Timber by EMSIEN-3 LTD
  • ms dengue
  • Dnews Whats
Terça, 01 Dezembro 2020 19:31

Professores convocados recebem 13º. integral e reconhecem importância de mudança na lei Destaque

Escrito por
Eugênia é professora convocada desde 2013 e pela primeira vez recebeu o abono integral no Estado Eugênia é professora convocada desde 2013 e pela primeira vez recebeu o abono integral no Estado Divulgação

Professora convocada da REE (Rede Estadual de Ensino) desde 2013, Eugênia Alexandra Blacuth de Tomicha Vera possui quase duas décadas de experiência na Educação e relatou que, em sete anos como servidora pública do Estado, nunca havia se sentido tão valorizada. O motivo? Ela foi uma das mais de 79 mil servidoras contemplada com o depósito integral do 13º salário.

Até o ano passado, os professores convocados recebiam esse vencimento diluído ao longo do ano, junto com o salário do mês e ainda ficavam sem pagamento nos primeiros dias de janeiro e no meio do ano, ou seja, recebiam cerca de 9 meses trabalhados. Isso mudou com a aprovação da Lei 266, pela Assembleia Legislativa.

“Quando eu acordei e vi que o 13º já tinha ‘saído’, foi uma alegria imensa. Desde 2013, foi a primeira vez que eu recebi de maneira integral, como todos os outros servidores [efetivos] já recebiam. É um sentimento de pertencimento, de gratidão. Finalmente alguém pensou nos convocados”, disse a professora. O assunto, aliás, foi tema de fortes debates na campanha eleitoral passada, especialmente em Dourados, onde o ex-líder do Governo na Assembleia, deputado Barbosinha, que conduziu essa votação e obteve a ampla maioria dos votos dos colegas parlamentares, foi o “alvo preferido” da oposição e parte da categoria do funcionalismo.

Receber esse abono integral, para a professora convocada, é mais do que uma questão financeira. “É também um valor social, moral, emocional. É um conjunto. Posso olhar para minha casa e ver que semana que vem eu vou poder fazer uma matrícula em um curso para a minha filha de 13 anos, por exemplo. É um conjunto de situações que interferem intimamente na vida de uma pessoa... de uma família”, destacou.

Com experiência como professora da sala de recursos na EE Júlia Gonçalves Passarinho no primeiro ano de atuação na Rede, Eugênia foi para o núcleo de Educação Especial já no ano seguinte, em 2014. Hoje, ela segue como profissional convocada e atua como técnica do núcleo de Educação Especial, na Coordenadoria Regional de Educação de Corumbá.

Satisfeita com o final de ano e cheia de planos, ela se mostrou agradecida e motivada pela valorização. “Graças à ajuda de um amigo, pude enviar um agradecimento para o deputado Barbosinha, que foi um dos responsáveis por essa mudança na nossa forma de contratação, mas estendo o agradecimento também à secretária Cecilia e ao governador Reinaldo Azambuja, que fazem um trabalho fundamental para a valorização dos convocados do nosso Estado”, concluiu.

  • Douranews Anúncio
  • Editais

O Tempo Agora

  • fetems abigail

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis