Timber by EMSIEN-3 LTD
  • sanesul
Terça, 11 Dezembro 2018 14:59

Dourados melhora posição no ranking das melhores cidades para fazer negócio

Escrito por
Prefeita comemora números positivos com a secretária de Desenvolvimento, Rose Ane Vieira Prefeita comemora números positivos com a secretária de Desenvolvimento, Rose Ane Vieira Divulgação/Assessoria

Dourados fechou o mês de outubro deste ano com a abertura de 54 novas empresas de um total de 538 formalizadas no Estado. Os números, divulgados pela Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul), indicam que o Município abriu 10,04% dos novos empreendimentos. Na média geral do ano, até outubro, as 60 novas empresas formalizadas revelam – conforme o ranking das 100 melhores cidades com população superior a 100 mil pessoas para se fazer negócio, divulgado pela revista Exame – a posição número 44 de Dourados.

O resultado do levantamento nacional, publicado na edição de 31 de outubro da revista, mostra que Dourados subiu 24 posições em relação ao ranking de 2017, quando apareceu na 65ª colocação entre as 100 melhor posicionadas do País. No ano passado, a média de novas empresas constituídas no Município foi de 45 portas abertas, depois de ter fechado 2016 com novas 47 inscrições formalizadas na média geral do Estado.

Ainda de acordo com o ranking da revista Exame, a pontuação de Dourados é de 11,466, à frente de importantes cidades do País, e primeira colocada em Mato Grosso do Sul. A capital, Campo Grande, aparece na 55ª posição (era a 37ª no ano passado), com pontuação 11,254. Dourados também supera, pelo menos, seis capitais brasileiras no levantamento que aponta as melhores cidades para fazer negócios: João Pessoa (52), Teresina (51), Salvador (62), Fortaleza (91), Manaus (93) e Belém (95).

O levantamento analisou 310 municípios com mais de 100 mil habitantes de todos os Estados. Juntos, eles representam 70,4% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional e reúnem 62% das empresas em atividades no País, responsáveis por 72,6% dos empregos formais, perfazendo ainda o equivalente a 56,5% da população brasileira. O ranking, que é elaborado desde 2014, leva em conta 42 indicadores em quatro frentes: capital humano, desenvolvimento econômico e social e infraestrutura.

“São números significativos e que revelam o acerto da política de desenvolvimento adotada pela prefeita Délia Razuk, quando orienta toda a equipe da Administração no sentido de facilitar a organização dos segmentos, proporcionando o apoio e a logística necessária ao fomento”, definiu a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Rose Ane Vieira, ao receber os dados apurados pela Jucems.

Capital humano valorizado

A secretaria considerou ainda mais satisfatório o fato de que, no fator ‘desenvolvimento humano’, Dourados ocupar a 28ª posição, com 4,042 pontos de um total de 10 possíveis. No levantamento de 2017, o Município ocupava apenas a 85ª posição; ou seja, “avançamos 57 posições em desenvolvimento humano em um ano, reflexo do compromisso com a qualificação e a humanização das pessoas”, avalia Rose Ane Vieira.

O município de Dourados ainda fechou o mês de outubro com 9.709 empresas optantes no Simei (Sistema Microempreendedor Individual), contra 9.487 do ano anterior e 8.150 MEIs que haviam se formalizado até o mesmo período, em 2016. “O resultado principal disso tudo, sem dúvida nenhuma, é que estamos trabalhando para que as pessoas que procuram nossa cidade possam encontrar aqui as diferentes opções de empreendedorismo, com a diversidade econômica que a posição geográfica de Dourados oferece”, observa a prefeita Délia Razuk.

  • roze

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus