Timber by EMSIEN-3 LTD
Quarta, 05 Dezembro 2018 13:52

Empresa douradense vai produzir pirão instantâneo elaborado por laboratório do Senai Destaque

Escrito por
Tradicional pirão de peixe com farinha de mandioca é testado em laboratório do Senai Tradicional pirão de peixe com farinha de mandioca é testado em laboratório do Senai Divulgação/Assessoria

De origem brasileira e preparado com a mistura da farinha de mandioca com a água em que foram cozidos peixes, formando uma papa servida como acompanhamento do prato principal, o tradicional pirão, que dura mais de uma hora para ficar pronto, agora poderá ser preparado de forma bem mais rápida e prática. A partir do próximo ano, a indústria de alimentos Donana vai lançar no mercado um pirão instantâneo, que foi desenvolvido pela equipe técnica do IST Alimentos e Bebidas (Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos e Bebidas), em Dourados.

O produto foi idealizado em 2014 durante um Grand Prix [corrida de inovação aberta ao público promovida pelo Senai em que as equipes multidisciplinares criam, desenvolvem e prototipam soluções inovadoras para um desafio lançado por uma indústria em tempo real] e agradou a Donana, que contratou o IST Alimentos e Bebidas para tirar a ideia do papel e desenvolver o produto para ser comercializado no mercado.

Agora, com a finalização do pirão instantâneo, a previsão é de que o produto já comece a ser encontrado nas prateleiras dos supermercados a partir de março de 2019. “Foram mais de dois anos de trabalho até a finalização desse projeto, que também contou com suporte técnico da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Inicialmente, ele foi desenvolvido em escalas laboratoriais até chegarmos às formulações que consideramos ideais”, informou a engenheira de alimentos Évelin Marinho de Oliveira, responsável pela área de pesquisa, desenvolvimento e inovação do IST Alimentos e Bebidas.

Sabores

Ela acrescenta que, após chegar às formulações ideais, foram realizadas análises físico-químicas para tabela nutricional e, por fim, a análise sensorial para avaliar a aceitação do produto entre os consumidores finais. “Foram desenvolvidos três sabores, o cavalinha, a pescada e a sardinha. Além disso, utilizamos uma farinha fabricada a partir da carne desses peixes específicos, própria para consumo humano”, revelou.

Évelin Marinho reforça que, além da praticidade, um diferencial do produto é a saudabilidade alimentar, já que não foram utilizados conservantes na sua formulação, sendo a segurança do alimento garantida pela baixa umidade e atividade de água, assim como a embalagem com barreiras próprias para conservação de alimentos em pó.

Ainda conforme a engenheira de alimentos, é comum que grandes empresas contem com equipes próprias destinadas ao desenvolvimento de pesquisa, focadas em buscar novos produtos e melhorar os já existentes. “As empresas menores, que não têm profissionais para isso, podem procurar o Senai, que tem entre seus serviços a possibilidade de realização de testes laboratoriais, sugestão de mix de produtos conforme as tendências do mercado, análises sensoriais para avaliação dos produtos. Considero muito válido esses serviços de desenvolvimento de novos produtos e melhoria de produtos já existentes”, destacou.

Aceitação no mercado

foto dos sabores do pirao

Embalagens dos produtos que serão colocados no mercado em 2019

O encarregado administrativo da Donana Alimentos, Paulo Henrique Brasil Gonder, que acompanhou todo o processo de desenvolvimento do pirão instantâneo, espera uma grande aceitação do produto pelos consumidores. “É um alimento complicado de preparar, que leva tempo. Um pirão instantâneo, que só precisa de água e em poucos minutos já fica pronto, facilita muito para consumidores comuns, mas a ideia também é ter entre nossos clientes alguns restaurantes”, afirmou.

Ele explicou que para uma embalagem de 50 gramas são necessários 280 ml de água fria. “É só misturar o pó à água e levar ao fogo, mexendo até começar a ferver. Depois disso, contar um minuto, ainda mexendo, e o pirão já estará pronto para consumo. Também é possível colocar a mistura do produto com a água no micro-ondas por dois minutos, mexer novamente, e voltar ao micro-ondas por mais um minuto. Realmente é uma novidade muito bacana e estamos muito satisfeitos com todo o apoio do Senai, tanto que já estamos realizando uma parceria para mais dois novos projetos”, finalizou.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus