Timber by EMSIEN-3 LTD
  • refis
  • Dnews Whats
Quarta, 12 Janeiro 2011 16:03

Na primeira semana do ano, Brasil registra entrada de US$ 4 bilhões

Escrito por Redação Douranews/ com g1

O fluxo de dólares iniciou o ano de 2010 com desempenho fortemente positivo. Entre os dias 1º e 7 deste mês, em apenas cinco dias úteis, houve o ingresso líquido, ou seja, acima do volume de retiradas, de US$ 4,09 bilhões na economia brasileira, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (12) pelo Banco Central.

O resultado do fluxo de dólares para a economia brasileira supera os valores registrados nos dois últimos meses. Em novembro do ano passado, a economia brasileira recebeu US$ 2,22 bilhões, enquanto que, em dezembro, houve saída líquida de recursos da ordem de US$ 1,91 bilhão do país. Em outubro, por sua vez, houve a entrada de US$ 6,91 bilhões no Brasil.

O volume de ingresso de dólares da primeira semana deste ano também representa cerca de 17% de todo o ingresso computado no ano de 2010, que somou US$ 24,3 bilhões, de acordo com dados da autoridade monetária.

Semana passada
A forte entrada de recursos na economia brasileira aconteceu em uma semana marcada por fatos na área cambial. Na terça-feira da semana passada (4), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou que não deixaria o dólar "derreter". Geralmente, quando há ameaças de novas medidas, operadores optam por internalizar os recursos antes que as regras entrem em vigor.

No quinta-feira (6), o Banco Central anunciou o aumento do recolhimento compulsório sobre a posição vendida dos bancos que exceder R$ 3 bilhões, ou seu patrimônio de referência, estimulando, com isso, os bancos a comprarem dólares.

Contas financeira e comercial
Os dados do Banco Central mostram que o movimento da balança comercial teve pouco a ver com a entrada líquida de recursos registrada na semana passada. Grande parte dos dólares entraram pela chamada conta financeira - que contabiliza as remessas ao exterior, as aplicações financeiras e os investimentos estrangeiros no país, entre outros.

Na última semana, ainda segundo a autoridade monetária, US$ 3,62 bilhões entraram no Brasil pela conta financeira, uma média elevada de US$ 724 milhões por dia útil. No caso da conta comercial, pela qual são fechados os contratos de câmbio somente para exportações e importações, o ingresso foi bem menor na semana passada: de US$ 477 milhões.

Guerra cambial
O ingresso de recursos no Brasil acontece em meio à chamada "guerra cambial", que é o esforço de alguns países para desvalorizar suas moedas e gerar melhores condições de competitividade para suas empresas. A entrada de dólares no Brasil, porém, gera efeito contrário, valorizando o real e tornando as exportações mais caras.

Para tentar evitar uma entrada maior de recursos no Brasil, o governo anunciou, em outubro do ano passado, o aumento do IOF para aplicações de estrangeiros em renda fixa de 2% para 6%, além da elevação do tributo sobre a margem de operações no mercado futuro. Mais recentemente, o BC tomou medidas para baixar a posição vendida dos bancos e Mantega confirmou que o fundo soberano poderá atuar no mercado futuro de câmbio, em operações que correspondem à compra de dólares.

Ao mesmo tempo em que a China mantém a sua moeda (yuan) artificialmente desvalorizada, o Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve) anunciou, no início de novembro, a intenção de adquirir mais US$ 600 bilhões em títulos públicos até a metade deste ano, no chamado "quantitative easing", o equivalente a US$ 75 bilhões por mês até março de 2011.

Isso significa que estes valores estão retornando para o mercado financeiro. Há o temor de que os detentores destes recursos possam buscar remunerações mais atrativas para seu investimento, e o Brasil, que passa por um momento de forte expansão econômica combinada com juros reais em torno de 5% ao ano - os mais elevados do planeta - poderia ser um dos principais destinos destes valores.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus