Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran 2018
Quinta, 08 Fevereiro 2018 16:24

Governo quer apurar se há formação de cartel para a venda de combustíveis Destaque

Escrito por
Governo diz que agora acabou o tabelamento e consumidor deve procurar pelo menor preço Governo diz que agora acabou o tabelamento e consumidor deve procurar pelo menor preço Arquivo/Douranews

O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, pediu formalmente ao presidente do Cade (o Conselho Administrativo de Defesa Econômica), Alexandre Barreto de Souza, que inicie uma investigação sobre o preço de combustíveis para apurar se há cartelização no setor.

Os dois se reuniram na manhã desta quinta-feira (8) no Palácio do Planalto. O encontro não estava previsto na agenda oficial do ministro. Pelo Twitter, Moreira afirmou que fez a solicitação ao Cade para que o direito dos consumidores de optar pelo menor preço de combustível seja preservado. Segundo o ministro, o tabelamento acabou.

"Solicitei ao presidente do Cade que preserve o direito dos consumidores de combustível aos benefícios da livre concorrência. O tabelamento acabou. A concorrência entre os vendedores fixa o preço. O consumidor tem o direito de escolher o mais baixo", afirmou Moreira.

A assessoria da Secretaria Geral explicou que a preocupação do governo é que o aumento de preço estabelecido pela Petrobras é automaticamente repassado ao consumidor, mas isso não acontece quando há redução nos valores. Com isso, o preço mais baixo nas refinarias não chega nas bombas e, consequentemente, não chega aos consumidores.

Veja ‘tuíte’ do ministro:

@MoreiraFranco
Solicitei ao presidente do CADE que preserve o direito dos consumidores de combustível aos benefícios da livre concorrência. O tabelamento acabou. A concorrência entre os vendedores fixa o preço. O consumidor tem o direito de escolher o mais baixo. https://goo.gl/F9BntM

Preço dos combustíveis

Nesta quarta (7), o presidente da Petrobras, Pedro Parente, anunciou que a estatal vai divulgar diariamente o preço do litro da gasolina e do diesel vendidos pela companhia nas refinarias. Atualmente, a companhia divulga apenas a variação percentual do preço de um dia para o outro.

Desde que alterou a política de preços, em julho do ano passado, a Petrobras passou a promover reajustes quase diários dos combustíveis. Desde então, o consumidor tem se deparado com aumento crescente nas bombas dos postos de combustíveis, conforme reproduz o portal G1.

  • mistura
  • Fabio Jr
  • Unimed 38
  • kikao

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus