Timber by EMSIEN-3 LTD
Terça, 14 Dezembro 2010 14:06

Arrecadação de impostos cai após 13 meses de altas

Escrito por Redação Douranews/com r7

A arrecadação federal de impostos e contribuições registrou uma queda expressiva em novembro, marcando R$ 66,797 bilhões. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o recuo foi de 12,28%, descontando a inflação do período, informou nesta terça-feira (14) a Receita Federal.

Com o resultado de novembro, a arrecadação encerra um ciclo de 13 meses consecutivos de alta, mas ainda acumula no ano R$ 714,826 bilhões, equivalente a um avanço nominal (sem descontar a inflação) de 14,48% ante os onze primeiros meses de 2009. 

Corrigido pela inflação, o total arrecadado no ano chega a R$ 730,5 bilhões, apontando um aumento de 9,12% ante igual período do ano passado.

O resultado do mês também ficou abaixo do registrado em outubro, quando foram arrecadados, ao todo, R$ 75 bilhões.

Impactos no seu bolso

O resultado da arrecadação do governo, seja quando ela aumenta ou diminui, tem um impacto indireto no bolso dos brasileiros.

O crescimento da arrecadação pode levar o governo a fazer mais investimentos no setor público, como a contratação de servidores ou mesmo por meio de aumento nos salários dos funcionários, o que deveria resultar na melhora dos serviços oferecidos à população – o que nem sempre acontece.

O aumento na arrecadação significa ainda que os brasileiros pagaram mais impostos, seja porque as empresas geraram mais emprego, aumentando a contribuição, seja porque as pessoas consumiram mais produtos – sobre os quais a carga tributária é intensa – ou mesmo em razão da criação de novos tributos.

Já quando a arrecadação do governo cai, a tendência é que ocorra um corte de gastos. Entretanto, o setor público não tem como reduzir suas despesas imediatamente, porque não dá para cortar funcionalismo, deixar de pagar Previdência e interromper investimentos em andamento. O governo não vai parar uma obra no meio, por exemplo. Portanto, a tendência é ele pegar dinheiro emprestado no mercado ou lançar medidas para aumentar a arrecadação.

Entretanto, se a queda na arrecadação persiste por um longo período, o governo pode reduzir seus planos de investimentos futuros, o que pode ter efeitos nos diversos setores, como infraestrutura, educação e saúde.

 

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus