Timber by EMSIEN-3 LTD
Segunda, 01 Novembro 2010 15:53

Rebanho é abatido em Três Lagoas depois de ingerir ração animal

Escrito por ACM DO MS

A Superintendência Federal da Agricultura apreendeu e sacrificou 1.599 bovinos em Três Lagoas no fim de setembro, quando foram flagrados por fiscais agropecuários da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária) consumindo ingredientes de origem animal. O pecuarista proprietário do rebanho foi multado e os bois abatidos enviados às graxarias dos frigoríficos.

A ingestão de alimentos, elaborados com proteínas e gorduras oriundas de animais, é proibida no Brasil e em vários países do mundo, por ser uma das principais fontes de transmissão da doença Encefalopatia Espongiforme Bovina, conhecida mundialmente como a “doença da vaca louca”. O consumo de ração com proteína animal, entre elas a mais conhecida é a “cama de frango”, está proibido no Brasil desde 1996 pela Instrução Normativa MAPA nº 08/2004 e pela Lei Estadual nº 3.823/09.

Esta é uma prática que deveria ser melhor fiscalizada, coibindo assim que produtores camuflem as rações de origem animal junto com outros produtos adquiridos com melhores preços no mercado local e introduzem, impedindo que seja observado a mistura de farinha ou ração de origem animal.

As denúncias sobre o consumo de proteína animal por rebanho bovino podem ser feitas ao Ministério da Agricultura através do telefone 0800 704 1995.

* O autor é consultor de Agronegócios

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus