após denúncias, em um posto de combustível na rodovia BR 463. Os ocupantes do veículo se mostraram nervosos com a abordagem policial, levantando a suspeita de que estariam levando algo ilícito, sendo confirmada, após vistoria na carreta, onde foi localizada em meio a lonas, 115 tabletes de maconha que após pesagem totalizaram 151 quilos da droga.

Os acusados relataram que receberam a droga no posto de combustível onde foram abordados e que a droga teria como destino a cidade de Curitiba, onde receberiam 5 mil reais pelo transporte da ‘mercadoria’.

Mochileira ‘cai’ com 5 quilos

Ingred Sabrina dos Santos Mendes, de 21 anos, moradora na cidade de Apucarana/PR, foi presa por uma das equipes operacionais do DOF, transportando 8 tabletes de maconha em um ônibus na rodovia MS 295. Ela foi flagrada durante bloqueio nesta quarta-feira (12), no trecho entre Eldorado e Iguatemi, a bordo do ônibus que fazia o itinerário Ponta Porã x Guaíra/PR.

Quando os policiais realizavam vistoria na bagagem dos passageiros, foi localizado debaixo da poltrona de Ingred, uma mochila contendo 8 tabletes de maconha que totalizaram 5 quilos da droga. A jovem confessou que foi contratada em Apucarana para pegar a droga em Ponta Porã e retornar, recebendo a quantia de 2 mil reais pelo transporte.

Comentário

O boliviano Luiz Alberto Roca Morales, de 39 anos, morador na cidade de Itupeva/SP, foi preso por uma das equipes do DOF em Corumbá, suspeito do tráfico de drogas. Ele era um dos ocupantes do ônibus que fazia a linha de Corumbá a Campo Grande pela BR 262, abordado para vistoria.

Os policiais encontraram em uma bolsa pertencente a Luiz, uma manta e um travesseiro com textura desforme e ainda um spray, sendo que após a aplicação do narcoteste foi contatado que as peças teriam uma mistura de cocaína.

Luiz relatou que receberia 3 mil dólares para levar a droga de Corumbá até Campo Grande, onde outra pessoa assumiria a carga que teria como destino final a cidade de Barcelona na Espanha. A cocaína ‘camuflada’ pesou 5 quilos.

Comentário

Entre os dias 14 e 20 de outubro, o presidente da República, Michel Temer, participará da 8ª Cúpula do BRICS (o bloco que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), fará visita de caráter bilateral à Índia, além de viagem oficial ao Japão - a primeira de um chefe de estado brasileiro em onze anos.

No encontro do BRICS, na cidade indiana de Goa, entre os dias 15 e 16 de outubro, o presidente Michel Temer terá a oportunidade de mostrar que o novo Brasil em construção tem renovadas oportunidades de investimento e recuperação da credibilidade, segundo informou o porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola, em briefing concedido à imprensa.

Parola falou sobre os acordos de cooperação que serão assinados entre os países membros do grupo, que representa cerca de 40% da população mundial. "Em Goa, nossa parceria será reforçada. Assinaremos acordos em cooperação alfandegária, em pesquisa agrícola, em cooperação ambiental. Será igualmente firmado um memorando para cooperação entre as academias diplomáticas dos cinco países", explicou.

O porta-voz anunciou também que o presidente Michel Temer participará também de reunião dos BRICS com os líderes dos países da Baía de Bengala, que além da Índia inclui Bangladesh, Butão, Mianmar, Nepal, Srilanlka e Tailândia.

Ainda na Índia, o Brasil vai relançar, segundo informou Alexandre Parola, parceria estratégica com o país. "Brasil e Índia são grandes democracias que têm sido capazes de se transformar e se modernizar. Hoje a Índia ostenta níveis elevados de crescimento econômico. No momento em que o Brasil busca voltar aos trilhos do crescimento sustentável e da geração de empregos, a Índia é um parceiro natural ao qual nos voltamos com ênfase redobrada", disse o porta-voz.

Michel Temer terá encontro bilateral com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi e com empresários, quando serão examinadas oportunidades de investimento e de comércio.

A Índia é um dos principais parceiros comerciais do Brasil na Ásia, além de ser o único país cofundador e integrante de todos os agrupamentos extrarregionais globais de que o Brasil participa (BRICS, IBAS, G-4, G-20 comercial, G-20 financeiro e BASIC). A visita ocorre no contexto da celebração dos dez anos da Parceria Estratégica indo-brasileira, firmada em 2006.

O Brasil é o principal parceiro comercial da Índia na América Latina. Em 2015, o intercâmbio comercial bilateral foi de US$ 7,9 bilhões, após atingir volume recorde de US$ 11,42 bilhões em 2014.

Japão

No dia 18, o presidente Temer segue para o Japão. Ele chega a Tóquio para visita oficial com objetivo de ampliar a diplomacia entre os dois países. Será a primeira visita de um chefe de estado brasileiro ao Japão em onze anos.

No dia 19, o presidente brasileiro será recebido pelo Imperador Akihito; terá encontro de trabalho com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e com empresários. Segundo o porta-voz Alexandre Parola, serão apresentadas as oportunidades abertas pelo Programa de Parceria de Investimentos (PPI). O Brasil abriga a maior comunidade de nipo-descendentes do mundo, enquanto que, no japão, vivem atualmente quase 180 mil brasileiros.

O presidente Michel Temer retorna ao Brasil na manhã do dia 20 de outubro.

Comentário

A cidade de Amambai ficou sem energia e com grandes estragos na zona rural do município. O temporal aconteceu na quarta-feira (12). Cabos de sustentação da rede de alta tensão que liga Amambai a região da saída para Ponta Porã se romperam por duas vezes. 

De acordo com o site Gazeta News, na região de acesso a localidade conhecia por Kurussuambá, na Rodovia MS-156 os danos foram ainda maiores. Os fios de energia caíram sobre a cerca de arame de uma propriedade rural, matando aproximadamente 26 cabeças de gado entre touros, vacas enxertadas e bezerros e novilhas.

O proprietário da fazenda, o produtor rural Jorge Berlitz informou que os animais foram apenas parte do prejuízo provocado pelo temporal. Ainda de acordo com o site, só na propriedade a força dos ventos derrubou árvores, arrancou a cobertura da mangueira de manejo do gado e danificou cobertura de barracão e residências, causando prejuízo que podem ultrapassar os R$ 80 mil.

As equipes de manutenção da Energisa foram designadas para a região realizar os reparos nas redes danificadas. Não existe registro de pessoas feridas, além do vento o dia foi seguido de chuva. O Corpo de Bombeiros local disse que não houve nenhum chamado urgente sobre o fato.

O desfalque de Neymar, suspenso, não impediu a Seleção Brasileira de manter o seu aproveitamento impecável sob o comando de Tite. Na noite desta terça-feira, a equipe nacional não teve dificuldades para fazer 2 a 0 sobre a frágil Venezuela, em Mérida, com gols de Gabriel Jesus e Willian. Um apagão nos refletores do estádio paralisou o jogo por pouco mais de 20 minutos, no segundo tempo.

O resultado levou o Brasil à liderança das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo. Antes desacreditada, a Seleção subiu para 21 pontos depois de bater Equador (3 a 0), Colômbia (2 a 1), Bolívia (5 a 0) e Venezuela com Tite no banco de reservas. O Uruguai, que empatou por 2 a 2 com os colombianos também nesta terça-feira, ficou para trás, com 20. Os venezuelanos somam apenas 2 e estão na lanterna.

A Seleção Brasileira voltará a se reunir em novembro para enfrentar a Argentina, no Mineirão, e o Peru, em Lima. No mesmo período, a Venezuela buscará a sua reabilitação contra a Bolívia, em casa, e diante do Equador, como visitante.

O jogo

Atuando no campo de ataque da Venezuela desde os primeiros minutos, o Brasil logo foi recompensado. O goleiro Hernández entregou a bola de presente para Gabriel Jesus aos sete, e o atacante do Palmeiras mostrou categoria para concluir por cobertura e abrir o placar.

Incrédulo com o erro de Hernández, o técnico e ex-goleiro Rafael Dudamel ficou frenético à beira do gramado, tentando corrigir os problemas da Venezuela com berros. A sua equipe até tentava responder, mas pecava pela falta de técnica. Quando avançava, dependia muito dos lampejos de talento de Peñaranda.

Do outro lado, a Seleção Brasileira jogava tranquila, graças à vantagem que construiu rapidamente. Pressionava a saída de bola venezuelana e obtinha alguns desarmes providenciais, porém não tinha ímpeto para transformar o grande volume de jogo em oportunidades de gol.

A melhor chance de ampliar o placar no primeiro tempo surgiu justamente de uma roubada de bola. Aos 32, Paulinho arrancou em velocidade contra a desarmada defesa adversária e passou mal para Gabriel Jesus, que devolveu. Já dentro da área, o volante chutou mascado, perto do alvo.

Apesar de não ter aumentado tanto o ritmo no princípio da segunda etapa, o Brasil achou o seu gol outra vez aos sete minutos. Renato Augusto apareceu na ponta esquerda para jogar a bola para a área, e Willian correu por trás da defesa, na direita, e arrematou cruzado para a rede.

AFP / JUAN BARRETO

Com 2 a 0 no placar, a partida pareceu ficar ainda mais fácil para o Brasil. A frágil Venezuela já tinha forças nem para puxar contra-ataques com Peñaranda. E só não foi vazada novamente aos 12 minutos, em cabeçada de Renato Augusto, porque o árbitro peruano Victor Carrillo viu impedimento de Gabriel Jesus no lance.

A partir de então, o técnico Dudamel sacou Juanpi para a entrada de Guerra na Venezuela, propondo um jogo aberto com o Brasil. Chegou a fazer o goleiro Alisson enfim suar a camisa, porém também expôs a sua defesa a investidas como a que culminou em um chute de primeira de Gabriel Jesus, quase da marca do pênalti. Hernández defendeu.

Não foi apenas o Brasil que conteve o esboço de reação da Venezuela. Aos 28, pouco após Willian se chocar com uma placa de publicidade, um apagão nos refletores do estádio paralisou a partida por cerca de 20 minutos. Quando a energia foi restabelecida, a equipe de Tite tratou de esfriar o jogo.

O técnico também fez a sua parte. Colocou Giuliano e Taison nos lugares de Philippe Coutinho e Willian e viu o novo líder das Eliminatórias sul-americanas passar os últimos minutos do confronto com o lanterna sem ser ameaçado.

VENEZUELA 0 X 2 BRASIL

VENEZUELA
Hernández; Rosales, Ángel, Velázquez e Feltscher; Rincón, Flores (Herrera) e Juanpi (Guerra); Martínez, Rondón e Peñaranda (Otero)
Técnico: Rafael Dudamel

BRASIL
Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho, Paulinho, Willian (Taison), Renato Augusto e Philippe Coutinho (Giuliano); Gabriel Jesus
Técnico: Tite

Local: Estádio Metropolitano de Mérida, em Mérida (Venezuela)
Data: 11 de outubro de 2016, terça-feira
Árbitro: Victor Carrillo (Peru)
Assistentes: Jonny Moncada (Peru) e Raúl Cruz (Peru)
Cartões amarelos: Velázquez, Ángel e Herrera (Venezuela); Paulinho (Brasil)
GOLS: Gabriel Jesus, aos 7 minutos do primeiro tempo, e Willian, aos 7 minutos do segundo tempo

Comentário

Condenados que são monitorados eletronicamente poderão arcar com despesas referentes à manutenção desses equipamentos. A medida consta do Projeto de Lei do Senado (PLS) 310/2016, que inclui esse artigo na Lei de Execução Penal (Lei 7.210/1984). A matéria está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Apresentada pelo senador Paulo Bauer (PSDB-SC), a proposta define que os custos com o monitoramento possam ser descontados do salário que o preso recebe pelo trabalho remunerado que ele exerça.

De acordo com dados do primeiro diagnóstico nacional sobre monitoração eletrônica do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), atualmente existem cerca de dez situações em que os presos no Brasil são monitorados, somando mais de 18 mil pessoas sobre vigilância. O estudo também aponta que são gastos em média R$ 300 por mês para monitorar condenados. O principal item utilizado na monitoração é a tornozeleira eletrônica.

Na justificativa, Bauer afirmou que os recursos investidos nesse programa chegam em torno de R$ 23 milhões e que abrigam até 40 mil pessoas.

— O gasto com a manutenção do monitoramento eletrônico representa 12% das despesas de um condenado encarcerado, a sociedade brasileira não pode e não deve arcar com esse custo — disse.

Na CCJ, o projeto será votado em decisão terminativa, o que significa que, se não houver recurso para votação em Plenário, a matéria seguirá diretamente para a Câmara dos Deputados.

Comentário

Página 1324 de 1542

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus