Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran mec
Quinta, 20 Abril 2017 11:35

Com alta de 11,2% Vale bate recorde na produção de minério

Escrito por Reuters
Com o resultado, companhia reiterou sua meta para o ano, de produdir entre 360 e 380 milhões de toneladas Com o resultado, companhia reiterou sua meta para o ano, de produdir entre 360 e 380 milhões de toneladas Arquivo/Vale do Rio Doce

A produção de minério de ferro da mineradora brasileira Vale entre janeiro e março foi recorde para um primeiro trimestre, com alta de 11,2% ante o mesmo período do ano passado, para 86,2 milhões de toneladas, informou a companhia nesta quinta-feira.

A mineradora, maior produtora global de minério de ferro, atribuiu o avanço à aceleração das atividades nos projetos S11D, em Canaã dos Carajás, Pará, que entrou em operação comercial neste ano, e Itabiritos, no Sistema Sudeste.

Em relação ao quarto trimestre de 2016, a produção no período caiu 6,7%, devido à sazonalidade climática no primeiro trimestre do ano, que afetou principalmente a performance do Sistema Norte.

O Sistema Norte, que compreende as operações de Carajás, Serra Leste e S11D, também atingiu um recorde para um primeiro trimestre, de 36 milhões de toneladas nos três primeiros meses do ano, alta de 11,1% em relação ao mesmo período do ano passado, como resultado da mina S11D.

Com o resultado, a companhia reiterou sua meta para o ano, que será registrar produção entre 360 milhões e 380 milhões de toneladas. Além disso, a Vale destacou que provavelmente atingirá o caso base de sua meta de 400 milhões de toneladas a partir do final de 2018, conforme apresentado no Vale Day, em dezembro de 2016.

Os embarques de minério de ferro e pelotas do Brasil e Argentina somaram 77,7 milhões de toneladas no primeiro trimestre, alta de 6,1 milhões de toneladas em relação ao mesmo período de 2016, devido, principalmente, à maior produção no Sistema Norte e no Sistema Sudeste.

A empresa destacou que os volumes blendados na Ásia totalizaram 12,4 milhões de toneladas entre janeiro e março, alta de 6,5 milhões de toneladas em relação ao primeiro trimestre do ano passado, como resultado de uma nova estratégia, que permite respostas mais rápidas a mudanças de mercado.

Já a produção de níquel da Vale foi de 71,4 mil toneladas no primeiro trimestre, queda 14% ante o trimestre anterior e recuo de 2,9% ante o mesmo período de 2016 devido, principalmente, a paradas de manutenção na Indonésia e no Japão e a dificuldades operacionais nas operações em Thompson, disse a Vale, sem entrar em detalhes.

  • ms dengue

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus