Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd
Redação Douranews

Redação Douranews

O vereador Junior Rodrigues (PL) requereu, durante sessão ordinária da Câmara de Dourados, informações sobre o andamento da ligação de rede de água potável para a Sitioca Campo Belo I e II. “Sabemos que a água é fonte da vida. Não importa quem somos, o que fazemos, onde vivemos, nós dependemos dela para viver”, destaca Junior. “O principal objetivo da Sanesul é fornecer a população água potável e em quantidade suficiente para atender toda a região da Sitioca Campo Belo, que tem sofrido há anos, com a falta de água encanada na região”, completou.

O vereador apontou que a maioria dos poços existentes nas sitiocas foram perfuradas pelos moradores e encontram-se contaminados pelas fossas sépticas. Mesmo que as fossas sejam extintas, a água continuará contaminada, deixando como única alternativa a implantação da rede.

“O abastecimento de água em boa qualidade e quantidade vai além do desenvolvimento econômico. A água, quando bem tratada e distribuída, traz diversos benefícios à saúde pública, uma vez que é indispensável no preparo de alimentos, na hidratação, possibilita a higienização de ambientes, entre outros usos. Ademais a distribuição de água tratada traz conforto e bem estar para todas as camadas da sociedade”, ressaltou Junior.

O vereador ainda destacou que o problema da falta de água nas sitiocas se agrava a cada dia e deixa de ser um “simples fato corriqueiro para se tornar um caso de saúde pública”. Se tornando inadmissível que esta situação perdure por mais tempo. “Esperamos que o diretor-presidente da Sanesul nos informe o porquê ainda não foi implantado a rede de água”, destaca Junior. (Com assessoria)

Comentário

Uma equipe da Guarda Municipal de Dourados apreendeu no final da tarde desta segunda-feira (28) 56 tabletes de maconha e 24 pacotes menores de Skank que estavam sendo levados para a cidade de Sorocaba no interior paulista. A droga era transportada em um Jeep Renegade com placas de Recife conduzido por Marcelo Nunes Pereira da Silva, de 37 anos.

Os guardas realizavam rondas pelas imediações da Vila Cachoeirinha quando o motorista do Jeep Renegade tentou desviar da rota da viatura e foi perseguido. Marcelo estava acompanhado de uma mulher moradora na vila, disse que mora na Favela do Barão em Sorocaba e que que teria vindo para a fronteira para pegar a droga e deixar em Dourados e que dois irmãos seriam os responsáveis pelo transporte até o interior paulista.

Comentário

O casal Antonio Eliseo Caballero Sena (ele ginecologista-obstetra) e Gloria Treme Motta (ela pediatra), governador do Distrito 4470 e coordenadora da Associação de Senhoras Rotarianas (Casa da Amizade), em visita oficial a Dourados desde a noite de domingo (26), promove série de encontros com os dirigentes e membros dos clubes rotários da cidade. Na manhã desta terça-feira (29), Caballero definiu, no Douranews, o objetivo central do trabalho que realiza: “mudança duradoura na vida das pessoas”.

A missão do Rotary Internacional, segundo ele, vai muito além da campanha mundial pela erradicação da poliomielite. “Estamos vencendo essa luta”, anunciou, ao comemorar o combate total da Pólio Tipo 2, erradicada em 2015 e da Tipo 3, eliminada neste ano. ”O alvo agora é combater a resistência, principal tribal, dos povos africanos, para eliminar o vírus selvagem da Pólio Tipo 1”, disse. Glória afirmou que a resistência desses povos à vacina já produziu várias mortes de agentes de endemias e vacinadores. Existe intolerância de credos religiosos, inclusive, dificultando essa tarefa.

Antonio e Glória, acompanhados pelo presidente do Rotary Club de Dourados Guaicurus, Franz Mendes, onde o governador e a esposa se reuniram na noite desta segunda-feira (28), falaram do desafio que se impõe nesse novo momento: “Desenvolver projetos humanitários, levar capacitação, estimular novas parcerias, multiplicar recursos”, conforme o recado que traz aos rotarianos nessa primeira visita oficial desde que assumiu o Distrito 4470, o primeiro de nacionalidade paraguaia da história, em julho deste ano.

Questionado sobre o elevado número, superior a 830 milhões, de pessoas que passam fome no mundo, disse que o Rotary se propõe a colaborar para a promoção humana, ajudando a produzir alimentos, criar sustentabilidade, combatendo a prática de dar esmolas. “As pessoas não precisam de uma ração diária, nosso ideal de servir inclui levar ações e estimular quem desenvolve práticas como a que vimos no Ceia [o governador e a esposa visitaram o Centro de Integração Dom Alberto na tarde desta segunda-feira], de orientar e educar os adolescentes com projetos de informática, por exemplo, que refletem em maior possibilidade de inserção laboral e crescimento pessoal”.

O governador Distrito 4470 e a coordenadora da Associação de Senhoras Rotarianas permanecem em Dourados até nesta quarta-feira (30), em visita aos clubes de serviço e entidades que prestam contribuição para a sociedade. Na segunda-feira eles foram recebidos, pela manhã, pelo presidente da Câmara, Alan Guedes (DEM) e nesta manhã mantiveram encontro com a prefeita Délia Razuk (PTB) e assessores, na sede da Prefeitura.

Comentário

A coordenadora do curso de Farmácia da Unigran, Letícia Castellani Duarte, foi eleita como conselheira do CRF (Conselho Regional de Farmácia) de MS para o quadriênio 2020/2023. Em Mato Grosso do Sul 84,4% dos farmacêuticos eleitores votaram, sendo o terceiro estado com maior índice de votação. Foram 2.969 votos, do total de 3.498 eleitores. Para a diretoria foi eleita a chapa ‘Farmacêuticos Unidos – CRF forte’.

Letícia está à frente da coordenação do curso da Unigran desde 2011 e vai para o terceiro mandato como conselheira. Doutora em Biotecnologia e Biodiversidade, a professora atuou durante sua gestão para ampliar as ações do CRF no interior e contribuiu com os avanços dos programas de qualificação, sendo considerada a principal representante na região da Grande Dourados.

“É muito importante termos representantes do interior para levarmos as demandas ao Conselho. Para o próximo quadriênio, além de mim, foram eleitos os conselheiros da nossa região, Cleber Massato Toda, que é egresso do curso de Farmácia da Unigran, e a Fabiana Vicente de Paula”, menciona a coordenadora.

O Conselho Regional tem como função fiscalizar o exercício profissional do farmacêutico, com isso, salvaguardar a sociedade em um atendimento de qualidade, segundo Duarte. “Além disso, o CRF tem prezado pelas capacitações dos profissionais. Ao longo dos anos, percebemos a importância de ter uma referência do corpo docente da Instituição como participante do conselho de classe para os estudantes, pois eles acabam se envolvendo mais, participando de cursos, o que os estimula a vontade de atuar no Conselho”, menciona.

A professora ressalta ainda a participação de dois acadêmicos da Unigran como representantes do Programa CRF/MS Júnior. “É um grande incentivo à inserção dos alunos nas atividades do seu conselho de classe. Aproxima os estudantes com os profissionais e empresas, traz mais facilidade para a inserção no mercado de trabalho. Temos uma parceria efetiva, entre CRF/MS e Unigran, principalmente na cedência de espaço para a realização de palestras e cursos”, enfatiza Letícia Castellani Duarte.

Comentário

A omissão da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestres) e a comodidade da concessionária CCR MSVia foram apontadas pelos deputados estaduais Paulo Corrêa (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa de MS e Barbosinha (DEM), líder do Governo na Casa de Leis, como principais causas para a falta de duplicação e readequação viária da concessão da BR 163. Esse protesto ficou registrado durante audiência pública que debateu os impactos da concessão da rodovia em Mato Grosso do Sul, nesta segunda-feira (28), na Assembleia Legislativa.

Dos 850 quilômetros previstos em contrato para serem duplicados, apenas 150 quilômetros foram concluídos até o momento, o que significa pouco mais de 10%. Outro entrave apontado na audiência foi o impacto que a concessão trouxe aos núcleos urbanos com o fechamento de vários acessos a estabelecimentos comerciais, empreendimentos imobiliários, postos de combustíveis, entre outros. A ANTT, por exemplo, nem sequer enviou um representante à audiência.

"Vemos lamentavelmente uma resistência da Agência Nacional em regular e fiscalizar esta concessão, uma grande omissão no cumprimento de sua missão. Temos impactos negativos, problemas seríssimos em praticamente todas as comunidades. Pontos positivos foram visualizados, mas vale ressaltar que o cidadão está pagando pedágio e essa cobrança precisa resultar em rodovias duplicadas, viadutos, pontes e travessias nas áreas urbanas”, alertou Barbosinha.

Este é o caso vivenciado em Dourados, lembrou o deputado Barbosinha. “Temos presenciado uma situação de caos no trânsito, inclusive com mortes por conta do aumento do fluxo de veículos no trevo da Coronel Ponciano, Trevo da Bandeira e fechamento de acessos importantes em Dourados. Esperamos uma solução rápida para este impasse, que tudo isso possa ser respondido com este debate”, defendeu o deputado.

O presidente da Assembleia, deputado Paulo Corrêa, cobrou providências da ANTT com relação aos problemas apresentados. "A CCR é uma boa empresa, mas precisa haver consideração com o consumidor que paga pedágio. É necessário que haja um realinhamento de preço, prolongamento do prazo de contrato e uma Agência federal que participe efetivamente, porque hoje, lamentavelmente, essa ANTT não serve pra nada", ressaltou o deputado.

Municípios

A principal rodovia do Estado, que atende cerca de 1,5 milhão de habitantes e corta 21 municípios de MS, tem apresentado impactos diretos e negativos em toda sua extensão. A maioria dos gestores municipais pede autonomia para definir as demandas e apresentar readequação às obras e intervenções dentro do perímetro urbano de suas cidades. “Queremos uma gestão compartilhada onde nós, prefeitos, possamos apresentar as demandas dos nossos municípios e ter poder de decisão para atender o que a população das nossas cidades precisa”, defendeu o prefeito Valdomiro Sobrinho, de Mundo Novo.

O diretor-presidente da CCR-MS Via, José Márcio Silveira, apontou o desequilíbrio econômico-financeiro do contrato como uma das principais causas do não cumprimento do cronograma da concessão. “À época da licitação o cenário econômico do país era outro e após a assinatura do contrato a crise financeira prejudicou a liberação de financiamento e consequentemente comprometeu a execução das obras. Outro fator foi a elevação de preços de insumos de asfalto e principalmente a redução de 40% do tráfego de veículos na via”, descreveu o diretor-presidente.

Ao defender a atuação da concessionária, o diretor de Relações Institucionais da CCR, Claudeir Alves Mata, destacou que deste o início do contrato a CCR já investiu R$ 2,912 bilhões e arrecadou pouco mais de R$ 1,2 bilhão. “O motivo principal é a redução do fluxo de veículos na rodovia”, queixou-se. Ainda assim, segundo ele, foram feitas diversas melhorias ao longo da BR. “A duplicação é apenas uma das obrigações previstas no contrato. Durante esse tempo preferimos priorizar o atendimento e a recuperação do patrimônio público”, disse.

Os parlamentares Paulo Corrêa e Barbosinha avisaram que como resultado da audiência a bancada federal e os governos federal e estadual serão acionados e cobrados para tomada de medidas que resolvam os impasses apresentados no encontro que durou mais de 3 horas e meia no Plenário ‘Julio Maia’ da Assembleia Legislativa.

Comentário

Atento às novas práticas, tecnologias e instrumentos de produção, o Senai de Dourados passará a adotar nas aulas dos cursos da área de mecânica automotiva um scanner automotivo PDL 5600, equipamento de última geração compatível com mais de 30 mil sistemas encontrados em veículos nacionais e importados de 42 montadoras. O equipamento foi doado à instituição na quinta-feira (24), por representante da SUN, a Nucahu.

Segundo o gerente do Senai de Dourados, Gilberto Schaedler, o novo scanner certamente contribuirá para a formação dos alunos. “Trazer tecnologias de ponta para serem trabalhadas no processo de ensino-aprendizagem realmente faz com que a gente possa atender cada vez mais e melhor os nossos alunos, preparando-os para atuar no mercado de trabalho de maneira eficiente”, afirmou.

O representante da Nucahu, Daniel Oliveira, explicou que o scanner automotivo PDL 5600 é utilizado no mundo inteiro. “Ele atende a linha diesel leve e linha flex brasileira e oferece uma resposta muito grande na parte de diagnóstico veicular, com uma performance completa. Com esse equipamento, realmente os alunos do Senai vão estar preparados para utilizar tecnologia de ponta, o que é fundamental, porque hoje os carros que estão no mercado exigem essa especialização”, destacou, acrescentando que um aparelho como esse também já foi doado ao Senai de Campo Grande.

Para o empresário Sidnei Pitteri Camacho, a parceria do Senai com grandes empresas em soluções e equipamentos para a indústria de veículos e reparação automotiva é um diferencial. “Os alunos que passam por aqui têm uma formação mais completa e que faz a diferença no mercado de trabalho. Como empresário, fico muito feliz por ver que os alunos dos cursos de mecânica do Senai saberão utilizar esse scanner automotivo e sairão daqui profissionais capacitados e atualizados para o que há de mais moderno em termos de tecnologia”, comentou.

O PDL 5600 é capaz de diagnosticar motivos das falhas de veículos em questão de segundos. Os testes guiados mostram como testar, onde conectar e o que procurar para identificar estas falhas. O scanner analisa inúmeros sistemas - motor, transmissão, airbag, ABS, carroceria, direção, suspensão, TPMS, veículos híbridos, iluminação, assistente de estacionamento, sistema de climatização entre outros - e permite ao profissional finalizar o trabalho mais rápido e com funções essenciais de nível de montadoras.

Comentário

Um jardineiro de 48 anos foi preso nesta segunda-feira (28), em Coxim por estuprar uma adolescente de 12 anos. Ele dava presentes para a menina e praticava o crime. Segundo o site Midiamax, o jardineiro era amigo da família da menina há muitos anos e se aproveitava das dificuldades que enfrentavam para atrair a garota com presentes e dinheiro para estuprá-la.

Os investigadores flagraram quando o suspeito estava em frente à escola da adolescente na companhia dela. Quando foram abordados e questionados pelos investigadores, os dois negaram, mas a menina foi levada até a delegacia e depois para exames onde comprovou que houve conjunção carnal, e que o estupro havia acontecido, segundo o site Edição de Notícias, de Coxim.

A menina acabou confirmando na delegacia que havia sido estuprada pelo jardineiro. Ele foi levado para a delegacia e autuado por estupro de vulnerável.

Comentário

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) prorrogou o prazo de inscrições ao concurso público de provas e títulos até o dia 8 de novembro. O edital de prorrogação foi publicado na edição desta segunda-feira (28) do Diário Oficial do Estado, na página 96 (Clique aqui).

O concurso oferece 11 vagas para cargos de nível médio e 9 vagas para cargos de nível superior com o salário inicial para cargos de nível médio de R$ 1.668,41 e para cargos de nível superior, de R$ 2.383,25. A Prova Escrita terá a duração de 4 horas e será aplicada no dia 15 de dezembro deste ano, nos municípios de Dourados e Campo Grande, nos períodos matutino e vespertino.

Inscrições e vagas

As inscrições podem ser feitas no site da Fapems (a Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul), no endereço eletrônico: http://www.fapems.org.br, mediante o pagamento da taxa de R$ 143,85 para os cargos de nível médio e R$ 230,16 para os de nível superior.

Confira vagas para cargos de Nível Médio:
Auxiliar Técnico em Eletrônica: Dourados (1).
Auxiliar Técnico em Instrumentação: Dourados (1).
Auxiliar Técnico em Mecânica: Dourados (1).
Auxiliar de Biblioteca: Campo Grande (2 / candidatos negros-1), Dourados (2 / candidatos negros-1).
Auxiliar de Tecnologia de Informação: Campo Grande (2), Dourados (2).

E as vagas para cargos de Nível Superior:
Assistente Social: Campo Grande (1), Dourados (1).
Bibliotecário: Dourados (1).
Psicólogo: Campo Grande (1), Dourados (1).
Revisor: Dourados (1).
Secretário Acadêmico: Campo Grande (1), Dourados (1).

Comentário

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) autorizou licitação do trecho de asfalto compreendendo 42,4 Km na rodovia MS 379, trecho entre a cidade de Laguna Carapã e o entroncamento com a MS 386 (rodovia que demanda de Ponta Porã a Amambai), na localidade conhecida como Posto Taji.

Além de diminuir a distância até os municípios vizinhos, a pavimentação vi facilitar o escoamento da safra agrícola e contribuir para o desenvolvimento da região. “É gratificante realizar uma obra dessa envergadura, levando infraestrutura a uma rota de integração rodoviária que irá potencializar o setor produtivo e contribuir para o desenvolvimento da nossa fronteira”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

Compromisso assumido em 2018 pelo governador Reinaldo Azambuja, com previsão de conclusão em agosto de 2020, o trecho será contemplado com obras de pavimentação e serviço de drenagem na rodovia MS 379, beneficiando promissora região fronteiriça com a expansão da agropecuária.

Comentário

O governador do Distrito 4470 do Rotary Clube Internacional, Antonio Eliseo Caballero Sena, visitou a Câmara de Dourados na manhã desta segunda-feira (28), e foi recebido pelo presidente da Casa de Leis, vereador Alan Guedes (DEM), estava na companhia da esposa Glória Motta Caballero, que lidera a Associação de Senhoras de Rotarianos (Casa da Amizade) e de representantes dos Rotary Clubes de Dourados.

Antonio Caballero entregou a Alan Guedes um pin, que representa o lema deste ano rotariano, e um convite para o jantar oficial do governador, que acontece nesta quarta-feira (30). Alan ainda recebeu um panetone do presidente do Rotary Club Dourados Guaicurus, Franz Maciel, que faz parte da campanha “Natal Solidário” e busca arrecadar recursos para compra cadeiras de rodas e de banho pelo clube.

Alan Guedes convidou o governador do Distrito 4470 e toda sua comitiva para participar da sessão ordinária desta segunda-feira, para falar sobre a visita a Dourados e o trabalho que o Rotary tem desenvolvido no município. “Agradeço a Câmara por ser companheira dos clubes, porque fortalece a conexão. É um privilégio poder participar da sessão”, comentou o governador.

“Nós agradecemos a visita porque sabemos da importância que o Rotary tem para Dourados, pelas diversas causas que eles têm defendido e enfrentado no nosso município. É um prazer recebê-los e dar oportunidade para o governador do Distrito falar na tribuna”, comentou Alan Guedes.

O Distrito 4470 é composto por clubes de Mato Grosso do Sul, São Paulo e Pedro Juan Caballero (PY). Antonio é o primeiro paraguaio a assumir o comando do distrito. O governador permanece em Dourados até quinta-feira (31), oportunidade em que visitará os seis clubes de Dourados, expondo as estratégias para o ano rotário, que dura até junho de 2020.

Comentário

Página 14 de 1486

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus