Timber by EMSIEN-3 LTD
Segunda, 25 Outubro 2010 07:28

Insituições do Estado articulam a criação de APLs

Escrito por Redação Douranews com Assessoria

A Fiems, o IEL e o Senai apresentaram, na noite da sexta-feira passada (22/10), durante reunião no 5º andar do Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande, projetos de desenvolvimento de APLs (Arranjos Produtivos Locais) e de Desenvolvimento Setorial de Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso do Sul ao Ministério da Integração Nacional. De acordo com o superintendente do IEL, Bergson Amarilla, as propostas que começam a ser articuladas visam o desenvolvimento dos setores produtivo e econômico do Estado.

“São projetos de desenvolvimento de APLs que compreendem as atividades de couro e calçados, minero-siderúrgico, artesanato e turismo e o de papel e celulose. Para que esses projetos sejam executados, são necessários recursos, os quais estão sendo pleiteados junto ao Ministério da Integração Nacional via Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento da Região Centro-Oeste”, explicou Bergson Amarilla.

Ainda de acordo com ele, o APL de Couro e Calçados será desenvolvido na região central do Estado, enquanto o APL Mínero-Siderúrgico na região de Corumbá, o APL de Artesanato e Turismo seria instalado na região de Bonito e o APL de Celulose e Papel no município de Três Lagoas. “Nesses locais há uma necessidade premente de qualificação de recursos humanos envolvidos em APLs e onde devemos desenvolver o PQF (Programa de Qualificação e Desenvolvimento de Fornecedores), como já acontece em Três Lagoas e em Maracajú na modalidade ambiental”, disse.

O superintendente do IEL acrescenta que as propostas foram bem recebidas pelo Ministério da Integração Nacional e devem ser articuladas nos próximos dias. Atento às propostas apresentadas, o diretor de promoção da Sudeco, Frederico Valente, explicou que os projetos de desenvolvimento dos APLs são de extrema importância para o crescimento do Estado e estão de acordo com a premissa da entidade.

“É de extrema importância à coordenação da Fiems, IEL e Senai no desenvolvimento desse projetos. Para o Ministério da Integração Nacional, essa é uma garantia de uma instituição de credibilidade de que os projetos serão implantados e trarão resultado”, explicou Frederico Valente, completando que os projetos de desenvolvimento dos APLs representam fomento econômico para Mato Grosso do Sul.

“Os projetos representam a distribuição de qualidade e renda no Estado. O trâmite agora é desenvolver os detalhes dos projetos em parceria com o Governo do Estado, que encaminharia as propostas ao Ministério da Integração Nacional, que deve prever e liberar os recursos pretendidos por meio das emendas parlamentares dos nossos representantes em Brasília (DF)”, pontuou o diretor de promoção da Sudeco.

Ele acrescenta que as articulações devem ser feitas ainda este ano para que possam entrar no Orçamento da União de 2011. Também participaram da reunião o presidente do Sindical/MS (Sindicato das Indústrias de Calçados de Mato Grosso do Sul), João Batista Camargo Filho, o diretor-executivo do CTC (Centro Tecnológico do Couro), Moacir de Castro Jorge, além de representantes da Fiems, do Senai e do Ministério da Integração Nacional.

 

  • unimed nova

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus