Timber by EMSIEN-3 LTD
Terça, 11 Janeiro 2011 15:19

40% dos brasileiros não têm conta em banco, diz Ipea

Escrito por Redação Douranews, com R7

Quase 4 em cada 10 brasileiros não têm conta bancária. A maioria dos excluídos tem pouco tempo de estudo e ganha menos de cinco salários mínimos (ou R$ 2.700), segundo uma pesquisa do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) divulgada nesta terça-feira (11).

O estudo ouviu 2.770 pessoas nas principais cidades das cinco regiões do país. A partir de perguntas objetivas, a pesquisa buscou responder qual a parcela da população que tem conta em banco e o como ela vê o funcionamento dessas instituições e a qualidade de seus serviços. Não houve qualquer diferenciação entre os bancos públicos e privados.

O Ipea constatou que 39,5% dos entrevistados estavam fora do sistema. A maior parte desse grupo mostrou interesse em ter uma conta ou considerou ter renda “atrativa” e condições necessárias para abrir uma.

- É um estrato da população de baixa renda e de pouca escolaridade, mas que representa uma importante parcela que vem sendo absorvida pelo mercado de trabalho, estimulada pelo crescimento econômico.

Segundo o estudo, entre os que mais querem fazer parte de um banco estão as mulheres com menos de 24 anos, pessoas com o ensino fundamental completo e trabalhadores com renda de até dois salários mínimos (R$ 1.080) ou moradores das regiões Norte e Nordeste.

Por regiões, o Sul é onde há a maior parcela de pessoas bancarizadas (70%). No Sudeste e no Centro-Oeste, o número de quem não tem uma conta é próximo de 1 em cada 3 – 34,1% e 31,2%, respectivamente. Norte e Nordeste têm metade da população fora do sistema.

- Com relação à renda, os dados evidenciam a mesma relação estabelecida com o nível de escolaridade, ou seja, quanto maior a renda, maior o índice de inclusão no sistema bancário.

Função do banco

O Ipea também quis saber qual a função principal de um banco na opinião da população. A mais citada foi a de movimentar ou guardar dinheiro, citada primeiro por 6 em cada 10 entrevistados (62,1% das pessoas). Oferecer serviços e pagar contas aparecem como segunda opção (29,5%). Só 4,5% da população (ou menos de 1 em 10) acham que a principal tarefa é a de emprestar dinheiro.

As três respostas são corretas, mas têm como objetivo avaliar qual a prioridade que a população dá ao banco.

De acordo com o Ipea, a concessão de crédito “não ocupa um espaço importante” entre as principais funções de uma instituição do tipo.

- Chama a atenção o baixo percentual da população que percebe a função de concessão de crédito como intrinsecamente bancária. Inflação, altas taxas de juros, conservadorismo das instituições bancárias, burocracia, entre outras, podem estar obrigando a população, ou pelo menos parte dela, a recorrer a outros meios de obtenção de crédito, nem sempre lícitos ou bem regulados, mas que com certeza a oneram de forma mais abusiva.

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus