Timber by EMSIEN-3 LTD
Domingo, 22 Maio 2016 13:59

Expoagro chega ao fim festejando o controle de bebida Destaque

Escrito por Redação Douranews

Ao fazer um balanço parcial dos 10 dias da 52ª Expoagro de Dourados, o presidente do Sindicato Rural, Lúcio Damália, destacou, na manhã deste domingo (22),  dois pontos como o centro de sucesso dessa edição de uma das maiores feiras agropecuária do Centro-Oeste: Primeiro, a delimitação da área de venda e consumo de bebidas alcoólicas e, depois, a assinatura de decretos pelo governador do Estado Reinaldo Azambuja, garantindo redução de impostos sobre a energia elétrica tanto para agricultores irrigados como para avicultores em todo o Estado.

“Tudo funcionou bem. Não registramos nada de grave. Claro que ainda precisa de alguns ajustes e isso iremos discutir já para a próxima Expoagro. Inovamos no caso da área restrita para venda e consumo de bebidas. Foi algo desacreditado que apostamos. E deu certo. Só recebemos elogios. A ideia foi positiva. Foi um sucesso sim. Faremos uma avaliação mais criteriosa, com informação e dados. Acredito que esse modelo será repetido porque deu certo”, comemora Lúcio Damália.

A delimitação de áreas onde eram permitidos venda e consumo de bebidas alcoólicas com entrada restrita a maiores de 18 anos de idade foi o diferencial da feira este ano. A medida trouxe uma série de benefícios, contribuindo para uma fiscalização mais eficiente do consumo de bebida por menores de idade, redução no consumo de álcool por parte destes, além de tornar o evento mais seguro e organizado para os frequentadores.

Um balanço parcial repassado pela Fiscalização da Vara da Infância e Juventude no início da noite de sábado (21), era de que apenas dois menores de idade foram flagrados pelo órgão consumindo bebida alcoólica durante toda a Expoagro. “Esse número é irrisório, e isso é muito positivo”, ressaltou o coordenador da Fiscalização, Ademir Dezen Maciel. Em anos anteriores a média era de 15 a 20 menores flagrados por noite.

“Nós só não fazíamos mais autuações porque nossa estrutura não permitia, precisávamos de mais gente para isso”, explicou Dezen, relatando também uma situação que considerou interessante: este ano nenhum menor ou maior de idade foi flagrado em situação de coma alcoólico, o que era recorrente. Ainda não houve qualquer caso de briga durante a exposição, segundo ele.

“O que a gente vê é que as famílias hoje estão mais tranquilas em vir junto e trazer crianças, isso não acontecia antes. Vemos pais transitando com tranquilidade com os filhos pequenos”, afirma o conselheiro tutelar, Alisson Dias.

O produtor rural Roberto Capua, de 33 anos, é um exemplo do que o conselheiro relata. Este ano, decidiu vir de Caarapó a Dourados para prestigiar a Expoagro, assistindo também shows ao lado da esposa e dos filhos de 17 e 13 anos de idade. “Hoje você não vê aquela ‘lataiada’ de cerveja jogada no chão, nem bêbado trombando e derramando bebida na gente. Então, dá para trazer a família. Também fico tranquilo que se meus filhos saírem de perto de mim para andar pela exposição, tenho a segurança de que não vão conseguir comprar bebida. Dá mais tranquilidade para a gente”, ressaltou o visitante.

Ele contou que gosta de tomar uma cerveja e que veria problema se não houvesse um espaço para quem aprecia curtir o show consumindo bebida alcoólica. “Assim ficou bom, porque quem quer beber pode e tem o espaço deles, e a gente pode trazer a família aqui com tranquilidade”, acredita o produtor.

O trabalhador rural Algemiro Fernandes, de 50 anos, classificou a organização da feira este ano nesta questão de delimitação das áreas como ‘ótima’. “A gente vinha aqui e sempre via menor bebendo e passando mal, agora não tem mais isso”, pontuou. Ele levou, inclusive, a esposa e o neto para a festa.

A dona de casa Andreia da Silva Afonso, de 31 anos, também elogiou a medida. Ela conta que pôde assistir aos shows com o esposo e o filho de 12 anos de idade. “Está muito bom, não temos o que reclamar. Dá para vir com a família e aproveitar tranquilo”, relatou.

Expoagro 2017

Para a próxima edição da feira, Lúcio Damália já pensa em manter algumas propostas que deram certo esse ano e em outras mudar. “Esse ano, optamos em delegar funções para cada diretor. Deu certo. Não sobrecarregou ninguém e todos resolveram situações na hora e dentro de sua limitação. Isso mostra a união do Sindicato Rural. Com isso, todos ganharam autonomia e responsabilidades também. Todos se uniram, da diretoria aos funcionários. Isso é muito bom”, destacou o presidente enaltecendo que esse modelo não sofrerá alteração para o próximo ano.

No entanto, ele não esconde que pequenos detalhes que ocorreram são alvos de modificações para o próximo ano. Damália estuda uma nova forma de acesso à feira, usando de mais tecnologia. “Pretendo informatizar mais ainda o sistema de credenciamento. Estou com algumas ideias que vou discutir com a diretoria e melhorar mais ainda”, resumiu.

Última modificação em Segunda, 23 Maio 2016 11:30
  • unimed nova

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus