Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd recess
Redação Douranews

Redação Douranews

Santistas de Dourados e região estão sendo convidados para conhecer a Vila mais famosa do Mundo e aproveitar para acompanhar, ao vivo, o clássico Santos x São Paulo, no dia 17 de novembro, na Vila Belmiro, pela 33ª. Rodada do Campeonato Brasileiro.

Convites estão sendo comercializados a R$ 360, com tudo incluso (Ida & Volta + Ingresso) e para o torcedor que é Sócio Rei, em dia com as contribuições, R$ 300. Criança com até 7 anos de idade não vai precisar pagar. Convites podem ser pagos no cartão em duas vezes, a última com vencimento em 10 de outubro.

“Sairemos no sábado (16) anterior da data às 13 horas e a chegada em Dourados está prevista para a na segunda-feira (18), após o jogo, de manhãzinha”, informou a chefe da Embaixada do Santos na cidade, Taine Ferreira, disponibilizando o telefone (67) 99853-9582 para contatos e reservas de lugares.

Um ônibus semi-leito ou executivo já está sendo preparado, com 40 caixas de cerveja Brahma (das fininhas) que serão distribuídas aos torcedores da excursão santista. “Mas, tenho certeza que vamos conseguir encher o ônibus e ainda uma Van, que também já está de reserva pra levar os nossos craques da Embaixada para a Vila mais famosa do mundo”, acredita Taine.

Comentário

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, estará em Campo Grande segunda-feira (22) para anunciar mais de R$ 166 milhões de investimentos na saúde para Campo Grande e outros 56 municípios do Estado. Com a articulação do Governo do Estado junto ao Ministério da Saúde, serão habilitados em 13 cidades diversos serviços oferecidos à população por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), como leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e centros de atendimento psicossocial.

Do montante total, R$ 13 milhões serão destinados à ampliação da Unidade de Atenção Especializada em Saúde do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. O projeto contempla a ampliação de 30 novos leitos de internação clinica e cirúrgica, 10 leitos de UTI adulta e a ampliação do setor de reabilitação, em especial para pacientes ortopédicos. Será reformada Farmácia, Almoxarifado, Central de Medicamentos e Área de Apoio Logístico e Técnico. Anexo ao hospital, um novo bloco será construído para alocar esses setores.

Só de emendas parlamentares serão liberados para Mato Grosso do Sul mais de R$ 48 milhões, sendo R$ 30 milhões de emendas individuais, entre elas três emendas propostas pelo atual secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, enquanto ainda era deputado. Com as emendas de Resende, serão destinados R$ 735.250 mil para compra de equipamentos e custeio de unidades hospitalares de três municípios: Água Clara, Naviraí e Japorã. No total, mais de 50 municípios serão beneficiados com as emendas parlamentares.

“No dia da visita do ministro serão concretizados importantes investimentos na saúde do nosso Estado. Além da habilitação de muitos serviços, o que garante o custeio do Ministério da Saúde, serão pagas as emendas parlamentares, um incentivo de extrema importância para as cidades”, disse o secretário de Saúde do Estado.

Diversos serviços de atendimento à saúde, que vão beneficiar 13 municípios, no valor de R$ 16.642 milhões, serão habilitados em Mato Grosso do Sul. Entre as demandas de ações e serviços haverá incremento de leitos de UTI adulto e pediátrico, repasse de recursos para o Samu, CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), incluindo os indígenas, postos de assistência médica, policlínica de atendimento à mulher, entre outros.

Antes de voltar a Brasília, o ministro cumpre outros compromissos na Capital como entrega de caminhões e lançamento da Campanha de Vacinação de Hepatites realizada pela Sesau (Secretaria municipal de Saúde), de Campo Grande.

Comentário

Principal via de entrada e saída de Dourados a Avenida Hayel Bon Faker, popular Rua Bahia, vai ser totalmente revitalizada. A ordem de serviço para início das obras já foi dada, segundo o deputado estadual Barbosinha (DEM-MS), um dos principais defensores da execução do projeto junto ao secretário estadual de Infraestrutura e vice-governador Murilo Zauith com o governador Reinaldo Azambuja.

Durante reunião do parlamentar esta semana com o secretário-adjunto da Seinfra (Secretaria estadual de Infraestrutura (Seinfra) e diretor-presidente da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), Luiz Roberto Martins de Araújo, que é de Dourados, Barbosinha teve essa informação confirmada.

Barbosinha disse que a revitalização total é um anseio antigo da população e comerciantes do local. “É uma ação do Governo do Estado em benefício dos douradenses e ver este projeto, que é uma luta do nosso mandato, sair do papel e, enfim, ser executado, muito nos orgulha. Dourados precisa ter melhorias da infraestrutura viária, precisa desta rua mais bonita e com mais mobilidade urbana. Estamos comemorando este passo”, afirma o deputado.

A avenida é uma das mais importantes vias do município de Dourados para quem vem ou vai sentido região de fronteira com o Paraguai e sul do país, além de bairros importantes. “Vamos acompanhar bem de perto o andamento desta obra, já que há tempos estamos seguindo a execução do projeto e a liberação dos recursos. Uma vitória e tanto para a população e para os nossos empresários”, celebra o parlamentar.

O deputado ainda explicou que durante o encontro teve a garantia de que o Executivo estadual dará início a completa revitalização da Rua Bahia nos próximos dias. “As obras já vão começar, de imediato. É muito bom isso”, finalizou.

Comentário

A Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) vai coordenar a Comissão Mista de Conselheiros que vão vigiar assuntos estratégicos para o desenvolvimento de Dourados, a começar pela retomada dos recursos que foram suprimidos pelo Governo Federal da previsão orçamentária destinada para a obra do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira. A medida foi decidida em reunião no plenarinho da Câmara de Vereadores, na manhã desta sexta-feira (19), em Dourados.

A Comissão será composta por representantes de entidades de classe, empresários, políticos, Prefeitura de Dourados, Câmara de Vereadores, Sindicato Rural, Sindicom (sindicato do Comércio Atacadista), CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Clube de Imprensa e Udam (União Douradense das Associações de Moradores). Terá o papel de apresentar, reivindicar e acompanhar ações junto à Bancada Federal de Mato Grosso do Sul, Governo do Estado e Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O presidente da comissão, Domingos Venturini, que é diretor de Assuntos Estratégicos/Aeroporto da Aced, ressalta que a primeira ação será cobrar pela retomada da verba cortada da obra do aeródromo douradense. “O próximo passo será elaborar um documento para encaminhar a toda bancada de Mato Grosso do Sul, cobrando empenho nisso. Depois essa comissão ficará permanente para qualquer assunto que venha a ser tratado, envolvendo o desenvolvimento de Dourados e região”, afirma.

O diretor ressalta que a Aced convocou a classe política douradense para tomar frente para que a reforma do Aeroporto não seja prejudicada, sendo a reunião na Câmara de Vereadores, organizada a partir de iniciativa do presidente da Casa de Leis, vereador Alan Guedes (DEM), o primeiro passo de um resultado. Domingos considerou ‘muito positiva’ a participação de diversas entidades.

O motivo do encontro foi o comunicado oficial publicado pelo Governo Federal no Diário Oficial da semana passada, em que foi anunciado um corte de R$ 1,2 bilhão em recursos programados no orçamento. Dentro desse montante, estavam os R$ 30 milhões que seriam destinados às obras do Aeroporto douradense. A reunião realizada para tratar sobre o corte de verbas teve uma explanação técnica do administrador do Aeroporto, Juliano Domingos, do diretor da Aced e do assessor de Assuntos Estratégicos da Prefeitura de Dourados, José Elias Moreira. Eles detalharam sobre a reforma e a demanda do aeródromo municipal.

Entre 2014 e 2015, quando duas companhias operavam no município, o movimento chegou a superar as 10 mil pessoas por mês. Atualmente, com apenas a Azul Linhas Aéreas e seus dois voos diários, o movimento é de 6 mil passageiros mensalmente, sem contar as aeronaves particulares. Com o início da operação pela companhia Gol, a tendência é que o movimento volte a subir.

O presidente da Câmara, Alan Guedes, anunciou que um documento com o resultado da reunião será entregue na segunda-feira (22), ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta em Campo Grande, em agenda que ele participará junto com o governador Reinaldo Azambuja.

De acordo com a assessoria da Câmara, o presidente acredita que é importante aproveitar essa sintonia do ministro junto ao presidente Jair Bolsonaro. “Vamos fazer chegar ao chefe da Casa Civil, ministro Onix Lorenzoni, essa preocupação de Dourados, da mesma forma que iremos acionar a bancada do Estado em Brasília, nossos representantes na Assembleia Legislativa, o governador Reinaldo Azambuja e o nosso vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith, além de reforçar ao secretário nacional da Anac (Agência de Aviação Civil do Governo), Raul Glauzmann, a confiança de que a fala dele, de que os recursos não serão desviados da obra do aeroporto, como disse em evento nesta quinta-feira (18) em Campo Grande, será materializada com a garantia dessas emendas de bancada para atender nossa prioridade", afirma Guedes.

Comentário

Ao visitar as obras do porto do grupo FV Cereais, que opera a partir de abril de 2020, e outras áreas onde serão implantados mais dois terminais com investimentos de R$ 150 milhões por grupos argentinos, o governador Reinaldo Azambuja reafirmou o entusiasmo e a confiança na transformação econômica de Porto Murtinho e região como polo estratégico para o escoamento da produção pelo Rio Paraguai e o Corredor Bioceânico.

“Murtinho fará jus ao nome a médio prazo com essa mudança do perfil econômico, graças aos investimentos portuários que estão chegando e o comprometimento dos governos do Brasil e do Paraguai na viabilização da Rota Bioceânica com a construção da ponte sobre o Rio Paraguai”, disse ele. Reinaldo Azambuja destacou ainda a atuação da bancada federal para garantir os recursos federais para as obras do acesso da BR 267 a ponte.

O governador cumpre agenda de dois dias em Porto Murtinho, acompanhado pelo secretário Jaime Verruck, da Semagro (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), senador Nelsinho Trad e deputado federal Vander Loubet e participou, na manhã deste sábado (20), com o presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez, do lançamento da licitação do projeto executivo da ponte sobre o Rio Paraguai pela Itaipu Binacional.

Obras complementares

Após a chegada à cidade, Reinaldo e outras autoridades visitaram o canteiro de obras do terminal portuário da FV Cereais, onde os proprietários do grupo com sede em Dourados detalharam o projeto que terá investimentos iniciais de R$ 56 milhões. Na oportunidade, o secretário Jaime Verruck apresentou o pré-projeto da obra do contorno rodoviário de 7 km que será construído para atender o fluxo de veículos aos novos portos, paralelo ao dique.

O acesso aos terminais vai tirar o tráfego pesado do centro da cidade e será construído pelo Governo do Estado, com recursos próprios (R$ 30 milhões). Verruck explicou que o projeto está ainda sendo ajustado, conforme as demandas dos empreendedores e também em relação ao custo final da obra. Quanto à ligação rodoviária da BR 267 à ponte, de 11,6 km, os recursos (R$ 139 milhões) foram garantidos pela bancada federal por meio de emenda propositiva.

O governador Reinaldo Azambuja visitou ainda, nesta sexta-feira (19), a área retroportuária em implantação ao lado da BR 267, a 3 km do centro de Porto Murtinho, por um grupo empresarial do Estado. Trata-se de uma estrutura de estacionamento para os caminhões que trarão cargas para os portos, com capacidade inicial para 400 veículos, com projeção para 800 numa segunda etapa. O local terá restaurante, hotel, posto de combustível e outros serviços.

Comentário

Abrindo as celebrações do Dia do Advogado – a data é comemorada no dia 11 de agosto, a Ordem dos Advogados do Brasil de Dourados realiza neste sábado (20), a partir das 11 horas, no espaço de eventos Cerrado Brasil, por intermédio da CAAMS (Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso do Sul), a tradicional Feijoada Jurídica. O evento se estenderá por toda a tarde com muita música. Os convites, no terceiro lote, podem ser adquiridos ainda hoje a R$ 60.

Segundo o advogado Diego Zanoni Fontes, delegado da CAAMS para Dourados e Itaporã, “a ideia é reunir toda a comunidade jurídica com suas famílias e confraternizar”. As atrações foram preparadas com um repertório de muita música brasileira, o melhor da MPB e do samba-rock, sambas-enredos das principais escolas de samba do País e pagodinho animado para o entretenimento dos profissionais e convidados da classe.

Na programação já estão confirmados André Pantera; Grupo Não tem hora, Passistas de Escola de Samba, e a Bateria da Atlética de Direito da Unigran, além de um espaço organizado para as crianças que terão o auxílio de monitores para que a diversão seja garantida, com piscina de bolinhas, Pula-pula, Escorregador, Pintura e Brincadeiras.

Comentário

Os candidatos inscritos às eleições para o cargo de conselheiro tutelar em Dourados, ao mandato 2020/2023, deverão fazer as provas escritas no domingo (28) que vem, conforme resolução do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), publicada na edição desta quinta-feira (18) do Diário Oficial do Município.

A prova escrita será aplicada na Faculdade Anhanguera, no horário das 8 horas até o meio-dia e o candidato deverá estar no local com 30 minutos de antecedência. O portão será fechado às 8 horas, impreterivelmente, informa a comissão organizadora, e a prova terá início às 8h15, pontualmente. A Anhanguera fica na rua Manoel Santiago, 1155, no Jardim Itaipu.

Já na edição do dia 17, foi publicada resolução eleitoral com a relação das inscrições deferidas e indeferidas dos candidatos a conselheiro tutelar. Do total de 37 inscrições, 32 foram deferidas e cinco indeferidas por não atenderem aos requisitos estabelecidos em edital.

Eleição

A eleição será no dia 6 de outubro e destina-se à escolha de dez membros titulares e dez suplentes que atuarão nos Conselhos Tutelares Centro (cinco titulares e cinco suplentes) e Leste (mesma quantidade) durante mandato de quatro anos.

Podem votar na escolha dos conselheiros tutelares todos os cidadãos maiores de 16 anos inscritos como eleitores no município de Dourados e que estejam quites com as obrigações eleitorais.

Comentário

A proposta nasceu a partir do momento em que, sem um comunicado oficial, o Governo Federal publicou, no Diário Oficial da União, na semana passada, o corte de R$ 1,2 bilhão em recursos programados no orçamento para suplementar ações do Ministério do Desenvolvimento Regional, retirando apenas de Dourados recursos da ordem de R$ 30 milhões que seriam destinados às obras do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira.

Participantes do encontro convocado por Alan Guedes, a Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), o Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados), o Sindicato Rural de Dourados, Clube de Imprensa de Dourados, Udam (União Douradense das Associações de Moradores), além de vereadores e enviados da Prefeitura, decidiram criar o Conselho para encampar, a partir da demanda em torno do aeroporto, as demais questões relevantes ao Município.

Na abertura, o presidente da Câmara convidou o superintendente do Aeroporto em Dourados, Juliano Domingos, para informar o estágio atual do serviço prestado na cidade. “Entre 2014/15 tivemos duas companhias operando e o movimento de passageiros chegou a superar 10 mil pessoas no mês, atualmente temos apenas a Azul Linhas Aéreas com dois voos diários e uma movimentação da ordem de seis mil passageiros/mês, além de aeronaves particulares que se utilizam do nosso terminal; por isso, a importância de dotar o Aeroporto de uma infraestrutura para melhor atender no dia-a-dia”, informou.

Pela Associação Comercial, o presidente Nilson dos Santos lembrou a luta pela implantação do aeroporto de Dourados [o material para a cobertura do primeiro terminal de passageiros implantado na área, ainda na década de 70, foi doado pela então Acid, a Associação Comercial e Industrial de Dourados] e dos esforços realizados junto às autoridades para melhorar a logística de atendimento aos empresários. “Já em 2002 fomos a Brasília, com o atual vice-governador Murilo Zauith (DEM), pleitear junto ao secretário nacional da Receita Federal um Porto Seco para Dourados, e essa luta permanece atual”. O diretor de Assuntos Estratégicos da Aced, Domingos Venturini, defendeu a criação do Conselho para tratar da demanda atual, do aeroporto, “mas também para fazer chegar ao Governo, aos representantes eleitos da bancada federal do Estado no Congresso Nacional e às demais autoridades de Brasília as reivindicações não só de Dourados, mas dessa região, que é abastecida pelo nosso município”.

O assessor especial da Prefeitura, ex-prefeito José Elias Moreira, designado pela prefeita Délia Razuk (PL) para o encontro, falou da necessidade de elaborar bons projetos e “de pensar grande”, seja no encaminhamento agora dessa questão pontual, como nos demais projetos, incluindo a ligação ferroviária e a presença de Dourados na rota bioceânica, para levar a produção regional aos principais mercados mundiais. O secretário municipal de Serviços Urbanos, Fabiano Costa, acompanhou José Elias na Câmara.

Também reforçaram a proposta do Conselho os vereadores Alberto Alves dos Santos -Bebeto (PL), Marcelo Mourão (PRP), Mauricio Lemes (PSB), Junior Rodrigues e Jânio Miguel (ambos do PL). Os vereadores Romualdo Ramim (PDT), Lia Nogueira (PL), Olavo Sul (Patriotas) e Juarez de Oliveira (MDB) também participaram da reunião.

Documento

Fechando o encontro, o vereador Alan Guedes anunciou que um documento, com o resultado desses encaminhamentos, será entregue já nessa segunda-feira (22), ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em agenda onde o presidente da Câmara irá se reunir em Campo Grande, juntamente com o governador do estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) e o prefeito da capital, Marquinhos Trad (PSD).

“É importante aproveitar essa sintonia do ministro junto ao presidente Jair Bolsonaro, vamos fazer chegar ao chefe da Casa Civil, ministro Onix Lorenzoni, essa preocupação de Dourados, da mesma forma que iremos acionar a bancada do Estado em Brasília, nossos representantes na Assembleia Legislativa, o governador Reinaldo Azambuja e o nosso vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith, além de reforçar ao secretário nacional da Anac (Agência de Aviação Civil do Governo), Raul Glauzmann, a confiança de que a fala dele, de que os recursos não serão desviados da obra do aeroporto, como disse em evento nesta quinta-feira (18) em Campo Grande, será materializada com a garantia dessas emendas de bancada para atender nossa prioridade”, enfatizou o presidente da Casa de Leis douradense.

Comentário

A audiência pública proposta pelo vereador Elias Ishy (PT) para tratar do PLC (Projeto de Lei Complementar) 018/2019 foi suspensa após reunião realizada na Reserva na noite desta quinta-feira (18) durante encontro indicado pela Comissão de Assuntos Indígenas da Câmara de Dourados, presidida pelo vereador Olavo Sul (Patriota).

O evento seria realizado na segunda-feira (22) na Casa de Leis, e abordaria a alteração do dispositivo da Lei 310/2016, que instituiu o PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) dos servidores da Administração Geral e que prevê a extinção de 430 cargos, como de ‘auxiliar de manutenção indígena’. O PLC foi encaminhado pela Prefeitura para a pauta da última sessão do semestre, antes do recesso parlamentar, mas não entrou na ordem do dia.

A intenção da administração, segundo explicação da Procuradoria, era a de trabalhar com a terceirização dos serviços gerais. Segundo Ishy, no entanto, é necessário ampliar o debate, principalmente, ouvindo a comunidade. As falas na Reserva foram críticas, como quanto à precarização do trabalho e falta de servidores municipais.

A reunião contou com a presença de lideranças indígenas, do presidente da Comissão, das vereadoras Daniela Hall (PSD) e Lia Nogueira (PR), bem como da assessoria do mandato do vereador Ishy. Como encaminhamento, foi criada uma comissão da comunidade para participar da próxima pré-pauta, além de solicitação de um técnico da Prefeitura para falar sobre o projeto a todos.

Se as conversas não avançarem, foi tirado o indicativo de realizar a audiência no decorrer da semana, informou o vereador, via assessoria.

Comentário

A brasileira Nathalie Moellhausen conquistou nesta quinta-feira (18), em Budapeste, a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Esgrima. O resultado é inédito para a esgrima brasileira, publica a Agência Brasil de notícias.

Ao comemorar a vitória de Nathalie, o presidente da Confederação Brasileira de Esgrima, Ricardo Machado, classificou de "espetacular" o feito da atleta. "Espetacular, Nathalie! Nos encheu de orgulho! A esgrima brasileira está em festa e, agora, somos todos campeões mundiais!", disse Ricardo Machado.

Italiana naturalizada brasileira, Nathalie tem 33 anos e derrotou na final individual de espada a chinesa Sheng Lin. Antes de competir pelo Brasil, Nathalie defendia a Itália. Nos Jogos Pan-Americanos de 2015, ela conquistou a medalha de bronze e, nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, chegou às quartas de final, terminando entre as oito melhores da competição. Foi escolhida a melhor esgrimista do ano no Prêmio Brasil Olímpico de 2018.

Comentário

Página 1 de 1374

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus